Servidores - Power

Atualizar para o POWER9 nunca foi tão fácil!

Share this post:

Ao oferecer mais funções e melhor desempenho a um custo menor, a facilidade e opções disponíveis para atualizar para o POWER9 nunca foram tão boas.

Com o extenso portfólio de POWER8, parecia impossível para a IBM oferecer um sucessor com mais recursos e melhor desempenho a um valor mais baixo. No dia 13 de fevereiro, a IBM anunciou os servidores POWER9 scale-out compatíveis com AIX, IBM i e Linux. Antes, já havíamos anunciado em dezembro de 2017 o AC922, um gigante de HPC e IA.

Esses sistemas anunciados são baseados no PowerVM e consistem em sistemas de um e dois soquetes que suportam até 4 TB de memória DDR4. Começando com o robusto S914 de um soquete, acelerando em direção ao S922 de dois soquetes SRU e, em seguida, ao sistema S924 de 2 soquetes 4RU.

A IBM anunciou sistemas irmãos para os modelos S, especialmente aqueles projetados para o SAP HANA. Esses sistemas, H822 e H824, são idênticos aos S822 e S824. Os modelos H também podem ser considerados sistemas híbridos, pois estão integrados com o software-chave usado com o HANA, mas também podem executar AIX e IBM i, um híbrido entre um sistema modelo S e L. Também há um modelo somente para Linux, tal como havia com o POWER8, chamado L922. O modelo é feito com dois soquetes, embora esteja disponível uma configuração de um soquete. Cada um desses sistemas suporta até 4 TB de memória, exceto o S914, que suporta até 1 TB.

Por que as empresas devem considerar a atualização para o POWER9? Se estão operando com sistemas POWER7 e anteriores, ao atualizar, os clientes economizarão custos significativos em manutenção de hardware e software. Além disso, com a melhora do desempenho os clientes poderão consolidar mais máquinas virtuais e reduzir o licenciamento de softwares corporativos, bem como seu custo com manutenção.

Enquanto a Intel cancela a série Knights Landing e se esforça para oferecer inovação e performance em suas plataformas de 10nm e 7nm, o que entregam atualmente parece beneficiar mais aos ISV do que as empresas.

Cargas de trabalhos tradicionais como Oracle, DB2, Websphere, SAP (ECC e HANA), Oracle EBS, Peoplesoft, JD Edwards, Infor, EPIC e outras, são beneficiadas. Para as empresas que procuram implementar tecnologias modernas, esses produtos oferecem inovações para cargas de trabalho orientadas a analytics e e web. As plataformas NoSQL, como Redis Labs, Cassandra, Neo4j ou Scylla abrem bases de dados relacionadas a código fonte, como PostgreSQL e MariaDB.

Com mais desempenho e eficiência, todos os softwares serão executados no POWER9. Nossa equipe está preparada para te ajudar a migrar as cargas de trabalho de seus POWER5, POWER6, POWER7, e até mesmo POWER8, executando o AIX 5.3, 6.1, 7.1 e 7.1 e IBM i V6.1, 7.1, 7.2 e 7.3 para POWER9. POWER9 é compatível com AIX 6.1, 7.1 e 7.2. Para IBM i, é compatível com 7.2 e 7.3. Os sistemas que não possuírem esses níveis terão nossos consultores disponíveis para orientá-los nos requisitos e opções de atualizações. Se você utiliza o Live Partition Mobility, também conhecido como Easy Button para transferir cargas de POWER6, POWER7 ou POWER8 para o POWER9 usando métodos tradicionais como AIX NIM ou IBM i Full System Save / Restore, é provável que haja uma abordagem que atenda às necessidades de sua empresa.

Tenha certeza de que, se você tiver dúvidas ou preocupações, pode entrar em contato conosco para conversarmos. E se não tiver o Easy Button, a IBM fornece uma chave de teste de 60 dias para os clientes que desejam atualizar licenças PowerVM Stardard Edition para Enterprise Edition em suas P6, P7 ou P8, o que permite que a atualização para a P9 seja financeiramente e tecnicamente fácil.

 

Client Executive & Executive Architect at Ciber Global, LLC

More Servidores - Power stories

Saiba como a HAIECON, com o uso da Inteligência Artificial e da Cognição, e a Plataforma IBM POWER9 AC922, estão revolucionando o Mercado Mundial de Varejo, Financeiro e Bancário

O cenário contemporâneo  do Mercado de Varejo, Financeiro e Bancário Internacional impõe diariamente gigantescos desafios para empresas que precisam trabalhar com as disciplinas fundamentais de sustentabilidade destes mercados, como: Concessão de Crédito, Recuperação de Créditos de Curto Prazo,  Recuperação de Créditos Não Produtivos (NPL), Análise de Risco, Modelos Antifraude e fundamentalmente a análise do comportamento […]

Continue reading