2022

IBM e Museu Catavento lançam exposição para democratizar o conhecimento sobre Inteligência Artificial no Brasil

Compartilhe:

Ensinando Robôs aproxima público da tecnologia e mostra como é possível aprender de forma interativa e lúdica


São Paulo, 09 de agosto de 2022 – A IBM e o Museu Catavento anunciam um projeto em conjunto para democratizar o conhecimento sobre inteligência artificial (IA). A exposição Ensinando Robôs tem o propósito de introduzir conceitos de IA para os visitantes do museu – famílias e estudantes de 9 a 14 anos – de forma interativa e lúdica, mostrando na prática como funciona o aprendizado das máquinas e a importância do ser humano nesse processo. A iniciativa foi criada por IBM Research no Brasil, em colaboração com o Catavento, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, onde a exposição permanece por longa duração. 

A ideia central da exposição Ensinando Robôs é fazer com que crianças e adultos compreendam que os sistemas de IA, que hoje já fazem parte do dia a dia da sociedade, são construídos por pessoas e baseados no conhecimento humano. Além da exposição, a IBM e o Catavento criaram o kit educativo IA EDU, disponível de forma virtual e gratuita pelo programa IBM SkillsBuild, para facilitar o ensino desses e outros conceitos básicos de IA em escolas.
 

Núcleo Audiovisual/Museu Catavento

“A democratização do conhecimento em tecnologia é uma peça-chave para que a população compreenda melhor os avanços tecnológicos e as pessoas estejam preparadas para resolver os desafios da sociedade. Acreditamos que é responsabilidade das organizações atuarem neste sentido, reforçando colaborações com o governo, instituições de ensino e até mesmo outras empresas, para expandir o acesso à informação e alavancar tecnologias inovadoras de aprendizado. É isso que buscamos proporcionar com projetos voltados à educação, como o Ensinando Robôs”, afirma Claudio Pinhanez, cientista da IBM Research. 

“A formação em habilidades relacionadas à tecnologia é fundamental para termos profissionais preparados para os trabalhos do futuro. Na IBM, temos um compromisso histórico com o desenvolvimento de talentos e o plano de capacitar globalmente 30 milhões de pessoas até 2030. Ações como essa que ampliam o contato e o acesso à tecnologia são chave para diminuir a brecha existente de skills e permitir que jovens de todas as origens e ambientes possam desenvolver seu potencial”, comenta Flávia Freitas, Líder de Responsabilidade Social Corporativa para IBM América Latina e Brasil. 

“IA, inteligência artificial, será instrumento de grandes melhorias na qualidade de vida dos seres humanos”, comenta Sérgio Freitas – Presidente do Conselho de Administração da Organização Social Catavento Cultural e Educacional, responsável por gerir o Museu Catavento. 
 

Ensinando Robôs – uma jornada para conhecer a IA 

A exibição Ensinando Robôs consiste em atividades nas quais visitantes interagem com os três robôs montados na exibição, que competem entre si em um jogo de perguntas e respostas, e em atividades em que grupos de visitantes, guiados por monitores, ajudam a aprimorar as habilidades dos robôs. Essa capacidade de treinar uma rede neural até que ela aprenda a apresentar a resposta correta é um aspecto importante da inteligência artificial. As redes neurais aprendem com os dados aos quais elas são expostas por meio da reorganização das suas conexões internas. O objetivo é que os visitantes entendam de maneira tangível como funciona o aprendizado de máquina baseado em redes neurais. 

Para entender a linguagem humana e interagir por voz, os robôs são equipados com assistentes virtuais que respondem verbalmente a perguntas sobre Ciências Naturais, como parte de um diálogo divertido com os visitantes. Esses assistentes virtuais foram desenvolvidos com IBM Watson Assistant – usando os recursos de Processamento de Linguagem Natural (PLN) e Text to Speech – em IBM Cloud, em uma arquitetura de microserviços com Node. JS e Python, implementado por uma equipe da IBM Research Brasil. 
 

Dinâmica da visita 

A melhor forma de entender um sistema de IA é realizar um processo de treinamento do sistema com dados válidos, identificando erros, provendo exemplos corretos, e verificando como o sistema melhora. Por isso, a proposta do projeto é que o público possa participar dos treinamentos e do aprimoramento constante do sistema, dando feedback sobre a interação, acrescentando perguntas, entre outros, tudo isso monitorado pela equipe de especialistas responsáveis por seus treinamentos, para que se compreenda que a Inteligência Artificial é baseada na provisão de dados e informações na forma de exemplos por especialistas, e que o comportamento final do sistema é, assim, um espelho do conhecimento humano. Esta exposição foi construída para que seja possível entender, de forma lúdica, inovadora e responsável, como funciona e quais são os limites da IA, esta tecnologia que está cada vez mais presente do dia a dia dos brasileiros.  

Na chegada à área expositiva, os visitantes veem os três robôs conversando entre eles sobre temas de ciências naturais. Os visitantes podem interagir com os robôs por meio de uma tela na qual cada participante poderá escolher entre três perguntas pré-estabelecidas. Após selecionar a pergunta, o visitante a lê em voz alta para os robôs, que competem entre si para apresentar a resposta correta.  

Um exemplo prático: no tema “Corpo Humano”, perguntas como “Quais tipos de células existem? Qual é a função da pele? O sangue é composto por hemácias?” surgem no visor para que o visitante selecione uma delas. Após ele verbalizar a questão, o robô que conhece melhor o assunto responde a pergunta primeiro. Os outros dois robôs também tentam responder, simulando uma conversa natural, na qual fica visível que cada robô tem um repertório de conhecimento específico, da mesma forma que os sistemas de IA, que requerem treinamento sobre o assunto, liderado por humanos, e operam dentro de domínios específicos. Ao todo, os robôs respondem, com diferentes graus de proficiência, a mais de 300 perguntas de diferentes temas, todas ligados a exposições do Catavento. 

Além disso, ao final da interação com os robôs, que tem duração aproximada de três minutos, o visitante pode tirar uma foto na qual pode personalizar alguns elementos, indicando para qual lado cada robô olhará e controlar a composição da luz da exposição.  

No caso de visitas guiadas da exposição, os visitantes terão acompanhamento de um monitor do Catavento que conduzirá uma atividade prática de treinamento dos robôs, na qual os participantes irão melhorar o funcionamento dos robôs provendo novos exemplos de perguntas e respostas. A visita guiada dura cerca de 30 minutos e é disponibilizada prioritariamente para grupos agendados.
 

Kit educativo IA EDU estimula o aprendizado de IA em escolas 

Em complemento ao Ensinando Robôs, a IBM, por meio do seu programa de educação gratuita, IBM SkillsBuild, está disponibilizando o kit educativo IA EDU para estimular o aprendizado sobre IA e assim ampliar o alcance do projeto para alunos e professores das redes pública e privada de ensino. O IA EDU combina atividades manuais e virtuais, apresentando uma série de conteúdos sobre o tema, como o Meu Robô Viu, que consiste em um jogo de adivinhação de imagens relacionadas à IA, e o Titiriti, livro de histórias e decisões no qual os alunos escolhem a melhor resposta para determinada pergunta de uma área entre as alternativas apresentadas. O kit inclui cartilhas para ajudar os professores na hora da execução dessas atividades.  

A IBM tem atuado ativamente no ensino e na democratização da tecnologia de IA no País nas mais diversas frentes. A pesquisa Global AI Adoption Index 2021 revelou que as empresas no Brasil lideram o uso de IA na América Latina, o que mostra todo o seu potencial no cenário nacional e como esta tecnologia estará cada vez mais presente na rotina dos brasileiros. 
 

Serviço
A exposição Ensinando Robôs está aberta ao público a partir de 09 de agosto de 2022, das 9h às 17h horas. Para agendamento das escolas, o contato é 11 3315 0051. O Museu Catavento fica localizado na Av. Mercúrio, s/n – Parque Dom Pedro II, São Paulo. Mais informações sobre a exposição Ensinando Robôs estão disponíveis no link.


Fotos (crédito: Núcleo Audiovisual/Museu Catavento)
FOTO 1
FOTO 2
FOTO 3


Informações para a imprensa  

Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo imprensaculturasp@sp.gov.br | (11) 3339-8116 / (11) 3339-8162 | (11) 98849-5303 (plantão)


Museu Catavento 
Flavianny de Oliveira – flavianny.oliveira@cataventocultural.org.br | (11) 97501 6669

Assessoria de imprensa IBM 
Weber Shandwick
E-mail: ibmbrasil@webershandwick.com 

Leia mais sobre
By victoriakao@ibm.com and on 30 de setembro de 2022

O papel dos líderes na adoção de uma Inteligência Artificial ética e confiável

Hoje, quase 30% dos profissionais de tecnologia da informação na América Latina dizem que implementaram IA em suas empresas em 2022 e 66% aceleraram os investimentos e a implementação dessa tecnologia nos últimos 24 meses, de acordo com o IBM Global IA Adoption Index.

Continuar lendo

By comunica@br.ibm.com on 29 de setembro de 2022

Estudo IBM: 41% das empresas no Brasil já implementaram ativamente Inteligência Artificial em seus negócios

73% dos profissionais de TI de empresas brasileiras que estão explorando ou implementando IA aceleraram seus investimentos e implantação dessa tecnologia nos últimos 24 meses.

Continuar lendo

By comunica@br.ibm.com on 22 de setembro de 2022

Tahto gera economia de R$ 5,5 milhões ao implementar tecnologia e serviços de inteligência artificial da IBM 

Empresa referência em atendimento ao cliente aperfeiçoa serviço com modelos preditivos  baseados em dados.

Continuar lendo