Cloud

A Modernização das Plataformas de ERP

Compartilhe:

A jornada em direção a nuvem passa pela migração de sistemas críticos (core) das empresas e o ERP, sem dúvidas, é um desses sistemas. O Mauricio Ribeiro, o Daniel De Andrade e eu escrevemos algumas reflexões importantes sobre esse tema no artigo a seguir.

Tornar-se uma empresa digital e cognitiva, pronta para responder imediatamente e de forma inteligente às decisões de negócio em tempo real, requer agilidade em todo o fluxo de informações. Para muitos, esse fluxo é realizado e controlado através do sistema de ERP, conectando as operações desde as vendas e controle de produção, até o estoque e as finanças.

Dado esse cenário, os grandes provedores de ERP promoveram mudanças significativas em suas plataformas nos últimos anos com a adoção de inteligência artificial, analytics, IoT e principalmente cloud, como fatores de inovação para os sistemas.

Isso fez com que muitas empresas iniciassem uma jornada de modernização das suas plataformas de ERP, visando aproveitar as novas funcionalidades, tais como a flexibilidade e escalabilidade providas por uma infraestrutura em nuvem.

Segundo o IDC (Brazil Predictions 2021), a modernização do ERP é uma das  principais iniciativas em TI para 2021. (figura 1)

Além disso, muitos outros benefícios podem estar relacionados a essa transformação:

  • Velocidade ao mercado – Time to Market;
  • Acuracidade e velocidade para realizar mudanças e melhorias na plataforma;
  • Processos de negócios mais ágeis e assertivos;
  • Mudança de um modelo de Capex para Opex;
  • Resiliência operacional;
  • Redução do custo total consumido pela plataforma de ERP.

Apesar da notória evolução no modelo, toda mudança nos sistemas “core“ de qualquer organização requer muito planejamento, conhecimento técnico especializado e experiência das pessoas envolvidas. Por isso, a contratação de um parceiro de serviços capaz de entregar uma solução de ponta a ponta contemplando consultoria, opções de infraestrutura Multi-Cloud e serviços de migração e gerenciamento do ambiente, tende a simplificar e a minimizar os riscos da transformação, permitindo que a equipe de TI foque em atender as necessidades de negócio e os novos projetos funcionais relacionados ao universo do sistema ERP.

Ricardo Zakaluk é Líder de Desenvolvimento de Negócios, Maurício Ribeiro é Líder de Portfolio e Daniel Andrade é arquiteto líder de soluções de serviços na IBM do Brasil.

Saiba mais

Confira o artigo “ERP, o ‘sistemão da empresa’” e entenda como um parceiro tecnológico pode ser um grande aliado para começar essa jornada.

Vamos conversar

Entre em contato com um representante da IBM.

Texto original: https://www.linkedin.com/pulse/moderniza%25C3%25A7%25C3%25A3o-das-plataformas-de-erp-ricardo-zakaluk/

Business Development and Alliance Manager na IBM

Leia mais sobre

Inclusão financeira: diversidade para inovar

Inclusão financeira para inovar. Diversidade e inclusão são temas que há muito deixaram de ser encarados somente como parte de estratégias de posicionamento no mercado. Em um contexto de constantes questionamentos que intensificam mudanças estruturais tanto na sociedade quanto na cultura, a transformação digital viabilizou possibilidades de novos modelos de negócios que precisam estar em […]

Data Fabric: dados prontos para os negócios

Data Fabric: como isso funciona nas empresas e por onde começar a implementar? Em nosso terceiro encontro, o Dose de Dados propõe um papo com experts da IBM e da MC Software apresentando casos de uso de analytics, data science e inteligência artificial para explorar conceitos e ferramentas de Data Fabric. Podemos definir Data Fabric […]

Mulheres na Tecnologia: Gerente de Projetos

Neste primeiro post da nossa série Mulheres na Tecnologia, você irá conhecer o importante papel da Gerente de Projetos como um agente de transformação, liderando equipes para a conquista de objetivos e real entrega de valor. Mulheres na Tecnologia: a presença delas nas áreas técnicas De acordo com uma pesquisa publicada pelo Global Gap Gender […]