Conheça o IBM z15 T02: Seguro, aberto e acessível para o seu negócio

By | 4 minute read | 23/04/2020

Nesta última década, vimos uma mudança drástica no ecossistema de tecnologia empresarial, com a adoção praticamente universal do código aberto, o surgimento de microsserviços e contâineres, e o novo paradigma da computação em nuvem. Todos estes padrões encontraram seu caminho para a alta plataforma: os servidores IBM Z. Aos poucos trouxemos e adaptamos as novas tecnologias para um ambiente já conhecido por sua excelência em desempenho e disponibilidade. A z15 é a culminação de todo este esforço e investimento, contemplando tudo que a nova geração tecnológica tem para oferecer.

Finalmente, temos a plataforma melhor preparada para o mundo moderno: o novo Mainframe. O hardware IBM Z, por si só, já nos impressiona. Em um único rack de 19 polegadas, podemos chegar a 65 processadores de 4.5 GHz, não contando as centenas de processadores auxiliares para realizar operações de entrada e saída sem impactar o desempenho do ambiente. Podemos, neste mesmo espaço, chegar a 128 portas de I/O, onde conseguimos realizar conexões com dispositivos de armazenamento a uma velocidade de 16 Gbps com as placas FICON Express16S+, ou realizar conexões de rede a uma velocidade de 25 Gbps com as placas OSA Express7S 25 GbE. Por fim, este modelo também suporta até 16 Terabytes de memória. Isso mesmo, 16 TB de memória, não de armazenamento.  Impressionante, não?

Imagine, agora, que toda essa infraestrutura, otimizada para caber em um espaço de rack comum, pode ser usada para implementar mais de 2.000 contêineres Docker e, ainda, possuir os maiores níveis de segurança do mercado. Que tal a possibilidade de utilizar essa plataforma para seus sistemas Linux e aproveitar todo o desempenho e segurança da tecnologia IBM Z para rodar os mais diversos softwares open source? E se, além de tudo isso, ainda for possível hospedar sua nuvem privada dentro dessa plataforma, com direito a OpenShift e contêineres?

Parece bom demais para ser verdade? Bem-vindo à realidade do IBM Z. Vamos por partes…

A IBM z15 T02 tem suporte para os IBM Cloud Paks com OpenShift – são pacotes de softwares containerizados que dão aos clientes uma maneira rápida, aberta e segura de mover suas aplicações críticas para a nuvem. Esse servidor permite que você exponha serviços do z/OS, seu principal sistema operacional, para serem consumidos na nuvem de forma “self-service” com o z/OS Cloud Broker. Finalmente, nesta plataforma também é possível expor os serviços diferenciados do z/OS para o mundo como APIs RESTful com o z/OS Connect Enterprise Edition. Essencialmente, transformamos o mainframe na plataforma mais robusta e segura de microsserviços do mundo.

Agora podemos implementar e gerenciar contêineres docker dentro do próprio z/OS utilizando o z/OS Container Extensions. Trouxemos o mundo open source para dentro do mainframe tradicional, com todas as suas dependências, sem a necessidade de provisionar um ambiente separado, de maneira transparente. A cereja do bolo para as empresas com maior afinidade para sistemas Linux é o Secure Service Container – uma tecnologia desenhada para facilitar a implementação de aplicações em Linux com a simplificação e abstração dos componentes da infraestrutura base. A solução consiste em um sistema operacional base, RESTful APIs para comunicação dentro e fora deste framework, e uma aplicação com todos seus componentes empacotados como uma imagem única de software, implementado no nível de partição no IBM Z. Esse stack é isolado do restante das partições do mainframe, focado na proteção contra o uso indevido de usuários privilegiados, mitigando assim os riscos de ameaças internas e externas. Com isso, o servidor IBM z15 T02 torna-se uma plataforma totalmente preparada para contêineres.

Para finalizar, precisamos falar de segurança. Segurança e mainframe são quase sinônimos. A geração passada permitia a criptografia de todos os dados da plataforma, com um mínimo de overhead no consumo de CPU. Agora, a IBM z15 T02 surpreende – além de criptografar todos os dados da plataforma, ela ainda estende esta proteção para quando os dados são extraídos da plataforma, atigindo níveis de privacidade de dados maiores do que qualquer outra plataforma. O IBM Data Privacy Passports é uma solução que protege dados de ponta-a-ponta, de maneira transparente. Não somente é possível criptografar todos os dados, como também controlar, autorizar e remover acessos a estes dados mesmo quando saem do mainframe para outros sistemas dentro de sua empresa. Dessa maneira, os servidores IBM Z seguem como a plataforma mais segura do mercado, garantindo que seus dados estejam protegidos em qualquer lugar.

Com tantas vantagens, fica difícil acreditar que exista uma plataforma que consiga realizar todas essas propostas tecnológicas com maestria. De fato, a plataforma existe e está ao seu alcance, contando com mais de 50 anos de inovação contínua: a plataforma é o novo mainframe IBM z15 T02.

Se você ficou interessado em saber como a z15 T02 pode ajudar a reinventar sua empresa e levá-la para um novo patamar na transformação digital, entre em contato aqui.