Avançar para a área de conteúdo

O novo CMO e a ciência de dar às pessoas o que elas desejam

Agora, com a tecnologia inserida em cada aspecto do comércio, toda a concepção de marketing se torna mais instrumentada, interconectada e inteligente. Isso leva a profundas mudanças nas maneiras como a disciplina é entendida, conduzida e praticada.

Para entender como o marketing será no futuro, é útil considerar sua natureza fundamental. Essencialmente, o marketing sempre se baseou em princípios básicos: entender clientes, atender suas necessidades e fazer isso de uma maneira que construa confiança. Ainda que os profissionais de marketing enfrentem as mesmas questões agora, eles as estão respondendo de novas maneiras.

Nesse mundo altamente conectado, de comércio e comunicação, não é mais possível comercializar amplamente apenas para uma área demográfica. Um consumidor não quer ser um "segmento". Ele é um indivíduo. Para capturar e manter seus negócios, ele deve ser tratado como um.

O ônus dessa evolução chegou à porta do Chief Marketing Officer. E isso significa que a mentalidade, assim como o conjunto de qualificações, de um CMO deve se desenvolver juntamente com isso. A IBM identificou os três imperativos para o novo CMO.

Como é o Marketing Mais Inteligente?

Veja o vídeo

Conheça o seu novo Chief Executive Customer. Assista ao vídeo (US) (00:00:32)

Veja o vídeo

A maneira como você entende o seu cliente trata-se de mudança. Assista ao vídeo (US) (00:01:15)

Como se parece o Marketing Mais Inteligente?

Veja o vídeo

De segmentos para indivíduos Em uma nova era de comércio global, os métodos de marketing anteriores são ferramentas cegas. Hoje, usamos a analítica para nos engajarmos aos clientes como indivíduos direcionados para seus gostos, complexidades e afiliações. Assista aos vídeos para saber mais.

Converse com Deepak Advani na sexta-feira, 7 de setembro, no Facebook da IBM People for a Smarter Planet


 

De milhões para um Conecte todos os dados para uma visão mais detalhada de cada cliente. Os dados de desejo Crie sistemas de engajamento para uma experiência integrada. A marca de cultura Elimine as diferenças para que marca e cultura sejam autenticamente uma

De milhões para um

Hoje, a abundância de dados ajuda as empresas a entenderem cada cliente em diversas dimensões. Isso leva a formações de valor que, quando combinadas, ajudam a construir um entendimento mais claro de cada cliente como um indivíduo. Com isso, os profissionais de marketing podem tomar decisões melhores sobre a combinação que atenderá aos clientes, baseados mais completamente em necessidades, desejo, provável próxima ação e opiniões. O marketing de hoje requer a construção da capacidade de entender os clientes como indivíduos nas milhões de interações e configurar as condições executar novas funções na condução do sucesso dos negócios.

Os dados de desejo

Os CMOs sempre foram responsáveis por formatar o que comercializar e como comercializar. Como eles conhecem o cliente como um indivíduo, eles podem engajar cada um deles como um indivíduo. Para fazer isso, os profissionais de marketing enfrentam duas questões distintas: primeiro, se um conhecimento mais profundo de cada cliente cria mais oportunidades para a criação de valor, o que o marketing pode oferecer melhor que o cliente realmente valorizará? Segundo, que tipo de "sistema de engajamento" deve ser construído para oferecer isso? Trata-se de selecionar sistematicamente a quem comercializar, o que oferecer a eles e como atendê-los melhor. Ao customizar individualmente o conteúdo, as soluções, as promoções e as experiências agradáveis em cada toque, o marketing se torna um serviço.

A marca da cultura

Sua marca é testada em cada interação. Hoje, a mesma transparência que permite que você entenda cada cliente como um indivíduo, contrariamente permite a cada cliente entender tudo sobre a sua empresa. E diferenças entre o que a marca promete e o que ele entrega são conhecidas não apenas por aqueles que as experimentaram, mas por outros em sua rede social. Assim, como uma cultura vive autenticamente a sua marca se torna a medida do sucesso. Isso é o principal para um um negócio social. A função do marketing é eliminar as diferenças construindo um sistema para que em cada interação, marca e cultura sejam únicas.

Dados unidos para criar um quadro de previsão de cada cliente como um indivíduo - em uma escala massiva
Criar 'sistemas de engajamento para fazer mais do que dar forma ao desejo - você o prevê.
Projetar sua cultura e marca para que elas sejam autenticamente uma.

A nova profissão de marketing cria uma cultura da obsessão do cliente:

A nova profissão projeta a jornada inteira do cliente, criando valor em cada ponto de toque:

A nova profissão define uma promessa—depois constrói o sistema para vivê-la com autenticidade:


 

Ao repensar radicalmente a sua profissão, os profissionais de marketing podem entender os clientes como indivíduos, usar ferramentas de previsão para estarem à frente da demanda e projetarem negócios verdadeiramente sociais—para assegurar que a marca e a cultura são uma só. Esses CMOs estão provando que o marketing pode ser menos intrusivo e mais pessoal, menos como tentativa e mais como um serviço para pessoas como nunca antes.


 

Veja o vídeo

E se tudo o que você conhece sobre marketing mudasse?

E se tudo o que você conhece sobre marketing mudasse?Veja o que o CMO de hoje diz sobre a explosão de dados e suas tarefas diárias. Assista ao vídeo (US) (00:02:37)


 

1. Conselho de CMO 2011: Estado de Marketing. Quantias mostradas em dólares americanos.

2. Maverick Research: O Marketing é a Nova Força Motriz de Compra de TI. Gartner, outubro de 2011.

3. IBM Management Development Institute

4. Christine Moorman, “Gastando em analítica de marketing”. Insights de CMO. Março de 2012.