Maximize os benefícios oferecidos pelo IBM Cloud Pak for Network Automation

A IBM trabalha de forma colaborativa com uma grande variedade de parceiros para ampliar os recursos do IBM Cloud Pak® for Network Automation e co-criar soluções personalizadas que ampliam os recursos da melhor plataforma do mercado. As empresas de tecnologia e os integradores de sistemas desse ecossistema crescente desempenham um papel importante, transformando sua rede para ter operações totalmente automatizadas com automação na nuvem e impulsionada por IA.

Procure os parceiros do ecossistema e os provedores de soluções por categoria de caso de uso: funções de rede de telecomunicações, acesso à rede ou conectividade corporativa.

Funções da rede de telecomunicações

Veja abaixo mais informações sobre os parceiros nessa categoria.

Parceiros de funções de rede de telecomunicações

Casa Systems

A Casa Systems é pioneira em soluções 5G avançadas e de banda ultralarga para provedores de serviços para redes móveis, fixas, cabeadas e de convergência. O pacote de soluções de acesso e essenciais de alto desempenho e com escala da web da Casa ajuda esses provedores a oferecer a agilidade e a eficiência de rede exigidas pelo 5G.

Recursos e benefícios:

  • Otimiza a virtualização da função de rede (NFV) principal
  • Possibilita a implementação flexível da NFV
  • Possibilita a escala vertical e horizontal das VNFs principais
  • Usa arquitetura nativa em nuvem baseada em microsserviços
  • Oferece a confiabilidade e a resiliência de uma operadora de telefonia móvel


Escopo da implementação:

  • Função de gerenciamento de acesso e mobilidade (AMF), função de gerenciamento de sessão (SMF), função de repositório de função de rede (NRF), função de seleção de fatia de rede (NSSF), função de plano de usuário (UPF), executadas no Red Hat® OpenShift® Container Platform (RHOCP) 4.6
  • Integração e implementação por meio do IBM Cloud Pak for Network Automation 2.2
  • Teste automatizado usando o emulador Spirent Landslide UE/gNB
  • UPF adicional implementado no servidor de processamento OpenShift remoto
  • Implementação automatizada do servidor de processamento remoto OpenShift para a carga de trabalho do UPF


Credencial: IBM Cloud Pak for Network Automation Lab Validated

Outros recursos:

Altiostar

A Altiostar fornece software vRAn aberto 4G e 5G que é compatível com interfaces abertas e virtualiza funções de banda base de acesso a rádio para criar uma rede móvel desagregada e com vários fornecedores, com escala da web e baseada em nuvem.

Recursos e benefícios:

  • Agilidade: Nas soluções vRAN abertas, o ciclo operacional de lançamento de novos recursos no software é mais curto, o que reduz o prazo de lançamento no mercado por meio de CI/CD e desenvolvimento ágil de software.
  • Segurança: As interfaces padronizadas e abertas acabam com as vulnerabilidades ou os riscos das implementações próprias. A transparência permite que um operador tenha visibilidade total e controle sobre o ambiente em nuvem e a rede em geral.
  • Capacidade de programação: As interfaces de programação de aplicativos (APIs) padronizadas na nova arquitetura vRAN aberta para 5G é viabilizada com o lançamento do controlador inteligente RAN (RIC) quase em tempo real. As APIs abertas possibilitam uma nova onda de inovação nas redes sem fio.
  • Escalabilidade: O hardware padronizado pode ser compartilhado entre várias cargas de trabalho, aumentando a eficiência da utilização por meio de ganhos de multiplexação estatísticos. Isso gera uma redução significativa nas despesas operacionais e aumenta a escala da rede.
  • Resiliência: Na vRAN aberta, as cargas de aplicação de sites de célula única podem ser distribuídas entre várias VNFs, oferecendo uma resiliência muito melhor e menos impacto no caso de falha de uma única CNF.
  • Automação: O uso de plataformas em nuvem de código aberto, como o Red Hat OpenShift, com APIs abertas em NFV, possibilita maior automação operacional e a consequente redução das despesas operacionais. Com a implementação das funções de banda de base como CNFs, é possível automatizar várias tarefas operacionais, como a integração de novos sites de célula (autocomissionamento), a detecção e a recuperação automatizada de falhas (autocorreção), além de reduzir ainda mais as despesas operacionais.


Escopo da implementação:

  • Automação do servidor (BIOS, firmware)
  • Automação de vRAN
  • Automação de Ceph
  • Suporte à integração de vCU/vDU com o Red Hat Advanced Cluster Management for Kubernetes (RHACM) (apenas LLS-C3, sem qualquer automação de controle de sistema desagregado de roteamento para redes móveis (DSCG))
  • Implementação do single node OpenShift (SNO) RHOCP 4.8
  • Núcleo 5G modelado no siteplanner
  • RAN 5G modelada no siteplanner


Credencial: IBM Cloud Pak for Network Automation Lab Validated

Outros recursos:

Samsung

O Samsung 5G Core CNF é totalmente conteinerizado com conjuntos de ferramentas de código aberto compatíveis com a Cloud Native Computing Foundation (CNCF). Esses conjuntos de ferramentas são baseados em uma arquitetura de microsserviços e sem estado e oferecem uma solução de núcleo nativa em nuvem ágil e com infraestrutura independente. O Samsung 5G Core automatiza as operações de rede de ponta a ponta integrando RAN, núcleo e MEC na plataforma de automação para responder a mudanças na rede 5G e aumentar a eficiência operacional.

Recursos e benefícios:

  • O AMF gerencia a mobilidade dos terminais no sistema 5G Core e a habilidade de transmitir mensagens de controle entre os NFs dentro do sistema Core e a estação de base/terminal.
  • O SMF e o recurso GW-C incorporado fazem o estabelecimento/a alteração/a exclusão das conexões das sessões PDU 4G/5G PDU, coletam dados de faturamento e transferem informações de QoS para a seleção do UPF e o UPF
  • O UPF e o recurso GW-U incorporado são responsáveis pelo gerenciamento de sessão PDU 4G/5G e pela aplicação de políticas, pelo processamento de pacotes, pelas funções de transferência e pelas funções de DPI.
  • O NRF faz a descoberta do serviço e gerencia a instância de NF disponível e os serviços compatíveis em um plano de sinalização de núcleo 5G baseado em SBA.
  • O NSSF possibilita a seleção da fatia de rede apropriada para o UE 5G


Escopo da implementação:

  • Entidade de gerenciamento de mobilidade (MME) 5G da Samsung, AMF, SMF, NRF, NSSF, UPF executados no RHOCP 4.8
  • Integração e implementação por meio do IBM Cloud Pak for Network Automation 2.2
  • Configuração automatizada de núcleo 5G da rede
  • Configuração automatizada de RAN CU, RAN DU
  • Escala automática no nível do CNF do CNF principal
  • Recuperação de automação com falha
  • Ferramenta de teste de validação do serviço após a implementação inicial
  • Provisionamento totalmente automatizado


Credencial: IBM Cloud Pak for Network Automation Lab Validated

Outros recursos:

HPE

As soluções abertas e nativas em nuvem da HPE são usadas na edge empresarial, na rede de telecomunicações e em várias nuvens. Junto com parceiros, a HPE ajuda as empresas de telecomunicações a automatizar as operações, aumentar as eficiências e transformar os negócios. Com a HPE, é possível criar novos serviços diferenciados que usam 5G e edge, desagregar a rede usando soluções abertas com vários fornecedores com base em infraestrutura escalável e otimizada, usar modelos baseados no consumo para reduzir o risco de entrada em novos mercados e possibilitar a automação baseada em IA/aprendizado de máquina para gerenciar complexidades operacionais.

Recursos e benefícios:

  • A função de servidor de autenticação (AUSF)autentica o equipamento do usuário (UE) para a função de rede do solicitante (NF). Fornece materiais essenciais para a NF do solicitante. A operação do serviço de autenticação permite que a NF do solicitante inicie a autenticação do UE fornecendo o ID do UE e o Nome da Rede de Serviço.
  • A função de controle de política (PCF) é uma solicitação de software de nível de operadora de telefonia usada para implementar o gerenciamento de políticas convergentes e soluções que permitem decisões de políticas em tempo real para provedores de serviço de rede no domínio dos sistemas de suporte corporativo/sistemas de suporte de operações (BSS/OSS), no domínio da rede principal e no domínio das aplicações de conteúdo.
  • O gerenciamento de dados unificado (UDM) foi criado especificamente para ser nativo em nuvem e usa na arquitetura baseada em serviços de 3rd Generation Partnership Project (3GPP), o que ajuda a evitar o lock-in com fornecedor. As NFs 5G da HPE fazem correções automáticas, são escalonáveis, modulares e automatizadas e agilizam as atualizações da rede.
  • O repositório de dados unificado (UDR) fornece um serviço de armazenamento de dados estruturado que podem ser exposto como uma NF 5G, de acordo com os padrões 3GPP. Ele foi criado para ser nativo em nuvem, seguro e aberto e usa uma arquitetura baseada no serviço 3GPP, ajudando a evitar o lock-in com fornecedor. O UDR 5G da HPE é compatível com ACID, oferece alta disponibilidade, redundância geográfica, armazenamento híbrido e gateways de provisionamento comuns.
  • O armazenamento de dados não estruturados (UDSF) fornece serviços para o armazenamento e a recuperação de dados não estruturados para uma 5G Core NF, de acordo com os padrões 3GPP.


Escopo da implementação:

  • HPE 5G UDM/UDR/AUSF/PCF/UDSF/integrated home subscriber server (iHSS)/Ignite, executado no RHOCP 4.8
  • Integração e implementação por meio do IBM Cloud Pak for Network Automation 2.2
  • Configuração automatizada de núcleo 5G da rede
  • Configuração automatizada de RAN CU, RAN DU
  • Escala automática no nível do CNF do CNF principal
  • Recuperação de automação com falha
  • Ferramenta de teste de validação do serviço após a implementação inicial
  • Provisionamento totalmente automatizado


Credencial: IBM Cloud Pak for Network Automation Lab Validated

Outros recursos:

Enea

O 5G MicroCore da Enea é uma solução de 5G privada, exclusiva, completa e pronta para ser implementada. Ela inclui integração de assinantes, provisionamento de assinatura e ativação de cartão SIM para acelerar o tempo de lançamento no mercado. Em outras palavras, essa é uma solução de gerenciamento de dados pronta para uso indicada para todos os setores que estão considerando o 5G privado. A 5G MicroCore inclui UDR, UDM, AUSF e um minisservidor de assinante doméstico (HSS). A 5G MicroCore da Enea armazena e gerencia dados em todas as funções de núcleo e edge do 5G, possibilitando a operação entre redes 4G/5G, além de ser baseada em tecnologias comprovadas em implementações no mundo todo.

Recursos e benefícios:

  • Voltado para os negócios: Os produtos têm operações totalmente automatizadas que usam recursos de gerenciamento automático, o que permite uma adaptação rápida à lógica de negócios.
  • Conteinerizado e nativo em nuvem: O 5G MicroCore usa uma arquitetura modularizada e em contêineres criada para ser facilmente integrada a arquiteturas de edge empresariais. 
  • Modelo de precificação de SaaS: A solução foi criada e desenvolvida para atender a todos os casos de uso da Indústria 4.0, criando uma entidade 5G de edge viável por meio da melhoria da economia da rede.
  • Altamente interoperável
  • implementação automatizada
  • Agilidade abrangente: As empresas são beneficiadas com uma solução completa que usa os recursos de gerenciamento de tráfego e os dados da Enea.


Escopo da implementação:

  • UDM, AUSF, PCF executados no RHOCP 4.6
  • Cloud Pak for Network Automation 2.2
  • Integrado com o Casa Systems 5G Core para ter todos os componentes de núcleo 5G


Credencial: IBM Cloud Pak for Network Automation Lab Validated

Outros recursos:

Acesso à rede

Veja abaixo mais informações sobre os parceiros nessa categoria.

Parceiros de acesso à rede

F5

O F5 BIG-IP Local Traffic Manager (LTM) fornece suas aplicações para os usuários de forma confiável, segura e otimizada. Você tem a capacidade de extensão e a flexibilidade dos serviços da aplicação com a capacidade de programação necessária para gerenciar a infraestrutura em nuvem, virtual e física. Com o BIG-IP LTM, você pode fazer escalar, automatizar e personalizar serviços de aplicações de forma mais rápida e previsível. O BIG-IP DNS oferece hiperescala e segurança quando há um grande volume de consultas e ataques DDoS ao DNS

rRecursos e benefícios:

1) F5 BIG-IP IP LTM: 

  • Escale as aplicações de forma rápida e confiável.
  • Automatize e personalize com infraestrutura programável.
  • Migre para ambientes virtuais e em nuvem.
  • Simplifique a implementação e o gerenciamento das aplicações.
  • Proteja suas aplicações críticas.


2) F5 BIG-IP IP DNS: 

  • Escale o DNS para até 100 milhões de RPS com um chassi totalmente carregado.
  • Garanta a proteção contra ataques DNS e a disponibilidade.
  • Melhore o desempenho global das aplicações.
  • Implemente de forma flexível, escale de acordo com o crescimento e gerencie com eficiência.


Escopo da implementação:

  • BIGIP-15.1.0.1-0.0.4
  • TNC v1.2, ALM 2.2
  • Red Hat OpenStack 4.0.0/Nova 13.1.4


Credencial: IBM Cloud Pak for Network Automation Lab Validated

Outros recursos:

Juniper Networks

O Juniper vSRX é um dispositivo de segurança virtual que fornece serviços de segurança e rede no perímetro e na edge, em ambientes virtualizados em nuvem privada ou pública. O vSRX é executado como máquina virtual (VM) em servidor x86 padrão. O vSRX é construído sobre o sistema operacional Junos (Junos OS) e fornece recursos de rede e segurança similares aos que estão disponíveis nos lançamentos de software dos SRX Series Services Gateways. Tendo o vSRX nos servidores x86 padrão, você pode lançar novos serviços rapidamente, oferecer serviços personalizados aos clientes e escalar os serviços de segurança de acordo com as mudanças nas necessidades. O vSRX é ideal para ambientes em nuvem pública, privada e híbrida.

Recursos e benefícios:

  • Proteção com firewall de inspeção de estado em edge do locatário
  • Implementação mais rápida de firewalls virtuais em novos locais
  • Possibilidade de execução em vários hipervisores e infraestruturas em nuvens públicas
  • Recursos de roteamento completo, VPN, segurança de núcleo e rede
  • Recursos de proteção de aplicações (como IPS e App-Secure)
  • Recursos de proteção de conteúdo (como antivírus, filtragem da web, anti-spam e filtragem de conteúdo)
  • Gerenciamento centralizado com o Junos Space Security Director e gerenciamento local com o J-Web Interface
  • Integração do Juniper Networks Sky Advanced Threat Prevention (Sky ATP)


Escopo da implementação:

  • Juniper-vSRX-3.19
  • ALM 2.2 /TNC 1.2
  • LMCTL 2.6.3
  • OpenStack 4.0.0 /Nova 13.1.4


Credencial: IBM Cloud Pak for Network Automation Lab Validated

Outros recursos:

Conectividade corporativa

Veja abaixo mais informações sobre os parceiros nessa categoria.

Parceiros de conectividade corporativa

Turnium SD-WAN

A Turnium é uma carga de trabalho CNF certificada que os provedores de serviços podem usar para implementar e gerenciar conexões de rede definidas por software resistentes para uCPE, dispositivos de computação de edge, dispositivos que usam IoT, veículos de frota e escritórios.

Recursos e benefícios:

  • Possibilita uma arquitetura SD-WAN com diversidade geográfica
  • Permite várias conexões: a SD-WAN da Turnium pode criar túneis de SD-WAN próprios usando banda larga, acesso dedicado à Internet (DIA), Ethernet, MPLS, redes sem fio fixas e LTE, conexões 4G e 5G e muito mais
  • Ajuda a criar e oferecer suporte a redes híbridas
  • Oferece qualidade de serviço (QoS) para priorizar aplicações de voz ou outras aplicações que exijam prioridade de largura de banda na rede 
  • Oferece recursos de segurança da nuvem do WatchGuard como opções de pacote


Escopo da implementação:

  • Turnium SD-WAN
  • IBM Cloud Pak for Network Automation 2.2
  • Nó remoto RHOCP 4.6


Credencial: IBM Cloud Pak for Network Automation Lab Validated

Outros recursos: