Saiba mais sobre o IMS High Performance Prefix Resolution for z/OS

Como ele funciona

O IBM® IMS™ High Performance (HP) Prefix Resolution for z/OS® resolve e atualiza os prefixos de banco de dados IMS envolvidos nos relacionamentos lógicos do banco de dados IMS. A ferramenta executa este trabalho em duas etapas: IMS Prefix Resolution e IMS Prefix Update. O IMS Prefix Resolution cria imediatamente um conjunto de dados para resolver os ponteiros de relacionamento lógico, definidos para o banco de dados IMS.

Integrado ao IMS Index Builder

O IMS HP Prefix Resolution também está integrado ao IMS Index Builder para resolver ponteiros de índice secundário. O IMS HP Prefix Resolution usa uma série de arquivos de trabalho especiais para eliminar a E/S e reduzir alocações de conjuntos de dados, com o objetivo de melhorar o desempenho da resolução de prefixo do banco de dados IMS. Também cria relatórios que mostram as atividades realizadas. Esses relatórios são armazenados no repositório da base de conhecimento de ferramentas IMS.

IMS Prefix Update

O IMS Prefix Update atualiza os prefixos de bancos de dados IMS afetados por carregamentos de bancos de dados, por reorganizações de banco de dados ou por ambos. Pode ser executado como uma etapa independente ou junto com o IMS HP Prefix Resolution. Há também um manipulador de buffer especial, que melhora o desempenho do IMS Prefix Update. Se o banco de dados IMS estiver registrado no Controle de Recuperação de Banco de Dados (DBRC), a etapa IMS Prefix Update emitirá notificações de Reorganização DBRC para indicar que os prefixos de banco de dados IMS foram atualizados.

Por que isso ajudará sua operação

O IMS HP Prefix Resolution permite que você realize essas tarefas de forma consideravelmente mais fácil e rápida, simplificando as etapas de tarefa e eliminando o uso de recursos específicos. Com esses recursos avançados, o IMS HP Prefix Resolution facilita e acelera as tarefas dos administradores de banco de dados (DBAs) e melhora a disponibilidade de seu sistema e de recursos humanos.