Serviço de combate a incêndios e resgate de cambridgeshire

Redesenho abrangente de processos com modelagem e automação de processos baseados em nuvem

Para construir um modelo colaborativo e de padrão aberto para descoberta e desenvolvimento de processos de negócios, o Cambridgeshire integrou o IBM® Blueworks Live™ com o IBM Business Automation Workflow

Desafio de negócio

Os cortes de financiamento exigiram que Cambridgeshire melhorasse a eficiência e reduzisse os custos de seus processos.

Transformação

Para construir um modelo colaborativo e de padrão aberto para descoberta e desenvolvimento de processos de negócios, o Cambridgeshire integrou o IBM® Blueworks Live™ com o IBM Business Process Manager na nuvem.

Resultados Redução de 60-90%
nos tempos de implantação e desenvolvimento de processos
Constrói colaboração
plataforma de modelagem e gerenciamento de processos de negócios
Facilita a integração de sistemas
e compartilhamento de dados entre serviços de incêndio e resgate
História de desafio de negócios
Melhoria na eficiência dos processos de negócios

A carga de fazer mais com menos é universal, não fazendo distinção entre o setor público e o privado. A “eficiência” tornou-se o mantra e os líderes de TI que desejam melhorar a eficiência geralmente se concentram primeiro no gerenciamento de processos de negócios da organização.

Martin Franklin é gerente de projeto do Programa de Eficiência e Transformação de Serviços (STEP) da Cambridgeshire e está auxiliando na resposta do CFRS aos cortes exigidos pelo governo para orçamentos operacionais no setor de segurança pública. "O objetivo do programa é realmente melhorar a eficiência do back-office para que possamos economizar dinheiro para evitar cortes que tenham que ser feitos em nossa linha de frente, nossos bombeiros e carros de bombeiros", afirma. "Tínhamos que encontrar formas de nos tornarmos mais baratos e econômicos sem sacrificar a integridade operacional."

O colega do Sr. Franklin, James Thompson, desenvolvedor do BPM na CFRS, lidera a transformação da automação de processos da organização, um vínculo com o sucesso do STEP. "Reconhecemos que muitos processos não tinham visibilidade do desempenho e dos dados", comenta. "Processos manuais não gerenciados precisavam se tornar mais eficientes. Um conceito que nos entusiasmou foi o Smarter Process, não somente substituindo planilhas, mas automatizando processos".

Estamos oferecendo uma base sobre a qual se possam construir processos relacionados à prevenção comunitária, resposta a emergências, educação pública e recrutamento de bombeiros. James Thompson Business Process Manager Cambridgeshire Fire and Rescue Service
História de transformação
Facilitação da colaboração

O STEP é crucial não somente para aumentar a eficiência do processo e da colaboração internamente, mas também para melhorar a colaboração com outros serviços de incêndio e emergência. Dessa forma, a construção de um modelo colaborativo de padrão aberto para descoberta e desenvolvimento de processos de negócios dentro do STEP tornou-se um ponto de foco, impulsionando a decisão de integrar o IBM Blueworks Live com o IBM Business Process Manager on Cloud (IBM BPM on Cloud), baseado na plataforma de nuvem IBM SoftLayer®. Utilizando o IBM Db2® on Cloud como banco de dados do repositório para a solução, o CFRS tem um banco de dados totalmente gerenciado, robusto e seguro que exige menos trabalho de manutenção.

Até o momento, o CFRS implementou 16 processos de negócios no IBM BPM on Cloud, abrangendo mais de 600 membros da equipe em 29 locais. As partes interessadas em todo o CFRS utilizam o IBM Blueworks Live baseado em nuvem para descoberta e modelagem de processos, identificando as condições "no estado em que se encontram e no futuro" de cada processo.

"Nossos analistas de negócios saem e, com os proprietários dos processos e outras partes interessadas, mapeiam os processos como estão e os modelam no IBM Blueworks Live. O Blueworks Live está conosco desde o início e é fundamental para nossos analistas de processo durante a descoberta. Após essa etapa, a equipe de desenvolvimento e eu desenvolvemos um processo mais inteligente no IBM BPM on Cloud", afirma Thompson.

O IBM Integration Bus também desempenha um papel crucial, dado que o CFRS opera com seis bancos de dados legados em plataformas diferentes contendo grandes volumes de dados de negócios relevantes para os processos de negócios que estão sendo automatizados pelo Sr. Thompson e sua equipe. O software Integration Bus oferece uma base de integração comum, robusta e flexível, disponibilizando dados de todos os bancos de dados para o ambiente BPM on Cloud.

História dos resultados
Mudança para processos em contato com o público

De acordo com Thompson, a CFRS alcançou uma economia de tempo de 60% e 90% no desenvolvimento e na implementação de processos. "Um processo que levou uma semana para ser realizado, agora consome apenas um dia ou talvez poucas horas", afirma. "Então, o BPM na nuvem tem sido revolucionário para nós. Os desenvolvedores encontram o processo de desenvolvimento de processos mais inteligentes no IBM BPM on Cloud muito mais flexível. Isso permite que nos concentremos no processo de negócios em vez de nos preocuparmos com a infraestrutura”.

O foco inicial dos desenvolvedores é nos processos administrativos. "O STEP nos ajuda a entender como nossos processos administrativos funcionam, aprimorá-los e demonstrar esse aprimoramento antes de analisarmos as operações", afirma Franklin. "Estamos proporcionando uma base para construir processos relacionados à prevenção da comunidade, à resposta a emergências, à educação pública e ao recrutamento de bombeiros."

Essa base permitiu que o CFRS se tornasse um pioneiro entre os serviços de bombeiros do Reino Unido, pois utiliza a tecnologia de nuvem da IBM para compartilhar sistemas administrativos, dados e processos com seus colegas serviços. A intenção é que o CFRS firme parceria com o governo do Reino Unido para impulsionar a colaboração e a adoção em âmbito nacional.

Esse objetivo já foi alcançado de forma limitada. A primeira incursão do CFRS em um processo voltado para o público com base na nuvem, o recrutamento de novos bombeiros de plantão, foi desenvolvida com 14 outros serviços de bombeiros para a avaliação de recrutas. O processo foi projetado de forma colaborativa com a intenção de estabelecer um procedimento comum para todos os serviços de combate a incêndios. As eficiências estão melhorando lá também.

"Medimos uma economia de tempo de até 80% eliminando a entrada de dados duplicados ou até triplicados", diz Thompson. "Além disso, conseguimos capturar dados de muito melhor qualidade e dados de melhor qualidade nos ajudam a entender melhor quem está se candidatando à função de bombeiro de plantão, de onde eles vêm, qual o histórico e em que empresa trabalham no dia a dia. Agora, capturamos esses dados de uma forma muito mais qualitativa.”

Ele pretende mover todos os processos internos inteligentes do CFRS para a nuvem. “Sentimos que esse é o futuro. É mais flexível e certamente muito mais rápido de desenvolver. Porém, o mais importante é que podemos colaborar nos processos de back office e com os sistemas que enviam os bombeiros até os incidentes."

A plataforma IBM Cloud também expandiu a colaboração com outros serviços de emergência. “Entramos em contato com outros serviços de bombeiros e resgate e mostramos a eles o que fizemos e a eficiência que alcançamos”, afirma Thompson. "O custo inicial para a execução de um processo mais inteligente na nuvem é quase zero, portanto esses outros serviços estão mais aptos a se juntarem a nós. Poderíamos alcançar enormes eficiências em todo o país. O IBM BPM on Cloud e o BlueWorks são uma estrutura muito promissora para se unir como serviços de incêndio e encontrar maneiras comuns de trabalhar, não apenas no lado humano, mas para desenvolver paradigmas técnicos comuns para a integração de sistemas e o compartilhamento de dados. Isso é poderoso. E talvez o que mais me empolgue em relação ao aprimoramento de processos no BPM na nuvem seja o fato de podermos adotar uma abordagem incremental e ver como a abordagem de pequenas melhorias pode, de uma hora para outra, gerar grandes recompensas".

Logotipo do Cambridgeshire Fire & Rescue
Sobre o serviço Cambridgeshire Fire and Rescue

O Cambridgeshire Fire and Rescue Service (CFRS) (link reside fora de ibm.com) é o serviço de incêndio e resgate do condado não metropolitano de Cambridgeshire e a autoridade unitária de Peterborough no Reino Unido. O serviço opera 28 postos de bombeiros.

Dê o próximo passo

Para saber mais sobre o Business Process Manager on Cloud e o BlueWorks Live, entre em contato com representante de marketing da IBM ou com seu parceiro de negócios da IBM, ou acesse os seguintes sites: www.ibm.com/br-pt/products/business-automation-workflow, ibm.com/products/blueworkslive

 

Veja mais histórias de clientes ou saiba mais sobre o IBM Cloud

Assista ao vídeo
Legal

© Copyright IBM Corporation 2017. IBM Cloud, Route 100, Somers, NY 10589 Produzido nos Estados Unidos da América, outubro de 2017. IBM, o logotipo da IBM, ibm.com e Blueworks Live são marcas comerciais da International Business Machines Corp., registradas em várias jurisdições no mundo inteiro. Outros nomes de produtos e serviços podem ser marcas comerciais da IBM ou de outras empresas. Há uma lista atualizada de marcas registradas da IBM disponível na web em ibm.com/legal/copytrade.shtml. SoftLayer é uma marca comercial ou marca comercial registrada da SoftLayer, Inc., uma empresa da IBM. SoftLayer é uma marca comercial ou marca comercial registrada da SoftLayer, Inc., uma empresa da IBM. Nem todas as ofertas estão disponíveis em todos os países nos quais a IBM opera. É responsabilidade do usuário avaliar e verificar a operação de qualquer outro produto ou programa com produtos e programas IBM. AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO APRESENTADAS TAIS COMO ESTÃO, SEM QUALQUER GARANTIA, EXPRESSA OU IMPLÍCITA, INCLUSIVE SEM QUAISQUER GARANTIAS DE COMERCIALIZAÇÃO OU ADEQUAÇÃO A DETERMINADO FIM NEM QUALQUER GARANTIA OU CONDIÇÃO DE NÃO INFRAÇÃO. Os produtos da IBM têm garantia de acordo com os termos e condições dos contratos sob os quais são fornecidos. Todas as declarações relativas ao direcionamento e às intenções da IBM no futuro estão sujeitas a alterações ou à retirada sem aviso prévio e representam somente metas e objetivos.