2022

IBM expande família de servidores Power10 para clientes responderem mais rápido às demandas de negócios em constante mudança

Compartilhe:

Novos modelos scale-out e midrange de Power10 estendem as capacidades da IBM para fornecer infraestrutura flexível e segura para ambientes de nuvem híbrida
 

ARMONK, N.Y., 12 de julho de 2022 – A IBM (NYSE: IBM) anunciou hoje uma expansão significativa de sua linha de servidores Power10 com a introdução de sistemas de midrange e scale-out para modernizar, proteger e automatizar aplicativos de negócios e operações de TI. Os novos servidores Power10 combinam desempenho, escalabilidade e flexibilidade com novas ofertas de consumo pré-pagas para clientes que procuram implementar novos serviços rapidamente em vários ambientes.

A transformação digital está impulsionando as organizações a modernizarem tanto os aplicativos quanto as infraestruturas de TI. Os sistemas IBM Power são especialmente construídos para os exigentes e dinâmicos  ambientes de negócios atuais, e são otimizados para executarem cargas de trabalho essenciais, como bancos de dados e aplicativos de negócios principais, bem como para maximizar a eficiência de aplicativos conteinerizados. Um ecossistema de soluções com Red Hat OpenShift também possibilita à IBM colaborar com os clientes, conectando cargas de trabalho críticas a novos serviços nativos de cloud projetados para maximizar o valor dos investimentos na infraestrutura existente.

Os novos servidores se unem ao popular servidor Power10 E1080, apresentado em setembro de 2021, para proporcionar uma experiência em nuvem híbrida resiliente e segura que possa ser administrado com outro software de gerenciamento x86 e multinuvem na infraestrutura de TI dos clientes. Esta expansão da família IBM Power10, com os novos servidores midrange e scale-out, traz recursos de servidores de alta tecnologia para toda a linha de produtos. Não só os novos sistemas suportam recursos críticos de segurança, tais como criptografia de memória transparente e isolamento avançado de processador/sistema, mas também alavancam o projeto OpenBMC da Linux Foundation a altos níveis de segurança  nos novos servidores de scale-out.                                                                                   

Os destaques dos anúncios incluem:

  • Novos sistemas: o portfólio expandido do IBM Power10, desenvolvido com processador IBM Power10 de última geração e o dobro de núcleos e  de largura de banda de memória das gerações Power anteriores, agora inclui o Power10 Midrange E1050, que oferece recursos de desempenho record-setting 4-socket compute1, Java2, e ERP3. Os novos servidores de scale-out incluem o Power S1014 de nível de entrada, bem como as opções S1022 e S1024,  com capacidades corporativas para SMBs e ambientes de escritório remoto/filiais, como o Capacity Upgrade on Demand (CuOD).
     
  • Nuvem on premises com novas opções de consumo flexível:  a IBM  anuncia novas ofertas de consumo flexível com opções pré-pagas e medição por minuto para o IBM Power Private Cloud, trazendo mais oportunidades para ajudar a diminuir o custo de execução de soluções OpenShift no Power em comparação com plataformas alternativas. Esses novos modelos de consumo são construídos sobre opções já disponíveis com o IBM Power Virtual Server para permitir  maior flexibilidade na jornada híbrida dos clientes. Além disso, a assinatura do IBM i  entrega uma solução de plataforma abrangente com o hardware, o software e o suporte/serviços incluídos na  assinatura.
     
  • Transformação de negócios com SAP®: aIBM continua suas inovações para soluções SAP. O novo midrange E1050 entrega escala (até 16 TB) e desempenho para um sistema de 4-socket aos  clientes que executam o BREAKTHROUGH with IBM for RISE with SAP. Além disso, agora uma expansão da opção de fornecedor premium está disponível e  oferece mais flexibilidade e poder de computação com uma opção adicional para executar cargas de trabalho no IBM Power on Red Hat Enterprise Linux na IBM Cloud.

“O ambiente altamente dinâmico de hoje gerou volatilidade, desde materiais a pessoas e habilidades, e tudo isso impacta as operações de curto prazo e a sustentabilidade de longo prazo dos negócios”, disse Steve Sibley, vice-presidente da IBM Power Product Management. “Os investimentos certos em TI são críticos para os negócios e a resiliência operacional. Nossos novos modelos Power10 oferecem aos clientes uma variedade de opções flexíveis de nuvem híbrida com agilidade e automação para melhor se adequarem às suas necessidades, sem sacrificar o desempenho, a segurança ou a resiliência.” 


A expansão da família IBM Power10 foi projetada para estabelecer uma das gamas de servidores mais flexíveis e amplas da indústria para cargas de trabalho com uso intensivo de dados, como SAP S/4HANA – de cargas de trabalho no local a nuvem híbrida. Agora a IBM oferece outras maneiras de implementar a capacidade dinâmica – com medição em todos os ambientes operacionais, incluindo IBM i, AIX, Linux e OpenShift, suportando aplicativos modernos e tradicionais nas mesmas plataformas – além de software integrado de automação de infraestrutura para melhor visibilidade e gerenciamento. 

Os novos sistemas com IBM Power Virtual Server também ajudam os clientes a operar uma experiência de nuvem híbrida segura que oferece alto desempenho e consistência arquitetônica em sua infraestrutura de TI. Os sistemas são projetados exclusivamente para proteger dados confidenciais do núcleo à nuvem e permitir que máquinas virtuais e cargas de trabalho em contêiner sejam executadas simultaneamente nos mesmos sistemas. Para cargas de trabalho críticas de negócios que tradicionalmente precisavam residir no local, elas agora podem ser movidas para a nuvem conforme as cargas de trabalho e as necessidades demandam. Essa flexibilidade pode ajudar os clientes a reduzir o risco e o tempo associados à reescrita de aplicativos para uma plataforma diferente.

“À medida que as organizações em todo o mundo continuam se adaptando a mudanças imprevisíveis nos comportamentos e necessidades dos consumidores, elas precisam de uma plataforma que possa fornecer seus aplicativos e insights com segurança onde e quando eles precisarem”, disse Peter Rutten, vice-presidente da IDC Worldwide Infrastructure Research. “A IBM Power continua seu foco em ajudar os clientes a responder mais rapidamente a ambientes e demandas de negócios que mudam dinamicamente, enquanto protege a segurança das informações e destila novos insights de dados, tudo com alta confiabilidade e disponibilidade.”

Ecossistema de ISVs e Parceiros de canal aprimoram os recursos para o IBM Power10
 

A família de servidores Power10 expandida é um ecossistema robusto de ISVs, parceiros de negócios e serviços de ciclo de vida. Parceiros de ecossistema, como SVA e Solutions II, fornecem exemplos de como o IBM Ecosystem colabora com clientes para construir ambientes híbridos, conectando cargas de trabalho essenciais à nuvem para maximizar o valor de seus investimentos em infraestrutura existentes.

Para obter mais informações sobre o IBM Power e os novos servidores e modelos de consumo anunciados hoje, visite: Link

1Comparação baseada nos sistemas de quatro soquetes com o melhor desempenho (IBM Power E1050 3.15-3.9 GHz, 96 core e Inspur NF8480M6 2.90 GHz, Intel Xeon Platinum 8380H) usando os resultados publicados em Link a partir de 22 de junho de 2022. SPEC® e os nomes de referência SPECrate®2017_int_base e SPECrate®2017_int_peak são marcas registradas da Standard Performance Evaluation Corporation. Para obter mais informações sobre a CPU SPEC 2017, consulte Link.

2Comparação baseada nos sistemas de quatro soquetes com o melhor desempenho (IBM Power E1050 3.15-3.9 GHz, 96 core e Inspur NF8480M6 2.90 GHz, Intel Xeon Platinum 8380H) usando os resultados publicados em Link a partir de 22 de junho de 2022. SPEC® e os nomes de referência SPECrate®2017_int_base e SPECrate®2017_int_peak são marcas registradas da Standard Performance Evaluation Corporation. Para obter mais informações sobre a CPU SPEC 2017, consulte 

3Comparação baseada nos sistemas de quatro soquetes com o melhor desempenho (1) IBM Power E1050; benchmark de aplicação padrão SAP SD de duas camadas executando SAP ERP 6.0 EHP5; processador Power10 2.95 GHz, 4.096 GB de memória, 4p/96c/768t, 134.016 usuários de benchmark SD, 736.420 SAPS, AIX 7.3, DB2 11.5, Certificação nº 2022018 e (2) Dell EMC PowerEdge 840; benchmark de aplicação padrão SAP SD de duas camadas executando SAP ERP 6.0 EHP5; Intel Xeon Platinum 8280 2.7 GHz, 4p/112c/224t, 69.500 usuários de benchmark SD (380.280 SAPS), SUSE Linux Enterprise Server 12 e SAP ASE 16, Certificação nº 2019045. Todos os resultados podem ser localizados em sap/benchmark Válido a partir de 7 de julho de 2022. 


Assessoria de imprensa IBM 
Weber Shandwick
E-mail: ibmbrasil@webershandwick.com 

Leia mais sobre
By victoriakao@ibm.com and on 30 de setembro de 2022

O papel dos líderes na adoção de uma Inteligência Artificial ética e confiável

Hoje, quase 30% dos profissionais de tecnologia da informação na América Latina dizem que implementaram IA em suas empresas em 2022 e 66% aceleraram os investimentos e a implementação dessa tecnologia nos últimos 24 meses, de acordo com o IBM Global IA Adoption Index.

Continuar lendo

By comunica@br.ibm.com on 29 de setembro de 2022

Estudo IBM: 41% das empresas no Brasil já implementaram ativamente Inteligência Artificial em seus negócios

73% dos profissionais de TI de empresas brasileiras que estão explorando ou implementando IA aceleraram seus investimentos e implantação dessa tecnologia nos últimos 24 meses.

Continuar lendo

By comunica@br.ibm.com on 22 de setembro de 2022

Tahto gera economia de R$ 5,5 milhões ao implementar tecnologia e serviços de inteligência artificial da IBM 

Empresa referência em atendimento ao cliente aperfeiçoa serviço com modelos preditivos  baseados em dados.

Continuar lendo