Linhas de comentário: Integração do WebSphere Service Registry and Repository com o Tivoli Application Dependency Discovery Manager

Usando o Discovery Library Adapter (DLA) do IBM® WebSphere® Service Registry and Repository, os administradores podem ver os serviços da Web presentes em um ambiente de TI na mesma interface com o usuário do IBM Tivoli® Application Dependency Discovery Manager com que eles visualizam outros recursos, aplicativos e sistemas. Aqui, apresentamos uma visão geral de alto nível da integração possível entre esses dois produtos, que pode ajudar a melhorar sua compreensão e visibilidade do ambiente geral de TI. Este conteúdo é parte do IBM WebSphere Developer Technical Journal.

Robert R. Peterson, WebSphere Enablement Consultant, IBM

Robert R. PetersonRobert R. Peterson é arquiteto de soluções do Centro de Competências de Integração da Tivoli. Ele trabalha para melhorar a integração no portfólio de produtos do Service Availability and Performance Management (SAPM) da Tivoli. Robert é IBM Master Inventor por suas contribuições de patente, autor da Imprensa IBM e palestrante frequente em conferências. Visite o Web site dele.



27/Out/2010

Obtenha uma visualização melhor

Se estiver usando o IBM® WebSphere® Service Registry and Repository (que daqui para frente chamaremos de Service Registry and Repository), é muito provável que você o esteja integrando com outros produtos IBM WebSphere, como o IBM WebSphere Message Broker ou IBM WebSphere DataPower® SOA Appliances. Mas você sabia que é igualmente possível integrar o Service Registry and Repository com vários produtos IBM Tivoli também? Por exemplo, o status de um serviço no Service Registry and Repository pode ser atualizado com o IBM Tivoli® Composite Application Manager (ITCAM) para SOA, e o Service Registry and Repository podem também ser sincronizados com o IBM Tivoli Change and Configuration Management Database.

O objetivo deste artigo, contudo, é destacar como é possível exportar metadados sobre os serviços WSDL a partir do Service Registry and Repository e carregá-los no IBM Tivoli Application Dependency Discovery Manager (TADDM). Com as informações sobre os serviços da Web do Service Registry and Repository no TADDM, um administrador pode ter uma visão holística de todos os serviços da Web e políticas ativas em seus ambientes de TI de um único lugar: a interface com o usuário do TADDM.


O que é Tivoli Application Dependency Discovery Manager?

Um típico datacenter tem uma array de diferentes sistemas e aplicativos e é usado por múltiplas equipes em múltiplos projetos. Manter o controle do inventário da máquina e dos aplicativos em execução em um datacenter pode se tornar cansativo facilmente. Ir além e determinar quais dependências e relacionamentos esses sistemas diferentes têm uns com os outros pode ser ainda mais cansativo. É aí que o TADDM pode ajudar: o Tivoli Application Dependency Discovery Manager foi projetado para servir de repositório para o que está no datacenter -- desde comutadores, sistemas de computadores até aplicativos -- e a forma como eles todos interagem uns com os outros.

O TADDM tem uma interface gráfica abrangente, com a qual é possível listar e consultar itens de configuração específicos, assim como visualizar relacionamentos e topologias. O TADDM também mantém um histórico de mudanças dos itens de configuração junto com a capacidade de obter uma "captura instantânea" de uma versão, de forma que seja possível comparar itens de configuração. Com essas ferramentas, um administrador pode facilmente ver as alterações no datacenter no decorrer do tempo. O TADDM também pode ter recursos de customização e organização para os componentes que armazena, por exemplo, os componentes podem ser agrupados em aplicativos de negócios.

O TADDM pode ser preenchido com as informações sobre seus ambientes de TI de várias maneiras. Por exemplo, o TADDM pode executar varreduras de sub-redes de IP, durante as quais ele descobre os componentes de maneira inteligente. O TADDM também possui um recurso de carregamento em massa, com o qual os dados podem ser importados no formato IDML (Identity Markup Language). Os Adaptadores da Biblioteca de Descoberta (DLAs) são pequenos componentes de software que coletam os dados no formato IDML. Vários DLAs estão disponíveis para os produtos Tivoli (por exemplo, o IBM Tivoli Monitoring), ambientes z/OS, bancos de dados e aplicativos -- e também para o WebSphere Service Registry and Repository, que veremos rapidamente.


Como a integração funciona

O DLA para o Service Registry and Repository é enviado como parte do ITCAM para SOA; ele é um componente independente com seu próprio pacote de instalação. Depois de instalado e configurado, o DLA pode realizar a varredura do Service Registry and Repository e descobrir os serviços presentes no repositório. O DLA pode ser instalado em uma máquina independente (Figura 1) ou instalado localmente no mesmo servidor que o Service Registry and Repository. Se for instalado de maneira independente, é necessária uma cópia do JARs do cliente do Service Registry and Repository para que ele possa se comunicar remotamente com o Service Registry and Repository. O DLA produz um arquivo de XML que contém metadados sobre todos os serviços WSDL que encontra no Service Registry and Repository, junto com os documentos associados de WS-Policy.

Figura 1. Visão geral do uso do Adaptador da Biblioteca de Descoberta
Visão geral do uso do Adaptador da Biblioteca de Descoberta

Para executar o DLA, use o comando WSRR_DLA que pode ser encontrado no diretório bin do DLA. Por exemplo, no Linux®, o comando seria:

./WSRR_DLA.sh –r

O comutador–r indica que o IDML deve fazer a atualização completa em vez de fazer a listagem somente das mudanças recentes do Registry and Repository. Quando a operação estiver concluída, será gravado um arquivo no diretório temporário / DLA, o nome desse arquivo será parecido com este:

WSRRv600-L.hostname.2010-09-13T16.05.23.449Z.refresh.xml

O DLA do Service Registry and Repository pode também ser configurado para copiar o arquivo XML resultante por FTP ou SFTP em um local externo. O DLA pode ser configurado para incluir todos os serviços WSDL do Service Registry and Repository ou, opcionalmente, pode capturar somente os serviços dentro de uma ou mais classificações do Service Registry and Repository.

Os arquivos XML produzidos pelo DLA estão de acordo com o esquema IDML; esses arquivos são comumente chamados de livros do IDML. O IDML usa um modelo comum de dados, que padroniza a forma como as tecnologias e as soluções de sistema representam os recursos e relacionamentos. O TADDM pode importar os livros IDML. Ele inclui os recursos e quaisquer relacionamentos no livro em seu repositório.

Para importar o livro de IDML do Service Registry and Repository no TADDM, use o comando de carregamento loadidml.sh do diretório $COLLATION_HOME/bin da máquina do servidor TADDM. Por exemplo, no Linux o comando seria:

./loadidml.sh –f \tmp\WSRRv600-L.hostname.2010-09-3T16.05.23.449Z.refresh.xml

Usando esses comandos em conjunto com o recurso DLA para transferir arquivos, o processo de importação dos serviços da Web do Service Registry and Repository para o TADDM pode ser facilmente posto em script usando (por exemplo) shell scripts simples e processos cron do UNIX®. Isso permite que as importações WSDL para o TADDM sejam automatizadas.

Depois de carregar o livro, você perceberá novos recursos listados na interface com o usuário do TADDM como recursos de serviço da Web. Por exemplo, a Figura 2 mostra três serviços da Web importados para o TADDM do Service Registry and Repository: FinancialService, QuoteService e CRService1.

Figura 2. Interface com o usuário do TADDM
Interface com o usuário do TADDM

Observe também que, na guia Details para um serviço, é possível ver as operações do WSDL debitOperation e creditOperation. Usando esse processo, um administrador TADDM pode manter o controle dos serviços da Web no TADDM junto com outros componentes e sistemas no seu ambiente de TI.


Algumas dicas adicionais de integração

Aqui estão algumas questões adicionais para ajudá-lo com essa integração:

  • Criação de log

    O arquivo de log para o DLA do Service Registry and Repository pode ser encontrado no /logs/WSRRDLALog.log. Dê uma olhada no arquivo de log antes de executar o WSRR_DLA.sh.

  • Validação

    o TADDM vem com uma ferramenta de certificação para arquivos IDML. A ferramenta pode validar a integridade de qualquer arquivo IDML, não apenas aqueles gerados pelo DLA do Service Registry and Repository. É necessário executar a ferramenta de certificação nos livros IDML do Service Registry and Repository antes de importá-los no TADDM. A ferramenta é composta de um arquivo JAR chamado idmlcert.jar localizado no /cmdb/dist/sdk/dla/validator/v2 dentro do diretório de instalação do TADDM. A Listagem 1 mostra um exemplo do uso da ferramenta junto com alguns resultados de exemplo.

    Listagem 1. Usando a ferramenta de certificação IDML
    java -Xmx256m -Xmx256m -jar idmlcert.jar
    -verbose WSRRv600-L.hostname.2010-09-3T16.05.23.449Z.refresh.xml
    
    modeloCDM.xsd version=2.10.6
    idml.xsd version=0.8
    NamingRules.xml version=2.10.11
    DL model version=2.10.6
    
    =======================================================================
    File: WSRRv600-L.nc185067.tivlab.raleigh.ibm.com.2010-09-13T16.05.23.449Z.refresh.xml
    =======================================================================
    
    Certification tool found:
      19 Managed elements
      32 Relationships
    
    [PASS] - TEST 00 (XML Parse)
    [PASS] - TEST 01 (All MEs have a valid ID)
    [PASS] - TEST 02 (superior reference IDs in book)
    [PASS] - TEST 03 (Attributes are valid)
    [PASS] - TEST 04 (All managed elements have a valid naming rule)
    [PASS] - TEST 05 (All managed elements are valid)
    [PASS] - TEST 06 (All relationships are valid)
    
    Classes used: (occurrences)
       process.Document (4)
       process.ManagementSoftwareSystem (1)
       process.Repository (1)
       soa.WSOperation (4)
       soa.WSPort (3)
       soa.WSPortType (3)
       soa.WebService (3)
    Relationships used: (occurrences)
       definedUsing(soa.WSOperation, process.Document) (5)
       definedUsing(soa.WSPort, process.Document) (4)
       definedUsing(soa.WSPortType, process.Document) (4)
       definedUsing(soa.WebService, process.Document) (4)
       federates(process.Repository, process.Document) (4)
       federates(soa.WSPortType, soa.WSOperation) (4)
       federates(soa.WebService, soa.WSPort) (3)
       invokedThrough(soa.WSOperation, soa.WSPort) (4)
    
    Book passed all certification tests
    Elapsed time: 5.9 seconds

    A ferramenta de certificação não garante a localização de todos os problemas com um livro IDML, mas, se um problema for encontrado, a ferramenta fornece informações úteis de depuração.

  • Visualização

    É possível visualizar todos os objetos que foram importados para o TADDM do livro IDML. Para fazer isso, selecione MSS no menu Edit do TADDM e role até a parte inferior e selecione o DLA do Service Registry and Repository. Clique em List CIs. Será possível ver uma lista de objetos semelhantes na Figura 3.

    Figura 3. Os objetos do WSRR importados para o TADDM
    Os objetos do WSRR importados para o TADDM

Conclusão

Com o DLA do WebSphere Service Registry and Repository, os administradores podem ver os serviços da Web presentes em um ambiente de TI na mesma interface com o usuário do Tivoli Application Dependency Discovery Manager com que eles visualizam outros recursos, aplicativos e sistemas. Este artigo forneceu uma breve introdução ao TADDM com uma visão geral da integração entre o Service Registry and Repository e o TADDM que é possível usando o DLA específico do produto. Ofereceu também dicas adicionais sobre o uso do livro do IDML Service Registry and Repository. Use os Recursos abaixo para investigar mais como o TADDM pode ajudar você a melhorar sua compreensão e visibilidade do ambiente geral de TI.

Recursos

Comentários

developerWorks: Conecte-se

Los campos obligatorios están marcados con un asterisco (*).


Precisa de um ID IBM?
Esqueceu seu ID IBM?


Esqueceu sua senha?
Alterar sua senha

Ao clicar em Enviar, você concorda com os termos e condições do developerWorks.

 


A primeira vez que você entrar no developerWorks, um perfil é criado para você. Informações no seu perfil (seu nome, país / região, e nome da empresa) é apresentado ao público e vai acompanhar qualquer conteúdo que você postar, a menos que você opte por esconder o nome da empresa. Você pode atualizar sua conta IBM a qualquer momento.

Todas as informações enviadas são seguras.

Elija su nombre para mostrar



Ao se conectar ao developerWorks pela primeira vez, é criado um perfil para você e é necessário selecionar um nome de exibição. O nome de exibição acompanhará o conteúdo que você postar no developerWorks.

Escolha um nome de exibição de 3 - 31 caracteres. Seu nome de exibição deve ser exclusivo na comunidade do developerWorks e não deve ser o seu endereço de email por motivo de privacidade.

Los campos obligatorios están marcados con un asterisco (*).

(Escolha um nome de exibição de 3 - 31 caracteres.)

Ao clicar em Enviar, você concorda com os termos e condições do developerWorks.

 


Todas as informações enviadas são seguras.


static.content.url=http://www.ibm.com/developerworks/js/artrating/
SITE_ID=80
Zone=WebSphere, Tivoli
ArticleID=556641
ArticleTitle=Linhas de comentário: Integração do WebSphere Service Registry and Repository com o Tivoli Application Dependency Discovery Manager
publish-date=10272010