Quais tipos de servidores virtuais estão disponíveis para uso?

A IBM Cloud® oferece dois tipos de servidores virtuais em sua infraestrutura clássica. A oferta padrão é um servidor virtual com base pública, que consiste em um ambiente de diversos locatários adequado para diversas necessidades. Se estiver procurando por um ambiente de hospedagem única, considere a oferta de servidor virtual dedicado. A opção de servidor virtual dedicado é ideal para aplicativos com requisitos de recursos mais rigorosos. Para obter informações adicionais sobre as atuais ofertas de servidores virtuais, consulte Comece a usar os servidores virtuais.

Os IBM Cloud Virtual Servers for VPC são a nova geração dos servidores virtuais. Crie seu próprio espaço na IBM Cloud para executar um ambiente isolado dentro da cloud pública usando a cloud privada virtual (VPC). A IBM Cloud VPC fornece a segurança de uma cloud privada com a agilidade e a facilidade de uma cloud pública. Para obter informações adicionais, consulte Comece usar a IBM Cloud VPC.

Onde é possível encontrar informações sobre a precificação de tipos de instância pública?

Veja as informações de precificação aqui.

Onde é possível encontrar informações sobre a precificação de instâncias públicas virtuais?

Comece pelo Catálogo da IBM Cloud para estimar o custo de um servidor IBM Cloud que suporte a sua carga de trabalho. No catálogo, selecione Todas as categorias na guia Serviços e escolha o tipo de servidor: Servidor virtual na infraestrutura clássica ou Servidor virtual para VPC. Para obter as informações de precificação, consulte a Calculadora de provisionamento de servidores virtuais.

É possível incluir armazenamento em disco em meu servidor virtual por hora ou mensal?

É possível fazer upgrade ou downgrade do armazenamento de disco para qualquer servidor virtual atualizando suas opções de armazenamento nos campos de Primeiro disco até Quinto disco da tela Configuração do dispositivo que você deseja atualizar. Para obter informações adicionais, consulte Reconfigurando um servidor virtual existente.

Quantos servidores virtuais por hora podem ser iniciados?

O número de instâncias que podem ser executadas depende do nível de maturidade de sua conta. Por padrão, uma conta com mais de 45 dias tem um limite de 20 instâncias que podem ser executadas a qualquer momento em servidores virtuais públicos, servidores virtuais dedicados e servidores bare metal. Uma conta mais nova tem um limite menor. Para aumentar seu limite, entre em contato com o suporte para saber o que fazer e quantas instâncias simultâneas podem ser necessárias.

Como a largura de banda para os meus servidores virtuais por hora será cobrada?

O faturamento virtual por hora é dividido entre o tráfego de entrada e o de saída. Todo o tráfego de entrada para seu servidor virtual é gratuito. O tráfego de saída é medido e cobrado por gigabyte (GB), com totais avaliados no final de seu período de faturamento.

O que pode causar a migração do meu servidor virtual para um host diferente?

Estamos fazendo upgrade com frequência de nossos sistemas com a maioria das mudanças aplicadas aos servidores virtuais de forma transparente. Quando há mudanças, seu servidor virtual passa por uma breve pausa de até 3 segundos. Em casos limitados, como hardwares especializados, um servidor virtual pode precisar ser migrado para um host diferente. Se uma migração for necessária, o servidor virtual será encerrado, migrado e, em seguida, reiniciado. Um servidor virtual pode ser migrado nos casos a seguir:

  • Um host precisa ser atualizado, está sendo desatribuído ou não tem permissão para hospedar novas instâncias. Se um host for marcado para qualquer uma dessas mudanças quando um de seus servidores virtuais for reiniciado no console da IBM Cloud, a reinicialização acionará automaticamente a migração do servidor virtual para um host diferente.
  • Manutenção de infraestrutura. Um e-mail é enviado indicando que a manutenção é necessária em um sistema que está hospedando seu servidor virtual. O e-mail contém instruções sobre como iniciar a migração durante o período de manutenção. Como alternativa, o servidor virtual migra automaticamente para concluir a manutenção necessária.
  • Um upgrade de uma instância existente é implementado. Para um desempenho consistente, se uma instância passar por upgrade, poderá ser migrada para um host diferente a fim de garantir o recebimento da CPU e da memória dedicadas apropriadas.
  • Um host dedicado falha. Quando um host dedicado falha, as instâncias dedicadas são migradas para outro host vazio sem usar qualquer capacidade existente.
  • Um host virtual falha. Quando um host virtual falha, suas instâncias são migradas para outro host dentro do ambiente. Quando uma falha de host ocorre, nós a detectamos automaticamente e movemos sua instância para um novo host. A detecção de falhas geralmente ocorre em 1 minuto; seu servidor virtual é reprogramado para um novo host em 5 minutos e o servidor estabelece pleno funcionamento em 7 minutos. Para cancelar a recuperação automática, um caso de suporte deve ser aberto com a solicitação.

Durante uma janela de manutenção, é possível ver a opção Migrar host exibida no menu Ações de seu dispositivo no console da IBM Cloud. A opção Migrar host permite migrar o servidor virtual para um novo host, quando necessário, durante um período de manutenção especificado. Se você não iniciar a migração durante o período de manutenção, o servidor virtual será migrado automaticamente para concluir a manutenção necessária. A opção Migrar host não persiste e está disponível somente durante os períodos de manutenção comunicados por meio de notificações de manutenção.

Também será possível ver a opção Migrar host caso um de seus servidores virtuais precise obter um determinado nível de hypervisor que não esteja disponível no host atual.

O que acontece com meus dados quando o meu armazenamento móvel é excluído?

A instância de servidor virtual SAN é semelhante ao armazenamento de arquivos. Os discos da instância de servidor virtual são somente arquivos em um compartilhamento NFS que o Xen apresenta à instância como um dispositivo de bloco, ou seja, uma unidade de disco rígido. Se um disco SAN de uma instância for excluído, o arquivo será excluído. Não é possível desfazer o comando Excluir. Quaisquer ponteiros para os dados neste volume são removidos e os dados se tornam inacessíveis. Se o armazenamento físico for provisionado novamente em outra conta, um novo conjunto de ponteiros será designado. A nova conta não tem permissão para acessar qualquer dado que possa ter sido armazenado no armazenamento físico. O novo conjunto de ponteiros mostra tudo como zeros (0s). Quando novos dados são gravados no volume/LUN, qualquer dado inacessível que ainda exista é sobrescrito.

É possível usar uma subscrição do Red Hat® Cloud Access para criar um servidor virtual?

Sim. Ao importar uma imagem, é possível especificar que uma licença do sistema operacional será fornecida. Para obter informações adicionais, consulte Usando o Red Hat Cloud Access. Em seguida, é possível solicitar um servidor virtual por meio desse modelo de imagem e usar sua subscrição existente do Red Hat Cloud Access (link externo à ibm.com).

Qual é a diferença entre um servidor virtual e um servidor privado virtual (VPS)?

Um servidor virtual é semelhante às plataformas de servidor privado virtual (VPS) ou servidor dedicado virtual (VDS), que são mais comuns.Esses ambientes de "servidor virtual" permitem que ambientes distintos sejam provisionados de forma privada e segura em um único nó de hardware, mas o VDS e o VPS são mais limitados em seus recursos. As opções de VPS e VDS são geralmente confinadas a uma arquitetura de servidor único. Os únicos recursos que podem ser incluídos ou divididos entre os servidores virtuais em um VDS ou VPS são aqueles que estão fisicamente instalados naquele servidor único.

Os servidores virtuais são provisionados em uma arquitetura de cloud multisservidor que reúne todos os recursos de hardware disponíveis para que as instâncias individuais possam utilizá-los. Os servidores virtuais podem usar uma plataforma de armazenamento primário com base em SAN de alta capacidade e compartilhada ou o armazenamento em disco local de alto desempenho. Como cada instância faz parte de um ambiente de cloud maior, a comunicação entre todos os servidores virtuais é instantânea.

Por que eu recebo um erro de capacidade ao provisionar um servidor virtual?

Ao provisionar um servidor virtual, uma mensagem de erro informando que não há capacidade suficiente para concluir a solicitação pode ser recebida. Quando o provisionamento falha, todas as instâncias de servidor virtual nessa solicitação específica falham. Um erro de capacidade ocorre quando não há recursos suficientes disponíveis no roteador ou no data center para atender à solicitação de serviço. Uma série de razões podem causar esse erro. A disponibilidade dos recursos muda com frequência, portanto, espere e tente novamente mais tarde. Para obter informações adicionais sobre as estratégias para evitar esse erro, consulte Considerações de recursos para as instâncias de servidor virtual.

Como efetuar login em meu servidor?

Efetue login em seu console e navegue até o menu Dispositivos. Para obter informações adicionais, consulte Navegando até os dispositivos. Na Lista de dispositivos, selecione sua instância. É possível visualizar e gerenciar os nomes de usuário e as senhas do dispositivo a serem usados no login. Para obter informações adicionais, consulte Visualizando e gerenciando nomes de usuários e senhas do dispositivo.

Como usar a VPN para acessar a rede privada da IBM Cloud?

É possível fazer login na VPN por meio da interface da web ou usar um cliente VPN independente para Linux®, macOS ou Windows. Para obter informações adicionais sobre o que fazer após a conexão com a VPN, consulte Usar a VPN SSL.

Como reinicializar meu servidor virtual?

As reinicializações de dispositivo podem ser executadas a partir da Lista de dispositivos ou da visualização de captura instantânea de uma instância individual. Navegue até sua instância de servidor virtual na Lista de dispositivos em seu console. Para obter informações adicionais, consulte Navegando até os dispositivos. Selecione Ações para o dispositivo que você deseja gerenciar e, em seguida, selecione Reinicializar.

Como usar o modo de resgate?

A inicialização em modo de resgate será útil se você estiver passando por um problema com o servidor. Para ativar o modo de resgate, selecione o nome do dispositivo na Lista de dispositivos em seu console. No menu Ações, selecione Modo de resgate ou Iniciar por meio de imagem para uma instância Windows. Para obter informações adicionais, consulte Ativando o modo de resgate.

Onde encontro o status da rede?

É possível acessar a página Status diretamente em https://cloud.ibm.com/status para ver o status atual dos recursos em todos os locais da IBM Cloud. É possível filtrar a lista selecionando componentes e locais específicos (por exemplo, é possível selecionar Servidores virtuais e visualizar a conectividade de rede).

Como solicitar um relatório de conformidade?

Para obter informações sobre a visualização ou a solicitação de informações de conformidade, incluindo relatórios de SOC, consulte Como saber se meus dados estão seguros?

Comece a usar os IBM Cloud Virtual Servers na infraestrutura clássica

Os servidores virtuais podem corresponder às suas cargas de trabalho? Provisione um servidor virtual da IBM Cloud público, dedicado, temporário ou reservado e conheça as opções.