É possível ter um planejamento estratégico da infraestrutura de armazenamento?

By | 4 minute read | 11/04/2018

Muitas vezes, os executivos e profissionais de TI estão atarefados e envolvidos com a operação do dia a dia, e normalmente, o planejamento estratégico acaba ficando para depois, principalmente no que tange a infraestrutura de armazenamento de dados. É difícil mobilizar as pessoas para despender um tempo de seu dia corrido para refletir, discutir, repensar, inovar, estruturar soluções e planejar o futuro. E o cenário se repete: a capacidade para armazenamento nunca é suficiente para a demanda das aplicações, e usuários sempre querem mais e mais.

E quais são os temas que fazem parte desse planejamento estratégico de armazenamento de dados?

Modernize & Transform

A infraestrutura de hardware e software precisa de renovação. As empresas possuem ciclos de “refresh tecnológico”. Contudo, muitas vezes é levado em consideração apenas a troca de um equipamento antigo por um mais novo, com mais capacidade e maior tempo de garantia. Em geral, são equipamentos com as mesmas funcionalidades, ou seja, que sinalizam uma renovação sem que a solução seja repensada. Será que a capacidade de armazenamento está sendo usada de forma efetiva? Há como melhorar o tempo de resposta das aplicações? Existem tecnologias que possam otimizar o uso do equipamento atual, e se possível aproveitar a base instalada? A resposta é sim. A virtualização do armazenamento, as políticas de ‘tiering’, o uso de Flash, Software Defined Storage e Cloud Object Storage são algumas das tecnologias que podem auxiliar nesse tópico.

Business Resiliency

Costumamos pensar que o pior cenário nunca vai de fato acontecer conosco, afinal, “esse tipo de coisa só acontece com os outros”. Mas é preciso sempre estar preparado. Como sua empresa lida com situações adversas que impactam a operação? Se o datacenter inundar, ou simplesmente, tiver uma pane elétrica, o que acontece? Foi considerada e implementada uma solução de alta disponibilidade, ou um ambiente de contingência (Disaster Recovery)? Ou ainda, há uma política de backup efetiva que retenha dados com segurança e de acordo com as normas regulatórias? Nesse tema, é necessário explorar o quão resiliente a falhas é o negócio e quais pontos de atenção devem ser avaliados para recuperar a operação o mais rápido possível, ou ao menos saber por quanto tempo é possível ficar sem ela.

Manage & Control

Imagine esse cenário: um novo projeto é iniciado e são necessários “X” Terabytes para a aplicação, e a solicitação para alocação de espaço no armazenamento será aberta para ser executada hoje à noite, e… SURPRESA! Acabou todo o espaço disponível!

Histórias como essa são ouvidas inúmeras vezes. O gerenciamento e controle da capacidade armazenada é fundamental para um planejamento estratégico, através de ferramentas adequadas que conseguem mostrar o volume utilizado versus o volume alocado, bem como o histórico de crescimento da capacidade e até mesmo quem são os arquivos e departamentos que estão consumindo mais espaço do armazenamento.

Lifecycle Management

Nesse tópico, é importante entender em que classe de storage os dados estão sendo armazenados. Por que manter um dado histórico que é acessado a cada 5 anos em Flash? Além disso, nem todo dado/aplicação precisa de alto desempenho e a falta dessa análise gera um desperdício da capacidade de armazenamento e representa consequentemente um aumento nos custos. Em Lifecycle Management, também é necessário pensar se os dados estão sendo retidos pelo tempo apropriado, de acordo com a necessidade de negócio

New workloads

O mundo não para. Ele está em constante movimento, repleto de inovações, novas tecnologias e novos workloads o tempo todo. Como atrelar a infraestrutura de armazenamento a plataformas de Machine Learning, Inteligência Artificial e BigData? Com essas novas tecnologias, é possível analisar dados e gerar decisões para as empresas, aprendendo com o comportamento dos usuários. Da mesma forma, sensores (Internet of Things) são capazes de coletar informações de localização, temperatura, umidade, e ajudam a dar mais precisão a essas tecnologias. Será que a empresa já tem um plano para fazer parte desse futuro tão próximo?

Tudo isso te parece muita coisa para lembrar e entender?

Pensando nessa dificuldade, o time de IBM Systems Lab Services oferece um serviço modular de consultoria chamado SIO – Storage Infrastructure Optimization (que é parte dos serviços de Storage Strategy and Optimization Consulting).

O cliente pode escolher um dos 5 módulos disponíveis: Modernize & Transform, Business Resiliency, Manage & Control , Lifecycle Management e New workloads. Por meio de sessões interativas, utilizando técnicas de Design Thinking, os consultores de IBM Systems Lab Services podem ajudar o cliente a traçar um plano estratégico para os temas acima citados.

Esse serviço tem duração média de 1 a 2 semanas, para que, juntos, cliente e IBM cheguem a um consenso de quais são as ideias que devem ser perseguidas para inovar, melhorar e otimizar sua capacidade de armazenamento.

Ficou interessado?  Saiba mais em o IBM Systems Lab Services Storage and Software Defined Infrastructure, ou envie um Email.