Integrar o IBM WebSphere Cast Iron Web API Services com o

Integrando com a API Graph do Facebook

Este artigo mostra aos desenvolvedores como integrar o IBM® WebSphere® Cast Iron® Live Web API Services com o Facebook, de modo que você possa criar, socializar e gerenciar de maneira rápida e fácil APIs da web atraentes para o Facebook. Neste artigo, aprenda a definir uma API, personalizar páginas do desenvolvedor para ela, registrar um aplicativo e testar a sua API.

Vineet Gupta, Certified IT Specialist, IBM

author photo - vineet gupta 3Vineet Gupta é Certified IT Specialist capacitado em produtos de middleware da IBM. Ele trabalha no IBM Lab Services para WebSphere nos Laboratórios de software da Índia, em Gurgaon. Ele tem oito anos de experiência no desenvolvimento de soluções para vários clientes de diversos domínios, incluindo Distribuição, Telecomunicações, Saúde e Gerenciamento de conteúdo. Ele também é o autor de um Support Pac sobre padrões de exceção Corporativos (MQ Support Pac ID08). Ele é mestre em aplicativos de computador pela Universidade Guru Jambheshwar, Hisar.



30/Ago/2013

Introdução

Avalie o Cast Iron Live Web API Services

Inscreva-se para uma avaliação gratuita de 90 dias hospedada na nuvem do Cast Iron Live Web API Services.

As APIs da web são a persona externa da sua empresa, permitindo conectar-se facilmente com parceiros e que outras empresas desenvolvam negócios com base no seu. O IBM WebSphere Cast Iron Web API Services fornece um conjunto completo de capacidades de API da web que ajudam você a atrair parceiros e desenvolvedores de aplicativos inovadores, tanto interna quanto externamente:

  • As APIs da web permitem a rápida criação de novas APIs a partir de ativos de negócio ou serviços na nuvem existentes por meio de configuração.
  • O Cast Iron Web API Services fornece capacidades para montagem de API, proteção e escala de APIs da web, analítica para operações de negócio e um portal do desenvolvedor para socializar as APIs.

Este artigo fornece orientação passo a passo sobre como integrar o Cast Iron Live Web API Services com o Facebook. O processo consiste nas seguintes tarefas:

  1. Criar um proxy simples que, por sua vez, chamará a API Graph do Facebook.
  2. Retornar o feed do Facebook como uma resposta JavaScript Object Notation (JSON).
  3. Mostrar os feeds do Twitter e do Facebook em páginas do desenvolvedor.

Pré-requisitos

Este artigo é feito para desenvolvedores de API e mostra como desenvolver uma API no Cast Iron Web API Live Instance. Conhecimento anterior das seguintes habilidades tornará os exemplos mais fáceis de entender:

  • Conceitos fundamentais de JSON e XML
  • Conceitos fundamentais de Representational State Transfer (REST)
  • Criação de um ID de login de administração da Cast Iron Web API
  • Uso da API Graph do Facebook

Para implementar o exemplo neste artigo, é necessário:

  • Uma estação de trabalho com navegador da Internet padrão
  • Um ID e credenciais administrativos válidos do Cast Iron Web API
  • Uma conexão com a Internet
  • Uma conta do Facebook
  • Um ID de página do Facebook
  • Uma conta de email com a qual registrar um aplicativo

A Graph API do Facebook

O centro do Facebook é seu gráfico social de pessoas e as conexões que elas têm com tudo com que se importam. A API Graph apresenta uma visualização simples e consistente desse gráfico social representando os objetos no gráfico e as conexões entre eles. Cada objeto no gráfico social tem um ID único.

A API Graph usa esse ID único para acessar as propriedades e as conexões (relações) do objeto. Todas as respostas são objetos JSON, como mostra a Listagem 1.

Listagem 1. Respostas JSON da API Graph
{
   "name": "Facebook Platform",
   "website": "http://developers.facebook.com",
   "username": "platform",
   "founded": "May 2007",
   "company_overview": "Facebook Platform enables anyone to build...",
   "mission": "To make the web more open and social.",
   "products": "Facebook Application Programming Interface (API)...",
   "likes": 449921,
   "id": 19292868552,
   "category": "Technology"
}

A API Graph permite fácil acesso a perfis públicos de objetos, mas, para informações adicionais, é preciso obter uma permissão do usuário. A API Graph usa OAuth 2.0 de software livre para autorização. Os usuários também podem autorizá-lo a realizar algumas tarefas no Facebook, como acessar amigos e opções curtir de amigos. Quando um usuário autoriza um aplicativo, esse aplicativo obtém um access_token para ver seu feed, compartilhamentos de publicações, e assim por diante. Esse token de acesso deve acompanhar todas as solicitações para a API Graph do Facebook para acessar o perfil do usuário e outras informações.


Autenticação para acessar o perfil de objeto do Facebook

A primeira etapa na integração com a API Graph do Facebook é usar autenticação para acessar o perfil de objeto do Facebook. Este artigo usa o aplicativo móvel JKHLE, que se autenticará com o Facebook usando a URL OAuth 2.0:

https://graph.facebook.com/oauth/access_token?
   grant_type=client_credentials&client_id=[mobile/facebook app 
   id]&client_secret=[mobile/facebook app secret key]

Como uma resposta a essa URL, o aplicativo móvel recebe um token de acesso que pode usar para obter o perfil de objeto (no nosso caso, o desenvolvedor Cast Iron). O aplicativo móvel usa esse token de acesso para enviar solicitações GET para recuperar o feed para o usuário (o desenvolvedor do Cast Iron).


Definir um proxy simples para obter o feed de um usuário

Para criar e definir um proxy para acessar o feed de um usuário, conclua as seguintes etapas:

  1. Faça login em https://webapi.castiron.com/webapibuilder usando suas credenciais administrativas recebidas por email ao registrar-se (veja a Figura 1).
    Figura 1. Conectar-se ao Cast Iron Web API Services
    Conectar-se ao Cast Iron Web API Services
  2. Crie uma API clicando no link Create na página Getting Started with Web API ou clicando em APIs na barra de título. A Figura 2 mostra as duas opções.
    Figura 2. Criando uma API
    Criando uma API
  3. Na página Define APIs and Resources , preencha os seguintes campos e depois clique em Create para criar sua definição de API (veja a Figura 3):
    • Em API name, digite Facebook.
    • Em context, digite Facebook.
    • Em API description, digite Para conectar-se ao Facebook para desenvolvedor do Cast Iron.
    Figura 3. Definindo sua API
    Definindo sua API

Definir os recursos da API

A próxima etapa é definir os recursos da sua API. Para criar e configurar um recurso, abra a API Baggage no modo Edit. É possível editar a API Baggage de duas maneiras: clicando no ícone Pencil ou clicando no Facebook em si. Consulte Figura 4.

Figura 4. Definindo recursos para a sua API
Definindo recursos para a sua API

Na guia Resource Definition , defina os recursos com os valores adequados. Use os seguintes valores para definir um recurso de status para a API Baggage:

  • No campo Resource name , digite Feed?access_token=myaccesstoken.
  • No campo Description , digite To get Feed of Cast Iron Developer.

Em seguida, clique em Add para definir o recurso. Consulte a Figura 5.

Figura 5. Adicionando recursos de status para a sua API
Adicionando recursos de status para a sua API

Configurar o terminal

Agora que o recurso Feed foi definido, é preciso configurar o terminal, a resposta esperada e outros parâmetros. É possível fazer isso clicando no ícone Pencil na frente do recurso ou no nome do recurso (Feed, nesse caso).

Na próxima página, você definirá todos os detalhes relacionados a recursos, incluindo parâmetros, cabeçalhos de solicitação, cabeçalhos de resposta, o corpo da solicitação e o corpo da resposta.

Observação: lembre-se de definir a interface nova e seletiva com base no recurso de backend existente no campo Response Body .

Para este artigo, todas as solicitações vindas para este recurso serão encaminhadas para a URL da API Graph (https://graph.facebook.com/castirondev/feed). Como resultado, defina seus recursos como mostra a Figura 6.

Figura 6. Definir seu recurso
Definir seu recurso

Ao salvar a API, um proxy será definido para conectar-se ao Facebook.

Ativar sua API

Para ativar sua API, defina uma titularidade com os seguintes valores:

  • No campo Name the Entitlement , digite Basic.
  • No campo Describe the Access Level , digite This is Basic entitlement.
  • No campo Calls / Minute , digite 10.
  • Marque a caixa de seleção Requires Approval .

    Marcar essa caixa permite acesso pelo ID sozinho; nenhuma chave secreta é necessária.

Consulte a Figura 7.

Figura 7. Definir uma titularidade
Definir uma titularidade

Observação: Se você não definir uma titularidade, seu recurso não será ativado.

Agora, clique na guia Resource Definition . Em seguida, clique em Activate com relação ao recurso, como mostra a Figura 8.

Figura 8. Ativar seu recurso
Ativar seu recurso

Agora a sua API foi ativada com sucesso.


Personalizar suas páginas do desenvolvedor

As páginas do desenvolvedor fornecem uma maneira de socializar as APIs para clientes, parceiros e desenvolvedores e obter adoção. Nessas páginas, é possível configurar o feed do Facebook e os IDs do Twitter para o seu portal do Desenvolvedor. É possível acessar as páginas do Desenvolvedor clicando na página Socialize em Getting Started with Web API ou escolhendo Customize Developer Pages na lista abaixo do seu nome de usuário (veja a Figura 9).

Figura 9. Acessando as páginas do Desenvolvedor
Acessando as páginas do Desenvolvedor

Para este artigo, é possível usar quaisquer ícones que desejar como logotipos para as páginas do Desenvolvedor. Porém, é preciso definir as propriedades mostradas na Figura 10.

Figura 10. Definindo as propriedades para as suas páginas do Desenvolvedor
Definindo as propriedades para as suas páginas do Desenvolvedor

Observação sobre o portal do Desenvolvedor

Observe que o feed do mural do Facebook do IBM Software Services India é mostrado na página inicial das páginas do Desenvolvedor. Registre-se nessa página clicando em Sign Up para obter acesso à API Developer e registrar aplicativos.

Como explicado anteriormente, os usuários podem obter o feed das páginas do Facebook como RSS ou atom10 usando um ID. Para este artigo, configurei o feed do Facebook do IBM Software Services no formato atom10 como o feed RSS que aparece na página inicial do portal do Desenvolvedor usando a seguinte URL:

http://www.facebook.com/feeds/page.php?format=atom10&id=112906215424363

Um clique de Publish e o portal do Desenvolvedor é publicado, como mostra a Figura 11.

Figura 11. Seu portal do Desenvolvedor concluído
Seu portal do Desenvolvedor concluído

Registrar um aplicativo para testar a API

Use suas credenciais para efetuar login no portal do Desenvolvedor. Se o seu login for bem-sucedido, você verá a página Getting Started das suas APIs, mostrada na Figura 12.

Figura 12. A página Getting Started para a nova API
A página Getting Started para a nova API

Clique em Register Apps para navegar para a página Register an Application . Registre um aplicativo usando os seguintes valores (veja a Figura 13):

  • No campo Name , digite Baggage Tracker.
  • No campo Description , digite Baggage Application.
  • No campo URL , digite http://www.mybaggagetracker.com.
Figura 13. Registrando um aplicativo para sua nova API
Registrando um aplicativo para sua nova API

Clique em Add. A janela de registro mostrada na Figura 14 aparece.

Figura 14. Registrando o novo aplicativo
Registrando o novo aplicativo

Observação: Certifique-se de lembrar do ID e da chave secreta do aplicativo de modo que possa chamar sua API dos aplicativos.

Clique em Register. Como a Figura 15 mostra, o aplicativo será registrado com o Cast Iron Web API Live Instance.

Figura 15. Seu aplicativo recém-registrado
Seu aplicativo recém-registrado

Se desejar que seu aplicativo seja apresentado no aplicativo do portal do Desenvolvedor, arque a caixa de seleção Allow this app to be featured .


Testando a API de Feed

Neste ponto, você definiu uma API, personalizou as páginas do Desenvolvedor para ela e registrou um aplicativo. Agora está pronto para testar a API.

Para testar a sua nova API, abra qualquer navegador e insira a seguinte URL:

https://guptavineet.web.castiron.com/Facebook/Feed?
   access_token=[accesstoken]&appId=[application Id]

Você obterá o feed do Facebook como JSON, como mostra a Figura 16.

Figura 16. Seu novo feed do Facebook
Seu novo feed do Facebook

Conclusão

Agora você sabe como desenvolver APIs que se conectam ao Facebook. Tente criar uma API de método POST como um proxy para https://graph.facebook.com/castirondev/feed com os parâmetros access_token e message to post updates on the Facebook wall. Boa sorte!

Recursos

Aprender

Obter produtos e tecnologias

Discutir

Comentários

developerWorks: Conecte-se

Los campos obligatorios están marcados con un asterisco (*).


Precisa de um ID IBM?
Esqueceu seu ID IBM?


Esqueceu sua senha?
Alterar sua senha

Ao clicar em Enviar, você concorda com os termos e condições do developerWorks.

 


A primeira vez que você entrar no developerWorks, um perfil é criado para você. Informações no seu perfil (seu nome, país / região, e nome da empresa) é apresentado ao público e vai acompanhar qualquer conteúdo que você postar, a menos que você opte por esconder o nome da empresa. Você pode atualizar sua conta IBM a qualquer momento.

Todas as informações enviadas são seguras.

Elija su nombre para mostrar



Ao se conectar ao developerWorks pela primeira vez, é criado um perfil para você e é necessário selecionar um nome de exibição. O nome de exibição acompanhará o conteúdo que você postar no developerWorks.

Escolha um nome de exibição de 3 - 31 caracteres. Seu nome de exibição deve ser exclusivo na comunidade do developerWorks e não deve ser o seu endereço de email por motivo de privacidade.

Los campos obligatorios están marcados con un asterisco (*).

(Escolha um nome de exibição de 3 - 31 caracteres.)

Ao clicar em Enviar, você concorda com os termos e condições do developerWorks.

 


Todas as informações enviadas são seguras.


static.content.url=http://www.ibm.com/developerworks/js/artrating/
SITE_ID=80
Zone=Desenvolvimento móvel, Cloud computing, WebSphere
ArticleID=942488
ArticleTitle=Integrar o IBM WebSphere Cast Iron Web API Services com o
publish-date=08302013