Qual é a diferença entre o Enterprise COBOL e o ABO?

O Enterprise COBOL é um compilador que recebe os arquivos fonte COBOL como entrada e produz binários COBOL como saída. O ABO é um otimizador binário COBOL que recebe os arquivos binários COBOL como entrada e produz arquivos binários COBOL otimizados e mais rápidos como saída.

Saiba mais

O ABO é somente a fase de otimização do compilador?

A implementação do ABO não é uma cópia de um compilador de otimização. Um compilador otimiza linguagens de alto nível, mas o ABO otimiza o binário de baixo nível. Diferentes técnicas e otimizações são utilizadas.

Saiba mais

O Enterprise COBOL e o ABO podem ser usados juntos?

Sim. Recomendamos usar o Enterprise COBOL e o ABO juntos, pois eles foram projetados para se complementarem.Use a versão mais recente do Enterprise COBOL para obter novo desenvolvimento, modernização e manutenção. Use o ABO para melhorar o desempenho dos módulos sem um plano de recompilação.

Saiba mais

Como o ABO pode me ajudar com a migração do COBOL?

A migração do COBOL V4.2 ou anterior para o COBOL V6 pode ser desafiadora e demorada. Acelere sua migração do COBOL usando a versão mais recente dele para obter novo desenvolvimento, modernização e manutenção. Use o ABO para melhorar o desempenho dos módulos sem um plano de recompilação.

Assista ao vídeo (01:46)

O ABO pode ajudar em caso de perda do código-fonte COBOL?

Sim. O ABO não requer código-fonte ou migração de código-fonte. Use o ABO para otimizar seus programas compilados que não estão em seu plano de recompilação ou se o código-fonte do programa não estiver disponível.

Saiba mais

Qual é a diferença de economia de CPU entre os módulos otimizados pelo ABO e os módulos compilados com o compilador Enterprise COBOL mais recente?

O ABO alcançou um desempenho equivalente ao do Enterprise COBOL. Em comparação com os mesmos aplicativos compilados com o Enterprise COBOL V4.2 ou anterior, os aplicativos de uso intensivo de cálculo que são compilados com o Enterprise COBOL V6.3 reduzem o uso da CPU em uma média de 58% e os binários otimizados pelo ABO V2.1 reduzem o uso da CPU em uma média de 57%.

Saiba mais

Os módulos do ABO sofrem com as armadilhas de migração do Enterprise COBOL V6, como dados inválidos, variáveis não inicializadas e superpreenchimento, que podem acontecer após a recompilação?

Não. A otimização do ABO ocorre diretamente do binário COBOL, portanto, ele replica o comportamento idêntico do programa, mesmo na presença de dados inválidos, itens de dados superpreenchidos, incompatibilidades de tamanho de parâmetro e condições semelhantes.

Quais são as opções de avaliação desse produto?

O ABO está disponível em uma avaliação em cloud por 90 dias ou em uma avaliação local. A avaliação em cloud não requer instalação e a avaliação local permite a instalação do ABO em seu site.

Saiba mais

Como é possível descobrir o que há de novo no ABO?

É possível encontrar o que há de novo em uma liberação do ABO e nos PTFs de entrega contínua (CD) no link a seguir.

Saiba mais

Quais são as versões do compilador Enterprise COBOL elegíveis para a otimização do ABO?

O ABO pode otimizar programas compilados do VS COBOL II 1.3, incluindo o Enterprise COBOL V4. É possível encontrar a lista completa de versões do compilador Enterprise COBOL elegíveis no tópico a seguir.

Saiba mais

Quais são os requisitos mínimos de hardware para executar o ABO?

O ABO pode ser executado em qualquer sistema suportado pelo nível do z/OS®. Para obter uma lista completa de servidores IBM Z® que oferecem suporte ao z/OS V2.2 e mais recentes, consulte o link abaixo.

Saiba mais (PDF, 188 KB)

É possível limitar o uso do ABO a determinados módulos?

É possível determinar o número de módulos ou CSECTs dentro dos módulos selecionados para a otimização do ABO. O ABO pode otimizar todos os módulos ou um único módulo em um conjunto de dados e fornece opções para permitir que você limite o processamento a um ou mais membros de um conjunto de dados ou a um ou mais CSECTs dentro do módulo.

Saiba mais

Todos os módulos têm de passar pelo ABO para que seja possível obter benefícios?

Para obter o máximo benefício do ABO, otimize os programas que contribuem com a maior parte do tempo de CPU em um aplicativo. Não é necessário otimizar todos os módulos para obter os benefícios.

Saiba mais

Quais são as características dos aplicativos que mais se beneficiarão com a otimização do ABO?

Aplicativos nos quais uma parte significativa do tempo de CPU é gasto no código COBOL ou em algumas rotinas de LE selecionadas podem se beneficiar ao máximo com a otimização do ABO. Os aplicativos que passam a maior parte do tempo no CICS®, no Db2®, no IMS ou executando E/S terão menos benefícios.

Saiba mais

Como determinar quais módulos otimizar para obter o máximo de ganhos de desempenho e de redução de custos?

Seguindo algumas etapas simples descritas em nosso vídeo e em nosso artigo, é possível otimizar de forma eficaz seus aplicativos COBOL selecionando os principais módulos de contribuição de CPU para a otimização com o ABO.

Saiba mais

Quais ferramentas de perfil de desempenho estão disponíveis para mim?

As ferramentas de perfil de desempenho, como o IBM® APA, podem fornecer informações sobre os módulos que mais contribuem para o tempo de CPU. O ABO é fornecido com o gerenciador de perfis RTI (Run Time Instrumentation), que pode ser usado no lugar de um gerenciador de perfis de função completa, caso não haja um disponível.

Saiba mais

Como medir os ganhos?

É possível realizar dois conjuntos de execuções de desempenho do aplicativo, usando os módulos originais ou os módulos otimizados pelo ABO. Capture o tempo de CPU para ambas as execuções (por exemplo, do log da tarefa JES2 de cada execução) e, em seguida, compare os tempos de CPU entre elas para ver uma redução no tempo de CPU.

Quanto do desempenho dos meus aplicativos o ABO será capaz de melhorar?

As melhorias de desempenho do ABO dependem de alguns fatores. O primeiro é a quantia de tempo gasto no código COBOL e em rotinas de LE selecionadas, o segundo é a quantia de códigos COBOL com uso computacional intensivo e o terceiro é a configuração de nível ARCH do ABO e o nível de mainframe no qual o aplicativo é executado.

Saiba mais

É possível obter ganhos no meu lote e nos aplicativos on-line?

É possível ver reduções de CPU tanto nos aplicativos em lote quanto nos on-line. No entanto, em geral, os aplicativos em lote tendem a exibir mais melhorias, pois geralmente gastam mais tempo no código COBOL quando comparado a outros subsistemas, como o CICS e o IMS.

Como é possível depurar módulos otimizados pelo ABO?

O ABO cria uma transformação de listagem para fornecer informações para ferramentas de recebimento de dados, como depuradores, e ferramentas de finalização anormal de tarefa. As ferramentas do IBM ADFz e algumas ferramentas de outros fornecedores suportam totalmente os módulos otimizados pelo ABO.

Saiba mais

O teste de regressão é a melhor maneira de testar o ABO?

Recomendamos a verificação do sistema e o teste de desempenho de aplicativos que contêm módulos otimizados pelo ABO. A otimização do ABO fornece uma forte garantia de compatibilidade com o aplicativo original e requer muito menos testes do que a migração para o compilador Enterprise COBOL mais recente.

Um programa otimizado pelo ABO terá informações semelhantes a programas compilados, como a versão do compilador e o registro de data e hora?

O registro de data e hora original e as informações de versão do compilador são retidos no módulo otimizado pelo ABO. Além disso, o ABO acrescenta suas próprias informações de versão de conversor e de registro de data e hora.

Se houver um módulo otimizado pelo ABO que interaja com o Db2, será necessário religar o módulo otimizado antes da implementação?

Não. A religação do módulo otimizado pelo ABO não é necessária.

O tamanho dos módulos otimizados pelo ABO mudará devido à otimização?

O tamanho de um módulo otimizado é normalmente maior do que o módulo original devido às otimizações que o ABO faz para melhorar o desempenho.

Saiba mais

Os módulos carregados pelo ABO são armazenados em um tipo diferente de PDS?

Ao alocar o conjunto de dados de destino para o ABO usar, ele o preenche com os módulos otimizados. Se o conjunto de dados original for PDS, o conjunto de dados de destino poderá ser um PDS ou um PDSE. Se o conjunto de dados original for um PDSE, o conjunto de dados de destino deverá ser um PDSE. Uma mensagem de erro será produzida se esse não for o caso.

Como o ABO lida com chamadas para versões de outras linguagens?

O ABO é 100% interoperável ao chamar ou ser chamado por outros níveis compilados do COBOL ou de outras linguagens.

Como o ABO lida com módulos originais compilados com a opção do compilador NOOPT?

O ABO pode otimizar os módulos de forma eficaz, independentemente da configuração OPTIMIZE do compilador original.

Com que frequência as atualizações estão disponíveis para o ABO?

O ABO é liberado em um ciclo de entrega contínua. Veja com que frequência liberamos atualizações no link a seguir.

Saiba mais

Quais informações devem ser fornecidas à IBM para relatar um problema do ABO?

Forneça informações, como o número da versão do ABO, usando o comando <>. Em seguida, siga as instruções no link a seguir antes de abrir seu caso de suporte com a IBM.

Saiba mais

Como solicitar uma melhoria no ABO?

Use a comunidade Request for Enhancement (RFE) para colaborar diretamente com as equipes de desenvolvimento de produto IBM e com outros usuários.

Saiba mais