Watson Marketing

O que o Profissional de Marketing e o Leonardo DiCaprio têm em comum?

Compartilhe:

Uma leve introdução: Não é novidade para ninguém que o Profissional de Marketing precisou aprimorar e desenvolver skills diferenciados nos últimos anos, afinal, com o crescimento dos canais de comunicação online, os desafios também cresceram.

Segundo um estudo da IBM, “The Modern Marketing Mandate”, 76% dos +2,000 CMOs entrevistados, reconhecem que a habilidade de tomar decisões baseadas em dados vai se tornar cada vez mais importante para o sucesso profissional deles. Ou seja, desenvolver um skill mais análitico e tirar insights do oceano de dados existente é uma tarefa primordial para o Profissional de Marketing.

Por falar em dados, vamos aos dados:

Pasmem: 2,5 quintiliões de bytes de dados são criados diariamente

Pasmem 2: 90% criados nos últimos dois anos

Pasmem 3: 80% destes dados não são estruturados – e este é o maior desafio

Enfim, imagino que você deva estar se perguntando o que o Leonardo DiCaprio tem a ver com tudo isso.

Usando este cenário do Marketing por Dados como referência, vamos entender com qual Leo DiCaprio você mais se identifica e também conferir algumas dicas de como transformar seus esforços de Marketing em data-driven:

Seria você o Leo do Titanic?

Imagem do filme “O Titanic”

Acesso limitado aos dados – “O navio está afundando”

Vamos lá, Leo do Titanic, não desista:

Demonstre ao Board que você toma decisões data-driven com dados proprietários (first party-data), de indústria e de concorrência. Sabemos que existe uma imensidão de dados não estruturados fora da sua empresa, mas lembre-se que os dados que estão dentro de casa são tão valiosos quanto. Comece por lá.

  • Mapeie as jornadas do seu cliente
  • Analise os dados de compra (recorrência e frequência)
  • Analise dados do seu mercado
  • Faça uso dos dados que já possui
  • Defina KPI’s

Então, entra no bote e volte a remar!

Ou então, seria você o Leo do Grande Gatsby?

 Imagem do filme “O Grande Gatsby”

Coleta de dados sofisticada – “Vivendo a vida boa”

Neste nível, acredito que você já está introduzindo um novo modelo de negócio em sua empresa, certo?

Provavelmente, encontra-se no patamar de empresas com alto nível de Maturidade Digital, que é um step de extrema importância para o uso de tecnologias como Inteligência Artificial (IA). Toda e qualquer aplicação de IA necessita de dados para aprender e se desenvolver.

  • Utilize IA para integrar e analisar dados não-estruturados
  • Construa um Business Case com projeções de vendas, renda, engajamento do cliente e impacto da sua marca
  • Utilize modelos de Análise Preditiva
  • Monte equipes multi disciplinares

Você já é um Grande Gatsby, mas o trabalho continua!

Por fim, seria você o Leo do Prenda-me se For Capaz?

Imagem do filme “Prenda-me se for Capaz”

Acesso razoável a dados – Mantendo-se “Up and Running”

“A maioria de nós”

Desenvolva uma estratégia proativa mostrando como sua empresa irá enfrentar as ameaças disruptivas:

  • Centralize os dados
  • Utilize métricas customer-oriented
  • Automatize seus processos de Marketing
  • Pesquise como tecnologias podem contribuir para que você melhore a experiência do seu cliente

Mesmo com essas dicas ainda precisa de uma luz? Fale conosco da IBM, podemos te ajudar!

Sales Executive

Leia mais sobre Watson Marketing

O que são Queries e como usá-las?

Query (ou, em Português, Consulta) é um conjunto de critérios que, quando executado, gera uma lista. Como a consulta é feita com base em critérios, essa lista é dinâmica e muda com o tempo conforme os dados são alterados para cada contato. Da mesma maneira que as Contact Lists, as queries são consultas realizadas em […]

Continuar lendo

O que são Contact Lists e como usá-las?

Para muitos profissionais de Marketing, Contact Lists (ou, em Português, Lista de Contatos) é a mesma coisa que banco de dados. Essa não é uma verdade! Conceitualmente, as listas de contatos são pequenos grupos de registros que foram segmentados em seu banco de dados com algum objetivo específico. Isto quer dizer que as listas fazem […]

Continuar lendo

Social Audiences – Como trabalhar integrado ao Watson Campaign Automation

O IBM Watson Campaign Automation Social Audiences (ou, Social Audiences) é uma solução muito interessante para quem trabalha (ou deseja trabalhar) com várias redes sociais e pode ser integrada com a base de dados existente em sua empresa. O Social Audiences é uma solução standalone, ou seja, que pode ser vendida separadamente de outras soluções […]

Continuar lendo