Flexibilidade e liberdade com novos recursos de nuvem híbrida no IBM Power Systems

By | 6 minute read | 21/07/2020

 

A interrupção sem precedentes que experimentamos está levando as empresas a priorizar entre a continuidade dos negócios e a inovação e repensar como elas aceleram a transformação digital e a modernização.

Com os novos aprimoramentos da nuvem híbrida que estamos anunciando hoje (que estarão disponíveis durante este trimestre), os clientes IBM Power podem ter certeza de que possuem a plataforma de computação certa para ajudar a fornecer continuidade das principais operações e processos de negócios e permitir a transformação digital, estendendo facilmente essas cargas de trabalho para nuvens privadas, públicas ou híbridas. Eles podem continuar a fazê-lo com o mesmo desempenho, adaptabilidade, resiliência e segurança que esperam do IBM Power Systems.

As soluções de infraestrutura IBM Power Systems, os novos modelos de consumo e os recursos de nuvem foram projetados para ajudá-lo a otimizar custos e melhorar a continuidade à medida que você cria um ambiente de nuvem híbrida sem complicações na plataforma classificada como a mais confiável [1] para aplicações de missão crítica. Com IBM Power Systems combinado com Red Hat OpenShift, o IBM Cloud Paks e o Red Hat Ansible Automation, você tem as chaves para uma infraestrutura de TI moderna e robusta que permitir que você adote novas tecnologias sob seus termos, seja conduzido por mudanças nos requisitos de negócios ou situações globais. A execução de sua estratégia de multicloud híbrida é simplificada com o IBM Power Systems:

  • Flexibilidade e liberdade para modelos de consumo de nuvem on-premises e na nuvem pública.
  • Acesso global expandido, capacidade e cargas de trabalho para Power Virtual Server [2].
  • Certificação de aplicações SAP HANA e SAP em IBM Power Virtual Servers.
  • Gerenciamento simplificado de nuvem híbrida e modernização de aplicações AIX / IBM i para agilidade na nuvem.

IBM Power Private Cloud, mais servidores, mais opções

No primeiro quartil de 2020, anunciamos as soluções IBM Power Systems Private Cloud para nossos servidores scale-up. Hoje estamos expandindo as ofertas com capacidade dinâmica para os sistemas scale out S922 e S924. A ideia de capacidade dinâmica não é nova para nós. A IBM Power oferece capacidade sob demanda (capacity on demand ou COD) desde 2007 e, agora, com as soluções IBM Power Systems Private Cloud, você pode:

  • Otimize a utilização de recursos e os custos associados, compartilhando a capacidade de processamento por uso em um grupo de sistemas de mesmo modelo, com o novo Enterprise Pool 2.0. Disponível para os modelos E980, E950, S922 ou S924.
  • Reduza o CAPEX com a nova capacidade mínima de base, de 1 núcleo e 256 GB e pague a cada minuto pela capacidade usada acima da base agregada nos sistemas.
  • Tome decisões informadas sobre os requisitos de capacidade utilizando o IBM Cloud Management Console com visualizações granulares, em tempo real e histórico do consumo.
  • Obtenha maior flexibilidade para co-localizar aplicações AIX / IBM i existentes e novas aplicações nativas na nuvem com 3,2X mais containers por núcleo [3], TCO 2,6X melhor com OpenShift [4] e melhoria de taxa de transferência 2X [5] com nossa escala aprimorada de servidores.

Certificação SAP HANA no Power Virtual Server

Também estamos anunciando o SAP Certified IaaS para implementar o SAP HANA no IBM Power Virtual Server, estendendo o valor que agregamos aos clientes SAP HANA. Com esta nova solução, combinamos a flexibilidade e a liberdade de ambiente híbrido para os clientes da SAP, desde o clássico SAP ECC no AIX ao SAP S/4 HANA no Linux. A IBM Power Systems ampliou sua liderança em desempenho com o servidor certificado SAP mais poderoso em nossa oferta de servidor virtual IBM Power Systems, medido usando o benchmark (em inglês) SAPS publicado pela SAP [6].

Mais locais e capacidade para Power on IBM Cloud

Com a crescente demanda e feedback positivo de nossos clientes, estamos expandindo o Power Virtual Server no IBM Cloud com mais capacidade em NA e UE e nova disponibilidade em AP. Essas ofertas abrangem o AIX, IBM i e Linux no Power. Eles foram projetados para que os clientes que executam esses sistemas operacionais possam acelerar seu desenvolvimento de execução da estratégia de nuvem híbrida, pré-produção, produção e disaster recovery (recuperação de desastre) na IBM Public Cloud. Com uma plataforma de computação consistente, os clientes podem evitar a refatoração de aplicações críticas para os negócios, mover dados e processos para a nuvem e estender-se sem complicações às novas cargas de trabalho do Linux.

 Simplificando o gerenciamento e a automação da nuvem híbrida

O IBM Power Systems, juntamente com o Red Hat OpenShift, o IBM Cloud Paks e o Ansible Automation, é a base de infraestrutura moderna para sua transformação digital, que simplificará o custo, a implementação, a automação e o gerenciamento do seu ambiente multicloud híbrido. Com 98% das organizações pesquisadas dizendo que usarão diversos ambientes de nuvem híbrida até 2021, o futuro é claramente multicloud híbrido e o IBM Power Systems é a plataforma de computação em nuvem híbrida arquitetada especificamente para seus processos e operações críticos para os negócios.

Saiba mais sobre a implementação da nuvem híbrida no IBM Power Systems ou fale com o especialista aqui.


As declarações relativas às direções e intenções futuras da IBM estão sujeitas a alterações ou retirada sem aviso prévio e representam apenas metas e objetivos.

————————————————————————————————

[1] IBM Power Systems entregou a mais alta disponibilidade pelo 12º ano consecutivo, de acordo com ITIC 2020 Global Server Hardware, Server OS Reliability Report

[2] As configurações certificadas do Power Systems estão listadas no diretório de hardware do SAP Certified IaaS

[3] Containers/núcleo 3,2X maiores são baseados em 174 containers/ 20 núcleos para Power L922 e 98 containers/ 36 núcleos no Intel Xeon. – (2.531 / 20) / (2.290 / 36) = 3,2

[4] Com base nos testes internos da IBM que executam as consultas geoespaciais do MongoDB para 700 usuários, cada uma executando 1.000 transações usando o jmeter v4. Cada container usa o MongoDB 4.0.2 e o Node.js v8.14.1 (APIs REST) ​​com containers vinculados ao soquete. O teste adicionou containers a cada servidor até que os servidores atingissem o limite de tempo de resposta de 99% das transações concluídas em menos de 1 segundo. Resultados válidos a partir de 16/07/19. Conduzido em condições de laboratório, com controles de execução especulativos para mitigar ataques de canal lateral de usuário para núcleo e usuário para usuário em ambos os sistemas, o resultado individual pode variar com base no tamanho da carga de trabalho, no uso de subsistemas de armazenamento e outras condições.

[5] Taxa de transferência de E/S 2X baseada no PCI Gen4 em comparação ao PCI Gen3

[6] Resultado em 21 de julho de 2020. Servidor virtual IBM Power Systems E980 em ambiente de nuvem no benchmark de aplicação padrão SAP SD de duas camadas executando o pacote de aprimoramento 5 do SAP para a aplicação SAP ERP 6.0; 16 soquetes / 160 núcleos / 1280 threads, POWER9; 3,9 GHz, 16384 GB de memória, 164.008 usuários de benchmark SD executando o AIX 7.2 e o DB2 10.5, Certification #: 2020020. SAP e todos os logotipos da SAP são marcas comerciais ou marcas registradas da SAP AG na Alemanha e em diversos outros países. Todos os outros nomes de produtos e serviços mencionados são marcas comerciais de suas respectivas empresas.