Segurança

5 dicas para transformar DevOps em DevSecOps

Compartilhe:

DevOps é uma evolução cultural e metodológica que mescla desenvolvimento e operações, com o objetivo de aprimorar a comunicação dentro de um projeto de tecnologia. Mas como a segurança da informação entra nesse conceito?

É aqui que entra o DevSecOps, que busca incluir a segurança ao DevOps. Transformar DevOps em DevSecOps é desafiador em muitas organizações (ou melhor – na maioria delas). Mas como promover essa evolução?

Antes de mais nada, é importante lembrar que, assim como DevOps, a segurança está sempre evoluindo e deve ser tratada como uma necessidade no desenvolvimento de aplicativos. Por isso, deixo 5 dicas de como transformar DevOps em DevSecOps:

1 – Abordagem contínua

Embora a maioria das organizações hoje use DevOps de alguma forma, incluir segurança a esse contexto é um desafio. Conforme as práticas de DevSecOps amadurecem, as ferramentas, os processos de governança, a conscientização do desenvolvedor, o conhecimento e o treinamento precisam ser atualizados com frequência. Isso requer uma abordagem programática que suporte as pessoas para que elas continuem aprendendo durante todo o processo.

2 – Desenvolva um framework de segurança para DevSecOps

Um framework de segurança adaptado para DevSecOps é fundamental para ter uma governança eficaz. A estrutura deve definir as tarefas e ações de segurança realizadas em todo o processo de desenvolvimento. É interessante que cada uma dessas tarefas tenha um KPI (indicador chave), bem como um limite de risco que determina a progressão do código do aplicativo.

Os KPIs e o tipo de tarefas podem variar dependendo da classificação da análise de impacto do aplicativo (ou microsserviço). As equipes de segurança podem escolher usar uma linha de base aplicada em todo o código e um padrão mais rigoroso para aplicativos críticos. Isso fornece aos desenvolvedores transparência em relação aos requisitos de governança e os ajuda a planejar e entregar sem problemas.

3 – Mudança de cultura

Quando as soluções DevSecOps são executadas corretamente, os desenvolvedores podem realizar todas as tarefas e ações necessárias. Mudar a cultura significa não esquecer o elemento humano aqui.

Os desenvolvedores não serão apenas responsáveis ​​pela execução das tarefas de segurança (automatizadas e manuais), mas também pela correção de qualquer problema. Eles precisarão de um conhecimento básico de segurança para conseguir implementá-la.

Mais importante ainda, você deve encorajar uma mudança de mentalidade que abrace completamente a segurança. Uma das maneiras de conseguir isso, além de treinamentos, é encontrar e promover “champions” dentro da equipe de desenvolvedores. Esses champions se tornarão pessoas essenciais para todos os assuntos ligados à cibersegurança. Eles também devem encorajar uma mudança de mentalidade entre os desenvolvedores ao longo de um período de tempo.

4 – Estabeleça um Centro de Excelência DevSecOps

Para suportar uma boa transição de DevOps para DevSecOps, crie um centro de excelência. Esta é uma equipe central e multifuncional que pesquisa, desenvolve melhores práticas e automatiza tarefas manuais.

Um dos principais objetivos desta equipe é desenvolver modelos para tarefas de segurança para garantir a repetibilidade. Eles também ajudarão a ajustar as configurações de ferramentas para reduzir falsos positivos.

Com uma equipe central, é mais provável que seu processo de redução de riscos ou execução de uma tarefa seja consistente em toda a empresa. Um centro de excelência DevSecOps também irá acelerar a adoção da segurança pela empresa em geral.

5 – Automatize e integre a governança de segurança

Uma estrutura DevSecOps deve buscar uma maneira de rastrear a governança em todo o ciclo de vida do processo de entrega de software. Automatizar a governança requer calibração cuidadosa das ferramentas e plataforma subjacentes. Eles precisam estar alinhados com as métricas e limites definidos pelo gateway de segurança. As empresas podem se beneficiar disso porque permite uma entrega de software mais rápida e maior confiança entre os funcionários.

Comece agora!

A mudança de DevOps para DevSecOps parece uma boa opção para sua equipe? Se sim, comece com uma revisão de sua segurança em relação às práticas de DevOps. O objetivo desta revisão deve ser obter conhecimento das funções atuais, ferramentas e áreas de melhoria em seus processos de governança. A revisão deve ser comparada ao estado desejado de DevSecOps.

Boa jornada!

Vamos conversar?

Entre em contato com um representante da IBM.

Security Software Technical Manager

Leia mais sobre

As 4 partes do CIAM de sucesso (Parte 4)

Nós já vimos o que é um CIAM, como ele melhora a experiência do consumidor e os benefícios desse tipo de programa na gestão de consentimento e compliance. Agora, é hora de conhecer as 4 partes de um CIAM na jornada do consumidor: captura, engajamento, gerenciamento e administração. Ei, psiu! Este artigo é parte da […]

Gestão do Consentimento (Parte 3)

Qualquer coisa que os consumidores façam online, desde compras, pagamentos de contas ou assinaturas de novos serviços, se faz necessário algum tipo de compartilhamento de dados pessoais. Para efetivar – e aumentar – este consumo, os clientes querem ter uma boa experiência; sentir que seus dados serão usados apenas para o propósito correto e que […]

Dicas para melhorar a personalização de marketing com CIAM (Parte 2)

Encontrar o equilíbrio entre proteção dos usuários e boas experiências é o objetivo das soluções de Gestão de Identidade e Acesso do Consumidor (CIAM). Ei, psiu! Este artigo é parte da série #Consumer IAM. Acompanhe a tag para ficar por dentro das próximas publicações. Atrair mais clientes: essa frase já virou quase um gatilho para os […]