Gerenciamento do Risco de Mercado

O Banco IBM não possui Tesouraria própria e se utiliza, em terceirização, da prestação de serviços da Tesouraria da IBM Brasil Indústria, Máquinas e Serviços Ltda. – que recebe instruções e pauta suas políticas internas, procedimentos e sistemas de mensuração e controle nas determinações da Corporação IBM.

O controle do risco de mercado é de responsabilidade da Diretoria, representada pelo Diretor de Operações, que executa as atividades diárias de mensuração, avaliação e reporte do risco por meio das unidades de controle estabelecidas. O processo de gestão e controle do risco de mercado é revisto periodicamente com o objetivo de manter-se alinhado às melhores práticas de mercado.

Para fins de Gerenciamento de Risco de Mercado, o Banco IBM não possui operações classificadas na carteira de negociação (trading book), portanto, não calcula as parcelas referente ao risco das operações sujeitas à variação de taxa de juros e classificadas na carteira de negociação.

Com base no disposto na Circular CMN 3.365/2008, o Banco IBM calcula a Rban - parcela de exposição ao risco das operações classificadas na carteira de não-negociação (banking book), através do cálculo estabelecido pelo sistema Integral Trust que utiliza a metodologia do VaR paramétrico, metodologia esta que foi estabelecida pelo JP Morgan, sob a denominação de RiskMetrics, com intervalo de 99% podendo ser alterado. Cabe destacar, que, conforme disposto na Resolução 4.192/2013, a Rban não integra o cálculo do RWA (Risk Weight Assets), entretanto, o montante do PR – Patrimônio de Referência deve ser suficiente para conter os montantes do RWA e da Rban; a RWAcam – parcela de risco das exposições em ouro, em moeda estrangeira e em ativos e passivos sujeitos à variação cambial, é calculada com base na metodologia da Circular CMN 3.641/2013;

Risco de Mercado: A variação do resultado do Banco IBM devido ao efeito de mudanças de preços dos ativos financeiros sobre as posições do Banco, onde as posições ativas e passivas não coincidem em termos de vencimento, moedas e indexadores. Os fatores de risco no Banco IBM são taxas de juros e taxas de câmbio de cada moeda operada pelo Banco. Os testes de estresse considerando cenários otimistas e pessimistas são executados trimestralmente na carteira de banking para estimar o impacto de movimentos extremos nos preços e taxas de mercados.

A Política de Gerenciamento do Risco de Mercado do Banco IBM, em atendimento à Resolução 4.557/2017, possui estrutura compatível com a natureza das operações, a complexidade dos produtos e a dimensão da exposição a risco de mercado da instituição, reunindo os valores e controles internos tradicionais ao grupo IBM aliado à particularidade de adequação ao sistema bancário e financeiro nacional.