Desenvolva builds de softwares com o Jazz Team Build

Um guia para o uso do recurso Jazz Team Build no Rational Team Concert

Veena H. Balakrishnaiah apresenta uma visão geral de como configurar o controle de fonte e os componentes Jazz Team Build do Rational Team Concert para definir e gerenciar o seu desenvolvimento. Os Jazz Builds competem com arquivos que vêm de uma área de trabalho do repositório designada para os desenvolvimentos e incluem rastreabilidade entre os conjuntos de mudanças e item de trabalho. Os Jazz Team Builds fornecem suporte para a automação, monitoramento e conhecimento dos desenvolvimentos regulares de uma equipe.

Veena H. Balakrishnaiah, Build and Release Engineer, Os compiladores IBM

author photoVeena H. Balakrishnaiah faz parte da equipe Operations Software Engineering Service no IBM Software Labs, na Índia, onde ela trabalha em vários builds de produtos. Veena possui título de mestre em Sistemas de Software. Tem experiência em SCM e ferramentas de automação, inclusive o IBM Rational ClearCase, IBM Configuration Management Version Control (CMVC), Rational Team Concert e Rational Build Forge.



16/Ago/2012

Introdução

Este artigo explica o recurso Team Build da plataforma tecnológica Jazz™ , que fornece suporte para automação, monitoramento e conhecimento dos desenvolvimentos regulares de uma equipe. O Jazz Team Build fornece um modelo para representar as definições de desenvolvimento da equipe e os mecanismos e resultados de desenvolvimento. Embora o kit de ferramentas de desenvolvimento seja mais adequado para desenvolvimentos de Apache Ant, é possível usar qualquer tecnologia de script que possa chamar o Ant. Por exemplo, uma equipe pode usar Perl, arquivos em lote do DOS ou Make para desenvolver scripts de construção que interagem com o Jazz Team Build.

A equipe geralmente tem um sistema de desenvolvimento que operam a partir de uma máquina de desenvolvimento dedicada. Todos os itens relacionados ao desenvolvimento pertencem a uma área de projeto. As operações relacionadas ao desenvolvimento são regidas pelo processo do projeto.


Configure os componentes do Rational Team Concert

Esta seção explica como configurar o controle de fonte e os componentes de Builds do IBM® Rational Team Concert™. Os Jazz Builds podem incluir rastreabilidade entre os conjuntos de mudanças e itens de trabalho. Normalmente, executa-se um desenvolvimento com relação a arquivos provenientes de uma área de trabalho do repositório de desenvolvimento designado que tem fluxos recebidos procedentes do fluxo de desenvolvimento principal da equipe.

Antes de executar o desenvolvimento, todas as mudanças mais recentes são aceitas a partir do fluxo da equipe e uma captura instantânea reprodutível dos arquivos é criada. Os conjuntos de mudanças e itens de trabalho incluídos no desenvolvimento são registrados para visualização.

Pré-requisitos

Este artigo se baseia nestas suposições:

  • O servidor do Rational Team Concert 3.0.1.3 já está configurado e você tem acesso ao servidor por meio do cliente do Rational Team Concert Eclipse.
  • O código fonte necessário para o desenvolvimento está presente no controle de fonte da área do projeto do Rational Team Concert
  • O Build System Toolkit foi instalado usando o IBM Installation Manager.

Trabalhando com a área de trabalho do repositório

  1. Ative o cliente do Rational Team Concert Eclipse.
  2. Efetue login e conecte-se ao repositório existente, com base no convite de sua equipe.
  3. Conecte-se às áreas de projeto já existentes ou crie uma nova área de projeto usando o modelo Scrum.
  4. Crie uma nova área de trabalho do repositório a partir do fluxo necessário do componente de controle de fonte, que atua como uma cópia local ou área de trabalho de desenvolvimento onde é possível alterar os arquivos de repositório:
    1. A partir do fluxo necessário, clique com o botão direto e selecione New.
    2. Escolha Repository Workspace no próximo menu, como mostra a Figura 1.
    3. Insira um nome adequado no campo Repository Workspace Name e clique em Next (Figura 2).
    4. Nas próximas janelas de diálogo, deixe as seleções padrão.

Observação:
Se você não for o administrador e não puder criar a área do projeto, envie uma solicitação para o administrador do projeto do Rational Team Concert para criar uma área de projeto com o modelo Scrum padrão.

Figura 1. Menus de Source Control
Menus de Source Control
Figura 2. Crie uma nova área de trabalho do repositório
Crie uma nova área de trabalho do repositório
  1. Selecione os componentes a serem incluídos no My Repository Workspace. Se você quer que todos os componentes sejam incluídos, escolha a opção Select All ou selecione os componentes um por um, com base no requisito, e clique em Finish (consulte a Figura 3).
Figura 3. Selecione os componentes a serem incluídos na nova área de trabalho do repositório
Selecione os componentes a serem incluídos na nova área de trabalho do repositório
  1. A partir da lista de opções na janela Load Repository Workspace, selecione uma opção para carregar os componentes selecionados na etapa anterior e clique em Next, conforme o mostrado na Figura 4.

Observação:
se você escolhe "Load the root folders of the components as projects" (Figura 4), a pasta raiz é o nome do componente no controle de fonte do Rational Team Concert. Cabe a você selecionar as outras opções de carregamento, com base na definição das pastas do projeto.

  1. Depois de escolher uma das opções de carregamento, você terá que selecionar quais pastas de cada componente devem ser carregadas na área de trabalho do Eclipse, como se mostra na visualização Load Repository Workspace na Figura 5.
Figura 4. Carregue todos os projetos dentro dos componentes
Carregue todos os projetos dentro dos componentes
Figura 5. Pastas a serem carregadas na área de trabalho do Eclipse
Pastas a serem carregadas na área de trabalho do Eclipse
  1. Para ver o componente que está carregado, navegue para a parte inferior direita da janela do cliente do Eclipse. Clique com o botão direito no nome do componente, selecione Show e escolha Repository Files para ver todos os arquivos e pastas nesse componente.
Figura 6. Componente de repositório expandido para listar arquivos de repositório
Componente de repositório expandido para listar arquivos de repositório
  1. Expanda as pastas para ver o arquivo desejado. Clique com o botão direito no arquivo e clique em Open Local file para abri-lo no modo de edição. Se você só quer visualizar o arquivo, clique duas vezes no nome deles.
Figura 7. Abra o arquivo do repositório local para fazer mudanças
Abra o arquivo do repositório local para fazer mudanças
  1. Faça as mudanças necessárias no código do arquivo, salve e feche-o.
  2. Clique na guia Pending Changes e expanda a pasta.
  3. Clique com o botão direito no arquivo modificado e, em seguida, selecione Check-in and Deliver para integrar as mudanças ao fluxo principal do controle de fonte do Rational Team Concert. Inclua um comentário, conforme a necessidade, na seção correspondente.
Figura 8. Opção Check-in and Deliver no menu Pending Changes
Opção Check-in and Deliver no menu Pending Changes
  1. Para a entrega das mudanças, o arquivo deve estar associado a um item de trabalho do Rational Team Concert. Se um item de trabalho já estiver sido criado, escolha a opção Select an existing work item ; do contrário, selecione Create a work item para poder associar as mudanças que você fez, como mostra a Figura 9.
Figura 9. Associando mudanças a um item de trabalho
Associando mudanças a um item de trabalho
  1. Durante a criação de um item de trabalho, preencha todos os campos obrigatórios, inclusive Summary e Filed Against e, a seguir, clique em Finish, como mostra a Figura 10.
Figura 10. Janela de diálogo New Work Item
Janela de diálogo New Work Item

As mudanças serão refletidas no fluxo de integração principal do controle de fonte da área do projeto conectada, e serão associadas ao item de trabalho que você criou.

Usando o componente Rational Team Concert Builds

  1. Para desenvolver um novo mecanismo de construção, expanda Builds, clique com o botão direito do mouse em Build Engines e selecione NewBuild Engine.
  2. Na janela de diálogo New Build Engine (Figura 11), insira o ID, que será o nome do mecanismo de desenvolvimento. Em "Available build engine types", selecione Jazz Build Engine e, a seguir, clique em Finish.
Figura 11. Tipos disponíveis de mecanismos de desenvolvimento
Tipos disponíveis de mecanismos de desenvolvimento
  1. Depois de salvar a configuração do mecanismo de desenvolvimento, já que o Jazz Build Engine não está executando, você verá este aviso: The build engine process may not be running.
    1. Execute o Jazz Build Engine (JBE) a partir da linha de comando no diretório de instalação do Build System Toolkit (as palavras em itálico variam de acordo com o ambiente):

      Clique aqui para ver lista de códigos

      Usage: jbe -vm "location of Java developer kit" 
      –repositoryrepository URL-userIdbuild username-passbuild user password-engineIdBuildEngine_Identifier
    2. Para criar um arquivo de senha criptografada, na linha de comando, digite (pass.txt pode ser qualquer nome do arquivo):
      jbe -createPasswordFile pass.txt
    3. Quando for solicitado, digite a senha. A senha é criptografada e armazenada em um arquivo pass.txt localizado no diretório de instalação do Build System Toolkit.

      Clique aqui para ver lista de códigos

      Usage: jbe -vm "location of Java developer kit" 
      –repositoryrepository URL-userIdbuild username-passwordFilebuild user password file -engineId BuildEngine_Identifier

Observação:
local do Developer Kit Java é o caminho da pasta jdk incluída no download do cliente do Rational Team Concert Eclipse.

Figura 12. Execute o Jazz Build Engine a partir da linha de comando com o arquivo de senha criptografada
Execute o Jazz Build Engine a partir da linha de comando com o arquivo de senha criptografada

Observação:
Após a criação do mecanismo de desenvolvimento, ele é exibido em Builds, na visualização Build Engine da área do projeto.

  1. Para criar a nova definição de desenvolvimento, clique com o botão direito em Builds e selecione New Build Definition.
  2. Na janela New Build Definition, escolha os modelos de desenvolvimento disponíveis a partir da lista baseada na ferramenta de desenvolvimento usada nos desenvolvimentos, como mostra a Figura 13.
    • Se estiver usando o Ant como ferramenta de desenvolvimento, o modelo de desenvolvimento será Ant-Jazz Build Engine.
    • Se estiver usando qualquer outra ferramenta ou linguagem de script, escolha Command Line-Jazz Build Engine, para poder executar comandos ou scripts para executar um desenvolvimento.
Figura 13. Criando uma definição de desenvolvimento com a linha de comando - Jazz Build Engine
Criando uma definição de desenvolvimento com a linha de comando - Jazz Build Engine
  1. Nessa etapa, você terá que personalizar a definição do desenvolvimento com base na opção escolhida na Etapa 5. Selecione Jazz Source Control , se houver necessidade de customização, e clique em Finish.
  2. Insira os respectivos detalhes na janela de diálogo Build Definition:
    1. Sob a guia Overview, selecione o mecanismo de desenvolvimento que é criado clicando no botão Edit . Se você quiser criar um novo mecanismo de desenvolvimento, clique no botão Create .
    2. Sob a guia Schedule, defina o tempo planejado com base na definição de desenvolvimento que será executada.
    3. Sob a guia Properties (Figura 14), inclua o nome e os valores da propriedade conforme o exigido pelos scripts de desenvolvimento.
Figura 14. Guia Properties da janela de diálogo Build Definition
Guia Properties da janela de diálogo Build Definition
  1. Ainda na janela Build Definition, se você tiver escolhido o Jazz Source Control, conforme o mencionado na Etapa 6, preencha os campos Workspace e Load Directory, como mostra a Figura 15:
    1. Para a área de trabalho de desenvolvimento, clique em Select e escolha a área de trabalho ou fluxo a partir do menu suspenso.
    2. No campo Load Directory, mencione o diretório absoluto onde a cópia local do fluxo foi carregada.
      • Escolha Delete directory before loading se a pasta já existir e precisar ser excluída antes do carregamento.
      • Escolha Create folders for components se houver necessidade de criar uma pasta para cada componente — para resolver o conflito que ocorre quando os nomes de pasta de dois componentes ou mais são iguais.
    3. Sob a seção Accept Options, para aceitar as mudanças automaticamente antes de carregar, clique nas duas caixas de seleção listadas.

Observação:
Se quiser criar desenvolvimentos em uma captura instantânea em vez de trabalhar no fluxo principal, crie uma captura instantânea do fluxo:

  • Clique com o botão direito no fluxo, selecione New e escolha Snapshot.
  • Posteriormente, na guia Jazz Source Control, selecione a captura instantânea que você criou, e não o fluxo.
Figura 15. Guia Jazz Source Control da visualização Build Definition
Guia Jazz Source Control da visualização Build Definition
  1. Na guia Command Line da janela Build Definition mostrada na Figura 16:
    1. Insira o script, arquivo ou comando de desenvolvimento no campo Command. Esse script ou comando será chamado quando os usuários solicitarem um desenvolvimento.
    2. No campo Arguments, insira os argumentos de linha de comando, se houver.
    3. No campo Working directory, insira o diretório ativo a ser usado pelo comando chamado.
    4. Se o build estiver usando um arquivo de propriedades externo, mencione-o no campo Properties file.

Observação:
No campo Command, é possível especificar diretamente o arquivo Ant (build.xml) ou qualquer script que chame o Ant.

Figura 16. Guia Command Line de Build Definition
Guia Command Line de Build Definition
  1. Depois de inserir todas as informações nas guias de Build Definition, salve a definição.
  2. Para solicitar um build, clique com o botão direito na definição de build criada e selecione Request Build no menu suspenso.
  3. Na janela Request Build, busque o mecanismo de desenvolvimento criado sob as opções de Build. Mencione as propriedades de desenvolvimento (se houver) em Build Properties e clique em Submit.
Figura 17. Solicite um desenvolvimento com o mecanismo de desenvolvimento disponível
Solicite um desenvolvimento com o mecanismo de desenvolvimento disponível

Observação:
Para que o desenvolvimento seja iniciado, certifique-se de que o Jazz Build Engine (JBE) esteja executando com o mesmo nome de usuário que o do proprietário da área de trabalho.

  1. O desenvolvimento inicia com o carregamento dos arquivos de origem para a máquina de desenvolvimento local e, em seguida, executa o comando de desenvolvimento.
  2. Após a conclusão do desenvolvimento, a tela exibe detalhes juntamente com o arquivo de log (Figura 18).

Dica:
se houver necessidade de criar um item de trabalho, é possível fazer isso clicando em Create Work item ou Associate on existing work item.

Figura 18. Resumo do Rational Team Concert do status do build
Resumo do Rational Team Concert do status do build

Recursos

Aprender

Obter produtos e tecnologias

  • Faça o download do Rational Team Concert a partir do Jazz.net e teste-o gratuitamente em até 10 projetos pelo tempo que desejar (requer registro). Se preferir, tente fazer isso na Sandbox, sem instalá-lo no seu sistema.
  • Faça uma avaliação do software IBM da forma que melhor lhe convier: faça o download da versão de avaliação, experimente-a on-line, use-a em um ambiente de nuvem ou passe algumas horas no no Ambiente de Simulação da SOA para saber como implementar arquitetura orientada a serviço de maneira eficiente.

Discutir

Comentários

developerWorks: Conecte-se

Los campos obligatorios están marcados con un asterisco (*).


Precisa de um ID IBM?
Esqueceu seu ID IBM?


Esqueceu sua senha?
Alterar sua senha

Ao clicar em Enviar, você concorda com os termos e condições do developerWorks.

 


A primeira vez que você entrar no developerWorks, um perfil é criado para você. Informações no seu perfil (seu nome, país / região, e nome da empresa) é apresentado ao público e vai acompanhar qualquer conteúdo que você postar, a menos que você opte por esconder o nome da empresa. Você pode atualizar sua conta IBM a qualquer momento.

Todas as informações enviadas são seguras.

Elija su nombre para mostrar



Ao se conectar ao developerWorks pela primeira vez, é criado um perfil para você e é necessário selecionar um nome de exibição. O nome de exibição acompanhará o conteúdo que você postar no developerWorks.

Escolha um nome de exibição de 3 - 31 caracteres. Seu nome de exibição deve ser exclusivo na comunidade do developerWorks e não deve ser o seu endereço de email por motivo de privacidade.

Los campos obligatorios están marcados con un asterisco (*).

(Escolha um nome de exibição de 3 - 31 caracteres.)

Ao clicar em Enviar, você concorda com os termos e condições do developerWorks.

 


Todas as informações enviadas são seguras.


static.content.url=http://www.ibm.com/developerworks/js/artrating/
SITE_ID=80
Zone=Rational
ArticleID=830596
ArticleTitle=Desenvolva builds de softwares com o Jazz Team Build
publish-date=08162012