Solução LAMP

menu icon

Solução LAMP

Saiba por que alguns dos aplicativos da web de software livre mais populares atualmente são executados em LAMP, uma solução amplamente testada de Linux, Apache, MySQL e PHP.

O que é uma solução LAMP?

  • Saiba mais sobre a solução amplamente testada por toda a comunidade de software livre
  • É um programa com uma linguagem dinâmica que você pode começar a usar rapidamente e ver resultados
  • Desenvolva a partir de módulos customizáveis para criar e implementar aplicativos da web da maneira que você desejar
  • Inclua novos conhecimentos e qualificações valiosas em seu currículo

Você já deve ter ouvido falar sobre a solução LAMP. Isso não é uma surpresa, já que alguns dos aplicativos da web de software livre mais populares atualmente, por exemplo, WordPress e Drupal, são executados em LAMP.

Mas o LAMP tem muito mais a oferecer. É uma das primeiras soluções de software livre para a web e continua a ser uma das formas mais comuns de entregar aplicativos da web. É tão amplamente utilizado que você provavelmente irá encontrá-lo com frequência durante a sua carreira à medida que você atualiza ou hospeda aplicativos existentes. E é considerada por muitos como a plataforma preferencial para desenvolver novos aplicativos da web personalizados.

É estável, simples e potente. Estas são as palavras mais usadas para descrever o LAMP. Por isso vale a pena conhecer essa plataforma, além de ser um complemento valioso em qualquer currículo de desenvolvedor.

Componentes

O nome LAMP representa as letras iniciais dos componentes Linux, Apache, MySQL e PHP. Juntos, eles oferecem um conjunto comprovado de software para desenvolver aplicativos da web de alto desempenho. Cada componente contribui com recursos essenciais para a solução:

  • Linux: o sistema operacional. O Linux é um sistema operacional (SO) de software livre sem custo que foi criado em meados dos anos 1990.Atualmente possui uma extensa base de usuários mundial que abrange diversos setores de mercado.O Linux é bastante conhecido, pois oferece mais flexibilidade e opções de configuração do que outros sistemas operacionais disponíveis no mercado.
  • Apache: o servidor da web. O servidor da web Apache processa solicitações e atende a ativos web via HTTP para que o aplicativo seja acessível a qualquer pessoa no domínio público por meio de uma URL simples da web. Desenvolvido e mantido por uma comunidade aberta, o Apache é um servidor maduro e com diversos recursos que são usados em grande parte dos sites atuais da internet.
  • MySQL: banco de dados. O MySQL é um sistema de gerenciamento de banco de dados relacional de software livre para armazenar dados de aplicativos. Com o MySQL, é possível armazenar todas as suas informações em um formato de consulta simples com linguagem SQL. A SQL é uma ótima escolha se você está lidando com um domínio de negócios que é bem estruturado e deseja converter essa estrutura para o back-end. O MySQL é adequado para executar até mesmo sites grandes e complexos.Consulte "SQL vs. NoSQL Databases: What's the Difference?" para obter informações adicionais sobre bancos de dados SQL e NoSQL.
  • PHP: a linguagem de programação. A linguagem de script de software livre PHP funciona com Apache e permite criar páginas da web dinâmicas. Não é possível utilizar HTML para executar processos dinâmicos como extrair dados de um banco de dados. Para fornecer esse tipo de funcionalidade, você simplesmente insere o código PHP em algumas partes de uma página que deseja deixar mais dinâmicas.

O código PHP foi projetado para gerar eficiência. Ele torna a programação mais fácil, e um pouco mais divertida, ao permitir que você insira um novo código, clique para atualizar e veja imediatamente as mudanças resultantes sem a necessidade de realizar uma compilação. Se preferir, você pode trocar PHP por Perl ou pela linguagem Python, que está cada vez mais popular.

 

Diagrama da arquitetura LAMP

Arquitetura LAMP

A solução LAMP tem uma arquitetura em camadas clássica, com Linux no nível mais baixo. A camada seguinte é o Apache e MySQL, seguida por PHP. Embora o PHP esteja na camada superior ou de apresentação, o componente PHP fica dentro do Apache.

Como os elementos funcionam juntos

Um olhar de alto nível para a ordem de execução da solução LAMP mostra como os elementos interoperam. O processo começa quando o servidor da web Apache recebe solicitações para páginas da web a partir do navegador de um usuário. Se for uma solicitação para um arquivo PHP, o Apache transfere a solicitação para o componente PHP, que carrega o arquivo e executa o código contido no arquivo. O PHP também se comunica com o MySQL para buscar quaisquer dados indicados no código.

O PHP então usa o código no arquivo e os dados do banco de dados para criar o código HTML que os navegadores requerem para exibir as páginas da web. A solução LAMP é eficiente ao lidar não apenas com de páginas da web estáticas, mas também com páginas dinâmicas em que o conteúdo pode mudar toda cada vez que é carregado, dependendo da data, hora, identidade do usuário e outros fatores.

Depois de executar o código de arquivo, o PHP, então, transfere os dados resultantes de volta para o servidor da web Apache para enviar ao navegador. Ele também pode armazenar esses novos dados no MySQL. E, é claro, todas essas operações são ativadas pelo sistema operacional Linux que é executado na base da solução.

Flexibilidade

Embora a LAMP utilize o Linux como sistema operacional, é possível usar os outros componentes com um S.O. alternativo para atender às suas necessidades específicas. Por exemplo, há uma solução WAMP, que usa o Microsoft Windows, o MAMP usa o Mac OS e até o WIMP usa o Windows e o servidor da web do Internet Information Services da Microsoft.

Como a LAMP é totalmente um software livre e não proprietário, pode-se evitar a dependência de fornecedor. Você tem a flexibilidade de selecionar os componentes ideais para projetos específicos ou requisitos dos negócios.

A LAMP oferece flexibilidade de outras formas também. O Apache foi criado em formato modular e é possível encontrar módulos personalizáveis disponíveis para muitas extensões diferentes. Estes módulos vão desde o suporte para outras linguagens até recursos de autenticação.

Outra vantagem da LAMP é a sua arquitetura segura e suas práticas de criptografia bem-estabelecidas que foram comprovadas pelas empresas.

Eficiência

A LAMP pode ajudar a reduzir o tempo de desenvolvimento. Como a LAMP é uma solução de software livre que está disponível há mais de uma década, existe hoje um ecossistema LAMP significativo. Você pode desenvolver com base nos projetos que outras pessoas fizeram no passado e aplicar seu toque pessoal. Trabalhe com um módulo Apache que ajuda você a avançar 80% do caminho, personalizar os últimos 20% e, como resultado, economizar um bom tempo.

Solução LAMP e IBM

A tecnologia pode se tornar complexa, ocultando as funções básicas do software. Uma solução LAMP ajuda a entender o básico, oferecendo atendimento mais técnico de páginas da web e mostrando como isso é feito. É possível também afirmar que é uma maneira pura de criar um aplicativo. Você tem seu banco de dados, sua linguagem de script e uma maneira de oferecer isso aos clientes. Isso é LAMP.

Inscreva-se e crie sua conta da IBM Cloud.