O melhor conselho que Shelley Kalms já recebeu é "Seja corajoso, não perfeito".

Depois de iniciar sua carreira como engenheira química, Kalms é agora o Chief Digital Officer da Woodside Energy, o principal produtor de gás natural da Austrália. Os ativos operados pela empresa são conhecidos por sua segurança, confiabilidade, eficiência e desempenho ambiental.

O GNL é um gás natural que é resfriado a um estado líquido condensado. Novas descobertas em produção, armazenamento criogênico e transporte estão permitindo que o GNL possa competir com outros combustíveis no mercado global.

No entanto, a pandemia da COVID-19 e a disputa da Organização dos Países Exportadores de Petróleo + 1 (Opep + 1) provocaram volatilidade nos preços do petróleo, levando ao adiamento de alguns projetos de desenvolvimento de GNL propostos pela Woodside. A Woodside tem vasta experiência na implantação de tecnologias para aumentar a eficiência e reduzir custos e, neste cenário de mudança, Kalms e a empresa redobraram seus esforços de adoção dessa iniciativa estratégica como prioridade de negócios.

As iniciativas atuais poderiam reduzir as despesas operacionais por aproximadamente

AUD 110 milhões

por ano

O Woodside Accelerator continua a crescer, com mais de

30 iniciativas

identificadas para o progresso

A Woodside estabeleceu um objetivo para diminuir as despesas operacionais em até 30% e a empresa tem um plano para entregar isso de forma ponderada e estratégica. A Woodside está em busca de mudanças sustentáveis a longo prazo que transformem suas operações e a maneira como gera valor. Para construir um gasoduto mais seguro e eficiente, a Woodside está explorando o conceito de operações autônomas e pesquisando maneiras de otimizar a relação entre humanos e máquinas, ampliando o uso da IA e da automação. A empresa está investigando conceitos como gerenciamento de contratos, otimização de materiais, gerenciamento de estoques e manutenção preditiva automatizados em suas plataformas, plantas e rede.

Para entregar essa transformação com a magnitude e o prazo desejados, Kalms precisou escalar a capacidade digital e de negócios e, com isso, a Woodside fez parceria com o comprovado "acelerador de transformação", o IBM Garage™.

Verifique a velocidade de geração de valor e, em seguida, aumente a escala

O IBM Garage despertou o interesse de Kalms em 2019 por seu foco em pessoas e design centrado no usuário. Ela reconheceu que a transformação não se trata simplesmente de modernizar a tecnologia e gerar insights a partir de dados. Trata-se de pessoas aceitando novas formas de trabalho. "A transformação digital não deve ser algo aplicado na empresa, deve ser algo feito com uma empresa". Kalms continua, "A transformação deve estar presente nos corações e mentes das pessoas".

O IBM Garage, um framework de transformação comprovado que integra pessoas, processos e tecnologia parecia ser a escolha ideal. No entanto, antes da Woodside dar um grande passo, ela precisará de uma estrutura mais enxuta. Por isso, a empresa colaborou com a IBM Garage para simplificar, centralizar, digitalizar e automatizar os processos de integração de RH da Woodside. A colaboração entre as equipes da Woodside e da IBM reuniu gerentes de contratação e contratações recentes com funcionários de área jurídica, TI, segurança, compras e gestão de emergências.

Edifício da Woodside Energy

Após definir um roteiro de produto durante um workshop IBM Garage Enterprise Design Thinking™ e realizar pesquisas voltadas para os usuários, os membros da equipe construíram um fluxo de trabalho inteligente em quatro sistemas e redesenharam a experiência de integração. Em apenas 10 semanas, a equipe colocou o produto mínimo viável (MVP) de integração de RH em produção. Como resultado, a integração de novos funcionários tornou-se mais rápida.

Após observar a velocidade com que IBM Garage gerou valor com a iniciativa de integração de RH, a Woodside estava pronta para escalar sua transformação e criar novas propostas para operações críticas de negócios. Para garantir uma abordagem específica e personalizada, as equipes desenvolveram um modelo operacional inovador, o Woodside Accelerator.

Navio australiano em alto mar com cangurus pintados nas laterais

A evolução contribui com novas iniciativas

A prática integrada da empresa IBM Garage, o Woodside Accelerator, engloba uma equipe colaborativa composta por funcionários da Woodside e da IBM e o ecossistema de parceiros da Woodside que aceitaram e implementaram novas formas de trabalho usando métodos agile, DevOps e design centrado no usuário. O Woodside Accelerator segue a IBM Garage Methodology de cocriar, coexecutar e cooperar.

Os executivos de operações da Woodside participaram de um workshop virtual do IBM Garage de três dias para avaliar as operações de negócios e verificar onde a empresa de energia poderia melhorar a eficiência e a receita. Para cada iniciativa, os membros da equipe analisaram os problemas a partir de diversas perspectivas, sem tentar identificar uma solução logo no início. Com base na área do problema, eles determinaram quais pessoas, tecnologia e recursos poderiam ajudar a resolver a situação.

Para calcular a velocidade de geração de valor de uma iniciativa específica e o ritmo de transformação organizacional, a equipe usou a estrutura IBM Garage V.O.T.E (velocidade, resultados, tecnologia e dívida administrativa, experiência do funcionário). Essa estrutura é atualizada continuamente para todas as iniciativas planejadas e que são parte do portfólio para avaliar o potencial de investimento de cada iniciativa. Os insights do V.O.T.E são usados pelo Conselho de Investimentos da Woodside Accelerator para tomar decisões informadas sobre quais iniciativas devem ser financiadas e sua ordem de prioridade.

As iniciativas precisam provar ao conselho de investimento que o valor estimado do seu caso de negócio é razoável e que podem gerar retorno à organização rápido o suficiente para justificar o financiamento.

A partir de um processo Best Person for the Job (BPFJ), os proprietários de produtos selecionam uma equipe multidisciplinar e determinam quais funções serão desempenhadas com base no problema que deverá ser resolvido. As funções incluem pesquisadores, designers, engenheiros de fluxo de trabalho inteligente, cientistas de dados e desenvolvedores. Além disso, um grupo de interface do IBM Garage trabalha ao lado dessa equipe para promover a governança e remover barreiras, permitindo que os membros da equipe otimizem sua produtividade e entreguem valor o mais rápido possível. O Woodside Accelerator possui atualmente dez equipes ativas que estão transformando, automatizando e simplificando fluxos de trabalho inteligentes em toda a cadeia de valor e em cadeias de suprimentos da Woodside.

Refinaria de GNL em próxima ao mar

O Digital Ecosystem Blueprint é uma iniciativa visionária que está definindo o cenário do futuro da tecnologia da Woodside. Todas as outras iniciativas estão em diferentes fases de desenvolvimento:

Cocriar:

  • Estratégias de manutenção digital: digitaliza e reúne os dados necessários para possibilitar a verificação rápida de estratégias de manutenção de equipamentos. Isso permitirá identificar e remover o escopo recorrente e de baixo valor do programa de execução de manutenção.

Coexecutar:

  • Pensamento de risco aplicado (ART): visa avaliar e priorizar as ações de gerenciamento de risco da Woodside, assegurar o foco de recursos limitados nas ações de valor mais alto e reduzir as ações de baixo valor. O objetivo é gerenciar o risco como uma organização mais eficiente que deseja alcançar o equilíbrio entre a dependência de processos e procedimentos e a dependência de competências.
  • Sistema seguro integrado de trabalho (ISSoW): desenvolve um fluxo de trabalho inteligente que simplifica o processo de permissão, associando o risco do trabalho com o nível adequado de controle.
  • Otimização de materiais: automatiza a ineficiência do back-office no gerenciamento de estoques.
  • Gestão de custos de manutenção: reduz os gastos por meio de maior transparência e controle durante as principais decisões de compra.

Cooperar:

  • Manutenção baseada em risco: otimiza a freqüência de manutenção, utilizando modelos inteligentes que utilizam as melhores práticas da indústria e dados históricos.
  • Monitoramento baseado em condição: converte a manutenção reativa em manutenção preventiva através de um fluxo de trabalho inteligente, usando sensores de IA, Internet das Coisas (IoT) e modelos de diagnóstico.
  • Planejamento de manutenção: usa a automação para reduzir a ineficiência de back-end com planejamento e preparação de ordens de serviço recomendando de forma inteligente o trabalho mais eficiente a ser concluído simultaneamente.

O Woodside Accelerator continua a ser usado e já identificou mais de 30 iniciativas a serem avaliadas e analisadas. O programa dinâmico está em constante evolução e crescendo à medida que novas iniciativas são introduzidas e iniciativas existentes são implementadas e escalam novos produtos e serviços para a empresa e além.

Impacto financeiro e mudança de cultura

O Woodside Accelerator estima que as iniciativas atuais poderiam reduzir as despesas operacionais em aproximadamente AUD 110 milhões por ano se implementadas. A equipe continuará escalando o Woodside Accelerator até atingir seu objetivo de 30%.

Como esperado, o Woodside Accelerator não apenas mostrou o potencial de significativo impacto empresarial e financeiro, mas também de transformação cultural. "O IBM Garage abrange tanto a mudança de cultura quanto de tecnologia. A melhoria contínua agora faz parte do mindset da forma como trabalhamos na Woodside", diz Kalms. Os funcionários estão sendo expostos a novas formas de trabalho e aqueles que contribuíram com projetos usando entrega agile acelerada aceitaram os processos de forma sincera. De acordo com Leon Burgin, Integrated Remote Operations Project Manager na Woodside: "Você consegue de fato ver mudança em tempo real. Você não precisa esperar um ano para ver o resultado. É possível observar resultados a cada duas, quatro, seis, oito e doze semanas".

Como o foco da Woodside continua a ser a otimização de valor, os processos de negócios estão se tornando mais inteligentes e orientados por dados. A tecnologia e a automação permitem que os funcionários se concentrem em tarefas de maior prioridade, tornando sua experiência de trabalho mais pertinente. Kalms fala sobre o futuro da Woodside, onde as pessoal supervisionam trabalhadores digitais baseados em IA. Por exemplo, um sensor de uma fábrica pode sinalizar que um rolamento está fora de seu parâmetro de operação. Isso geraria automaticamente uma ordem de serviço para substituir esse rolamento. Um banco de dados pode indicar que não há estoque disponível, de modo que o sistema solicita o rolamento para substituição, agenda uma ordem de serviço e fornece-a ao funcionário que possui as habilidades necessárias. O sistema notificaria esse funcionário de que ela precisa chegar à fábrica às 10 da manhã no dia seguinte para substituir o rolamento. "Tudo isso é feito de maneira autônoma. Isso é o que estamos desenvolvendo".

Kalms explica: "Porém, para isso é necessário transformar não só a tecnologia, mas também a cultura, e é nesse momento que contamos com o IBM Garage para possibilitar que nosso time faça a diferença gerando valor sustentável de longo prazo".

Você está preparado para descobrir o que o IBM Garage pode fazer pelo seu negócio? Fale com um especialista do IBM Garage

Logotipo da Woodside

Sobre a Woodside Energy

A Woodside (link externo à ibm.com) é uma importante produtora de gás natural com sede em Perth, na Austrália, e foi fundada em 1954. A empresa é pioneira na indústria de gás natural liquefeito (GNL) e é reconhecida por seus recursos como um fornecedor integrado de energia em fase upstream. Em 2020, a empresa reportou uma receita de 3,6 milhões de dólares e conta atualmente com mais de 3.500 funcionários.

Componente da solução

IBM Garage™

© Copyright IBM Corporation 2021. IBM Brasil Ltda, IBM Consulting, Rua Tutóia, 1157, CEP 04007-900, São Paulo-SP

Produzido nos Estados Unidos da América, fevereiro de 2022.

IBM, o logotipo da IBM, ibm.com, Enterprise Design Thinking e IBM Garage são marcas comerciais da International Business Machines Corp., registradas em muitas jurisdições no mundo todo. Outros nomes de produtos e de serviços podem ser marcas registradas da IBM ou de outras empresas. Uma lista atual de marcas comerciais da IBM está disponível na web em www.ibm.com/legal/copytrade.

O conteúdo deste documento (incluindo moedas OU referências de preço que excluem impostos aplicáveis) é atual na data inicial de publicação e pode ser alterado pela IBM a qualquer momento. Nem todas as ofertas estão disponíveis em todos os países nos quais a IBM opera.

Os dados de desempenho e exemplos do cliente citados são apresentados somente para fins ilustrativos. Os resultados de desempenho podem variar dependendo de condições de operação e configurações específicas. AS INFORMAÇÕES PRESENTES NESSE DOCUMENTO SÃO FORNECIDAS “NO ESTADO EM QUE SE ENCONTRAM”, SEM GARANTIAS DE QUALQUER TIPO, EXPRESSAS OU IMPLÍCITAS, INCLUSO SEM GARANTIAS DE COMERCIALIZAÇÃO, ADEQUAÇÃO A UM DETERMINADO FIM E QUALQUER GARANTIA OU CONDIÇÃO DE NÃO VIOLAÇÃO.Os produtos IBM possuem garantias de acordo com os termos e condições dos contratos aos quais estão sujeitos.