Armazenamento em cloud

menu icon

Armazenamento em cloud

Uma introdução aos aspectos importantes do armazenamento em cloud, incluindo como ele funciona, seus benefícios e os diferentes tipos disponíveis.

O que é armazenamento em cloud?

O armazenamento em cloud permite salvar dados e arquivos em um local externo acessado com a Internet pública ou com uma conexão de rede privada dedicada. Os dados transferidos externamente para armazenamento são de responsabilidade de um provedor de cloud terceirizado. O provedor hospeda, protege, gerencia e mantém os servidores e a infraestrutura associada, garantindo acesso aos dados sempre que necessário.

O armazenamento em cloud oferece uma alternativa rentável e escalável para armazenar arquivos em discos rígidos on-premise ou redes de armazenamento. Os discos rígidos de computador podem armazenar somente uma quantia finita de dados. Quando os usuários ficam sem armazenamento, eles precisam transferir arquivos para um dispositivo de armazenamento externo. Tradicionalmente, as organizações desenvolveram e mantiveram redes de área de armazenamento (SANs) para arquivar dados e arquivos. As SANs são caras porque, à medida que os dados armazenados crescem, as empresas têm de investir na inclusão de servidores e infraestruturas para acomodar o aumento da demanda.

Os serviços de armazenamento em cloud fornecem elasticidade, o que significa que é possível ajustar a escala de capacidade conforme necessário à medida que os volumes de dados aumentam ou diminuem. Ao armazenar dados em cloud, sua organização economiza pagando por tecnologia de armazenamento e capacidade como um serviço, em vez de investir em custos de capital voltados ao desenvolvimento e à manutenção de redes de armazenamento internas. Você só paga pela capacidade exata que usou. Mesmo que os custos aumentem ao longo do tempo devido a volumes de dados maiores, não é necessário sobrepor as redes de armazenamento para lidar com esse aumento de volume.

Como funciona?

Assim como redes de armazenamento on-premise, o armazenamento em cloud usa servidores para salvar os dados, que são enviados para servidores em um local externo. A maioria dos servidores usados são máquinas virtuais hospedadas em um servidor físico. Como o armazenamento precisa aumentar, o provedor cria novos servidores virtuais para atender à demanda.

Para obter informações adicionais sobre máquinas virtuais, consulte" Virtual Machines: A Complete Guide".

Geralmente, a conexão com a cloud de armazenamento é realizada pela Internet ou por uma conexão privada dedicada usando um portal da web, um website ou um aplicativo móvel. O servidor ao qual você se conecta encaminha seus dados para um conjunto de servidores localizados em um ou mais data centers, dependendo do tamanho da operação do provedor de cloud.

Como parte do serviço, os provedores geralmente armazenam os mesmos dados em diversas máquinas para fins de redundância. Dessa forma, se um servidor for desligado para manutenção ou sofrer uma interrupção, ainda será possível acessar seus dados.

O armazenamento em cloud está disponível em clouds privadas, públicas e híbridas.

  • Clouds públicas de armazenamento: Nesse modelo, você se conecta pela Internet a uma cloud de armazenamento que é mantida por um provedor de cloud e usada por outras empresas. Os provedores geralmente tornam os serviços acessíveis para praticamente qualquer dispositivo, incluindo smartphones e computadores desktop, além de permitir o aumento e a redução da escala conforme necessário.
  • Armazenamento em cloud privada: as configurações de armazenamento em cloud privada geralmente replicam o modelo de cloud, mas residem em sua rede, utilizando um servidor físico para criar instâncias de servidores virtuais para aumentar a capacidade. É possível escolher assumir o controle total de uma cloud privada on-premise ou contratar um provedor de armazenamento em cloud para criar uma cloud privada dedicada que possa ser acessada com uma conexão privada. Organizações que preferem o armazenamento de cloud privada incluem bancos ou empresas de varejo devido à natureza privada dos dados processados e armazenados.
  • Armazenamento em cloud híbrida: Esse modelo combina elementos de cloud privadas e públicas, dando às organizações a escolha de quais dados armazenar e em qual cloud. Por exemplo, dados altamente regulados e sujeitos a rigorosos requisitos de arquivamento e replicação geralmente são mais adequados para um ambiente de cloud privada, enquanto dados menos sensíveis (como um e-mail que não contém segredos de negócios) podem ser armazenados na cloud pública. Algumas organizações usam clouds híbridas para complementar suas redes de armazenamento interno com um armazenamento em cloud pública.

Prós e contras

Assim como em qualquer outra tecnologia com base em cloud, o armazenamento em cloud oferece vantagens específicas. No entanto, ele também gera algumas preocupações nas empresas, principalmente quanto à segurança e ao controle administrativo.

Prós

Os prós do armazenamento em cloud incluem o seguinte:

  • Gerenciamento externo: Seu provedor de cloud assume a responsabilidade de manter e proteger os dados armazenados. Isso libera seus funcionários de tarefas associadas ao armazenamento, como compras, instalação, administração e manutenção. Assim, sua equipe pode se concentrar em outras prioridades.
  • Implementação rápida: O uso de um serviço em cloud acelera o processo de configuração e inclusão em seus recursos de armazenamento. Com o armazenamento em cloud, é possível provisionar o serviço e começar a utilizá-lo em horas ou dias, dependendo da quantidade de capacidade envolvida.
  • Boa relação custo-benefício: Como mencionado, você só paga pela capacidade usada. Isso permite que sua organização lide com os custos de armazenamento em cloud como um gasto operacional contínuo, em vez de como um gasto de capital com investimentos antecipados e implicações tributárias associados.
  • Escalabilidade: As restrições de crescimento são uma das limitações mais complicadas do armazenamento on-premise. Com o armazenamento em cloud, é possível ajustar a escala de acordo com o necessário. A capacidade é praticamente ilimitada.
  • Continuidade de negócios: Armazenar dados externamente oferece suporte à continuidade de negócios no caso de um desastre natural ou um ataque terrorista impedir o acesso às suas instalações.

Contras

Os contras do armazenamento em cloud incluem o seguinte:

  • Segurança: Preocupações de segurança são comuns nos serviços com base em cloud. Embora os provedores de armazenamento em cloud tentem proteger sua infraestrutura com tecnologias e práticas atualizadas, violações ocasionais já ocorreram, o que gerou desconforto nos usuários.
  • Controle administrativo: Ter a possibilidade de visualizar seus dados, acessá-los e movê-los à vontade é outra preocupação comum com os recursos em cloud. Transferir a manutenção e o gerenciamento para um terceiro oferece vantagens, mas também pode limitar o controle sobre seus dados.
  • Latência: Atrasos na transmissão de dados da cloud e para ela podem ocorrer como resultado do congestionamento de tráfego, especialmente ao usar conexões públicas compartilhadas de Internet. No entanto, as empresas podem minimizar a latência ao aumentar a largura de banda de conexão.
  • Conformidade regulamentar: Certos mercados, como assistência médica e finanças, precisam atender a regulamentos rígidos de privacidade de dados e arquivamento, o que pode impedir que as empresas do setor usem o armazenamento em cloud para determinados tipos de arquivos, como registros médicos e de investimento. Se for possível, escolha um provedor de armazenamento em cloud que suporte a conformidade com qualquer regulamentação de mercado que impacte seus negócios.

Exemplos

Há três tipos principais de armazenamento em cloud: bloco, arquivo e objeto. Cada um tem suas próprias vantagens:

Armazenamento de blocos

Tradicionalmente empregado em SANs, o armazenamento de bloco também é comum em ambientes de armazenamento em cloud. Neste modelo de armazenamento, os dados são organizados em grandes volumes chamados "blocos". Cada bloco representa um disco rígido separado. Os provedores de armazenamento em cloud usam blocos para dividir grandes quantias de dados entre diversos nós de armazenamento. Os recursos de armazenamento de bloco fornecem melhor desempenho em uma rede graças à baixa latência de E/S (o tempo necessário para estabelecer uma conexão entre o sistema e o cliente) e são especialmente adequados para grandes bancos de dados e aplicativos.

Usado em cloud, o armazenamento de bloco pode ser facilmente dimensionado para suportar o crescimento dos bancos de dados e aplicativos da sua organização. O armazenamento de bloco é útil quando seu website captura grandes quantias de dados de visitantes que precisam ser armazenados.

"Block Storage: A Complete Guide" fornece informações completas sobre o armazenamento de bloco.

Armazenamento de arquivo

O método de armazenamento de arquivo salva os dados na estrutura hierárquica de arquivos e pastas com a qual a maioria das pessoas está familiarizada. Os dados retém seu formato, seja no sistema de armazenamento ou no cliente de origem, e a hierarquia torna mais fácil e intuitivo encontrar e recuperar arquivos quando necessário. O armazenamento de arquivo é comumente usado para plataformas de desenvolvimento, diretórios pessoais e repositórios para vídeo, áudio e outros arquivos.

No vídeo "Armazemento de bloco vs. Armazenamento de arquivo", Amy Blea compara e contrasta essas duas opções de armazenamento em cloud:

Armazenamento em bloco vs. Armazenamento de arquivos (04:03)

Armazenamento de objetos

O armazenamento de objeto é diferente dos armazenamentos de arquivo e de bloco porque gerencia dados como objetos. Cada objeto inclui os dados em um arquivo, além de seus metadados associados e de um identificador. Os objetos armazenam dados no formato em que eles chegam e permitem customizar os metadados a fim de tornar os dados mais fáceis de acessar e analisar. Em vez de organizá-los em hierarquias de arquivo ou pasta, os objetos são mantidos em repositórios que fornecem escalabilidade praticamente ilimitada. Como não há uma hierarquia de arquivamento e os metadados são customizáveis, o armazenamento de objeto permite otimizar os recursos de armazenamento com uma boa relação custo-benefício.

Confira "IBM Cloud Object Storage: Desenvolvido para os negócios" para saber mais sobre os benefícios do armazenamento de objeto:

IBM Cloud Object Storage: Desenvolvido para os negócios (04:10)

Armazenamento em cloud para os negócios

Uma variedade de serviços de armazenamento em cloud está disponível para praticamente todos os tipos de negócios, desde um único proprietário até grandes empresas.

O armazenamento em cloud pode ser útil ao administrar uma pequena empresa, principalmente quando faltam recursos ou qualificações para gerenciar o armazenamento por conta própria. O armazenamento em cloud também pode ajudar no planejamento do orçamento, tornando os custos de armazenamento previsíveis e oferecendo a capacidade de ajustar a escala conforme o crescimento dos negócios.

Ao trabalhar em uma empresa maior (por exemplo, uma empresa de manufatura, serviços financeiros ou uma rede de varejo com dezenas de locais), pode ser necessário transferir centenas de gigabytes de dados regularmente para o armazenamento. Nesses casos, é necessário trabalhar com um provedor de armazenamento em cloud estabelecido que possa lidar com seus volumes. Em alguns cenários, é possível negociar acordos customizados com fornecedores para obter o melhor valor.

Segurança

A segurança do armazenamento em cloud é uma grande preocupação, especialmente quando a organização lida com dados sensíveis como informações de cartão de crédito e registros médicos. É necessário garantir a proteção dos dados contra ameaças cibernéticas com os métodos mais atualizados disponíveis. São necessárias soluções de segurança em camadas que incluam a proteção de terminal, a filtragem de conteúdo e de e-mails e a análise de ameaças, além de melhores práticas que contenham correções e atualizações regulares. Também são necessárias políticas de acesso e autenticação bem definidas.

A maioria dos provedores de armazenamento em cloud oferece medidas básicas de segurança que incluem controle de acesso, autenticação de usuário e criptografia de dados. Garantir que essas medidas estejam em vigor é especialmente importante quando os dados em questão envolvem arquivos de negócios confidenciais, registros pessoais e propriedade intelectual. Dados sujeitos à conformidade regulamentar podem requerer proteção adicional, portanto, é necessário verificar se o provedor escolhido mantém a conformidade com todos os regulamentos aplicáveis.

Sempre que os dados são transferidos, ficam vulneráveis a riscos de segurança. A responsabilidade de proteger os dados sendo transferidos para uma cloud de armazenamento é compartilhada. As empresas podem minimizar os riscos criptografando dados em movimento e usando conexões privadas dedicadas (em vez da Internet pública) para se conectar com o provedor de armazenamento em cloud.

Backup

O backup de dados é tão importante quanto a segurança. Se dados forem perdidos devido a um ataque cibernético, desastre natural ou erro humano, as empresas precisam ter backup deles para acessar cópias de arquivos e aplicativos e evitar interrupções nos negócios.

Os serviços de backup e recuperação de dados com base em cloud são populares desde o início das soluções que se baseiam em cloud. Assim como o armazenamento em cloud, o serviço é acessado por meio da Internet pública ou de uma conexão privada. Os serviços de backup e recuperação em cloud liberam as organizações das tarefas envolvidas na replicação regular de dados de negócios críticos para disponibilizá-los prontamente, caso necessário, devido a uma perda de dados causada por um desastre natural, ataque cibernético ou erro não intencional do usuário.

O backup em cloud oferece às empresas as mesmas vantagens do armazenamento: economia, escalabilidade e acesso fácil. Um dos recursos mais atraentes do backup em cloud é a automação. Pedir que os usuários façam backups contínuos de seus próprios dados produz resultados instáveis, pois sempre há quem adie ou esqueça de fazê-lo. Isso torna a perda de dados inevitável. Com backups automatizados, é possível decidir com que frequência fazer backup de seus dados: diariamente, a cada hora ou sempre que novos dados forem introduzidos em sua rede.

Fazer backup de dados externamente em uma cloud oferece uma vantagem adicional: distância. Um prédio atingido por um desastre natural, ataque terrorista ou outra calamidade pode perder seus sistemas de backup locais, o que impossibilita a recuperação dos dados perdidos. O backup externo fornece seguro contra esse tipo de evento.

Servidores

Os servidores de armazenamento em cloud são virtuais, definidos por software e emulam servidores físicos. Um servidor físico pode hospedar diversos servidores virtuais, facilitando o fornecimento de soluções de armazenamento com base em cloud para diversos clientes. O uso de servidores virtuais aumenta a eficiência porque os servidores físicos normalmente operam abaixo da capacidade, o que significa que parte de sua capacidade de processamento é desperdiçada.

Essa abordagem permite que os provedores ofereçam armazenamento em cloud pré-pago, com pagamento apenas da capacidade de armazenamento usada. Quando seus servidores de armazenamento em cloud estão prestes a atingir a capacidade, o provedor de cloud ativa outro servidor para incluir capacidade ou permite a ativação de uma máquina virtual adicional por conta própria.

"Virtualization: A Complete Guide" oferece uma visão geral completa de virtualização e dos servidores virtuais.

Software livre

Caso você saiba desenvolver seus próprios servidores de cloud virtual, uma das opções disponíveis é o armazenamento em cloud de software livre. Software livre significa que o software usado no serviço está disponível para que usuários e desenvolvedores estudem, inspecionem, mudem e distribuam.

O armazenamento em cloud de software livre é normalmente associado ao Linux e a outras plataformas de software livre que fornecem a opção de desenvolver o próprio servidor de armazenamento. Vantagens dessa abordagem incluem o controle sobre as tarefas administrativas e a segurança.

A boa relação custo-benefício é outra vantagem. Embora os provedores de armazenamento com base em cloud forneçam capacidade praticamente ilimitada, isso pode aumentar os preços. Quanto mais capacidade de armazenamento é usada, mais alto é o preço. Com o software livre, é possível continuar ajustando a capacidade, desde que você tenha o conhecimento de codificação e engenharia necessário para desenvolver e manter uma cloud de armazenamento.

Diferentes provedores de armazenamento em cloud de software livre oferecem níveis variados de funcionalidade, portanto, compare os recursos antes de decidir qual serviço usar. Algumas das funções disponíveis nos serviços de armazenamento em cloud de software livre incluem o seguinte:

  • Sincronização de arquivos entre dispositivos em diversos locais
  • Autenticação de dois fatores
  • Ferramentas de auditoria
  • Criptografia de transferência de dados
  • Compartilhamento protegido por senha

Precificação

Como mencionado, o armazenamento em cloud ajuda as empresas a reduzir custos, eliminando a infraestrutura de armazenamento interna. No entanto, os modelos de precificação do armazenamento em cloud variam. Alguns provedores de armazenamento em cloud cobram mensalmente o custo por gigabyte, enquanto outros cobram taxas com base na capacidade armazenada. As taxas variam amplamente, com valores de USD 1,99 ou USD 10 por 100 GB de armazenamento mensal, dependendo do provedor escolhido. Taxas adicionais para a transferência de dados de sua rede, além das taxas com base na cloud de armazenamento, geralmente são incluídas no preço geral do serviço.

Os provedores podem cobrar taxas adicionais além do custo básico de armazenamento e da transferência de dados. Por exemplo, é possível que uma taxa adicional seja cobrada toda vez que os dados forem acessados na cloud para fazer mudanças ou exclusões ou para movê-los de um lugar para outro. Quanto mais ações desse tipo forem realizadas mensalmente, maiores serão os custos. Mesmo que o provedor inclua algum nível de base de atividade no preço geral, cobranças adicionais ainda podem ocorrer caso o limite permitido seja ultrapassado.

Os provedores também podem fatorar em suas cobranças o número de usuários que acessam os dados, com que frequência eles os acessam e até que ponto os dados têm de viajar. A cobrança pode ser diferente com base nos tipos de dados armazenados e se eles requerem níveis adicionados de segurança para fins de privacidade e conformidade regulamentar.

Exemplos

Os serviços de armazenamento em cloud estão disponíveis em dezenas de provedores para atender a todas as necessidades, desde usuários individuais até organizações multinacionais com milhares de locais. Por exemplo, é possível armazenar e-mails e senhas na cloud, assim como arquivos como planilhas e documentos do Word, para compartilhamento e colaboração com outros usuários. Esse recurso facilita o trabalho conjunto dos usuários em um projeto, o que explica o porquê da transferência e do compartilhamento de arquivos serem os usos mais comuns dos serviços de armazenamento em cloud.

Alguns serviços fornecem gerenciamento e sincronização de arquivos, garantindo que versões dos mesmos arquivos sejam atualizadas em diversos locais sempre que alguém fizer mudanças. Também é possível obter capacidade de gerenciamento de arquivos por meio de serviços de armazenamento em cloud. Com isso, é possível organizar documentos, planilhas e outros arquivos, conforme necessário, e torná-los acessíveis a outros usuários. Os serviços de armazenamento em cloud também podem lidar com arquivos de mídia, como vídeo e áudio, bem como grandes volumes de registros de banco de dados que, de outra forma, ocupariam muito espaço em sua rede.

Independentemente de suas necessidades de armazenamento, é possível encontrar um serviço de armazenamento em cloud para fornecer a capacidade e a funcionalidade necessárias.

Armazenamento em nuvem e a IBM

O IBM Cloud Storage oferece um conjunto abrangente de serviços de armazenamento em cloud, incluindo soluções prontas para uso, componentes para criar sua própria solução de armazenamento e armazenamento independente e secundário.

Os benefícios das soluções IBM Cloud incluem:

  • Alcance global
  • Escalabilidade
  • Flexibilidade
  • Simplicidade

Também é possível aproveitar o sistema automatizado de backup e recuperação de dados da IBM, que é gerenciado por meio do utilitário do navegador IBM Cloud Backup WebCC. O sistema permite fazer backup de dados de maneira segura em um ou mais data centers da IBM Cloud em todo o mundo.

Prevê-se que o software de armazenamento ultrapasse o hardware de armazenamento em 2020, quando será necessário gerenciar 40 zetabytes (40 sextilhões de bytes) de dados. Confira o relatório da IBM “Armazenamento híbrido para a cloud híbrida”.

Desenvolva qualificações de armazenamento por meio de cursos nos currículos do Cloud Architect Professional e do Cloud SRE Professional.

Comece a usar hoje com uma conta da IBM Cloud.