Servidores e perfis populares

Conheça todos os servidores Intel® Xeon®. Entre no catálogo da IBM Cloud.

Visão geral

Por que os IBM Cloud Virtual Servers

Desempenho essencial para capacidade de locatário único ou multilocatário

Recursos principais

Opções de diferenciação

Recursos

Get started with virtual servers

Conheça as opções de segurança, armazenamento e software. Confira tutoriais e muito mais.

How-to documentation

Do provisionamento e gerenciamento de servidores virtuais ao monitoramento e migração, leia nossas instruções.

API reference

Mais informações sobre nossa API, APIs virtuais e exemplos de uso de servidores virtuais dedicados e públicos.

Servidores virtuais explicados

O que são servidores virtuais?

Os servidores virtuais, também chamados de máquinas virtuais ou servidores virtuais privados, vêm com núcleo dedicado e alocações de memória. As VMs em infraestruturas clássicas são implementadas nas mesmas VLANs dos servidores físicos, para que você possa distribuir cargas de trabalho entre servidores virtuais e servidores bare metal, mantendo a interoperabilidade. Os servidores virtuais são personalizáveis e escaláveis

Quais são as diferenças de rede entre servidores virtuais no IBM Cloud VPC e no IBM Cloud Classic Infrastructure?

Os IBM Cloud Virtual Servers em nossa infraestrutura clássica operam em sub-rede nativa e rede VLAN para se comunicarem entre si em um data center (e um único pod). Os IBM Cloud Virtual Servers for VPC operam com uma camada de orquestração de rede adicional que elimina o limite do pod, criando maior capacidade para o ajuste de escala das instâncias.

Qual é a diferença entre máquinas virtuais e servidores bare metal?

Escolher uma máquina virtual ou uma máquina física (servidor bare metal) depende de suas necessidades. Os servidores bare metal são servidores físicos de locatário único, sem software de virtualização e dedicados a um único cliente. Cargas de trabalho que priorizam desempenho e isolamento são mais adequadas para bare metal. As VMs apoiam melhor as cargas de trabalho que exigem flexibilidade e escalabilidade.

Como funciona um servidor virtual?

Usar um hypervisor em um servidor bare metal permite que a máquina física separe seu sistema operacional e as aplicações de seu hardware, para que possa se dividir em VMs independentes. Cada nova VM pode executar seu próprio sistema operacional e aplicações de forma independente, enquanto compartilha os recursos do servidor bare metal — memória, RAM, armazenamento e assim por diante — gerenciados pelo hypervisor.

Para que serve um servidor virtual?

Os administradores e usuários de TI corporativos usam VMs para:

  • Habilitar a computação em nuvem. Executar e escalar diferentes tipos de aplicações e cargas de trabalho.
  • Suporte para DevOps. Configure modelos com configurações para desenvolvimento e teste de software para ajudar a simplificar a cadeia de ferramentas DevOps.
  • Testar um novo sistema operacional.
  • Investigar malware.
  • Executar software incompatível.
  • Navegar com segurança.

 

Produtos relacionados

IBM Cloud® Virtual Servers for VPC

Recursos avançados de rede e desempenho com opções dedicadas e multilocatário

IBM Power Systems Virtual Servers

Amplie suas cargas de trabalho locais no seu próprio ritmo e ponto de preço.

IBM Cloud® Hyper Protect Virtual Servers

Controle as cargas de trabalho que contêm dados confidenciais ou IP corporativo.

Comece já

Comece a personalizar seu servidor virtual em minutos. Crie uma conta e receba USD 200 em créditos para usar em seu ambiente em nuvem hoje.