Agro

Sem fazendas, sem comida

Compartilhe:

Tecnologia baseada em IA vai ajudar agricultores a analisar a saúde do solo e água

Autor: Mathias Steiner – Gerente de Tecnologia Industrial e Ciência, IBM Research – Brasil

A agricultura representa mais de 70% do consumo anual de água no mundo. Com fazendas pequenas produzindo quase 80% dos alimentos para os países em desenvolvimento, garantir a qualidade e a segurança do nosso suprimento de água é algo fundamental. A análise química para a agricultura depende, muitas vezes, de testes de laboratório caros e demorados, realizados longe da fazenda. Como resultado disso, essa análise é feita com pouca frequência e fica limitada a um número pequeno de amostras.

Dessa forma, nosso time se propôs a encontrar uma maneira de simplificar esse processo e fazer com que seja acessível para o pequeno agricultor monitorar a saúde do solo e da água. Esse protótipo, o AgroPad, permite a análise química em tempo real, e in loco, de uma amostra de solo ou água, usando para isso a Inteligência Artificial.

Então, como isso funciona? 

Uma gota de água ou amostra de solo é colocada no AgroPad, que é um dispositivo de papel do tamanho de um cartão de visita. Com isso, o chip microfluídico dentro do cartão realiza uma análise química da amostra, no próprio local, e disponibiliza o resultado em alguns segundos.

Os resultados desses testes colorimétricos são exibidos por meio de um conjunto de círculos no verso do cartão, com a cor de cada um deles representando a quantidade de um determinado elemento químico na amostra. A partir daí, o produtor só precisa utilizar seu smartphone com um aplicativo dedicado para fotografar o AgroPad e receber de forma imediata o resultado do teste químico


AgroPad: Um conjunto de círculos no verso do cartão fornece resultados de testes colorimétricos; a cor de cada círculo representa a quantidade de um determinado produto químico na amostra.

AgroPad: “AI on the edge”

Essa abordagem de computação, chamada “AI on the edge”, usa algoritmos de aprendizado de máquina e também de processamento de imagem para traduzir a composição e a intensidade das cores medidas em concentrações de elementos químicos na amostra, tornando-a mais confiável do que testes baseados apenas no olhar humano. Esses dados podem ser transmitidos simultaneamente para uma plataforma de computação em nuvem e rotulados com uma etiqueta digital que identifica unicamente o teste, juntamente com a hora, a localização e os resultados da análise química. A plataforma de nuvem permite o gerenciamento e a integração de milhões de testes individuais realizados nos mais diversos horários e locais. Essa é uma característica importante para que seja possível monitorar, por exemplo, a mudança na concentração de fertilizantes em uma determinada região ao longo do ano.

Atualmente, temos uma solução-protótipo baseada em cinco parâmetros para testes de solo e água que medem pH, nitrito, alumínio, magnésio e cloro. Além de estarmos ampliando continuamente a biblioteca de indicadores químicos disponíveis para implantação, cada AgroPad pode ser personalizado com base nas necessidades do usuário.

Como os testes em papel podem ser realizados com segurança por qualquer pessoa – sem que ela precise ser uma especialista na área –, a coleta pública de dados com digitalização instantânea em sensoriamento químico torna-se uma possibilidade real. Unindo a produção em massa e o baixo custo do dispositivo baseado em papel com o alcance em grande escala por meio de tecnologias móveis e nuvem, o protótipo exploratório pode revolucionar a agricultura digital e os testes ambientais.

Leia mais sobre Agro
By comunica@br.ibm.com on 14 de junho de 2019

IBM reconhece executivas pioneiras em Inteligência Artificial

A IBM anunciou em um evento global realizado nesta semana, no IBM Watson Experience Center, na cidade de Nova York, o ranking ‘Women Business Pioneers In Artificial Intelligence’, que reconhece e celebra mulheres em vários setores e localidades no mundo por serem precursoras no uso da Inteligência Artificial para gerar valor e negócios em suas […]

Continuar lendo

By comunica@br.ibm.com on 23 de maio de 2019

IBM lança Maratona Behind the Code, competição que descobrirá o 1º Master Dev do Brasil

A IBM anuncia a Maratona Behind the Code, uma jornada que reunirá desenvolvedores de todo o Brasil em uma competição de codificação por 42 dias, com foco no desenvolvimento de soluções de negócios com tecnologias disruptivas, como AI, IoT, Blockchain e Kubernetes, entre outras, todas disponíveis na IBM Cloud. A iniciativa tem como objetivo fornecer […]

Continuar lendo

By comunica@br.ibm.com on 17 de maio de 2019

Volkswagen faz parceria com IBM e Centro Paula Souza para formar profissionais da Era Digital

São Bernardo do Campo – A Volkswagen assinou hoje parceria com o Centro Paula Souza, autarquia do Governo do Estado de São Paulo, para participar da implementação no Brasil do modelo educacional P-TECH. O programa chegou ao País no fim de 2018 e foi desenvolvido pela IBM nos Estados Unidos em 2011. O modelo combina […]

Continuar lendo