No início de 2020, com risco de sobrecarregar os hospitais em todo o Reino Unido, o governo reconheceu que era necessário se posicionar. A frase "Fique em casa, proteja o NHS [Serviço Nacional de Saúde], salve vidas" nasceu à medida que os agentes de saúde pública e ministros estavam definindo as medidas que consideravam necessárias para controlar a pandemia. Era de consenso comum imediato a necessidade de aumentar a quantidade de testes de COVID-19 em todo o país e a capacidade de controle de contato para milhões por dia, e era essencial fazer isso o mais rápido possível.

Então, a capacidade de tomar ações para controlar a disseminação do vírus e gerar bons resultados era fundamental para interromper a cadeia de transmissão. Quanto mais tempo levasse para processar os resultados, maior seriam as chances de transmissão do vírus. A IBM ofereceu uma plataforma Salesforce que permitiu à Agência de Segurança de Saúde do Reino Unido (UKHSA) implementar rapidamente soluções como o International Arrivais Service, o Managed Quarantine Service (MQS) e um portal web para provedores de teste particulares. Além disso, a IBM® Consulting - Hybrid Cloud Services formou uma equipe conjunta e multidisciplinar, usando a MuleSoft Anypoint Platform para desenvolver uma plataforma de integração de software como serviço (SaaS) que a UKHSA chama de Serviço de Testes em Tempo Real (RTTS) para processar todos os resultados de teste de COVID-19 para controle de avanço de contato.

Olhando em retrospectiva ao projeto, Simon Bolton, Chief Executive da NHS Digital e antigo Chief Information Officer of NHS Test & Trace, observou o aumento significativo na velocidade de processamento de resultados de teste como o principal benefício do projeto. "O fato de termos conseguido reduzir o tempo de processamento dos resultados dos testes de oito horas para minutos foi essencial para reduzir a propagação do vírus", diz Bolton. "Hoje, estamos processando mais de um milhão de testes de COVID-19 por dia e até 300 por segundo. É esse rendimento espantoso, que foi possível devido a uma estrutura resiliente, que é a base de tudo o que conquistamos".

Adam Wheelwright, atual CIO da UKHSA, tem uma opinião semelhante sobre a importância da transferência de dados rápida e confiável. "A importância de melhorar a qualidade e o fluxo de dados tem sido um dos desafios mais importantes da resposta ao COVID-19. Ser capaz de projetar, criar, implementar e, em seguida, desenvolver uma solução de intercâmbio de dados de alto volume e de nível de produção em qualquer organização pode ser um desafio, mas fazer isso com sucesso durante uma pandemia que esperamos que ocorra uma vez a cada geração é verdadeiramente notável e isso não poderia ter sido alcançado sem o trabalho em equipe de nível mundial e o foco na entrega e nos resultados".

Tempo de processamento reduzido para resultados de teste de COVID-19 de 8 horas para

16 minutos

possibilitando o controle de contato

Processamento de testes de COVID-19 a uma taxa de mais de

1 milhão

por dia ou até 300 por segundo

Preparado para se adaptar

A pandemia estava crescendo rapidamente em todo o mundo e os países estavam adotando diferentes estratégias de resposta. Não houve resposta de referência consistente. As taxas de infecção e os padrões foram mudando, novas variantes estavam surgindo, e funcionários da saúde pública estavam adquirindo uma compreensão mais profunda dos riscos de infecção.

No início de 2021, diversos ministros de agências governamentais estavam debatendo ativamente quais medidas foram exigidas na fronteira do Reino Unido para controlar a disseminação de variantes. Para Jackie Keane, Digital and Technology Portfolio Director do Trace Portfolio, as novas regras de fronteira foram exatamente o tipo de mudança de política para a qual ela e sua equipe precisaram estar preparados. Por isso, quando as restrições de fronteira foram anunciadas, Keane explica, a equipe da IBM e da Salesforce não estavam começando do zero. "Com o RTTS e a plataforma CRM da Salesforce já concluída, as bases da solução estavam prontas", ela afirma. "Isso nos preparou para implementar o novo Serviço Internacional de Chegadas e MQS rapidamente".

De acordo com a nova política, as pessoas que chegam à fronteira do Reino Unido do exterior tiveram que cumprir as regras de quarentena e testes com base no status de risco Covid de seu país de partida. Viajantes de países que fazem parte da "lista vermelha", aqueles considerados de alto risco para novas e emergentes cepas do coronavírus, seriam obrigados a seguir um protocolo de testes e quarentena relativamente complexo tanto antes como depois de entrarem no país.

Para que o programa funcionasse, foi necessário a UKHSA orientar todos os passageiros sobre estas etapas, desde o preenchimento de formulários de localização de passageiros até as instruções de teste e reserva de hotel para quarentena. Como cada etapa dependia de resultados de testes, a parceria com laboratórios de testes foi essencial.

Mulher no fim de uma faixa de pedestres falando em seu celular

Uma equipe com os melhores profissionais entrega os melhores resultados

Em termos de vantagem inicial, as soluções que as equipes da IBM, Salesforce e MuleSoft desenvolveram não eram as únicas peças em jogo. Essas empresas rapidamente reuniram seus melhores profissionais globais para atender uma carga de trabalho em crescente expansão, usando práticas de Melhoria contínua e Entrega contínua (CI/CD) como o monitoramento de KPI e testes automatizados, entre outros. "Nós criamos um recurso de entrega rápido, contínuo e sem interrupções", afirma Matt Candy, o IBM Executive Sponsor do projeto. "Quando o MQS e o projeto Serviço de chegadas internacionais foi implementado, nossas equipes conjuntas puderam se unir para enfrentar esse desafio".

Como Deputy Portfolio Director da equipe de Keane e líder de entrega para o RTTS, Daniel Jeans testemunhou em primeira mão como é a cocriação perfeita. "Em toda a equipe de entrega, havia uma mentalidade de 'deixe seus crachás na porta'. Houve um entendimento comum entre os membros da equipe de que eles poderiam estar salvando vidas", afirma Jeans. "Aquele tipo de cultura aberta e transparente realmente ajudou a promover a melhoria contínua, com a motivação para tentar novas abordagens e aprender com os erros que um projeto como esse exigia".

Imagem ampliada do programador criando códigos no computador em um escritório

Sucesso contínuo sob pressão

Dentro de apenas alguns meses, aproximadamente 100.000 de viajantes foram colocados em quarentena através do programa e, entre eles, mais de 2% testaram positivo para COVID-19. O fato de a solução ter impedido aqueles viajantes de ter contato com a população do Reino Unido e, consequentemente, salvar vidas não foi a única razão pela qual a Associação de Gerentes de Projetos do Reino Unido a selecionou como ganhadora do prêmio Projeto Social APM do Ano de 2021. Tampouco foi o rápido retorno.

Talvez o principal motivo tenha sido as "circunstâncias extraordinárias" sob as quais a solução foi construída, comenta Keane. "O projeto MQS exigia um alto grau de colaboração, pois foi implantado em um cenário particularmente complexo e sob pressão da população. Sou privilegiado por ter feito parte de uma equipe excelente que trabalhou continuamente para entregar os resultados necessários e lutando contra o tempo".

O Bolton da NHS Digital também observou o entrosamento da equipe estendida, unida por um senso comum de propósito, como base para sua capacidade de realizar tanto em tão curto intervalo. "O incrível ritmo que a IBM e a Salesforce alcançaram mostrou a muitas pessoas o que é possível fazer, exatamente o quão rápido você pode entregar se você trabalhar de maneira colaborativa e manter-se firme em seu propósito", diz ele. "Cada membro dessa equipe chegou a trabalhar todos os dias acreditando que o que eles estavam fazendo teria um impacto real em salvar vidas. E eu acredito que era verdade".

Desde o lançamento do MQS, o ritmo de desenvolvimento não deixou de subir. As mudanças de política grandes e pequenas têm sido quase constantes, e o ritmo de novos lançamentos na plataforma Salesforce e MuleSoft, com mais de 100 em nove meses, tem sido muito rápido. Para acompanhar essas mudanças de política semanais, a equipe de entrega aplicou o método Kanban através entre as equipes, melhorando assim a sua capacidade de adaptar prioridades e acelerar a entrega em um período extremamente curto. A automação completa dos testes também tem sido um fator significativo para obter tanto velocidade como qualidade nos processos de entrega. Atualmente, o programa Test & Trace pode executar mais de 120.000 testes, em todas as soluções, em menos de uma hora.

Hoje essas soluções formam a base estratégica da resposta da UKHSA à pandemia fornecendo plataformas seguras, escaláveis e de alto desempenho em toda a UKHSA.

Componentes da solução

logotipo da UKHSA e NHS

Sobre a Agência de Segurança de Saúde do Reino Unido (UKHSA)

A UKHSA (link externo à IBM.com) é uma secretaria do governo responsável por proteger o Reino Unido do impacto de doenças infecciosas e de todas as outras ameaças à saúde. A UKHSA é uma agência executiva, patrocinada pelo Departamento de Saúde e Assistência Social (DHSC) e formada a partir das organizações anteriores, NHS Test & Trace e Public Health England.

NHS Digital

A NHS Digital (link externo à ibm.com) é uma provedora nacional de informações, dados e sistemas de TI para comissários, analistas e clínicos da área de saúde e cuidados sociais na Inglaterra, particularmente os envolvidos com o National Health Service da Inglaterra. Uma unidade do Departamento de Saúde e Assistência Social, o NHS Data fornece serviços digitais para o NHS e assistência social, incluindo a gestão de grandes programas de informática para a saúde. O NHS Digital é também o compilador nacional de informações sobre saúde e assistência social e distribui mais de 260 publicações estatísticas a cada ano, incluindo Estatísticas Oficiais e Estatísticas Nacionais.

© Copyright IBM Corporation 2022. IBM Brasil Ltda, IBM Consulting, Rua Tutóia, 1157, CEP 04007-900, São Paulo-SP

Produzido nos Estados Unidos da América, junho de 2022.

IBM, o logotipo IBM e ibm.com são marcas comerciais da International Business Machines Corp., registradas em muitos países no mundo todo. Outros nomes de produtos e de serviços podem ser marcas registradas da IBM ou de outras empresas. Uma lista atual de marcas comerciais da IBM está disponível na web em www.ibm.com/legal/copytrade.

Este documento foi atualizado a partir da data inicial da publicação e pode ser modificado pela IBM a qualquer momento. Nem todas as ofertas estão disponíveis em todos os países nos quais a IBM opera.

Os dados de desempenho e exemplos do cliente citados são apresentados somente para fins ilustrativos. Os resultados de desempenho podem variar dependendo de condições de operação e configurações específicas. AS INFORMAÇÕES PRESENTES NESSE DOCUMENTO SÃO FORNECIDAS “NO ESTADO EM QUE SE ENCONTRAM”, SEM GARANTIAS DE QUALQUER TIPO, EXPRESSAS OU IMPLÍCITAS, INCLUSO SEM GARANTIAS DE COMERCIALIZAÇÃO, ADEQUAÇÃO A UM DETERMINADO FIM E QUALQUER GARANTIA OU CONDIÇÃO DE NÃO VIOLAÇÃO. Os produtos IBM possuem garantias de acordo com os termos e condições dos contratos aos quais estão sujeitos.