Gerencie Dados de Teste Mais Efetivamente com o Rational Quality Manager 4.0.1

Use novos recursos para organizar dados de teste e definir e substituir critérios de seleção

Os dados de teste são usados para fornecer um conjunto pré-configurado de valores de entrada aos scripts de teste que são executados em um teste. O IBM Rational Quality Manager 4.0.1 fornece novos recursos de dados de teste que permitem organizar melhor os dados e usá-los com mais efetividade.

Mr Subhajit Bhuiya, Advisory Software Engineer, IBM

Photo of Mr Subhajit BhuiyaSubhajit Bhuiya vem atuando como engenheiro senior da equipe de desenvolvimento do Rational Quality Manager no India Labs nos últimos três anos. Seu foco é o gerenciamento de dados de teste e execução de testes.



01/Nov/2013

Os testes geralmente usam parâmetros de entrada de vários tipos, como entradas válidas, entradas inválidas, casos normais ou casos de borda. Para verificar como o sistema funciona sob condições diferentes, é necessário executar testes sob entradas diferentes. Também pode ser conveniente para os testadores verificar o comportamento do mesmo produto proveniente de fornecedores diferentes. Nesse caso, é necessário contar com uma forma de executar os mesmos scripts de teste diversas vezes com conjuntos de entradas diferentes.

O IBM® Rational® Quality Manager introduziu dados de teste na versão 1.0. No entanto, as equipes de teste têm requisitos complexos — por exemplo: precisam ter a possibilidade de testar somente um subconjunto de registros, categorizar os dados de teste para facilitar a procura, etc. A partir do Rational Quality Manager 4.0.1, é possível aproveitar novos recursos de dados de teste, como a capacidade de:

  • Organizar os dados de teste para poder encontrar dados específicos durante a criação de scripts de teste
  • Definir os critérios de seleção para os dados de teste
  • Associar critérios de seleção a scripts de teste
  • Substituir os critérios de seleção em casos de teste para aumentar a multiplicidade
  • Substituir os critérios de seleção no tempo de execução
  • Substituir os critérios de seleção referentes ais registros de dados de teste antes da execução

Este artigo mostra como usar os dados de teste mais com mais eficiência e eficácia.

Pré-requisito

Para usar os novos recursos de dados de teste, é necessário ter o Rational Quality Manager 4.0.1 ou posterior. É necessário um arquivo separado por vírgula (CSV) para criar dados de teste.


Contexto dos dados de teste

Se você nunca usou os recursos de dados de teste do Rational Quality Manager, esta seção apresenta uma visão geral. Se você está familiarizado com os recursos de dados de teste, vá para Organizando dados de teste.

Vamos começar. Para criar dados de teste, é necessário ter um arquivo CSV.

Listagem 1. Amostra de arquivo CSV
Card Number:Number,Card Type:String,Card Holder Name:STRING
1111666644443333,VISA,Cooper
2222456789021111,Maestro,Hayden
3452678290346712,Masestro,Cooper
5555123767891234,VISA,Hayden
8888987612346789,Maestro,Lee
3214678923460985,VISA,Lee
6723456789012345,Master,Patel
3214234789047689,Amex,Xing
6523198725460215,VISA,Kurtis
3124768903451278,Master,Ayush
2145890724561111,Amex,Patel
1111333343562345,VISA,Xing

A primeira linha do arquivo CSV representa o nome do campo e seu tipo. Por exemplo:

Card Number:Number representa um campo com o nome Card Number e o tipo Number. A próxima linha representa os valores de cada campo, separados por vírgula.

Crie novos dados de teste

Para criar os dados de teste no Rational Quality Manager, navegue em Construction > Create > Test Data. Sob a seção Data File, use o botão Browse para navegar para o diretório no qual o arquivo CSV está. Selecione e carregue o arquivo para o Rational Quality.

A seção Data Record mostra o conteúdo do arquivo CSV. Por exemplo: o arquivo CSV Card_Details.csv tem 20 registros, e os primeiros 10 registros são mostrados na interface com o usuário do Rational Quality Manager. Dê aos dados de teste o nome Card Details e clique em Save. Veja a Figura 1:

Figura 1. Criação de dados de teste

Dica: Para ver todos os registros do arquivo CSV no Rational Quality Manager, mude a opção de menu suspenso "Items per page" de 10 para Show All.

Use os dados de teste em testes manuais

Agora que você tem os dados de teste Card Details, é possível usá-los ao criar um script de teste.

Para fazer isso, navegue para Construction > Create > Test Script. Dê o nome Card Validation ao script de teste. Em Type, selecione Manual na lista suspensa de tipos de script.

Em seguida, forneça os dados de teste que você acabou de criar clicando no botão Edit Test Data . Na seção Manual Steps, clique no botão Insert Test Data Column para inserir uma coluna de dados de teste em uma etapa específica do script de teste. Veja a Figura 2:

Figura 2. Crie um script de teste usando dados de teste

Execute o teste manual com dados de teste

Para executar o teste, primeiro navegue para Construction > Create > Test Case e crie um novo caso de teste. Associe o script de teste Card Validation ao caso de teste e clique no botão Run no editor de casos de teste.

Em seguida, verifique a página de execução manual. Observe que Running Test Data Iteration 1 of 20 e a coluna de dados de teste dentro do script foram substituídos pelo primeiro registro dos dados de teste. Clique em Pass em cada etapa.

Os testes de script são repetidos com dois registros dos dados de teste. Já que os dados de teste têm 20 registros, esse processo é repetido 20 vezes. Veja a Figura 3:

Figura 3. Execução do caso de teste com dados de teste

Organize os dados de teste

Talvez a sua organização precise de muitos valores de entrada de dados de teste. É possível organizar os dados de teste para facilitar a procura.

Ao criar um script de teste manual, é possível associar os dados ao script de teste. Para procurar com eficiência, primeiro é preciso definir as categorias dos dados de teste e, em seguida, designá-las para cada artefato de dados de teste.

Observação: a categorização é uma forma livre de organizar artefatos. É possível definir diversas categorias e valores de categoria, dependendo das necessidades do projeto. As categorias também podem ser organizadas de forma hierárquica.

Há duas formas de criar categorias:

  1. Use o ícone Manage Test Data Categories no editor de dados de teste ou a visualização de tabela Test Data.
  2. Se você é administrador do projeto, navegue para Manage Project Properties > Artifact Categories > Test Data.

Dica: é preciso ter permissão para criar categorias.

Depois de criar as categorias para os dados de teste, é possível designá-las para cada artefato de dado de teste. Há duas formas de fazer isso:

  1. use o editor de dados de teste para designar categorias a um dado de teste.
  2. Use a opção de atualização em massa a partir de Browse Test Data.

A tabela Browse Test Data pode filtrar dados de teste com base na categoria — o que é útil quando você associa dados de teste ao script de teste manual. No editor de scripts de teste manual, clique no botão Edit Test Data . Todos os dados de teste existentes na área do projeto serão listados no formato tabular, para que você possa filtrá-los usando categorias para localizar o que você quer.

Para ver como isso funciona, veja a Figura 4. A categoria de dados de teste é Component e foram criados três valores para ela: Card, Inventory e Payment. Cada dado de teste tem um valor para a categoria Component.

O lado esquerdo do diálogo mostra a opção Filter By Categories. Se você clica em um valor de categoria, a tabela lista somente os dados de teste que contêm o valor dessa categoria. Caso você tenha diversas categorias, um filtro sequencial é fornecido na tabela. Veja a Figura 4:

Figura 4. Procure dados de teste usando categorias do editor de scripts de teste manual

Construa o script de teste com os critérios de seleção de registros

Ao organizar os seus dados de teste, é possível procurar um dado específico do seu interesse. No entanto, conforme o número de dados aumenta, fica mais difícil manter essa organização. Suponha que um projeto tem centenas de dados de teste — o que acontece se você resolver mudar as entradas de teste predefinidas? Você teria que mudar todos os dados de teste – os arquivos CSV associados a esses dados de teste.

Forme os dados de teste principais

As tarefas de manter e mudar dados de teste tomam tempo. Para simplificá-las, é conveniente definir dados de teste comuns que podem ser reutilizados em diversos scripts. É possível identificar tipos semelhantes de artefatos de dados de teste e combinar seus registros para formar os dados de teste principais , que têm vários registros. O fato de contar com dados de teste principais reduz o número de artefatos de dados de teste presentes no projeto. Se você quiser mudar as entradas de teste com um novo conjunto de valores, basta fazer as mudanças em um único local – os dados de teste principais.

Critérios de seleção de registros

O fato de contar com dados de teste principais simplifica a manutenção dos ativos de teste. No entanto, os dados de teste principais podem ter centenas de registros, e nem todos eles são aplicáveis a todos os scripts de teste nos quais esses dados são usados.

Por exemplo: um script de teste pode precisar de apenas cinco registros, ao passo que outro pode precisar de cinco registros diferentes dos mesmos dados de teste. Portanto, é necessário ter uma forma de associar os registros selecionados dos dados de teste aos scripts de teste manual. Com o Rational Quality Manager, é possível associar os critérios de seleção de registros ao script de teste manual e aos dados de teste durante a criação do script de teste manual. Por padrão, todos os registros são selecionados.

No editor de scripts de teste manual, os critérios de seleção de registros são mostrados como Test Data Usage, que tem como padrão "Use all records." Você tem dois botões para editar Test Data Usage:

  • o botão edit cria ou edita os critérios de seleção de registros
  • O botão clear seleciona todos os registros dos dados de teste

Para ver um exemplo, consulte a Figura 5:

Figura 5. Uso dos dados de teste no editor de scripts de teste manual

Se você clicar no botão edit sob Test Data Usage, obterá o diálogo Record Selection Criteria. Esse diálogo tem dois atributos:

  • "Where column name is": essa caixa de combinação lista todas as colunas do dado de teste
  • "And value is": insira um valor com relação ao nome da coluna nessa caixa de texto de valor

Pense nisso como um critério de filtro:

Where column name is == <coluna selecionada> AND  value == <algo que você define>

Neste exemplo, eu escolhi Card Type como nome de coluna, com VISA como valor. Clique em Showpara ver os registros que correspondem aos critérios definidos a partir dos dados de teste. Se você clica em Clear, os critérios de seleção de dados são reconfigurados e mostram todos os registros. Depois de definir um critério de seleção, clique em OK para fechar o diálogo. Os critérios serão configurados. Veja a Figura 6:

Figura 6. Criação de critérios de seleção de registros no editor de scripts de teste manual

Observação: se você clica em OK e os critérios de seleção de registros não correspondem a nenhum registro, você vê um aviso: No record found based on the record selection criteria. It should return at least 1 record.

Execute o teste com os critérios de seleção de registros

Até agora, você criou critérios de seleção de registros (Card Type = VISA) e associou isso ao script de teste (Card Validation). Seis registros nos dados de teste têm VISA como Card Type, ao passo que os dados de teste continham mais registros. Está na hora de executar esse script incluindo-o no caso de teste. Para executar o teste:

  • Abra um caso de teste existente. Sob a seção Test Scripts, clique no ícone de mais para exibir o diálogo de seleção Test Scripts.
  • Selecione o script de teste que você criou (Card Validation).
  • Salve o caso de teste.
  • Clique em Run para executá-lo. Na página de execução manual, observe que Running Test Data Iteration 1 of 6 tem apenas seis registros, que são filtrados pelos critérios de seleção de registros.
  • Clique em Apply All e selecione pass como avaliação para todas as etapas.

Para ver um exemplo, consulte a Figura 7.

Figura 7. Execução do teste com critérios de seleção de registros

No resultado, foram gerados 24 etapas: o script de teste tinha quatro etapas, que foram iteradas seis vezes com base nos critérios de seleção, apesar de os dados de teste conterem 20 registros. Em cada iteração, os valores do registro dos dados de teste – baseados nos critérios de seleção – são substituídos no script manual.


Construa um caso de teste com os critérios de seleção de registro

Ao associar os critérios de seleção de registros com um script de teste manual, é possível reutilizar os mesmos dados de teste para scripts de teste manual. Por exemplo: suponha que você deseja executar um teste referente a entradas válidas e inválidas. É possível criar dados de teste que têm entradas válidas e inválidas e, em seguida, duplicar o script de teste e associar critérios de seleção de registros diferentes a cada um, para suportar entradas válidas e inválidas. No entanto, se você pretender mudar o teste no futuro, terá que mudar também o script de teste duplicado. Isso pode não ser escalável — pode haver discrepâncias e perda de atualizações.

No Rational Quality Manager, é possível associar critérios de seleção de registros no nível dos casos de teste. Consequentemente, é possível usar o mesmo script de teste em diversos casos de teste e — com base no caso de teste que você está executando – os critérios de seleção de registros desse caso de teste são utilizados.

É possível criar dois casos de teste e associar o mesmo script de teste – mas com critérios de seleção de registros diferentes – a cada um. Crie um caso de teste para entradas válidas e outros para entradas inválidas. Associe o mesmo script de teste com os dois casos de teste. Na seção de script de teste do caso de teste para entradas válidas, associe os critérios de seleção de registros para filtrar as entradas válidas; na seção de script de teste do caso de teste para entradas inválidas, associe os critérios de seleção de registros para filtrar as entradas inválidas. Você criou dois testes diferentes usando o mesmo script e os mesmos dados de teste. Ao fazer isso, é possível reutilizar o script e os dados de teste com eficiência.

Associe os critérios de seleção de registros no nível do caso de teste

Para associar os critérios de seleção de registros no nível do caso de teste:

  • Acesse a seção Test Scripts do editor de casos de teste, que mostra os scripts de teste em formato tabular. Por padrão, a coluna Data Records mostra os critérios de seleção de registros definidos no nível do script de teste.
  • Observe que a tabela de script de teste tem ações no nível da linha para definir ou editar critérios de seleção de registros. Clique em Edit Data Record para exibir um diálogo que associa os critérios de seleção de registros ao script de teste para o caso de teste. Outro caso de teste pode associar critérios de seleção de registros diferentes ao mesmo script.
  • Clique em Reset Data Record to script level para reconfigurar os critérios de seleção de registros no nível do script de teste.

Os critérios de seleção de registros que são definidos no nível do caso de teste têm precedência sobre os critérios de seleção de registros definidos no nível do script de teste. Veja a Figura 8:

Figura 8. Seção do script de teste no editor de casos de teste

Agora mude os critérios de seleção de registros de Card Type=VISA, definido no nível do script de teste, para Card Type=Master. Os novos critérios de seleção de registros filtram cinco registros. Veja a Figura 9:

Figura 9. Caso de teste com critérios de seleção de registros

Ao executar o caso de teste, você verá:

  • Running Test Data Iteration 1 of 5 na página de execução manual, em vez de Running Test Data Iteration 1 of 6
  • As etapas do script de teste serão repetidas cinco vezes, já que os critérios de seleção de registros definidos no nível do caso de teste têm precedência sobre os critérios de seleção de registros definidos no nível do script de teste
  • Resultados com 20 etapas são gerados: 4 (número de etapas no script de teste) * 5 (registros filtrados pelos critérios de seleção definidos no nível do caso de teste)

Para ver um exemplo, consulte a Figura 10:

Figura 10. Teste a execução com os critérios de seleção de registros definidos no nível do caso de teste

Substitua os critérios de seleção de registros antes da execução

A associação dos critérios de seleção de registros ao caso e ao script de teste permite selecionar um subconjunto de registros dos dados de teste. O Rational Quality Manager oferece meios de selecionar registros diretamente dos dados de teste, antes da execução do teste. Esse recurso é controlado por uma condição prévia definida para a operação Execute Test Case. O nome da condição prévia é Allow Test Data Record Selection. Essa condição prévia é ativada por padrão, mas os administradores do projeto podem ativar ou desativar esse recurso para qualquer função.

Ativando e desativando o consultor

Para ativar ou desativar uma regra predefinida, também conhecida como consultor, navegue para Manage This Project Area. (Para fazer isso, é preciso ser administrador do projeto. É possível ativar ou desativar o consultor na página Project Administration.) Também é possível acessar a área do projeto navegando para https://<server>:<port>/<contextRoot>/admin e selecionando a área do projeto. Em seguida:

  • Clique em Preconditions & Follow-up Actions
  • Clique no botão edit referente à ação Execute Test Case.
  • Ative ou desative a condição prévia Allow Test Data Record Selection clicando no botão Add ou Remove , respectivamente.

Para ver um exemplo, consulte a Figura 11.

Figura 11. Condição prévia para selecionar recursos antes da execução

Selecione registros a partir dos dados de teste antes de executar o caso de teste

Suponha que você deseja selecionar registros a partir dos dados de teste. Suponha que a condição prévia está ativada e você executa o caso de teste, que tem um script de teste associado aos dados de teste.

Primeiro, abra um caso de teste e clique em Run. No diálogo Run Test Case, marque a caixa referente a Select Records from Test Data. O diálogo é convertido para um assistente. (Se você mudou as configurações do processo quando já estava conectado à área de projeto do Rational Quality Manager, talvez seja necessário efetuar logout e login e, em seguida, tentar novamente.)

Os botões Previous, Next, Finish e Cancel aparecerão. Veja a Figura 12:

Figura 12. Diálogo Run Test Case para selecionar registros a partir dos dados de teste

Se você clica em Next, os dados de teste aparecem em formato tabular, com base nos critérios de seleção de registros definidos no nível do caso/script de teste. É possível optar por executar com a seleção existente ou usar um filtro diferente para selecionar um novo conjunto de recursos.

É possível limpar os critérios de seleção de registros existentes para visualizar todos os registros em formato tabular e, em seguida, selecionar um conjunto de recursos manualmente. Os registros selecionados antes da execução têm precedência sobre os critérios de seleção de registros definidos no nível do caso ou script de teste. Se você clica em Finish, a execução do caso de teste é iniciada. As etapas do script de teste serão repetidas com base no número de registros selecionados antes da execução do teste.

A capacidade de mudar o comportamento do teste antes de sua execução ao selecionar registros a partir dos dados de teste oferece muita flexibilidade. Você também obtém essa funcionalidade enquanto realiza um registro de execução de caso de teste referente a Run with Options e Create Result without Execution.

Dica: no caso das equipes que seguem um processo rigoroso de definir os dados de teste antes da execução, talvez não seja necessário ativar essa configuração de processo. Essas equipes podem manter esse recurso desativado.

Para ver um exemplo do diálogo Run Test Case depois que você clica em Next, consulte a Figura 13:

Figura 13. Diálogo Run Test Case depois que você clica em Next

Selecione registros a partir dos dados de teste antes de executar a suíte de testes

Você também pode selecionar registros a partir dos dados de teste antes da execução quando executa o caso de teste como parte de uma suíte de testes. Para fazer isso:

  • Crie uma suíte de testes navegando para Construction > Create > Test Suite.
  • Na seção Test Case da suíte de testes, clique em Add.
  • Selecione esse caso de teste e salve-o.
  • Execute a suíte de testes.
  • No diálogo Run Test Suite, clique em OK.Agora você está no Test Suite Execution Console.
  • Localize as colunas Test Case Progress e Nome. Na opção de menu suspenso, clique em Select Record And Start Test.

Para ver um exemplo de como isso é, veja a Figura 14.

Figura 14. Selecione registros a partir dos dados de teste durante a execução da suíte de testes

Depois de escolher Select Record And Start Test, o diálogo Select Records from Test Data aparece. É possível selecionar qualquer registro a partir dos dados de teste ou cancelar a sua solução. Neste exemplo, somente dois de cinco registros foram selecionados. Veja a Figura 15:

Figura 15. Diálogo Record Selection Criteria

A execução se baseia nos registros que você selecionou, e as etapas do script de teste são repetidas com base no número de registros selecionados antes da execução do teste. Já que apenas dois registros foram selecionados, as etapas dos scripts de teste serão repetidas duas vezes.

Neste exemplo, foram gerados resultados com 8 etapas: 4 (número de etapas no script de teste) * 2 (registros filtrados pelos critérios de seleção definidos no nível do caso de teste).

A mesma funcionalidade também está disponível a partir do Execution Console durante a execução dos testes. Veja a Figura 16:

Figura 16. Resultado de execução contendo 8 etapas

Conclusão

Este artigo descreve como usar e reutilizar scripts e dados de teste de forma efetiva. Se você usa um grande número de dados de teste, é possívelorganizá-los em categorias, contribuindo para acelerar a procura. Se você tem os mesmos tipos de registros disponíveis em dados de teste diferentes, combine-os em um único conjunto de dados de teste principais. Empregue critérios de seleção de registros para usar dados principais em diversos scripts e casos de teste. Por fim, os registros selecionados antes da execução têm precedência sobre os critérios de seleção de registros definidos no nível do caso ou script de teste. Os critérios de seleção de registros definidos no nível do caso de teste têm precedência sobre os critérios de seleção de registros definidos no nível do script de teste.


Download

DescriçãoNomeTamanho
Sample csv fileCard_Details.zip1KB

Recursos

Aprender

Obter produtos e tecnologias

Discutir

Comentários

developerWorks: Conecte-se

Los campos obligatorios están marcados con un asterisco (*).


Precisa de um ID IBM?
Esqueceu seu ID IBM?


Esqueceu sua senha?
Alterar sua senha

Ao clicar em Enviar, você concorda com os termos e condições do developerWorks.

 


A primeira vez que você entrar no developerWorks, um perfil é criado para você. Informações no seu perfil (seu nome, país / região, e nome da empresa) é apresentado ao público e vai acompanhar qualquer conteúdo que você postar, a menos que você opte por esconder o nome da empresa. Você pode atualizar sua conta IBM a qualquer momento.

Todas as informações enviadas são seguras.

Elija su nombre para mostrar



Ao se conectar ao developerWorks pela primeira vez, é criado um perfil para você e é necessário selecionar um nome de exibição. O nome de exibição acompanhará o conteúdo que você postar no developerWorks.

Escolha um nome de exibição de 3 - 31 caracteres. Seu nome de exibição deve ser exclusivo na comunidade do developerWorks e não deve ser o seu endereço de email por motivo de privacidade.

Los campos obligatorios están marcados con un asterisco (*).

(Escolha um nome de exibição de 3 - 31 caracteres.)

Ao clicar em Enviar, você concorda com os termos e condições do developerWorks.

 


Todas as informações enviadas são seguras.


static.content.url=http://www.ibm.com/developerworks/js/artrating/
SITE_ID=80
Zone=Rational
ArticleID=951263
ArticleTitle=Gerencie Dados de Teste Mais Efetivamente com o Rational Quality Manager 4.0.1
publish-date=11012013