Araçatuba é um município do interior de São Paulo com aproximadamente 190 mil habitantes. A Câmara Municipal é composta por 12 vereadores que, além de fazer leis sobre assuntos de sua competência, têm a função de fiscalizar e julgar os atos da administração municipal, especialmente, no tocante à execução orçamentária e contas da prefeitura.

O objetivo inicial da área de TI contemplava apenas a atualização de um servidor x86 para aumentar a performace do Sistema Legislativo de Araçatuba. Entretanto, após consulta no mercado especializado, a Câmara decidiu trocar de plataforma e adquiriu, por meio do Pregão n.º 009, de 2013, a arquitetura PowerLinux, que, devido à excepcional performance, agora roda todos os sistemas utilizando FireBird, Mysql e Samba com RedHat.

A continuidade do ambiente x86 demandaria um alto investimento e por outro lado a aquisição da tecnologia Power ainda trouxe o dobro de performance em relação à plataforma x86, e a vantagem de ter estabilidade e alto poder de processamento, acarretando na decisão de implementar novos serviços na arquitetura Power. De forma prática, um dos maiores benefícios foi a melhora em muitas rotinas devido à grande capacidade de processamento, como, por exemplo, a diferença de performance no processo do protocolo e liberação de proposituras que ficou 10 vezes mais rápido. Na plataforma anterior este tipo de operação levava entre três e quatro minutos, com a plataforma Power, a operação leva em média um minuto.

A Câmara Municipal de Araçatuba ainda ganhou performance nas áreas de Contabilidade e Recursos Humanos, uma vez que o Banco de Dados passou a rodar em Power Linux de forma mais rápida comparado ao x86. Por fim, devido à diminuição no custo de licenciamento para a máquina Power Linux, houve uma enorme redução no valor da implantação da solução. O projeto é composto por uma PowerLinux com 128GB de RAM , 6 discos SAS 300GB e Sistema Operacional Red Hat Enterprise Linux Server.

Essa foi a primeira experiência da Câmara Municipal de Araçatuba com a arquitetura Power, que agora roda os dados da população, beneficiando mais de 190 mil habitantes, que podem consultar os bancos de dados sem ter que esperar mais de um minuto para uma simples requisição de consulta. Internamente, foram beneficiados os cerca de 200 usuários da Câmara de Araçatuba. Segundo a Câmara, não houve dificuldade na transição das aplicações para Power Linux.

A instalação da plataforma e a migração dos dados foi liderada pela IBM e pela Diretoria do Departamento de Informática e Tecnologia da Câmara, juntamente com o parceiro de negócios Tecnomega.

Fale conosco: 0800-707-1426 opção 2

Siga-nos

Siga-nos