Comments (4)
  • Add a Comment
  • Edit
  • More Actions v
  • Quarantine this Entry

1 RogérioRamos commented Permalink

O maior problema é quando se monta um equipe ágil mas se mantém o pensamento tradicional. Se todos os envolvidos - e eles vão do chefe/gerente/coordenador ao programador - não estão alinhados quanto às práticas ágeis adotadas essas questões vão surgir sempre. <br /> Aí está o maior impasse na adoção de processos ágeis, compreender o objetivo colaborativo e completo que o manifesto ágil (http://agilemanifesto.org/) propõe.

2 GustavoGrillo commented Permalink

Exato, muitas vezes esperamos que um processo ágil resolva todos os problemas e esquecemos que a implantação de um novo processo, ágil ou não, passa por uma longa fase de convencimento e aceitação. Saber conduzir essa fase é fator crítico de sucesso.

3 PedroBritto commented Permalink

Não achei o livre que vc referencia acima. <br /> Achei esse que trata do mesmo assunto: <br /> Forming Storming Norming Performing: Successful Communication in Groups And Teams [Paperback] <br /> Donald B. Egolf (Author). <div>&nbsp;</div> Pode me ajudar?

4 GustavoGrillo commented Permalink

Storming, Norming e Performing são três dos quatro estágios de desenvolvimento de equipes do modelo proposto por Bruce W. Tuckman (posteriormente foi adicionado um novo estágio: Adjourning). Esse modelo tornou-se popular e serviu de base para vários outros como a curva de performance proposta por Katzenbach em "The Wisdom of Teams", mas não conheço um livro que trate especificamente dele. O artigo original pode ser encontrado em: http://aneesha.ceit.uq.edu.au/drupal/sites/default/files/Tuckman%201965.pdf e há uma página na Wikipaedia que pode dar mais algumas indicações: http://en.wikipedia.org/wiki/Tuckman%27s_stages_of_group_development . Há uma página na Amazon com alguns trabalhos dele: http://www.amazon.com/Bruce-W.-Tuckman/e/B001IXUEQI/ref=sr_tc_2_0?qid=1357132228&amp;sr=1-2-ent