2021

Linux Foundation, Prometeo, IBM e parceiros anunciam novo projeto de código aberto para colaborar com a segurança dos bombeiros

Compartilhe:

A Prometeo Platform S.L. está colocando a plataforma ‘Pyrrha’, que permite monitorar e tomar medidas para preservar a saúde e segurança dos bombeiros no combate a incêndios, em código aberto, com o apoio da Samsung

São Francisco, CA – 27 de julho de 2021: A Linux Foundation, organização sem fins lucrativos que facilita a inovação massiva por meio de código aberto, anunciou hoje que hospedará a Pyrrha, plataforma criada com contribuição da Prometeo Platform S.L. e em colaboração com a IBM. O objetivo é cooperar para acelerar o desenvolvimento e a implementação de tecnologia de segurança contra incêndios em todo o mundo. Em 2019, a Prometeo foi a vencedora do concurso de tecnologia Call for Code Global Challenge e, desde então, desenvolveu ainda mais sua tecnologia, com hardware atualizado e software aprimorado, por meio do trabalho voluntário com o IBM Service Corps e parceiros líderes do ecossistema.

As mudanças climáticas criaram condições mais perigosas para os bombeiros, aumentando o risco e a propagação de incêndios florestais em todo o mundo. Os incêndios florestais australianos em 2020 e os incêndios florestais recordes ocorridos na Espanha e nos Estados Unidos tiveram um crescimento em relação aos últimos anos em número, gravidade e destruição, além de impor riscos maiores, imediatos e de longo prazo para a saúde dos bombeiros que estão lutando contra estas catástrofes. De acordo com a Cal / Fire, a Califórnia já está enfrentando um aumento de 26% na atividade de incêndios florestais em 2021, enquanto a área queimada teve um incremento de 58% em comparação com 2020.

A Prometeo, a Linux Foundation e a IBM desejam que o projeto de código aberto Pyrrha acelere a inovação no monitoramento da saúde e da segurança dos bombeiros. Em parceria com empresas líderes do ecossistema Call for Code, como a Samsung, a iniciativa busca personalizar e escalar a solução em todo o mundo, com o objetivo de ajudar a salvar vidas.

“A Samsung e a IBM têm colaborado por muitos anos para criar tecnologias líderes de mercado que resolvem problemas desafiadores para a sociedade e o setor empresarial. Agora, estamos entusiasmados em trabalhar juntos para promover a tecnologia para causas nobres e ajudar a combater os efeitos das mudanças climáticas”, disse KC Choi, vice-presidente executivo da Samsung B2B Mobile. “Somos fortes defensores da tecnologia de código aberto e vemos o Call for Code como uma oportunidade única para disponibilizar recursos para equipes premiadas, como a Prometeo, para consolidar sua solução enquanto ela é ativamente testada, implementada e disponibilizada em open source. Também esperamos expandir nossa participação no concurso Call for Code.”

A solução Prometeo foi criada por um enfermeiro, um bombeiro e desenvolvedores como um sistema que usa inteligência artificial e Internet das Coisas (IoT) para manter os bombeiros seguros. Nos últimos dois anos, graças à colaboração com parceiros do ecossistema Call for Code, a Prometeo aprimorou o uso offline de sua tecnologia, integrando-se a celulares e relógios para fornecer alertas bidirecionais e capturar as médias de exposição a toxinas conforme o tempo avança. Os testes de campo realizados na Espanha em 2020 e no início de 2021 permitiram que o feedback dos bombeiros fosse incorporado à tecnologia e capitalizado em grandes quantidades de dados técnicos anônimos para melhorar a solução de ponta a ponta.

“A Pyrrha é um exemplo do poder do software de código aberto para acelerar a inovação tecnológica que pode salvar vidas”, disse Mike Dolan, vice-presidente sênior e gerente geral de projetos da Linux Foundation. “É um prazer hospedar o desenvolvimento da Pyrrha e apoiar a comunidade que a está construindo e utilizando a tecnologia.”

“Em nome da equipe da Prometeo, gostaríamos de estender nosso mais profundo agradecimento aos diversos parceiros que contribuíram para aprimorar esta solução e proteger os bombeiros”, disse Salomé Valero, co-fundadora da Prometeo. “Nosso objetivo é criar tecnologia para equipar os bombeiros com monitoramento personalizado de sua exposição a substâncias tóxicas. Por meio das contribuições de nossos parceiros e da comunidade de código aberto, esse sonho está se tornando realidade no projeto de código aberto Pyrrha.”

Além da Linux Foundation, da IBM e da Samsung, os parceiros do ecossistema Prometeo na comunidade Pyrrha incluem uma variedade de empresas e instituições líderes em tecnologia:

• A Arrow Electronics ajudou a melhorar os dispositivos IoT da plataforma Prometeo.

• A GRAF / Bombers de la Generalitat de Catalunya facilitou várias rodadas de testes de campo com a tecnologia Prometeo durante queimadas controladas na Espanha.

• A Pau Costa Foundation está ajudando a conectar a Prometeo com a comunidade global de combate a incêndios e explorando oportunidades para outros testes de campo.

• A Peli contribuiu com sua experiência na criação de equipamentos de combate a incêndios para melhorar o hardware da Prometeo.

• A Universidade Autônoma de Barcelona contribuiu com o acesso a um laboratório e a especialização técnica para calibração de dispositivos.

A IBM e a Linux Foundation têm um rico histórico de implementação de projetos que ajudam a impulsionar o progresso da sociedade por meio da inovação. O vencedor do Desafio Global Call for Code de 2018, o Project OWL, contribuiu com seu firmware de dispositivo IoT em março de 2020 como Protocolo ClusterDuck. Desde então, mais de uma dúzia de projetos de implementação de Call for Code foram disponibilizados em código aberto para as comunidades que mais precisam deles, com soluções que vão desde resposta a desastres até a mitigação das mudanças climáticas e promoção da justiça.

A comunidade do projeto Pyrrha incentiva novos usuários a contribuir e desenvolver o software em novos ambientes ao redor do mundo. As prioridades para atualizações de curto prazo incluem a adaptação de hardware para uso em novos locais, melhorando a análise de exposição a toxinas ao longo do tempo e aprimorando ainda mais seus smartphones e recursos móveis. Para mais informações, visite: https://pyrrha-platform.org

Desafio Global Call for Code 2021 convida os desenvolvedores de software e inovadores do mundo a combater as mudanças climáticas com tecnologia de código aberto. O ecossistema global de especialistas, empresas, fundações, universidades e celebridades, diverso mas com uma mentalidade comum, que colaboram no Call for Code continua a crescer. Inclui especialistas do Acelerador de Inovação do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas, Arrow Electronics, Black Girls Code, Caribbean Girls Hack, charity: water, Clinton Foundation, Clinton Global Initiative University, Heifer International, Ingram Micro, Intuit, Kode With Klossy, NearForm, o Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres, United Way e o World Institute on Disability.

Para ver mais informações e começar a contribuir, visite:

https://developer.ibm.com/callforcode/solutions/projects/get-started/ e https://github.com/Pyrrha-Platform

Sobre a Linux Foundation

Fundada em 2000, a Linux Foundation é apoiada por mais de 2.000 membros e é líder mundial para colaboração em software de código aberto, padrões abertos, dados abertos e hardware aberto. Os projetos da Linux Foundation são essenciais para a infraestrutura mundial, incluindo Linux, Kubernetes, Node.js e muito mais. A metodologia da Linux Foundation se concentra em alavancar as melhores práticas e atender às necessidades de colaboradores, usuários e provedores de soluções para criar modelos sustentáveis ​​para colaboração aberta. Para obter mais informações, visite linuxfoundation.org

Sobre o Call for Code

Os desenvolvedores revolucionaram a maneira como as pessoas vivem e interagem umas com as outras e com as coisas. Onde a maioria vê desafios, os desenvolvedores veem possibilidades. É por isso que David Clark, o CEO da David Clark Cause, criou o Call for Code em 2018 e o lançou junto com o Parceiro Fundador IBM e o Parceiro Beneficente, o Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas. Desde então, o Call for Code cresceu para incluir um Desafio Universitário anual, além de prêmios regionais e a criação do Call for Code for Racial Justice. Esta iniciativa global de vários anos é um forte reto para que os desenvolvedores usem seu domínio das tecnologias mais recentes para impulsionar mudanças positivas e duradouras em todo o mundo, por meio do código. As soluções vencedoras do Call for Code Global Challenge passam por estágios adicionais de desenvolvimento, incubação e implementação como projetos de código aberto sustentáveis ​​para garantir que possam promover mudanças positivas. Para saber mais sobre vencedores anteriores e seu progresso, visite IBM Developer.

Comunicação IBM 
Camila Perrud 
E-mail: cperrud@br.ibm.com 

Assessoria de imprensa IBM 
Weber Shandwick 
E-mail: ibmbrasil@webershandwick.com

Anexos

Prometeo.jpg
Prometeo_1.jpg

Leia mais sobre
By comunica@br.ibm.com on 16 de setembro de 2021

Aniversário de 1 ano do Centro de Inteligência Artificial: IBM, USP e FAPESP apresentam avanços em pesquisas

Mais de 50 artigos foram publicados em revistas científicas, conferências médicas e de IA. 17 empresas e instituições de diversos setores participam ativamente dos Comitês de Indústria e Sociedade, e foi criado um novo Comitê de Inclusão e Diversidade.

Continuar lendo

By comunica@br.ibm.com on 15 de setembro de 2021

IBM lança novas unidades de fita LTO-9 com mais densidade, desempenho e resiliência

A IBM anunciou que vai disponibilizar as primeiras unidades e fitas magnéticas da indústria que podem armazenar a quantidade sem precedentes de 45 TB de dados compactados em um único cartucho.

Continuar lendo

By comunica@br.ibm.com on 14 de setembro de 2021

IBM cria experiência personalizada para Fantasy Football com atualizações no Trade Assistant with Watson e Player Insights no ESPN Fantasy App

Usando o IBM Watson, os jogadores do ESPN Fantasy Football podem customizar seus pacotes de troca de jogadores e tomar decisões mais informadas com as dicas e insights gerados pela IA.

Continuar lendo