Expandir globalmente e permanecer local
A Edarat Group oferece serviços multinuvem híbridos internamente com a ajuda do IBM Cloud Satellite
Riade, Arábia Saudita, ao pôr do sol

Manter dados confidenciais seguros é um desafio constante no cenário tecnológico global atual. Cada país tem suas próprias regras sobre como os dados são armazenados, gerenciados e acessados. Na Arábia Saudita, o governo leva essa responsabilidade muito a sério.

Tanto que no seu planejamento para 2030, o plano estratégico do país para o crescimento econômico e social, estipula que os dados de setores regulamentados, como finanças, saúde, governo, petróleo e gás, educação e seguro, devem residir em data centers dentro do país.

A Edarat Group, uma empresa de data center e tecnologia de informação e comunicação (ICT) com sede na Arábia Saudita, está bem familiarizada com essa exigência. Fundada em 2004, a empresa é especializada em assessoria e consultoria de TI, engenharia de data center, cidades inteligentes e tecnologia de edifícios inteligentes (IoT), realocação de data center e migração de carga de trabalho. E em 2014, a empresa lançou uma nova linha de negócios como um provedor local de serviços de nuvem privada.

"Fomos um dos primeiros a adotar", diz Jihad Nehme, consultor principal e diretor de serviços de nuvem da Edarat Group. "Na época, a nuvem não era regulamentada na Arábia Saudita e as empresas hesitavam em migrar seus clientes para ela. Então, inicialmente, fornecíamos principalmente recuperação de desastres como um serviço. Ao longo dos anos, a regulamentação começou a existir, surgiu a integração da soberania de dados. Muitas pessoas estavam usando serviços de nuvem pública e precisavam trazê-los para o país. E foi aí que começamos a expandir."

Felizmente, a Edarat Group estava bem preparada para o desafio. "Estamos registrados como um provedor de serviços de nuvem classe C na Communication Information Technology Commission (CITC), uma agência de governança da Arábia Saudita e reguladora de serviços de nuvem", diz Nehme. "Essa é a classe mais alta de segurança e nos qualifica para lidar com dados restritos, secretos e ultrassecretos de todos os setores públicos e privados."

3 data centers


A Edarat Group implementou a solução IBM Cloud Satellite em 3 data centers na Arábia Saudita

2 semanas


A solução foi implementada em apenas 2 semanas

Com o IBM Cloud Satellite, a EdaratCloud se tornou um CSP local com recursos internacionais. E este é o principal diferencial entre todos os provedores da Arábia Saudita. Jihad Nehme Consultor principal, chefe de serviços de nuvem Edarat Group

Em 2021, a Edarat Group estava pronta para migrar para a próxima fase como provedora de serviços de nuvem. Para isso, procurou estabelecer uma parceria com um provedor global de serviços de nuvem que pudesse aprimorar sua oferta de nuvem privada com recursos de nuvem pública, oferecendo assim flexibilidade, escalabilidade e a facilidade de um ambiente multinuvem híbrido.

"Nosso modelo na Arábia Saudita é a nuvem privada virtual para empresas", diz Nehme. "Não queríamos ser provedores de nuvem pública. Queríamos construir nossa nuvem em um modelo ágil, fornecendo vários serviços de nuvem sem comprometer a segurança ou a disponibilidade."

Abrindo portas para a nuvem híbrida

A Edarat Group recorreu à IBM para fornecer os recursos de serviços de nuvem que procurava. Com a solução IBM Cloud Satellite®, a empresa pode executar cargas de trabalho em ambientes de nuvem híbrida, mantendo seus dados na Arábia Saudita. A empresa considerou outros provedores internacionais de serviços de nuvem, mas a maioria não estava disponível na Arábia Saudita ou exigia muito hardware, e nenhum apresentava o conjunto robusto de recursos do IBM Cloud Satellite.

"O IBM Cloud Satellite nos permitiu proporcionar a experiência da nuvem pública, mantendo a soberania de dados como provedor de serviços de nuvem local", diz Nehme. "Conseguimos abrir o caminho para o catálogo de serviços IBM Cloud, incluindo a base conteinerizada Red Hat® OpenShift®, bem como os recursos de automação, integração e gerenciamento de dados do IBM Cloud Paks", ele continua.

Com a solução IBM, a Edarat Group agora oferece recursos de plataforma como serviço (PaaS) além de sua oferta existente de infraestrutura como serviço (IaaS). “Isso nos deu uma vantagem competitiva, porque nenhum outro provedor de nuvem local na Arábia Saudita tem esse tipo de solução integrada. Além disso, com uma plataforma multinuvem, nos tornamos um fornecedor único para oferecer serviço de nuvem para clientes com carga de trabalho rodando em diferentes tipos de ambientes, para que não precisem refatorar ou alterar seus aplicativos. Eles podem simplesmente fazer uma transferência direta, fica muito mais fácil.”

A implementação da solução nos três data centers da Edarat Group, distribuídos geograficamente entre Riade e Jeddah com uma distância de 950 km, levou apenas duas semanas. "Foi uma vitória rápida para nós", diz Nehme, "permitiu expandir rapidamente o nosso catálogo de serviços. Se fizéssemos isso internamente, seria necessário um investimento significativo de tempo. Alcançar a mesma qualidade de serviço teria sido quase impossível em tão pouco tempo."

Para a IBM, o Edarat Group também foi uma excelente opção como cliente e parceiro de nuvem da Arábia Saudita. “Nossas origens estão na integração de sistemas. Entendemos todas as camadas, desde o data center até a infraestrutura, a segurança e o aplicativo", diz Nehme. "Acreditamos que a IBM reconheceu que estávamos prontos para nos transformar e crescer rapidamente. Também estávamos muito familiarizados com a plataforma OpenShift e sabíamos seus pontos fortes.”

"Muitos de nossos clientes atualmente executam aplicativos tradicionais em máquinas virtuais (VMs)", ele continua. "A execução de muitos aplicativos nesse tipo de ambiente exige vários tipos de ambientes de teste para cada aplicativo, o que gera custos para VMs, hardware, sistemas operacionais e licenças. Ao se modernizar com o OpenShift, o cliente pode ter um ambiente de desenvolvimento multilocatário em um único cluster do OpenShift. Os clientes economizam em hardware, software e sistemas operacionais, porque eles têm apenas um sistema operacional em vez de dezenas.”

Os clientes também se beneficiam de recursos de expansão automática. Em uma configuração tradicional, os servidores são dimensionados com base na carga máxima durante os tempos de pico. Com a conteinerização do Red Hat OpenShift, os clientes pagam com base no quanto consomem, dimensionando automaticamente os recursos para cima e para baixo para acomodar períodos de pico e períodos de baixa. Os clientes também têm muita agilidade em termos de implementar e lançar mudanças rapidamente em produção de maneira segura.

Se fizéssemos isso internamente, seria necessário um investimento significativo de tempo. Alcançar a mesma qualidade de serviço teria sido quase impossível em tão pouco tempo. Jihad Nehme Consultor principal, chefe de serviços de nuvem Edarat Group
Parceria para benefício mútuo

No futuro, a Edarat Group acredita que o IBM Cloud Satellite ajudará a abrir o caminho para que os clientes da empresa passem por suas próprias transformações digitais e estimulem novas formas de fazer negócios. Atualmente, dois clientes concluíram provas de conceito (POCs) bem-sucedidas e estão prontos para começar a usar a solução. E há muitas outras oportunidades no horizonte.

Uma dessas oportunidades é no setor bancário digital. "Esta é uma área que está realmente se recuperando na Arábia Saudita", diz Nehme. "Recentemente, fizemos um POC para um banco e pudemos demonstrar como funciona o contêiner como serviço. É uma plataforma totalmente gerenciada como um serviço usando o OpenShift." A Edarat Group também conseguiu demonstrar os benefícios potenciais da tecnologia IBM Cloud Pak®, bem como das soluções de IA da IBM.

A empresa está trabalhando em uma solução "bank in a box" para bancos de pequeno porte que desejam entrar no mercado bancário digital. Para isso, a Edarat Group está mapeando os recursos que os bancos digitais exigem e incluindo serviços IBM Cloud® relevantes para fornecê-los como um serviço de maneira oportuna e econômica.

"Mas não se trata apenas de serviços bancários digitais", diz Nehme. "A IBM é um pilar no setor financeiro. Muitos bancos maiores já usam o IBM Cloud Paks e outros serviços IBM. Com o IBM Cloud Satellite, eles podem transferir essas cargas de trabalho de seus data centers locais para a nuvem."

A empresa também prevê a possibilidade de trabalhar com o governo em seu plano de desenvolver uma oferta de IaaS, em última instância expandindo para PaaS, e eventualmente software como serviço (SaaS), recursos que atualmente apenas são possíveis na Arábia Saudita através da parceria com a IBM Cloud Satellite.

Mesmo algumas empresas menores e não regulamentadas podem se beneficiar da solução. Na Arábia Saudita, nenhum outro provedor oferece serviços de plataforma gerenciada nativa em nuvem. Com a solução Edarat Cloud, um pedido de comida online ou aplicativo de compartilhamento de corrida, por exemplo, poderia acessar os serviços do IBM Cloud para executar a aplicação nativa em nuvem localmente.

A colaboração entre a Edarat Group e a IBM não se limita às suas ofertas conjuntas. A Edarat Group tinha planos de se tornar uma empresa de capital aberto na Bolsa de Valores da Arábia Saudita em 2022. Ao longo do processo de aprovação em 2021, a IBM ajudou a empresa a atender aos requisitos da aplicação e a construir um case vencedor.

Essa colaboração tem sido vantajosa para as duas empresas, e para a futura parceria. "É um bom ajuste. Com o IBM Cloud Satellite, o EdaratCloud se tornou um CSP local com recursos internacionais", conclui Nehme. “Isso é algo que sempre enfatizo, pois reflete verdadeiramente os resultados que a parceria tem alcançado. E esse é o principal diferencial entre todos os provedores da Arábia Saudita."

Logotipo da Edarat Group
Sobre a Edarat Group

A Edarat Group é uma empresa de data center e ICT com sede em Riade, na Arábia Saudita. Fundada em 2004, a empresa fornece consultoria de TI, engenharia de data center, cidade inteligente e tecnologia de edifícios inteligentes (IoT), migração de carga de trabalho e serviços de nuvem. Seus principais clientes incluem instituições financeiras, operadoras de telecomunicações, organizações governamentais, prestadores de serviços de saúde e provedores de serviços de colocation. Além da Arábia Saudita, possui unidades nos Emirados Árabes Unidos, França e Líbano.

Próximo:
Segurança e agilidade se unem no University of Mainz Medical Center Estudo de caso
Notas de rodapé

© Copyright IBM® Corporation 2022. IBM® Corporation, IBM® Cloud, New Orchard Road, Armonk, NY 10504

Produzido nos Estados Unidos da América, junho de 2022.

IBM, o logotipo IBM, ibm.com, IBM Cloud, IBM Cloud Pak e IBM Cloud Satellite são marcas comerciais da International Business Machines Corp., registradas em diversas jurisdições em todo o mundo. Outros nomes de produtos e serviços podem ser marcas comerciais da IBM ou de outras empresas. Há uma lista atualizada de marcas registradas da IBM disponível na web em “Copyright and trademark information" em www.ibm.com/br-pt/legal/copytrade.

Red Hat e OpenShift são marcas comerciais ou marcas registradas da Red Hat, Inc. ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.

Este documento é atual na data de sua publicação inicial, podendo ser alterado pela IBM a qualquer momento. Nem todas as ofertas estão disponíveis em todos os países em que a IBM opera.

Os dados de desempenho e exemplos de clientes citados são apresentados apenas para fins ilustrativos. Os resultados reais de desempenho podem variar de acordo com configurações e condições operacionais específicas. AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO FORNECIDAS NO ESTADO EM QUE SEM ENCONTRAM, SEM QUALQUER GARANTIA, EXPRESSA OU IMPLÍCITA, INCLUINDO SEM QUAISQUER GARANTIAS DE COMERCIALIZAÇÃO, ADEQUAÇÃO A DETERMINADO FIM E QUALQUER GARANTIA OU CONDIÇÃO DE NÃO INFRAÇÃO. Os produtos IBM têm garantia de acordo com os termos e condições dos contratos sob os quais são fornecidos.