Japan Airlines Co., Ltd.
Criação de uma infraestrutura de nuvem híbrida para apoiar e concretizar a visão da JAL

O JAL Group, a empresa-mãe da Japan Airlines, tem uma visão: servir como a companhia aérea mais preferida e valiosa do mundo. No entanto, uma infraestrutura de TI desatualizada impediu a transformação digital. Para obter um ambiente de TI flexível que evolui à medida que as necessidades da empresa mudam, a Japan Airlines e sua principal subsidiária de TI, a JAL Information Technology Co., Ltd. (JAL INFOTEC), contratou a IBM para construir uma infraestrutura de nuvem híbrida na IBM Cloud®.

Desafio de negócio

A Japan Airlines Co., Ltd. e a JAL INFOTEC buscaram ser a companhia aérea mais preferida e valiosa do mundo, mas sistemas de TI antigos e desatualizados impediram que a empresa respondesse à mudança digital.

Transformação

Ambas as organizações trabalharam com a IBM para criar uma nuvem privada e pública integrada, com a mesma arquitetura de virtualização e uma infraestrutura de gerenciamento de nuvem híbrida que unifica as operações e evolui com os negócios.

Resultados Estabelece um ambiente de nuvem híbrida em evolução
lançando novos serviços a cada seis meses
Permite alternar entre dois ambientes
sem interromper máquinas virtuais
Oferece opção de infraestrutura
dependendo da qualidade, custo ou entrega que os desenvolvedores precisarem
história de desafio de negócios
Uma infraestrutura de TI inflexível

A visão do Grupo JAL é ser a companhia aérea mais preferida e valiosa do mundo. Para concretizar essa visão, a empresa é orientada por três princípios fundamentais: transformar a JAL em uma companhia aérea verdadeiramente global; criar novo valor um passo à frente dos concorrentes; e alcançar crescimento sustentável.

A Japan Airlines e a JAL INFOTEC, principal integradora de tecnologia de informação e comunicação da empresa, são responsáveis por promover a estratégia de TI do Grupo JAL e apoiar a Visão JAL.

Masashi Oshima, gerente do programa de infraestrutura de nuvem híbrida da Japan Airlines, explica: "Atualmente, a JAL opera cerca de mil voos em 182 rotas diárias, com 40 milhões de clientes utilizando esses voos todos os anos. Fornecemos TI para apoiar voos seguros e dentro do prazo. Com tecnologias avançadas, desenvolvemos soluções de TI capazes de responder prontamente às mudanças no ambiente de negócios e criar novos valores".

No entanto, quando a Japan Airlines começou a planejar a JAL Vision em 2016, a TI ficou para trás na resposta ao chamado da empresa para uma mudança digital.

"A função de TI mudou com o avanço da tecnologia digital", explica Hideaki Yaze, arquiteto de infraestrutura de nuvem híbrida da JAL INFOTEC. "Mas não conseguimos acompanhar a mudança por causa da antiga arquitetura de sistema legado da infraestrutura".

A Japan Airlines e a JAL INFOTEC tiveram muitas discussões sobre quais aplicativos melhor contribuiriam para os negócios e que tipo de infraestrutura ofereceria serviços de TI confiáveis e oportunos. Em última análise, decidiram mudar para um ambiente híbrido e multicloud. Para isso, a empresa começou a construir uma infraestrutura de nuvem híbrida chamada CIEL, que significa "sky" em francês.

É um grande progresso fornecer uma opção de infraestrutura. Isso permite que os desenvolvedores escolham de acordo com a qualidade, o custo ou a entrega de que precisam. Masashi Oshima Hybrid Cloud Infrastructure Program Manager Japan Airlines Co., Ltd.
História de transformação
Nuvens com arquitetura de virtualização

A nuvem CIEL da Japan Airline consiste em quatro infraestruturas:

  • CIEL/J, infraestrutura de nuvem privada baseada na plataforma VMware vSphere, construída no data center existente
  • CIEL/D, infraestrutura de nuvem pública oferecida por uma infraestrutura como serviço (IaaS) dedicada e integrada com a infraestrutura de nuvem privada
  • CIEL/S, uma infraestrutura de nuvem pública fornecida por um IaaS compartilhado e plataforma como serviço (PaaS)
  • CIEL/gerente, uma infraestrutura de gerenciamento de nuvem híbrida para gerenciar integralmente as operações das nuvens CIEL/J, CIEL/D e CIEL/S

A nuvem CIEL oferece todas as infraestruturas necessárias para apoiar os vários serviços e aplicativos que o JAL Group implementa para realizar o JAL Vision. Para construir as infraestruturas CIEL/J, CIEL/D e CIEL/manager, a Japan Airlines e a JAL INFOTEC escolheram a IBM como parceiro de projeto e colaboraram com a IBM®.

"Reunimos os requisitos e solicitamos que alguns fornecedores fizessem propostas, e a IBM propôs a solução mais avançada naquele momento", afirma Yaze.

Desde o início, a Japan Airlines e a JAL INFOTEC planejaram implementar a mesma arquitetura de virtualização, tanto no local quanto na nuvem pública. Essa estratégia permitiria que a empresa alternasse perfeitamente entre os dois ambientes, sem interromper as máquinas virtuais. Oferece também mais flexibilidade e controle sobre o equilíbrio entre qualidade, custo e velocidade.

De acordo com o contrato, a IBM implementou um ambiente de data center definido por software (SDDC) na IBM Cloud interconectado à cloud local, estendendo a rede de camada 2 (L2) com o ambiente NSX Cross-vCenter. A arquitetura SDDC é baseada no hipervisor VMware vSphere e consiste em VMware vSAN para armazenamento definido por software (SDS) e VMware NSX Data Center (VMware NSX) para tecnologias de rede definida por software (SDN).

No entanto, era necessário mais do que isso para atender aos requisitos para a CIEL se tornar a nova infraestrutura empresarial.

“Solicitamos à IBM que demonstrasse cada função por meio de testes, e não por teoria, para garantir que o novo ambiente entregasse a confiabilidade do sistema e com a qualidade que precisávamos”, afirma Takahiro Oguma, vice-presidente de serviços e estratégia de nuvem híbrida da JAL INFOTEC. “Colocamos um fardo pesado sobre os engenheiros da IBM porque não comprometemos a qualidade mesmo durante um cronograma apertado. Mas eles cumpriram sua missão com sucesso”.

Para a infraestrutura CIEL/J, a IBM implementou a virtualização de rede para acelerar a velocidade da rede, construindo o ambiente de rede com dois SDNs: a tecnologia Cisco Application Centric Infrastructure (ACI) e a plataforma VMware NSX. Implementar os dois SDNs e executar suas respectivas funções exigiu um alto nível de habilidade para ambas as soluções.

"A IBM atribuiu aos engenheiros que tinham conhecimento e experiência tanto no VMware NSX quanto no Cisco ACI", acrescenta Oguma. "Eles construíram com sucesso a rede virtual da mesma forma que tínhamos fotografado para a CIEL e tornaram possível manter a consistência desafiadora entre os dois SDNs, o que nos permitiu acelerar a automação da rede com confiança".

A nuvem CIEL/gerente aprimora fluxos de trabalho e automatiza tarefas e processos de rotina usando os aplicativos de gerenciamento de serviços de TI e de operação de TI da plataforma ServiceNow.

A IBM contribuiu muito para a implementação da infraestrutura. "A IBM entendeu nosso objetivo e nos apoiou ao propor e implementar a melhor solução para a JAL. A IBM é nosso parceiro de confiança com o qual podemos confiar", afirma Yaze.

Relembrando o período de implementação da infraestrutura, Oshima aprecia o apoio da IBM. "Precisávamos combinar uma ampla gama de novas tecnologias para a implementação, mas superamos essas dificuldades construindo uma equipe que atravessasse organizações e funções tradicionais. Como um integrador de sistemas, a IBM cooperou estreitamente conosco em um projeto complexo de vários fornecedores, abordou de forma flexível questões multidisciplinares e concluiu o projeto com responsabilidade. Esperamos o suporte contínuo da IBM para a fase de operação".

A IBM atribuiu aos engenheiros que tinham conhecimento e experiência tanto no VMware NSX quanto no Cisco ACI. Eles construíram com sucesso a rede virtual, exatamente como havíamos imaginado para a CIEL, e tornaram possível manter a consistência desafiadora entre os dois SDNs, o que nos permitiu acelerar a automação da rede com confiança. Takahiro Oguma Vice President, Hybrid Cloud Service & Strategy JAL INFOTEC
História de resultados
Uma nuvem que evolui com as necessidades de negócios

A nuvem CIEL entrou em operação em dezembro de 2018. Desde então, a Japan Airlines atualizou o serviço duas vezes por ano. Anteriormente, a liberação de um novo serviço e a implementação de todos os seus requisitos levavam muito tempo. Atualmente, a nuvem CIEL reflete as mudanças nas necessidades de negócios da empresa em ciclos semestrais.

Masahiko Obata, gerente de projeto de infraestrutura de nuvem híbrida da JAL INFOTEC, comenta: "A adoção do conceito de infraestrutura de nuvem híbrida que evolui a cada semestre é a principal conquista por realizar a transformação digital de todo o Grupo JAL".

O nível de automação operacional na nuvem CIEL/manager também apresentou melhora constante. Obata descreve seus efeitos positivos: "Os engenheiros reduziram em grande parte o tempo investido em reuniões de usuários e operações típicas e concentraram-se no trabalho principal, como design e desenvolvimento."

Oguma concorda. "Embora o problema da escassez de recursos de TI esteja se tornando mais sério em todo o setor, estamos na dianteira na promoção de uma infraestrutura automatizada e de autoatendimento. A fundação está pronta para mudar os engenheiros de TI para processos upstream, como planejamento e previsão."

Oshima conclui: "É cedo demais para julgar o efeito quantitativo do CIEL. Mas ele apresenta grande progresso no fornecimento de uma escolha de infra-estruturas aos usuários. Ele permite que novos serviços e aplicativos para desenvolvedores escolham a infraestrutura de acordo com a qualidade, o custo ou a entrega de que precisam".

No futuro, a JAL Group pretende estabelecer um Cloud Center of Excellence para acelerar o uso de multicloud em todos os campos, incluindo negócios, recursos humanos, governança, segurança e infraestrutura de sistemas. Com isso, a CIEL apoiará de perto o desenvolvimento de serviços e aplicativos no lado dos negócios para apoiar a realização da Visão JAL.

Os engenheiros reduziram em grande parte o tempo investido em reuniões de usuários e operações típicas e se concentraram em seu trabalho principal, como design e desenvolvimento. Masahiko Obata Hybrid Cloud Infrastructure Project Manager JAL INFOTEC
Japan Airlines Co., Ltd. Logotipo
Japan Airlines Co., Ltd.

Com sede em Shinagawa, Tóquio, e parte do Grupo de empresas JAL, a Japan Airlines (link externo à ibm.com) é uma transportadora aérea nacional e internacional, de passageiros e carga, por meio de cinco subsidiárias consolidadas e uma empresa afiliada. Desde que apresentou o tema “Desafio, levando ao crescimento” em seu plano de gerenciamento de 2017-2020, o Grupo JAL desenvolveu uma solução para realizar a visão da JAL. A JAL INFOTEC foi criada pela Japan Airlines em 1978. Como integradora de tecnologia da informação e comunicação (TIC) e empresa principal do Grupo JAL, a JAL INFOTEC oferece soluções de serviços de transporte aéreo seguras e confortáveis.

Legal

 

© Copyright IBM Corporation 2021. IBM corporation, New orchard road, Armonk, NY 10504

Produzido nos Estados Unidos da América, março de 2021.

IBM, o logotipo da IBM, ibm.com e IBM Cloud são marcas comerciais da International Business Machines Corp., registradas em várias jurisdições no mundo inteiro. Outros nomes de produtos e serviços podem ser marcas comerciais da IBM ou de outras empresas. Há uma lista atualizada de marcas comerciais da IBM disponível na Web em “Informações de direitos autorais e marcas comerciais" em www.ibm.com/br-pt/legal/copyright-trademark."

VMware, o logotipo VMware e VMware vSphere são marcas comerciais ou registradas da VMware, Inc. ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e/ou em outras jurisdições.

Este documento é atual na data de sua publicação inicial, podendo ser alterado pela IBM a qualquer momento. Nem todas as ofertas estão disponíveis em todos os países nos quais a IBM opera.

Os dados de desempenho e os exemplos de clientes citados são apresentados apenas para fins ilustrativos. Os resultados reais de desempenho podem variar de acordo com configurações e condições operacionais específicas. AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO FORNECIDAS TAIS COMO ESTÃO, SEM QUALQUER GARANTIA, EXPRESSA OU IMPLÍCITA, INCLUINDO SEM QUAISQUER GARANTIAS DE COMERCIABILIDADE ADEQUAÇÃO A DETERMINADO FIM E QUALQUER GARANTIA OU CONDIÇÃO DE NÃO INFRAÇÃO. Os produtos IBM têm garantia de acordo com os termos e condições dos contratos sob os quais são fornecidos.