Da idade da pedra aos tempos modernos nas operações de TI

By | 3 minute read | 13/10/2015

No ultimo século, a automação transformou nossas vidas. Tudo começou na industria automotiva quando Henry Ford construiu o primeiro automóvel popular, o Modelo T da Ford. No inicio do século 20, Henry criou uma das primeiras linhas de produção em massa e desde então, automação ou produção em massa vem sendo aplicado em várias industrias.

Automação em essência é a utilização de sistemas de controle e/ou tecnologia para reduzir a necessidade de humanos na produção de bens e de serviços. Os principais benefícios são redução no ciclo de produção (time to market), otimização de custos e qualidade através de redução de erros humanos.

Da idade da pedra e idade do bronze nas operações de IT

Durante os anos 1970s e 1980s com o crescimento e maturidade dos sistemas distribuídos e a rede de TCP/IP um novo desafio surgiu: Como manter e gerenciar um ambiente dinamico e em constante crescimento? Este é o período da Idade da Pedra para Serviços de Tecnologia e operações onde as ferramentas disponiveis eram nativas do sistema e por muitas vezes complexas – periodo em que os administradores do sistemas utilizam pedras brutas para gestionar e manter os sistemas em execução.

Na idade da pedra, não havia um padrão de arquitetura distribuído e pouco controles sobre estas ferramentas, período em que os administradores do sistema atuavam como heróis, buscando manter os sistemas disponíveis da melhor forma possível. Durante o início da década de 90 a disciplina de gerenciamento de sistemas emergiu, como resposta para a idade da pedra, através de sistemas inteligentes aperfeiçoando a administração de sistemas distribuídos, redes e aplicativos em vários domínios tais como : gerenciamento da capacidade e desempenho, gerenciamento de backup e de restauração, gerenciamento de segurança , gerenciamento de configuração , gerenciamento de inventário e outros – várias tecnologias e soluções , como o Tivoli Systems Inc (adquirido pela IBM em 1996), HP , BMC ,CA tornaram-se populares e com isso os administradores de sistemas evoluíram para a idade do Bronze.

Essa evolução permitiu aos administradores do sistema utilizarem um conjunto central de ferramentas para gerenciar os sistemas distribuídos em todo lugar e a qualquer momento, porém estas ferramentas de gerenciamento do sistema apresentaram outro desafio, requerem administradores de alto skill técnico e os investimentos de capital para instalar, configurar e manter as vezes não geravam o resultado de negócio esperado. A resposta para este novo desafio seria a automação integrada a plataforma de gerenciamento de sistemas, otimizando a relação custo e benefício e expertise.

stone age to modern age graphic

Tempos modernos nas operações de TI

Ao longo dos ultimos cincos anos, os provedores de serviços e operações de TI evoluíram significativamente na jornada de automação (tempos modernos), através da adoção de tecnologias de remediação ou robotização de serviços de infra-estrutura, atualmente as operações de TI podem operar de forma semelhante a uma linha de manufatura.

Esta é a evolução natural da disciplina de gerenciamento de sistemas, em que os problemas são detectados pela plataforma de gerenciamento de sistema, corrigidos ou diagnósticados por um engenheiro de sistema virtual e apenas envolve a ação humana quando a correção não consegue ser realizada automaticamente pelo engenheiro de sistema virtual. O programa combina técnicas de melhoria continua (Lean), Analytics e automação em escala otimizando atividades repetitivas e com isso, os administradores de sistemas podem dedicar-se a atividades mais complexas, agregando maior valor de capital intelectual as linhas de negócio.

Finalmente, os analistas de sistemas e de suporte evoluiram para os tempos modernos, através do uso de tecnologias de robotização e remediação conseguem aplicar seu tempo em atividades de maior complexidade e valor agregado, afinal as linhas de negócio que dependem cada vez mais de ambientes estáveis e previsiveis.

A IBM oferece as plataformas IBM Runbook Automation, IBM Workload Automation e Dynamic Automation Services para transformar seu negócio. Vc está preparado para evoluir para uma operação mais previsível e otimizada ou manter sua operação na idade da pedra sem competitividade?

Read the English version of this post here and the Spanish translation here.

Most Popular Articles