Recursos do IBM Application Performance Analyzer for z/OS

Coleta não intrusiva de dados estatísticos e de desempenho

O IBM Application Performance Analyzer for z/OS usa uma amostragem estatística não intrusiva do espaço de endereço monitorado e analisa o uso de CPU, DASD, E/S pelo aplicativo do sistema ou do recurso ou o espaço de endereço total. Monitore, analise e relate sobre o desempenho dos aplicativos Assembler, COBOL, PL/I, C/C++ e Java® implementados no CICS®, no DB2®, no IMS™, no USS, no Batch, no WebSphere® MQ e do WebSphere® Application Server.

Identifique e corrija gargalos com facilidade

As informações necessárias para isolar os problemas de desempenho nos aplicativos e o impacto deles nas diversas cargas de trabalho de seus sistemas. Maximize o desempenho de seus aplicativos existentes e melhore os tempos de resposta das transações on-line e os tempos de resposta em lote. Com o mapeamento simples do código-fonte, é possível identificar gargalos com velocidade e precisão.

Relate e acompanhe mudanças históricas ao longo do tempo

Relatórios de análise on-line podem ser exportados como arquivos PDF ou XML. Isso facilita muito a visualização de relatórios em estações de trabalho ou a transferência para outros aplicativos. Agora, será possível avaliar as tendências em recursos, os volume de dados e o comportamento de aplicativos para obter uma visualização verdadeiramente histórica.

Suporte o desenvolvimento, os aprimoramentos e a depuração dos aplicativos

Auxilia no design de aplicativos, nos ciclos de desenvolvimento e manutenção e nas iniciativas de DevOps. Avalie os protótipos de aplicativos nas fases de design e analise os impactos do aumento do volume de dados ou das mudanças nos requisitos de negócios sobre o desempenho.

Detalhes técnicos

Requisitos de software

Uma lista completa de requisitos de software

Requisitos de hardware

Qualquer configuração de hardware capaz de executar o IBM z/OS.

Ganhe agilidade e flexibilidade

As soluções de pagamento flexíveis da IBM ajudam a alinhar os seus investimentos em infraestrutura com as necessidades de carga de trabalho.