TI+Simples

Conheça as 5 tecnologias que estão dando o que falar em 2017

Compartilhe:

Com frequência falamos aqui no blog sobre tecnologias disruptivas como Inteligência Artificial, Blockchain, Internet das Coisas, entre outras, e como elas já são realidade no nosso dia a dia. Curiosamente, há pouco essas mesmas tecnologias eram consideradas as apostas do futuro. Mas então, se essas “profecias” já se concretizaram quais são as próximas apostas tecnológicas?

As 5 tecnologias emergentes de 2017 foram divulgadas pelo Fórum Econômico Mundial e são avaliadas pelo seu potencial de melhoria de vida, transformação das indústrias e proteção do meio ambiente. Confira o que está por vir nos próximos anos:

1. Agricultura de precisão

Quem vive da agricultura ou ao menos acompanha o desenvolvimento deste mercado sabe que muito mudou nos últimos anos graças à tecnologia. E muita coisa ainda mudará: A ideia é implementar novas técnicas e recursos para reduzir o uso de água e fertilizantes. Sensores, robôs, GPS, ferramentas de mapeamento e softwares de análise de dados estão juntos sendo usados para customizar essas atividades.

Nós aqui no Brasil temos muito que lucrar com o desenvolvimento da agricultura de precisão, já que é um setor que representa mais de 23% do nosso PIB. Inclusive, em recente entrevista ao programa Show Business da TV Bandeirantes, o presidente da IBM Brasil Marcelo Porto, frisou que a agricultura de precisão é um dos grandes focos de atuação da companhia.

2. Veículos verdes cada vez mais acessíveis

Essa não é exatamente uma novidade, mas produzir carros que não emitam absolutamente nenhum gás nocivo à atmosfera envolve muito dinheiro, isso porque os catalisadores são feitos à base de platina. Aí entra a inovação: os catalisadores recém desenvolvidos não dependem da platina, sequer de metal algum, por isso é seguro dizer que, muito em breve, já teremos veículos verdes a um custo mais acessível.

3. Deep learning e habilidades visuais

Computadores estão começando a reconhecer imagens melhor que os humanos. Graças ao deep learning, ou aprendizado constante das máquinas, campo emergente da inteligência artificial, tecnologias capazes de entender e interpretar imagens estão sendo implementadas cada vez mais em diferentes aplicações, tais como carros autônomos, diagnósticos médicos, avaliações de danos para seguradoras, monitoramento de nível de água, etc.

4. Extrair água do ar

Outro ponto que não traz nenhuma inovação, mas que graças às recentes descobertas pôde evoluir e se tornar mais acessível. A Universidade da Califórnia testou um novo processo de extrair água do ar que não usa nenhuma eletricidade e que não precisa de um ambiente extremamente úmido. No Arizona, uma startup consegue extrair de 2 a 5 litros de água do ar com um sistema de energia solar. Isso pode vir a ser uma grande revolução, especialmente nos tempos modernos que os recursos naturais têm se tornado cada vez mais escassos.

5. Computadores quânticos

A computação quântica tem potencial quase ilimitado, mas é tão custosa para produzir quanto é inteligente. No entanto, progresso está sendo feito para democratizar essa tecnologia: a IBM, por exemplo, disponibilizou em sua nuvem pública acesso ao seu computador quântico, e como resultado mais de 20 estudos acadêmicos foram publicados com base nessa ferramenta.

Em recente entrevista para o Blog o Cientista Líder da IBM, Fabio Gandour, falou sobre o potencial da computação quântica.

E aí, quais dessas tecnologias vocês acham que mais vão vingar?

Leia mais sobre TI+Simples
By comunica@br.ibm.com on 22 de janeiro de 2020

Deu match com a IBM

Para atrair profissionais da Geração Z para a IBM, criamos um bar cenográfico na USP, no campus da Poli,  e convidamos os alunos para um encontro às cegas com 20 IBMistas de diferentes idades, áreas e perfis, que foram selecionados para posicionar a IBM como uma empresa moderna e cool. A ideia foi aproximar os profissionais do […]

Continuar lendo