O Bluemix inclui o PaaS na jogada

Explore os projetos do Bluemix dos desenvolvedores e conheça o que há de mais recente em gerenciamento de aplicativo em nuvem

No início de 2014, a IBM® anunciou o IBM Bluemix™, um ambiente de plataforma como serviço (PaaS) baseado em padrões abertos para o desenvolvimento, a execução e o gerenciamento de aplicativos móveis e da web na nuvem. Explore os projetos que os desenvolvedores criaram usando o Bluemix e comece a explorar a tecnologia do Bluemix para aprender como ele fornece recursos instantâneos para desenvolvimento com seus tempos de execução e suas linguagens de programação favoritos.

Inscreva-se no IBM Bluemix
Essa plataforma em nuvem está repleta de serviços, tempos de execução e infraestruturas gratuitos para ajudá-lo a desenvolver e implementar rapidamente seu próximo aplicativo móvel ou da web.

O IBM® Bluemix,™— a principal tecnologia do ambiente de Nuvem IBM que foi lançado no início de 2014 — é um ambiente com uma única solução que fornece recursos instantâneos para o desenvolvimento e a implementação de aplicativos de forma rápida em diversos domínios. É possível usar essa plataforma baseada em padrões abertos para desenvolver, executar e gerenciar aplicativos da web, móveis, de Big Data e de dispositivos inteligentes. O Bluemix suporta diversas estruturas e linguagens de programação populares. Tecnologia Java™ , suporte ao desenvolvimento de backend móvel, monitoramento de aplicativos, tecnologias de software livre e muitos outros itens estão disponíveis por meio de um modelo "como serviço" na nuvem.

Estamos fazendo inclusões neste artigo no developerWorks para documentar como os desenvolvedores estão usando o Bluemix para criar e implementar aplicativos em nuvem de forma rápida e eficiente. Nessa atualização, vamos guiar você em um tour de amostra em alguns projetos criados por desenvolvedores desde o lançamento do Bluemix e destacar algumas das atualizações feitas na plataforma desde fevereiro de 2014.

Novo: Explore os projetos do Bluemix

Esta lista é somente uma amostra doque um desenvolvedor pode fazer no Bluemix retirada de 38 projetos (e aumentando diariamente) documentados desde o lançamento da plataforma. (Use uma visualização de procura para ver uma lista dos projetos documentados ou acesse uma visualização anotada.)

Agilize seus esforços em hackathon com os DevOps Services

Millard Ellingsworth mostra como criar um contêiner para um hackathon perfeito — um evento breve e intensivo de desenvolvimento conjunto, em geral com uma causa ou tópico em particular — com a combinação de componentes do Hackathon Starter Project, do Bluemix DevOps Services (como o ambiente de desenvolvimento colaborativo na web e pipeline de entrega contínua) e do Bluemix para o hosting em nuvem. Você verá como criar novas instâncias e como implementá-las automaticamente no ambiente de PaaS do Bluemix após cada alteração na codificação. Mais informações

Desenvolva e implemente um contador de calorias compatível com dispositivos móveis

Usando PHP, MySQL, AngularJS e a API Nutritionix, Vikram Vaswani demonstra as etapas de criação e implementação de um aplicativo no Bluemix que permite ao usuário:

  • Procurar por alimentos por nome e recuperar os resultados por meio de uma API com o banco de dados de nutrição online da Nutritionix
  • Agrupar os alimentos selecionados para criar registros de refeições
  • Salvar esses registros em um banco de dados MySQL juntamente com suas contagens de calorias usando um aplicativo PHP/AngularJS
  • Recuperar relatórios da quantidade total de calorias consumidas em diferentes períodos e acessar o aplicativo a partir de dispositivos móveis.

Um conceito importante dessas instruções detalha como a implementação em uma plataforma escalável e flexível (Bluemix) pode fornecer o acesso contínuo que um aplicativo como esse precisa para ter sucesso. Mais informações

Como enviar rapidamente uma notificação push móvel

Lisa Seacat DeLuca informa que em cinco minutos ou menos, é possível configurar um Javascript que permite o envio de uma notificação push a partir de um aplicativo móvel usando o projeto Apache Cordova de aplicativo móvel híbrido e de software livre. O Apache Cordova permite que os desenvolvedores de aplicativos móveis acessem funções nativas do dispositivo por meio de Javascript; os aplicativos do Cordova são escritos usando padrões da web como HTML, CSS e Javascript. Você irá explorar como usar um serviço Push do Bluemix e como testar para ver se sua notificação está funcionando. Mais informações

Amplie um aplicativo para iOS para integrá-lo ao Worklight

Salim Zeitouni e Ramakrishna Boggarapu mostram como combinar o Bluemix e o Worklight para fornecer uma experiência do usuário personalizada em um aplicativo para iOS usando autenticação. Eles demonstram como estender um aplicativo BlueList executado no iOS para usar o Worklight definindo um adaptador HTTP que simula a autenticação em um servidor do cliente que retorna a identidade do usuário. A identidade do usuário personaliza a interação com os serviços MobileData, CloudCode e Push do Bluemix.

Como o aplicativo BlueList (veja como desenvolvê-lo aqui) usa APIs nativas, o Worklight pode ativar o aplicativo iOS nativo para comunicação usando a biblioteca de APIs nativa do Worklight. Você aprenderá a configurar um ambiente de API nativo do iOS no servidor para consumir as solicitações do cliente e se comunicar com um adaptador HTTP. Mais informações

Crie um sistema de resposta a perguntas em língua natural com o IBM Watson

O IBM Watson pode ser o primeiro passo real em inteligência artificial, então provavelmente é uma boa ideia começar a incorporar seus recursos em seus projetos de desenvolvimento. Por exemplo, seus recursos de língua natural. Swami Chandrasekaran e Carmine DiMascio mostram como criar um sistema de resposta a perguntas em língua natural com o IBM Watson no Bluemix. O aplicativo Watson Films é uma demonstração simples de como desenvolver um aplicativo que interage com o Watson usando a QAAPI (Question and Answer API) do Watson; os usuários podem fazer perguntas sobre os filmes do AFI. O demo é desenvolvido em Node.js com o Express; você entenderá os conceitos do desenvolvimento de um aplicativo de língua natural avançado. Mais informações

Melhore a escalabilidade com o armazenamento da sessão em cache

Abelard Chow, Paul Chen e Brian Martin sabem que desempenho e escalabilidade exigem uma estrutura de persistência de sessão bem projetada, mas nem sempre você tem tempo para construir essa estrutura de forma adequada. Com o uso do serviço SessionCache do Bluemix, eles mostram como desenvolver essa infraestrutura no seu aplicativo de forma fácil e rápida. Você aprenderá sobre sessões HTTP e persistência de sessão. Mais informações

Ative serviços de localização em um localizador de fotos

A equipe formada por Jay Allen, Rachel Reinitz, Srikant Varadarajan e Robert Vila demonstra como é fácil usar as APIs eficientes de codificação geográfica e consulta de endereço da Pitney Bowes para desenvolver um aplicativo que combina a latitude e a longitude de qualquer endereço dos EUA com uma pesquisa de mídia no Instagram. Você também irá explorar a criação de instâncias de serviços e a clonagem de aplicativos. Mais informações

Use um pacote de construção Go customizado com o IBM Bluemix

O Bluemix incluiu a capacidade de uso de seus próprios pacotes de construção; neste artigo, Michele Crudele responde à pergunta: "E se o Bluemix não suportar seu idioma preferencial e sua estrutura de desenvolvimento na web?". Um pacote de construção é uma coleção de scripts que implementam as ações necessárias para examinar o aplicativo que você está implementando e para fazer o download e configurar as dependências necessárias. Veja como usar o modelo plugável de PaaS do Bluemix para vincular o suporte para seu tempo de execução. Mais informações

E se não for possível desenvolver seu aplicativo móvel corretamente?

Chris Brealey disse bem: "Eu não sei vocês, mas com exceção do programa 'Hello World', raramente eu consigo desenvolver meu código corretamente na primeira tentativa". Com isso em mente, ele guiará você em uma jornada que envolve o desenvolvimento de um aplicativo móvel "ruim" e em seguida mostrará como o serviço Bluemix Mobile Quality Assurance pode interagir com o aplicativo e sugerir correções para aperfeiçoá-lo. Você terá uma experiência de teste iterativo interativa e automatizada. Mais informações

Escalabilidade é um serviço integrado do Bluemix

No último projeto de amostra deste artigo, gostaríamos de agradecer ao Ryan Baxter por lembrar aos desenvolvedores que independentemente do serviço do Bluemix usado por seu aplicativo, a escalabilidade será um recurso integrado. Em sua demonstração de como desenvolver aplicativos altamente escaláveis com o tempo de execução Bluemix Node.js e o serviço Redis, Ryan informa que "Um dos motivos mais convincentes para usar o Bluemix para executar seu aplicativo é sua capacidade de ampliar seu aplicativo de forma rápida e fácil". Essa é uma oportunidade para você examinar a escalabilidade que está integrada na experiência do Bluemix. Mais informações

Fique de olho na documentação do projeto de desenvolvimento do Bluemix nesta visualização de procura à medida que o conhecimento de diversos desenvolvimentos e implementações é acumulado.


Novo: Novidades desde o lançamento do Bluemix

O blog da comunidade de desenvolvedores do Bluemix é o melhor lugar para ficar atualizado sobre as alterações na plataforma e nos serviços. Por exemplo:

  • No final de março, os engenheiros do Bluemix facilitaram o processo de localização de informações. Eles facilitaram a procura no catálogo por serviços e facilitaram a procura no Dashboard para filtrar a lista de instâncias de serviços e aplicativos existentes. Também é possível marcar suas instâncias e seus aplicativos favoritos com uma estrela para eles serem exibidos na parte superior da sua lista.
  • As alterações feitas na UI do Bluemix em abril incluíram registro e login simplificados, suporte para complementos, serviços organizados por categoria e capacidade de vincular um aplicativo a um repositório Git, entre outras. Também em abril, a Mobile Cloud Services fez algumas alterações nos métodos de migração e introduziu o suporte para novos recursos e produtos. A plataforma do Bluemix melhorou os logs de depuração para os aplicativos que apresentavam falhas ao serem implementados, executados ou iniciados.
  • Em maio, a UI do Bluemix foi atualizada: o recurso "Bring your Own Buildpack" (tempo de execução) foi incluído no catálogo. O Dashboard agora pode ser reduzido para fornecer mais espaço na tela aos desenvolvedores. A melhoria na manipulação de alterações nos dados relacionados ao aplicativo no servidor e a execução de aprimoramentos de iteração de estilo secundários incluíram clareza.
  • O SDK e os serviços da nuvem para dispositivo móvel foram atualizados em junho: essas atualizações incluíram um valor de segredo do aplicativo para permitir a inicialização, o modelo de configuração foi mesclado no SDK e agora pode ser removido do aplicativo, suporte para novos métodos e pontos de acesso de autenticação e amostras atualizadas. Também há um tutorial que mostra como migrar os aplicativos beta criados que as APIs do SDK foram alteradas.

A partir de agora, forneceremos uma visão geral rápida do Bluemix e de outras tecnologias que tornam a Nuvem IBM uma oferta de nuvem completa.


Novo: Aprenda como usar o Bluemix

Fácil como 1-2-3-4

Qual é o nível de dificuldade de uso do IBM® Bluemix™? É muito fácil:

  1. Navegue no catálogo. Selecione um pacote configurável de serviços e se desejar inclua serviços individuais por meio de um painel do usuário.
  2. Selecione o SDK. Instale o SDK (um suplemento do navegador) da linguagem de programação de sua preferência.
  3. Inicie a codificação. Faça o que sabe fazer de melhor — escreva seu aplicativo.
  4. Implemente seu aplicativo na nuvem.

Acesse a Bluemix Developers Community para começar. Se estiver pronto para começar a codificação, acesse diretamente o site.

Conforme já mencionado, o Bluemix é um ambiente de plataforma baseada em padrões abertos com uma única solução que fornece recursos instantâneos para o desenvolvimento e a implementação de aplicativos de forma rápida em diversos domínios. É possível usá-lo para desenvolver, executar e gerenciar aplicativos da web, móveis, de Big Data e de dispositivos inteligentes; a plataforma suporta diversas estruturas e linguagens de programação populares. Tecnologia Java™ , suporte ao desenvolvimento de backend móvel, monitoramento de aplicativos, tecnologias de software livre e muitos outros itens estão disponíveis por meio de um modelo "como serviço" na nuvem.

O IBM Bluemix será alterado conforme trabalhamos continuamente para melhorar e facilitar seu uso. Faremos o possível para manter este artigo atualizado, mas nem sempre ele estará alinhado com a situação atual da plataforma.

O catálogo do Bluemix contém a maioria dos itens necessários para você começar a trabalhar. Padrões, complementos, conjuntos de serviços pré-configurados, tempos de execução e códigos de amostra eficientes estão prontos para serem usados instantaneamente:

David Barnes no Bluemix | 15:48

David Barnes, IBM Program Director of Emerging Technology, guia você em um tour no Bluemix.

Video: Uma demonstração do IBM
                                                  Bluemix
  • Ambientes de tempo de execução como Liberty for Java™, SDK for Node.js™ e Ruby Sinatra...
  • ...e se não encontrar um tempo de execução existente que atenda às suas necessidades, é possível usar um pacote de construção customizado compatível com Cloud Foundry ao implementar seu aplicativo usando o comando cf push.
  • Serviços móveis como:
    • Push: crie e planeje notificações push para dispositivos iOS e Android para se conectar aos usuários quando eles não estiverem usando o aplicativo por meio da identificação do usuário.
    • Mobile Data: fornece serviço de armazenamento de dados baseado em objeto para aplicativos móveis com interfaces de fácil uso pelo desenvolvedor para iOS, Android, Javascript e Cordova; desenvolvido com armazenamento de dados Cloudant.
    • Mobile Quality Assurance: permite que os aplicativos do seu instrumento capturem as experiências do testador e do usuário em tempo real, incluindo relatórios de erros no aplicativo e logs de travamento com reconhecimento do contexto, feedback do usuário no aplicativo e métricas de qualidade relevantes e aperfeiçoadas.
    • Mobile Application Security: fornece uma estrutura de segurança do aplicativo básica que permite o bloqueio do acesso aos aplicativos em dispositivos específicos e oferece conteinerização e controle sobre o ciclo de vida operacional; desenvolvido com Fiberlink MaaS 360.
    • Twilio: desenvolva aplicativos que se comunicam por meio de voz, sistema de mensagens e VoIP com seus aplicativos móveis e da web.
  • Serviços de aplicativos e da web como:
    • Session Cache: melhore o desempenho e a experiência do usuário dos aplicativos da web recuperando informações de caches na memória rápidos e gerenciados.
    • Data Cache: melhore a resiliência do aplicativo via persistência armazenando as informações de estado de sessão em diversas solicitações de HTTP.
    • Cloud Integration: use padrões e APIs customizadas para conectar e integrar aplicativos e informações de forma segura na nuvem.
    • Application Auto-Scaling: amplie automaticamente os tempos de execução fornecidos pela IBM com base em uma política de ajuste de escala configurada por você.
    • Travel Boundary: gere faixas com intervalos iguais ao redor de um local com base na distância ou no tempo de deslocamento até o local, um recurso essencial para análises de seleção de local, planejamento de logística e gerenciamento da cadeia de suprimento.
    • Validate Address: padronize e valide endereços para assegurar que seus dados de endereço estejam compatíveis com as normas de qualidade estabelecidas pela autoridade postal para melhorar o fornecimento de correio.
    • Reverse Geocoding: permite a consulta de um endereço de uma localização de GPS.
    • Geocoding: ajuda você a identificar localizações geográficas exatas: você fornece um endereço e ele retorna um local.
    • CloudAMQP(RabbitMQ): servidores RabbitMQ gerenciados na nuvem que permitem que você desacople, distribua e ajuste a escala dos seus aplicativos com a velocidade do CloudAMQP.
    • RedisLabs: oferece o Redis Cloud, um serviço da Redis totalmente gerenciado que apresenta alta escalabilidade, alta disponibilidade, alto desempenho e nenhuma necessidade de gerenciamento.
    • SendGrid: solução de email baseada em nuvem que substitui sua infraestrutura de email para você não precisar desenvolver, dimensionar e manter o sistema.
    • RabbitMQ: serviço de message broker baseado em software livre.
    • Redis: serviço de armazenamento de valor da chave baseado em software livre.
  • Serviços de gerenciamento de dados como:
    • Time Series Database: permite a inserção e a consulta de dados baseados em tempo de sensores e dispositivos de medição; baseado na tecnologia da Informix.
    • SQL Database: fornece uma base de dados relacional totalmente gerenciada para cargas de trabalho transacionais e da web complexas e intensivas; desenvolvido com DB2.
    • Cloudant NoSQL DB: fornece um banco de dados distribuído como um serviço para desenvolvedores de aplicativos móveis e da web com desenvolvimento rápido.
    • ElephantSQL: serviço de banco de dados baseado em software livre.
    • MongoDB: serviço de banco de dados orientado a documentos baseado em software livre.
    • MySQL: serviço de banco de dados baseado em software livre.
    • PostgreSQL: serviço de banco de dados objeto-relacional baseado em software livre.
    • MongoLab: serviço de banco de dados em nuvem totalmente gerenciado que possui bancos de dados MongoDB altamente disponíveis, backups automatizados, ferramentas baseadas na web, monitoramento 24 x 7 e suporte de especialistas.
  • Serviços de Big Data como:
    • Analytics Warehouse: fornece uma plataforma fácil de usar e de alto desempenho para data warehousing e business intelligence; desenvolvido pela tecnologia de aceleração BLU organizada em colunas e otimizada na memória.
  • Complementos de DevOps como:
    • Continuous Delivery Pipeline: fornece suporte automatizado aos processos de desenvolvimento, teste e implementação com diversos estágios.
    • Agile Planning and Tracking: fornece acesso a serviços e conjuntos de ferramentas eficientes da IBM para rastreamento e planejamento agile com a plataforma de nuvem.
    • Git Hosting: oferece hosting Git integrado com implementação via git push e implementação automática de repositórios de Git.
    • Monitoring and Analytics: permite a identificação da causa-raiz dos problemas do aplicativo com diagnósticos no nível de código e, após a implementação, permite o uso de arquivos de log de produção para monitorar o desempenho.
    • BlazeMeter: teste o desempenho de qualquer aplicativo móvel, website ou API em menos de 10 minutos; simule até um milhão de usuários; compatível com Apache JMeter.
    • Load Impact: faça um teste de carregamento em seu website, aplicativo da web, aplicativo móvel ou API instantaneamente com até 1,2 milhão de usuários simultâneos.

Também é possível usar o DevOps Services (antigo JazzHub) para desenvolver aplicativos para implementar no Bluemix. Continue acessando a fila de serviços do Bluemix para obter informações sobre serviços novos e em versão beta.


Explore os conceitos, serviços e recursos do Bluemix

Bluemix é uma PaaS aberta desenvolvida com a tecnologia de software livre Cloud Foundry. A plataforma é projetada para desenvolvimento e hosting de aplicativos e simplifica as tarefas de gerenciamento da infraestrutura, tornan do possível desenvolver, implementar e gerenciar aplicativos rapidamente na escala da Internet.

O Bluemix torna mais fácil para você:

  • Permitir a composição rápida e incremental de aplicativos a partir de serviços.
  • Fornecer alterações no aplicativo de forma contínua e permitir uma disponibilidade contínua.
  • Suportar serviços e modelos de programação específicos para carga de trabalho altamente customizados.
  • Integrar um alto nível de gerenciamento em serviços e aplicativos.
  • Suportar cargas de trabalho elásticas e otimizadas.

O Bluemix atinge esses objetivos abstraindo e ocultando a maior parte das complexidades associadas ao hosting e ao gerenciamento de aplicativos baseados em nuvem.

Jay Allen no ciclo de vida do aplicativo do Bluemix | 6:53

Veja o que você é necessário fazer (e o que você não deve fazer) para implementar, executar e excluir um aplicativo no Bluemix.

Video: Uma demonstração do IBM
                                                  Bluemix

Conceitos Bluemix em poucas palavras

No Bluemix, um aplicativo é o artefato que você desenvolve — todo o código (arquivos binários de tempo de execução ou código-fonte) necessário para executar ou referenciar em tempo de execução. Para aplicativos da web, você fará o upload de todo o código do aplicativo no Bluemix no qual ele ficará hospedado para execução. Para aplicativos móveis, você irá desenvolver o front-end fora do Bluemix, usando ferramentas de desenvolvimento para iOS ou Android, por exemplo, e executá-lo em dispositivos móveis. Entretanto, os aplicativos móveis poderão interagir com os serviços do Bluemix por meio do código do aplicativo backend que pode ser implementado em um contêiner do Bluemix.

Um serviço é um código hospedado no Bluemix que oferece uma parte de funcionalidade para ser usada em aplicativos. Pode ser um serviço predefinido que você usa diretamente — como notificação push para dispositivos móveis e armazenamento em cache elástico para aplicativos da web. Também é possível criar seus próprios serviços, que podem variar de funções de utilitário simples a lógicas de negócios complexas.

Organizações e espaços são unidades organizacionais na infraestrutura que podem armazenar e controlar recursos de aplicativos. Uma organização contém domínios, espaços e usuários. Um espaço contém aplicativos e serviços. Os espaços padrão são Development, Production e Staging.

Para aplicativos que requerem um ambiente de PaaS, um pacote de construção é uma coleção de scripts que preparam o código para execução na PaaS de destino. Os pacotes de construção, que incluem o ambiente de tempo de execução que seu aplicativo precisa e podem incluir estruturas especializadas, ajudam você a implementar aplicativos na nuvem mais facilmente, pois não exigem a instalação e configuração do tempo de execução.

Passando um tempo com o Bluemix | 10:26

Neste bate-papo informal, Ben Mann, Jay Allen, Sanjay Joshi e Lee Surprenant discutem sua sessão de laboratório na Conferência dev@Pulse, em 24-25 de fevereiro de 2014. A tarefa prática da sessão de laboratório é criar um aplicativo de análise do Twitter que é executado no Bluemix e usa serviços do Bluemix, como o MongoDB.

Video: Uma introdução ao
                                                  laboratório do Bluemix na dev@Pulse

Usando serviços do Bluemix

O uso de serviços no Bluemix envolve três etapas:

  1. Indicar ao Bluemix quando uma nova instância de um serviço é necessária e qual aplicativo específico irá usar essa nova instância.
  2. O Bluemix fornece automaticamente uma nova instância do serviço e a conecta ao aplicativo.
  3. O aplicativo interage com o serviço.

Pacotes configuráveis de serviços são coleções de APIs de uso específico. Por exemplo, o pacote Mobile Services inclui MobileData, Cloud Code, Push e Mobile Application Management. É possível visualizar os serviços e tempos de execução no catálogo do Bluemix. E é possível registrar seus próprios serviços.

Implementação e gerenciamento de aplicativos

Para implementar o aplicativo, faça o upload do aplicativo no Bluemix, indique quantas instâncias do aplicativo você deseja executar e configure o Bluemix com as informações necessárias para suportá-lo:

  • Para um aplicativo móvel, o Bluemix contém um artefato que representa o backend do aplicativo móvel — um conjunto de serviços usados pelo aplicativo para se comunicar com o servidor. O Bluemix suporta backends de aplicativo móvel que podem aproveitar notificações push, serviços de dados móveis e serviços de segurança do aplicativo móvel que são oferecidos diretamente no Bluemix.
  • Para um aplicativo da web, é necessário fornecer as informações adequadas de estrutura e tempo de execução ao Bluemix para a plataforma poder configurar o ambiente de execução adequado para executar o aplicativo.

É possível implementar e gerenciar aplicativos usando a ferramenta de linha de comando cf , a interface da web do Bluemix ou o DevOps Services. Também é possível instalar o plug-in do Bluemix para Eclipse (descrito aqui) e implementar aplicativos no Bluemix diretamente a partir da área de trabalho do Eclipse.

O projeto de computação em nuvem OpenStack

O projeto de computação em nuvem OpenStack é uma plataforma de IaaS baseada em software livre composta por uma série de projetos relacionados que controla conjuntos de recursos de processamento, armazenamento e rede em todo o datacenter. Os componentes do OpenStack podem ser gerenciados ou provisionados por meio de um painel baseado na web, de ferramentas de linha de comando ou usando uma API RESTful. As ofertas de nuvem da IBM são baseadas no OpenStack.

Saiba mais sobre a arquitetura, os módulos e os componentes do OpenStack na série de artigos abrangentes "Descubra o OpenStack" (developerWorks 2013).

Os clientes móveis e baseados em navegador — assim como outros aplicativos implementados no Bluemix e aplicativos executados externamente — interagem com os aplicativos hospedados no Bluemix por meio de APIs REST/HTTP. Toda solicitação do cliente é encaminhada para uma das instâncias do aplicativo ou seus serviços compostos. Os ambientes de execução do aplicativo no Bluemix são isolados uns dos outros, mesmo que residam na mesma máquina física.

Para gerenciamento de aplicativo, é possível iniciar, parar, reiniciar ou — no caso de aplicativos da web, modificar — o número de instâncias e a quantidade de memória usada pelo aplicativo. Um recurso-chave de design do Bluemix é que ele se sobressai no hosting de aplicativos escaláveis e artefatos de aplicativos. No momento, a plataforma não dimensiona automaticamente um aplicativo com base na carga, então é necessário gerenciar esse processo criando ou excluindo instâncias à medida que a carga de trabalho muda. Por esse motivo, seus aplicativos devem salvar todos os dados persistentes fora do aplicativo em um dos serviços de armazenamento de dados fornecidos pelo Bluemix. Para reimplementar um aplicativo após uma atualização, use o mesmo processo usado para a implementação inicial. O Bluemix para todas as instâncias em execução e carrega as instâncias novas automaticamente.


DevOps Services para Bluemix

No DevOps Services, bastam algumas poucas etapas simples para você começar a colaborar com outras pessoas para planejar, controlar e desenvolver software na nuvem. É possível usar o editor de código no navegador integrado fornecido pelo DevOps Services para desenvolvimento de aplicativo ou usar o DevOps Services com o Eclipse, o VisualStudio ou a linha de comando Git para codificar e implementar aplicativos no Bluemix:

  • Com uma UI projetada para você incluir rapidamente "quem, o que e quando" no seu projeto de desenvolvimento, você leva apenas alguns minutos para configurar datas, documentar sua primeira história do usuário, designar uma ou duas tarefas e começar a escrever o código.
  • O DevOps Services inclui gerenciamento de código-fonte integrado, Jazz SCM e Git hospedado. Cada projeto possui seu próprio repositório e área de trabalho do DevOps Services nos quais os membros do projeto podem efetuar o registro das alterações, associar as alterações no código e visualizar um histórico das alterações recentes. Também é possível criar um projeto no DevOps Services e apontá-lo para o seu repositório do GitHub.
  • É possível vincular facilmente itens de trabalho às alterações no código do GitHub. Além disso, é possível usar suas ferramentas existentes para codificar em Git.

É possível explorar o DevOps Services em ação participando nestes exercícios interativos do developerWorks apresentados pelos especialistas em desenvolvimento Scott Rich (IBM Distinguished Engineer, arquiteto de nuvem, fundador do Rational Jazz) e Kevin Williams (arquiteto de nuvem, automação e testes para o software IBM). É possível executar o aplicativo resultante e obter o código do seu repositório do DevOps Services:

  • "Desenvolva um aplicativo de análise de sentimentos com Node.js, Express, sentiment e ntwitter" — Rich detalha os requisitos para um aplicativo medir rapidamente o sentimento do público no Twitter e por que ele optou por desenvolver esse aplicativo como um aplicativo de PaaS usando tempo de execução Node.js e Javascript e usando o modelo de programação de composição de serviços.
  • "Desenvolva um serviço de notificação simples com Node.js e MongoDB" — Williams estava enfrentando um dilema: Como orquestrar o comportamento de um conjunto cada vez maior de ferramentas heterogêneas para criar um para criar um organismo de fluxo de trabalho maior, mas mais abrangente? A resposta era reconhecimento — um serviço de notificação que suporta a criação, sinalização e assinatura de eventos. Ele optou pela simplicidade e efetuou o desenvolvimento usando o tempo de execução Node.js (que suporta o desenvolvimento rápido de servidores HTTP com uma API semelhante ao REST); o MongoDB executa o backend (a orientação do documento foi perfeita para a rápida criação de protótipos).

Veja esses e outros artigos interativos na seção Docs da Bluemix Developers Community.


Participe!

Saiba mais sobre o Bluemix por meio da comunidade de desenvolvedores e experimente a tecnologia no ambiente do Bluemix.

Recursos

  • Explore a computação em nuvem no developerWorks na qual você encontrará importantes discussões da comunidade e aprenderá sobre novos recursos técnicos relacionados à nuvem.
  • Acesse a Bluemix Developers Community para ter acesso a todos os recursos necessários para começar a codificar e implementar seus aplicativos na nuvem.
  • Participe da comunidade do developerWorks. Conecte-se a outros usuários do developerWorks enquanto explora as wikis, grupos, fóruns e blogs direcionados ao desenvolvedor.

Comentários

developerWorks: Conecte-se

Los campos obligatorios están marcados con un asterisco (*).


Precisa de um ID IBM?
Esqueceu seu ID IBM?


Esqueceu sua senha?
Alterar sua senha

Ao clicar em Enviar, você concorda com os termos e condições do developerWorks.

 


A primeira vez que você entrar no developerWorks, um perfil é criado para você. Informações no seu perfil (seu nome, país / região, e nome da empresa) é apresentado ao público e vai acompanhar qualquer conteúdo que você postar, a menos que você opte por esconder o nome da empresa. Você pode atualizar sua conta IBM a qualquer momento.

Todas as informações enviadas são seguras.

Elija su nombre para mostrar



Ao se conectar ao developerWorks pela primeira vez, é criado um perfil para você e é necessário selecionar um nome de exibição. O nome de exibição acompanhará o conteúdo que você postar no developerWorks.

Escolha um nome de exibição de 3 - 31 caracteres. Seu nome de exibição deve ser exclusivo na comunidade do developerWorks e não deve ser o seu endereço de email por motivo de privacidade.

Los campos obligatorios están marcados con un asterisco (*).

(Escolha um nome de exibição de 3 - 31 caracteres.)

Ao clicar em Enviar, você concorda com os termos e condições do developerWorks.

 


Todas as informações enviadas são seguras.


static.content.url=http://www.ibm.com/developerworks/js/artrating/
SITE_ID=80
Zone=Cloud computing
ArticleID=970254
ArticleTitle=O Bluemix inclui o PaaS na jogada
publish-date=07252014