Be Equal

Inclusão financeira: diversidade para inovar

Compartilhe:

Inclusão financeira para inovar. Diversidade e inclusão são temas que há muito deixaram de ser encarados somente como parte de estratégias de posicionamento no mercado.

Inclusão financeira: saiba o que falta para as organizações se movimentarem para fazer a Diversidade e a Inclusão acontecerem.

Em um contexto de constantes questionamentos que intensificam mudanças estruturais tanto na sociedade quanto na cultura, a transformação digital viabilizou possibilidades de novos modelos de negócios que precisam estar em dia com a inovação para continuarem crescendo e se sustentando dentro das organizações. E a inclusão financeira também se insere neste contexto.

Se atender e entender as necessidades dos clientes estão entre as prioridades da nova economia digital, que surge com as transformações recentes do sistema financeiro, a inclusão financeira é pauta essencial para as instituições deste setor.

O IBM Next Generation 2021 também dedicou um momento especial a este tema e convidou Nina Silva, CEO da Black Bank, e João Bezerra Leite, investidor e influenciador de D&I, para debatê-lo no painel “A inovação passa por Diversidade e Inclusão”.   

Transformação diversa e inclusiva

O mundo é dirigido por dados, mas também por pessoas. Entender esta riqueza de nuances para oferecer soluções personalizadas e fidelizar consumidores passa por potencializar o talento de pessoas das mais variadas orientações sexuais, origens, etnias, PCDs e incluí-las a fim de impulsionar a inovação.

“A diversidade da sociedade não está, nos mesmos números, em nossos times e em nossas equipes, mas está lá no finalzinho, na ponta. Com a transformação digital esta ‘ponta’ vem para dentro e faz parte deste dia a dia. Não só nas redes sociais, nas interações, chatbots, machine learning, mas, principalmente, em um impacto de real entrega de uma sociedade realmente justa. A transformação digital quase que obriga que as empresas coloquem quem sempre esteve lá na ponta ou desassistido ou mal assistido aqui no centro.”

Nina Silva, CEO da Black Bank

O mundo passa por um período intenso de ativismo dirigido à promoção de representatividade, reconhecimento e equidade. Portanto, este período disruptivo não pode reproduzir no mundo digital as mesmas mazelas do universo analógico.  De acordo com o investidor e influenciador de D&I, João Bezerra Leite, “se esta transformação digitalizar os nossos processos seculares com as distorções históricas que eles carregam, nós vamos concretar uma série de erros. A transformação digital tem de considerar a inclusão e a diversidade”.

Mas o que falta para as organizações se darem conta desta mudança e se movimentarem para fazer a Diversidade e a Inclusão acontecerem?

Nina Silva, CEO da Black Bank, responde à questão no vídeo.

Criar meios de acesso também à inclusão financeira é um grande desafio da era da tecnologia exponencial disponível para promover esta revolução. E o início pode ser por meio da mudança de cultura das empresas. Tornar toda a cadeia de valor mais plural, principalmente nas posições de liderança, contribui para que decisões de gestão voltadas a D&I sejam mais efetivas.

Saiba mais

Clique aqui e saiba mais sobre a atuação da IBM em Diversidade e Inclusão.  

Vamos conversar

Entre em contato com um representante da IBM.

Leia mais sobre

Pagamentos instantâneos: o varejo encontra seu protagonismo

Pagamentos instantâneos: ao longo dos últimos anos, o varejo implementou diversos modelos de pagamento, mas nenhum se compara com a verdadeira revolução que vem sendo provocada pelo PIX e open banking. Há quase oito anos, o Arranjo de Pagamentos (Lei 12.865/2013) possibilitou o surgimento de novos modelos de negócios. A regra permitiu aos varejistas a […]

WEG reforça o potencial nacional na indústria de alta tecnologia

A WEG S.A, fundada em 1961, representa uma parte importante do desenvolvimento industrial brasileiro. Com um catálogo que conta com cerca de 1.200 produtos, a multinacional está presente em mais de 12 países e se destaca pela versatilidade de sua produção. Seja com motores que atendem desde aparelhos de ar-condicionado até aeronaves, ou outros artigos […]

Gerdau: 120 anos de história, se reinventando rumo ao futuro

Poucas empresas podem dizer que atuam com excelência há mais de 120 anos em seu segmento. Esse é o caso da Gerdau, a maior produtora de aços longos no Brasil e aços especiais em toda a América Latina. Com uma estrutura multinacional e um compromisso com inovação tecnológica, há uma imensa demanda de armazenamento e […]