Voltar ao início

Administração mais inteligente

Do conselho municipal a colaborações internacionais, estão a surgir novas formas de trabalhar.

$1: O custo da renovação de uma carta de condução online para o Estado.  $8: O custo da renovação da mesma em pessoa.

Administração electrónica

"Concentração no cidadão"—a evolução da administração electrónica continua

Tal como as empresas privadas redescobriram a sua missão e modelo de negócio regressando a uma concentração no cliente, os governos de todo o mundo estão a obter sucesso na reorientação das respectivas estruturas, tecnologias da informação e políticas em torno dos cidadãos a que se dedicam.

Estas estruturas podem variar entre "serviços de compras em balcão único" para conjuntos de serviços anteriormente autónomos e partilha de informações e colaboração entre regiões e fronteiras em benefício dos cidadãos e da administração.

A um nível nacional, por exemplo no Reino Unido e em Singapura, os governos estão a educar os cidadãos em diferentes formas de obter serviços e a incentivá-los a utilizar os canais mais práticos e eficientes. Por outro lado, em todo o continente europeu, existem vários exemplos de informações partilhadas entre departamentos e programas para proporcionar serviços e benefícios aos cidadãos. De modo a suportar esta parceria, todos os estados-membros da União Europeia estão obrigados a ter legislação nacional em conformidade com a directiva da UE relativa a protecção de dados. Resumindo, a administração a todos os níveis (local, estatal, nacional e transnacional) está a transformar-se em administração electrónica


 

Uma observação cuidada das coligações militares no Iraque, Afeganistão e outras regiões: O que as torna eficientes?

Existem poucos estudos formais dedicados à análise de como tornar as coligações mais eficientes, pelo que os IBM Global Business Services se propuseram a recolher um conjunto sólido de dados. Este ano foram realizadas mais de 100 entrevistas a elementos presentes em combate, em operações de estabilização e ajuda de 1994 a 2009 no Iraque, Afeganistão e noutras regiões. Pretendeu-se recolher as suas opiniões sobre a eficácia das coligações, bem como quaisquer sugestões práticas de melhoria.

Seguem-se algumas das conclusões:

  • As coligações funcionam melhor em missões breves e de elevada intensidade
  • Os verdadeiros líderes em colaboração são o Canadá e o Reino Unido e não os Estados Unidos
  • O Afeganistão é considerado um exemplo de coligação mais bem sucedido do que o Iraque

 

Government 2020

Esta nova consciência e colaboração não ocorre apenas por acaso e nem sempre por opção. Muitas vezes, é fruto da necessidade.

No seu relatório "Government 2020," o IBM Institute for Business Value identificou seis forças mundiais em funcionamento, que conduzem a estas mudanças governamentais em todos os níveis. Em conjunto, estas seis forças representam uma combinação de oportunidades e ameaças. No entanto, embora sejam universais, requerem respostas adequadas a cada país, região ou localidade.

Os seis impulsionadores da mudança governamental num planeta inteligente:  Alterar o perfil demográfico; Acelerar a globalização; Levantar preocupações ambientais; Desenvolver relações sociais; Criar ameaças à estabilidade e à ordem; Expandir o impacto da tecnologia;

 

De acordo com o Banco Mundial, os projectos de administração electrónica bem sucedidos nos países em desenvolvimento gastam cerca de 10% do seu orçamento em formação e capacitação.

Paz mundial através do comércio e colaboração globais

Tal como os dados começaram a mover-se de forma mais fluida entre as partes constituintes da administração, e entre um governo e os seus cidadãos, os governos mais inteligentes estão a participar em novas formas de colaboração e parceria entre as diferentes classes governamentais, e mesmo entre fronteiras e xxx continentes.

Alguns exemplos

  • O Canadá e os Estados Unidos estão a trabalhar no sentido de uniformizar as normas de segurança em programas internacionais de parceria comercial fundamentais para ambos os países. O objectivo é ligar os vários programas internacionais de parceria na indústria para criar uma norma de segurança unificada e sustentável que possa ajudar a proteger e a facilitar a troca global de cargas.
  • O Excise Movement and Control System (EMCS) supervisiona a movimentação de bebidas alcoólicas, produtos de tabaco e produtos energéticos (bem como outros produtos taxados) entre os estados-membros da UE em regime de suspensão. O sistema substitui a documentação em papel que, anteriormente, acompanhava estes movimentos. Os estados-membros estão a desenvolver as suas próprias aplicações EMCS nacionais, sendo que estes sistemas (PDF, 577KB) serão ligados a todos os restantes estados-membros através de um domínio comum, mantido pela Comissão Europeia.

 

Soluções únicas de plataformas de colaboração

No passado, a tecnologia exclusiva era, normalmente orçamentada e criada de raiz para replicar o que poderia ser um serviço comum para muitos departamentos governamentais diferentes ou mesmo gabinetes dentro de departamentos. Actualmente, as plataformas comuns e as normas abertas são a base para muitas das iterações exclusivas de uma administração mais inteligente já evidenciada. Por vezes, é tão simples como utilizar aplicações informáticas sociais, como o Twitter, para comunicar o cash flow diário para o estado de Rhode Island (o vínculo reside fora de ibm.com). Outras vezes, é tão complexo como criar um mundo virtual (EUA) (US) para a formação de agentes secretos de um país.

Quais as cidades com mais utilizadores do Twitter? Londres, seguida de LA e Chicago.  * Com base no número total de utilizadores do Twitter que utilizam a definição Location.