Estender o Rational Quality Manager para Gerenciar Ativos de Laboratório na Nuvem

Utilizando o Rational Test Lab Manager para o gerenciamento de ativo de teste em um ambiente virtual

Estendendo o componente do Test Lab Manager do IBM Rational Quality Manager, é possível gerenciar ativos de teste em um ambiente virtual, como uma nuvem. É possível importar definições atualizadas de imagens e máquinas virtuais para utilizá-las em seu laboratório de teste; além disso, é possível implementar novas máquinas virtuais sob demanda. Este artigo descreve como o IBM Tivoli Lab em Roma está conduzindo uma integração do IBM Rational Quality Manager com o IBM SmartCloud Provisioning Versão 1.2, a fim de ajudar equipes de teste a melhorar a produtividade e os ciclos operacionais, além de tornar o software mais rentável.

Pietro Marella, Advisory Engineer, IBM

author photoPietro Marella passou a fazer parte da IBM em 1991 e do Tivoli em 1998 como Software Engineer no Rome Software Group Lab. Trabalhou por vários anos como Developer e Designer de diferentes produtos no portfólio de Gerenciamento de Sistemas. Atualmente, é Test Architect na área de QA de Roma, com ênfase em estratégia de planejamento, teste e automação.



29/Jun/2012

O contexto

O IBM® Rational® Quality Manager é um software de gerenciamento de teste baseado na web que proporciona às equipes de controle de qualidade (QAT) os meios para gerenciar e controlar todo o ciclo de vida do QA. É uma solução colaborativa e customizável para que as equipes criem e mantenham planos e design de teste, executem testes manuais ou automatizados, gerenciem objetivos e planejamentos, e controlem e relatem métricas quanto ao funcionamento da fase de teste, em geral. Como um dos aplicativos do Collaborative Lifecycle Management (CLM), o Rational Quality Manager se conecta a módulos para gerenciar relatórios de requisitos e de defeitos (IBM® Rational® Requirements Composer e IBM® Rational® Team Concert™, respectivamente — consulte Recursos para um link com mais informações sobre o CLM).

O Test Lab Manager é um componente integrado do Rational Quality Manager que possibilita que equipes de teste integrem o gerenciamento de recursos de laboratório de teste (virtuais ou físicos) no ciclo de vida do gerenciamento de qualidade de sua organização.

Figura 1. Gerenciamento do ciclo de teste do Rational Quality Manager
Gerenciamento do ciclo de teste do Rational Quality Manager

O IBM® SmartCloud Provisioning é uma oferta de Infraestrutura como Serviço (IaaS) sem contato pessoal altamente escalável que oferece infraestrutura como serviço do computador fornecendo acesso sob demanda a máquinas virtuais e ao armazenamento na rede.

Este artigo descreve um projeto piloto para integrar o Rational Quality Manager ao IBM SmartCloud Provisioning estendendo os recursos do Test Lab Manage, acelerando, assim, os ciclos de teste com o gerenciamento da máquina virtual e a execução de teste.


A arquitetura

O Tivoli Rome Lab adotou a abordagem do Rational Jazz baseada em tecnologia com o Collaborative Lifecycle Management (CLM) de forma gradual, mas ampla, com um nível diferente de maturidade na adoção de diferentes aplicativos envolvidos (Rational Team Concert, Rational Requirements Composer e Rational Quality Manager). No momento da publicação deste artigo, em 2012, nossa implementação foi no nível da Versão 3.0.1.1

Figura 2. Arquitetura do Rational Jazz CLM conforme implementada no Tivoli Rome Lab
Arquitetura do Rational Jazz CLM conforme implementada no Tivoli Rome Lab

Visualização maior da Figura 2.

Ao mesmo tempo, estava sendo aplicado um grande esforço para aumentar o uso de ambientes virtuais para atividades de desenvolvimento e teste, orientado pela redução do custo e melhoria na eficiência. Desenvolvedores e testadores podem utilizar um sistema IBM SmartCloud Provisioning 1.2 para solicitar um ambiente virtual sob demanda. Isso os torna mais eficientes e eficazes, principalmente devido ao acesso facilitado, ou ao aumento da disponibilidade, dos recursos e da confiança promovido, começando com um ambiente limpo.

Com a integração do Rational Quality Manager com o IBM SmartCloud Provisioning, o Rome Tivoli Lab visava aumentar ainda mais a eficiência das equipes de teste fornecendo a elas acesso virtualizado simples de usar para testar recursos do laboratório em busca de uma integração total do gerenciamento do laboratório no ciclo de definição e execução de teste.

Figura 3. Arquitetura estendida do Rational CLM conforme implementada
Arquitetura estendida do Rational CLM conforme implementada

Visualização maior da Figura 3.


Uma primeira olhada no Test Lab Manager no Rational Quality Manager

O gerenciamento de recursos de laboratório de teste é um dos recursos que o Rational Quality Manager integra para o gerenciamento de teste de ponta a ponta. Ser capaz de definir seus ambientes de teste e vinculá-los aos casos de teste oferece rastreabilidade integral de sua execução de teste, ajuda a entender quaisquer problemas de abrangência e possibilita um uso mais eficiente dos recursos, pois é possível controlar e administrar seus recursos de laboratório utilizando reservas, organizando-as por grupo e assim por diante.

A primeira etapa é se certificar de que o Rational Quality Manager reconhece seus recursos de laboratório. Uma maneira básica é criar definições de recurso de laboratório manualmente ou importar sua definição de um arquivo externo. Um método mais avançado é utilizar o recurso do Rational Quality Manager para integrar com ferramentas de descoberta e fornecimento.

O Rational Quality Manager pode ser implementado com o software IBM® Tivoli® — como o Tivoli Service Request Manager, Tivoli Application Dependency Discovery Manager e Tivoli Provisioning Manager — para fornecer cumprimento de solicitação, reconhecimento de inventário e automação (consulte o link "Rational Quality Manager and Tivoli" em Recursos para ver os detalhes). Essa integração é executada por meio de adaptadores que podem ser chamados utilizando a IU da web do Rational Quality Manager para acionar as operações nesses aplicativos.


Uma visão geral dos adaptadores

Adaptadores são implementações de interfaces específicas fornecidas pelo Rational Quality Manager para extensões . Há três tipos de adaptadores que podem ser implementados para estender os recursos de gerenciamento de laboratório:

Inventário
Para integrar o Rational Quality Manager a aplicativos externos que possuem capacidade de inventário. Com essa integração, o gerenciador de laboratório pode atualizar os dados do recurso de laboratório para exibir suas configurações mais recentes e mais novas.
 
Automação
Para integrar o Rational Quality Manager a aplicativos externos que possuem capacidade de automação. Com essas integrações, o gerenciador de laboratório pode executar scripts, projetos ou bibliotecas configurados nos aplicativos externos em recursos de laboratório remotos
 
Virtualização
Para integrar o Rational Quality Manager a um aplicativo externo que gerencia imagens e máquinas virtuais.
 

Esses adaptadores são todos conhecidos como Lab Manager, para que seja possível diferenciá-los de outro tipo especial de adaptador para estender a automação da execução do script de teste.


Integre o adaptador de virtualização do SmartCloud Provisioning

O escopo do adaptador do SmartCloud Provisioning é executar estas tarefas:

  • Implementar um adaptador de virtualização para integrar o Rational Quality Manager a um mecanismo de virtualização (IBM SmartCloud Provisioning)
  • Descobrir a definição da imagem virtual
  • Implementar novas máquinas virtuais, começando pelas imagens virtuais descobertas
  • Descobrir dados da máquina virtual
  • Executar tarefas de automação na máquina virtual

As subseções a seguir explicam, em algumas etapas, como utilizar o adaptador totalmente integrado no Rational Quality Manager 3.0.

Configurando o adaptador de virtualização

Uma vez instalados, os adaptadores precisam ser declarados ao Rational Quality Manager incluindo uma seção específica no arquivo Integration_configuration.xml, que é geralmente hospedado no caminho de instalação do RQM \server\conf\qm directory.

A nova seção define o SmartCloud Provisioning para o adaptador de integração do Rational Test Lab Manager como uma implementação do adaptador de automação (automationExtensionId) e do adaptador de virtualização (virtualizationExtensionId). A primeira interface permite que o Rational Quality Manager chame a sincronização com o IBM SmartCloud Provisioning para importar definições de máquinas e imagens virtuais para o banco de dados do Rational Quality Manager. Este permite a chamada de tarefas (automações) com relação aos recursos descobertos ou implementados pelo adaptador.

Na instância do código na Listagem 1, é possível visualizar os detalhes da configuração para o adaptador, que podem ser modificados e atualizados com base em suas necessidades:

projectArea
Define um link com um projeto específico no Rational Quality Manager que será o único autorizado a interagir com o adaptador
 
nome do host e porta
Definem onde o servidor da CLI do SmartCloud Provisioning reside e qual porta utilizar para a comunicação
 
seção credencial
Forneça o nome de usuário e senha a serem utilizados para estabelecer a comunicação com o servidor do SmartCloud Provisioning
 
seção opções
Especifique o nome do arquivo keystore que contém a chave privada do usuário a ser utilizada para chamar a API do SmartCloud Provisioning
 

Observação sobre as abreviações:

No código, em nomes do arquivo ou caminhos:

  • RQM = Rational Quality Manager
  • RTLM = Rational Test Lab Manager
  • SCP = SmartCloud Provisioning
Listagem 1. A configuração do adaptador
<adapter>
    <name>SCP RTLM Integration Adapter</name>
    <version>1.0</version>
	<APIVersionSupported>1.0</APIVersionSupported>   
    <automationExtensionId>
        com.ibm.tivoli.scp.rtlm.spi.automation.SCPAutomationSPI
    </automationExtensionId>       
    <virtualizationExtensionId>
        com.ibm.tivoli.scp.rtlm.spi.virtualization.SCPVirtualizationSPI
    </virtualizationExtensionId>   
    <pluginId>com.ibm.tivoli.scp.rtlm.spi</pluginId>
    <instance>
       	<instanceId>SCPAdapter</instanceId>
	<projectArea>my project</projectArea>
	<service>SCP.</service>
	<hostname>my server name</hostname>
        <port>5678</port>
	<credential>
        	<username>scpuser</username>
		<password>password</password>
        </credential>
        <options>
		<keyfile>scpuser_pkcs8.key</keyfile>
      	</options>
      </instance>
 </adapter>

Utilizando o adaptador de virtualização

Para concluir a instalação do adaptador de virtualização, é preciso reiniciar o Rational Quality Manager.

Após o adaptador ser instalado e carregado no Rational Quality Manager, é possível importar os modelos de imagem definidos no servidor do SmartCloud Provisioning e, em seguida, sincronizá-los com as máquinas virtuais já fornecidas. As próximas etapas explicam como isso pode ser feito.

Sincronize o SmartCloud Provisioning para importar os modelos de imagem

É possível sincronizar com o adaptador de virtualização a partir do painel Todo o Histórico do Inventário (veja a Figura 4).

  1. No painel de navegação à esquerda, clique no ícone Gerenciamento de Laboratórioe depois selecione Todo o Histórico do Inventário no menu suspenso.
Figura 4. Mostrar Todo o Histórico do Inventário
Mostrar Todo o Histórico do Inventário
  1. Clique no botão Sincronizar à direita do painel Todo o Histórico do Inventário (Figura 5) para iniciar o processo de importação das máquinas virtuais a partir do SmartCloud Provisioning.
Figura 5. Iniciar os recursos de laboratório virtual importantes
Iniciar os recursos de laboratório virtual importantes
  1. Ao final da sincronização, é possível ver a lista completa das imagens e máquinas virtuais importadas (veja a Figura 6). O Rational Quality Manager pode reconhecê-las como ativos Novos ou Atualizados.

Observação:
As coleções de imagens e máquinas virtuais não são abordadas neste artigo

Figura 6. Recursos de laboratório virtuais importados
Recursos de laboratório virtuais importados

Visualização maior da figura 6.


Como implementar uma nova máquina virtual como um recurso de laboratório

Após ter importado as definições de imagens virtuais do SmartCloud Provisioning, é possível operá-las. A operação mais básica que é possível ser feita é solicitar a implementação de uma nova máquina virtual.

  1. No painel de navegação à esquerda, clique no ícone Gerenciamento de Laboratório e selecione Visualizar Recursos de Laboratório
Figura 7. Opção Visualizar Recursos de Laboratório
Opção Visualizar Recursos de Laboratório
  1. No painel Visualizar Recursos de Laboratório , abra o editor Visualizar o Construtor .
  2. Aprimore a procura selecionando o tipo Imagem Virtual (Figura 8) e clique no botão Executar para iniciar a procura.
Figura 8. Aprimore a procura para listar somente imagens virtuais
Aprimore a procura para listar somente imagens virtuais

Como mostra a Figura 9, todas as imagens virtuais definidas no Rational Quality Manager por meio do adaptador do SmartCloud Provisioning serão listadas.

Figura 9. Lista de todos os recursos de laboratório de imagem virtual
Lista de todos os recursos de laboratório de imagem virtual

Visualização maior da figura 9.

  1. Selecione a imagem virtual que deseja implementar para uma nova máquina virtual e clique no botão ImplementarDeploy icon , que deve estar ativo no canto direito superior da tela (veja a Figura 10).

Observe que as informações gerais, como o tipo de imagem e a ferramenta que a possui, além de outros detalhes específicos sobre o sistema operacional da imagem, como seu nível e arquitetura, foram descobertas e registradas no Rational Quality Manager.

Figura 10. Janela Detalhes da imagem virtual
Janela Detalhes da imagem virtual

Visualização maior da figura 10.

A operação de implementação é monitorada a partir do Rational Quality Manager na seção Operações de Implementação (Figura 11) do painel Todo o Histórico do Inventário.

Figura 11. Painel de monitoramento da implementação
Painel de monitoramento da implementação

Visualização maior da Figura 11.

É possível verificar o console do SmartCloud Provisioning para verificar se a operação de implementação foi executada. A Figura 12 mostra que a nova máquina virtual (MV) com um sufixo RQMProject foi fornecida.

Figura 12. O console de administração do SmartCloud Provisioning
O console de administração do SmartCloud Provisioning

Visualização maior da figura 12.

  1. De volta ao Rational Quality Manager, no painel Visualizar Recursos de Laboratório, abra o editor Visualizar o Construtor novamente.
  2. Aprimore a procura selecionando o tipo Máquinas Virtuais e clique no botão Executar para iniciar a procura.

Entre as máquinas virtuais listadas, você encontrará a recém-implementada. A partir daqui, é possível incluir essa nova máquina virtual em qualquer célula de teste para vinculá-la a uma execução de caso de teste.

Figura 13. Visualizar todos os recursos de laboratório da máquina virtual
Visualizar todos os recursos de laboratório da máquina virtual

Visualização maior da figura 13.

Uma implementação mais sofisticada utilizando as tarefas automatizadas

A implementação de uma imagem virtual geralmente requer a especificação de alguns parâmetros (no SmartCloud Provisioning, por exemplo, é preciso definir o tamanho da MV). Poderá observar que, pelo contrário, a operação de implementação integrada no Rational Quality Manager não fornece nenhum recurso para especificar nenhuma característica para a máquina virtual que será solicitada por você.

O adaptador do SmartCloud Provisioning supera esse limite fornecendo tarefas (automações) para esse escopo (também é possível incluir outros, como ações para iniciar ou interromper uma máquina virtual implementada ou obter uma captura instantânea). É possível chamar a tarefa automatizada facilmente no Rational Quality Manager:

  1. No painel de navegação à esquerda, clique no ícone Gerenciamento de Laboratório e selecione Todas as Automações no menu suspenso.
Figura 14. Selecione a visualização Todas as Automações
Selecione a visualização Todas as Automações
  1. Na seção Automações, todas as automações (tarefas automatizadas) suportadas pelo adaptador disponíveis serão apresentadas. Nesse exemplo (Figura 15), é somente a tarefa DeployVirtualMachine exposta pelo adaptador do SmartCloud Provisioning
Figura 15. Lista de todas as tarefas automatizadas disponíveis, por adaptador
Lista de todas as tarefas automatizadas disponíveis, por adaptador

Visualização maior da figura 15.

  1. A seção Máquinas Disponíveis para Automação listará todos os recursos (máquinas) disponíveis descobertos pelo adaptador no qual uma tarefa de automação pode ser executada.
Figura 16. Lista de todas as máquinas disponíveis para automações
Lista de todas as máquinas disponíveis para automações

Visualização maior da Figura 16.

  1. Para este exemplo, selecione a automação SCP.DeployedVirtualMachine .

O painel mostrará todos e somente os recursos descobertos pelo adaptador do SmartCloud Provisioning, que são os únicos recursos autorizados para essa tarefa.

  1. Selecione a imagem que deseja implementar entre as disponíveis.
Figura 17. Especificar qual imagem implementar
Especificar qual imagem implementar

Visualização maior da figura 17.

  1. Clique no ícone Executar para iniciar a implementação.
  2. Em seguida, será exibido um aviso para preencher os parâmetros necessários na janela pop-up Propriedades. Essa janela pode ser customizada de acordo com o adaptador e pode fornecer valores padrão. Nesse exemplo, é possível especificar o endereço de email a ser notificado e o tamanho da MV.
Figura 18. Inserir os parâmetros para as tarefas de implementação
Inserir os parâmetros para as tarefas de implementação

Visualização maior da Figura 18.

Novamente, é possível ver o console do SmartCloud Provisioning para verificar se a operação de implementação foi realmente executada. Na Figura 19, observe que uma nova máquina virtual (RQMProject_2121_03_21:04.13) será implementada pelo SmartCloud Provisioning.

Figura 19. Outra olhada no console de administração do SmartCloud Provisioning
Outra olhada no console de administração do SmartCloud Provisioning

Visualização maior da Figura 19.


Utilizando uma máquina virtual com o Rational Quality Manager

A Figura 20 oferece uma visão mais próxima do recurso de laboratório recém-criado.

Figura 20. Detalhes de um recurso de laboratório representando uma máquina virtual
Detalhes de um recurso de laboratório representando uma máquina virtual

Visualização maior da Figura 20.

Nesse nível da implementação do adaptador, o recurso de laboratório relata as informações base sobre a máquina virtual: o endereço IP, o nome do host e o sistema operacional. Mais informações podem ser incluídas na definição do recurso de laboratório, como a arquitetura do kernel e a capacidade do recurso (CPU, RAM e disco).

Por exemplo, suponhamos que você pretende executar um teste de verificação do build do seu sistema em teste (SUT) em uma máquina Linux. Você definiria um ambiente de teste no Rational Quality Manager para seu teste. Um ambiente de teste é um conjunto de atributos de recurso de laboratório, como sistema operacional e software, para um conjunto específico de máquinas. Ele descreve o ambiente no qual o teste será executado. Com esse cenário, seu ambiente de teste ficará parecido com a Figura 21.

Figura 21. Definição de ambiente de teste
Definição de ambiente de teste

Visualização maior da Figura 21.

Esse ambiente de teste é composto por um único recurso de laboratório e a única especificação é que o sistema operacional seja o Red Hat Linux.

  1. Agora, é preciso instanciar uma célula de teste. Uma célula de teste é uma coleção de recursos de laboratório, como máquinas físicas e virtuais, com configurações de hardware e software específicas que correspondem aos requisitos de um ambiente de teste específico. Equipes ou testadores individuais podem reservar a célula para executar testes.
Figura 22. Designar um recurso de laboratório para uma célula de teste (Etapa 1)
Designar um recurso de laboratório para uma célula de teste (Etapa 1)

Visualização maior da Figura 22.

  1. Agora é preciso designar um recurso real a uma célula de teste. Clique no ícone Designar Recurso de Laboratório e o Rational Quality Manager encontrará um recurso com as características necessárias entre aqueles que ele pode reconhecer.

Como mostra a Figura 23, ele escolhe a máquina virtual recém-implementada.

Figura 23. Designar um recurso de laboratório para uma célula de teste (Etapa 2)
Designar um recurso de laboratório para uma célula de teste (Etapa 2)

Visualização maior da Figura 23.

  1. Como exemplo final, veja o recurso de laboratório que representa uma máquina virtual recém-implementada. Observe que o recurso de laboratório contém as informações mais significativas sobre a MV: o endereço IP e o sistema operacional.

Resumo

Conforme já foi descrito, o adaptador do SCP foi desenvolvido como parte de um projeto piloto que ainda está em andamento. Nem todos os recursos do IBM SmartCloud Provisioning foram explorados nesse adaptador, que ainda tem algumas limitações (por exemplo, o gerenciamento do id de acesso de usuário e a chave privada para a conexão do servidor ou o uso do adaptador a partir de diversos projetos). Todavia, tivemos um feedback positivo em termos de eficácia com essa integração das nossas equipes de teste. Esse feedback nos estimula a continuar investindo nessa direção.

Recursos

Aprender

Obter produtos e tecnologias

Discutir

Comentários

developerWorks: Conecte-se

Los campos obligatorios están marcados con un asterisco (*).


Precisa de um ID IBM?
Esqueceu seu ID IBM?


Esqueceu sua senha?
Alterar sua senha

Ao clicar em Enviar, você concorda com os termos e condições do developerWorks.

 


A primeira vez que você entrar no developerWorks, um perfil é criado para você. Informações no seu perfil (seu nome, país / região, e nome da empresa) é apresentado ao público e vai acompanhar qualquer conteúdo que você postar, a menos que você opte por esconder o nome da empresa. Você pode atualizar sua conta IBM a qualquer momento.

Todas as informações enviadas são seguras.

Elija su nombre para mostrar



Ao se conectar ao developerWorks pela primeira vez, é criado um perfil para você e é necessário selecionar um nome de exibição. O nome de exibição acompanhará o conteúdo que você postar no developerWorks.

Escolha um nome de exibição de 3 - 31 caracteres. Seu nome de exibição deve ser exclusivo na comunidade do developerWorks e não deve ser o seu endereço de email por motivo de privacidade.

Los campos obligatorios están marcados con un asterisco (*).

(Escolha um nome de exibição de 3 - 31 caracteres.)

Ao clicar em Enviar, você concorda com os termos e condições do developerWorks.

 


Todas as informações enviadas são seguras.


static.content.url=http://www.ibm.com/developerworks/js/artrating/
SITE_ID=80
Zone=Rational, Tivoli
ArticleID=822971
ArticleTitle=Estender o Rational Quality Manager para Gerenciar Ativos de Laboratório na Nuvem
publish-date=06292012