Instalar e Configurar o WebSphere Application Server nos Sistemas UNIX e Linux

UNIX e Linux são as plataformas perfeitas para o WebSphere

Aprenda como os servidores de aplicativos são utilizados em ambientes corporativos modernos e como instalar o IBM® WebSphere® Application Server em sistemas UNIX® e Linux® para fornecer o alicerce de um ambiente da Web corporativo robusto e bem-suportado. Este tutorial também explica como integrar o WebSphere Application Server nos processos de inicialização e encerramento em seus servidores UNIX e Linux, além de fornecer links para muitos outros recursos que o ajudarão a estar ativo e em execução rapidamente com o WebSphere Application Server.

William von Hagen, Administrador de Sistemas UNIX, WordSmiths

William von Hagen tem atuado como administrador de sistemas UNIX por mais de 20 anos e é representante do Linux desde 1993. Bill é autor e co-autor de livros sobre assuntos como Ubuntu Linux, Virtualização Xen, o GNU Compiler Collection (GCC), SuSE Linux, Mac OS X, sistemas de arquivos Linux e SGML. Ele também escreveu vários artigos para publicações e Web sites Linux e Mac OS X. Você pode entrar em contato com Bill pelo endereço wvh@vonhagen.org.



22/Dez/2008

Antes de Iniciar

Aprenda o que esperar deste tutorial e como obter o máximo dele.

Sobre este tutorial

Servidores de aplicativos são um componente central das arquiteturas da Web utilizadas na computação corporativa atualmente. Este tutorial inicia com uma discussão geral do middleware nas arquiteturas da Web atuais, com foco na família de produtos WebSphere da IBM e nas diferentes maneiras pelas quais um WebSphere Application Server pode ser implementado. O restante do tutorial fornece informações detalhadas sobre como instalar e configurar o WebSphere Application Server, integrá-lo ao processo de inicialização do seu sistema e integrá-lo à infraestrutura de computação corporativa de sua empresa. Após concluir este tutorial, você entenderá como instalar, configurar e implementar o WebSphere Application Server e seu relacionamento com outros aplicativos e servidores em um ambiente de computação baseado na Web.

Objetivos

Este tutorial fornece:

  • Uma revisão das arquiteturas da Web comuns e da função dos servidores de aplicativos e middleware nas arquiteturas da Web corporativas atuais.
  • Um entendimento básico do WebSphere Application Server.
  • Uma visão geral e uma comparação dos mecanismos comuns de instalação e implementação do WebSphere.
  • Instruções para a instalação do WebSphere Application Server em distribuições UNIX e Linux.
  • Uma visão geral básica da configuração inicial do WebSphere Application Server.
  • Detalhes sobre como integrar o WebSphere Application Server nos processos de inicialização e encerramento do sistema e como iniciar e parar o servidor manualmente.

Pré-requisitos

Este tutorial é escrito para administradores de sistemas de nível iniciante a intermediário que podem nunca ter instalado ou configurado um servidor de aplicativos da Web e que podem não estar familiarizados com arquiteturas de servidor da Web modernas. Para concluir os exemplos neste tutorial, você deve ter uma familiaridade geral com shells de linha de comando UNIX e editores de texto.

Requisitos do sistema

Para executar os exemplos neste tutorial, você precisa de privilégios administrativos (root) em um sistema UNIX ou Linux no qual nenhum servidor de aplicativos está instalado atualmente. O sistema deve ter um mínimo de 1 GB de RAM.

Ao instalar o WebSphere Application Server, pelo menos 3.1 GB de espaço em disco devem estar disponíveis no sistema: Um mínimo de 1.3 GB devem estar permanentemente disponíveis no sistema de arquivos que contém o diretório /opt e mais 1.75 GB devem estar temporariamente disponíveis no sistema de arquivos a partir do qual você instala o WebSphere Application Server.

Se você estiver instalando o WebSphere Application Server em um sistema Linux, nem todas as distribuições Linux incluem uma versão do Java™ Runtime Environment (JRE) que é adequado para uso pelo instalador e determinadas funções do WebSphere Application Server. Em distribuições Linux não-suportadas, tais como o Ubuntu, você deve fazer download e instalar o IBM Java software development kit (SDK) e fazer algumas pequenas modificações em seu sistema antes de instalar o WebSphere Application Server. Consulte Configurando distribuições Linus não-suportados para obter instruções.

Se você escolher instalar o IBM Java SDK, pelo menos 450 MB de espaço em disco adicional devem estar disponíveis no sistema: Um mínimo de 175 MB devem estar permanentemente disponíveis no sistema de arquivos que contêm o diretório /opt e mais 275 MB devem estar temporariamente disponíveis no sistema de arquivos a partir do qual você instala o IBM Java SDK.


Servidores e Arquiteturas da Web

Os atuais ambientes da Web corporativos são muito mais sofisticados do que o modelo de entrega de conteúdo simples de alguns anos atrás. Tecnologias de software da Web em desenvolvimento e conectividade cada vez maior entre servidores da Web e outros recursos de dados continuam a revolucionar o que os usuários podem fazer a partir da Internet e os serviços que as empresas podem oferecer e utilizar pela Web.

Arquiteturas da Web e middleware modernos

As atuais arquiteturas da Web corporativas utilizam o que são conhecidas como arquiteturas n-tier que possibilitam que os servidores da Web se conectem a origens de dados além do conteúdo estático simples. Para acessar origens de dados remotas, estas arquiteturas da Web multicamada normalmente utilizam middleware, que é o termo para o software que se conecta a outros aplicativos ou serviços. O formato mais poderoso e flexível de middleware é um servidor de aplicativos da Web, tais como o IBM WebSphere Application Server, que hospeda as application program interfaces (APIs) requeridas pelos aplicativos da Web corporativos. Estes aplicativos da Web implementam a conectividade entre aplicativos e recursos (lógica de negócios) requerida pela implementação baseada na Web dos diversos processos de negócios.

Nas arquiteturas da Web multicamada, um servidor de aplicativos pode estar executando no mesmo sistema no qual um servidor da Web está executando ou em outro sistema. O servidor da Web atua como um intermediário entre clientes da Web e o servidor de aplicativos, assim como o servidor de aplicativos atua como um intermediário entre os requisitos de lógica de aplicativos e dados remotos.

Visão geral do IBM WebSphere Application Server

O IBM WebSphere Application Server é um servidor de aplicativos Java que é criado utilizando padrões abertos, tais como serviços da Web baseados em Java Platform, Enterprise Edition (Java EE), Extensible Markup Language (XML) e Hypertext Transfer Protocol (HTTP). O WebSphere Application Server normalmente é utilizado em conjunto com outros produtos IBM, tais como IBM HTTP Server, mas pode ser utilizado com a maioria dos outros servidores da Web, incluindo o Apache HTTP Server, padrão, Microsoft® Internet Information Services (IIS) e o Sun Java System Web Server. O IBM HTTP Server inclui um plug-in do WebSphere Application Server para simplificar a configuração e a administração do WebSphere.

O WebSphere Application Server fornece um ambiente robusto e escalável para aplicativos da Web corporativos. Sua arquitetura e as oportunidades de reutilização e integração fornecidas por outros produtos WebSphere minimizam os requisitos de memória de tempo de execução e fornecem uma infraestrutura segura e baseada em padrões para o desenvolvimento e a implementação de aplicativos baseados na Web. A ampla variedade de produtos complementares do WebSphere, estruturas de desenvolvimento suportados e seu suporte para novos padrões, tais como Service Component Architecture (SCA) satisfazem os requisitos dos atuais aplicativos corporativos ao mesmo tempo em que simplificam o desenvolvimento e a integração dos novos aplicativos que fornecerão as soluções do futuro. Consulte Recursos para obter um link para a página do WebSphere Application e de infraestrutura de transação, que fornece informações sobre muitos dos produtos complementares do WebSphere que estão disponíveis atualmente.

O IBM WebSphere Application Server e o IBM HTTP Server são suportados em muitas plataformas, incluindo Linux, IBM AIX®, HP-UX, IBM i (i5/OS, i6/OS, OS/400), IBM z/OS, Microsoft Windows® e Solaris. Consulte Plataformas suportadas Para obter informações mais detalhadas sobre requisitos de hardware e software.

Consulte Recursos para obter links para informações adicionais sobre servidores de aplicativos n-tier populares.

Plataformas suportadas

Este tutorial discute a instalação e a configuração do IBM WebSphere Application Server 7.0. Versão 7.0 está disponível para e é suportado nos seguintes sistemas operacionais e hardware associados:

  • AIX
  • HP-UX no IA64 e HP-UX PA-RISC
  • Linux (32 bits)
  • Linux para IBM i™, System p™ e System z™
  • Sun Solaris no SPARC e x86-64
  • Microsoft Windows 2000, Windows Server® 2003 e Microsoft Windows XP

O WebSphere Application Server é oficialmente suportado no Red Hat Enterprise Linux versões 4 e 5 e nas distribuições Linux SUSE Enterprise Server versões 9 e 10, mas você deve ter a capacidade de instalá-lo em qualquer distribuição Linux. A seção Configurando distribuições Linux não-suportadas fornece dicas para possibilitar que você instale e execute o WebSphere Application Server em distribuições Linux que não aquelas que são oficialmente suportadas.

Nota: Você pode executar as versões da arquitetura Intel de 32 bits® do WebSphere Application Server e o HTTP Server em um sistema UNIX de 64 bits desde que tenha instalado suas bibliotecas de compatibilidade de 32 bits do seu sistema UNIX em tal sistema. O nome deste pacote e o sistema de gerenciamento de pacotes utilizados para sua instalação são diferentes nos diversos sistemas UNIX. Em sistemas Linux, este é o pacote ia32-libs.

Implementando o WebSphere Application Server

O WebSphere Application Server normalmente é implementado de uma das duas maneiras básicas:

  • Como servidores de aplicativos independentes que suportam uma lógica de negócios específica e aplicativos relacionados em ambientes de servidor único.
  • Em um cenário de implementação de rede, onde clusters de servidores de aplicativos fornecem recursos avançados para ambientes de alto desempenho e alta disponibilidade. (Consulte Recursos para obter informações adicionais).

À medida que seus requisitos de negócios e sua infraestrutura de Tecnologia da Informação (TI) aumentam, uma instalação do WebSphere Application Server independente pode ser integrada nos clusters criados em um cenário de implementação de rede.

Este tutorial está focado na instalação de um servidor de aplicativos independente devido à natureza específica do site das implementações de rede.


Instalando o WebSphere Application Server

Graças ao seu instalador gráfico, a instalação do WebSphere Application Server é bastante simples.

Obtendo os arquivos de instalação

Se você desejar avaliar o WebSphere Application Server em um sistema UNIX específico, pode solicitar uma cópia para propósitos de avaliação da IBM. Entre em contato com um representante de vendas IBM para obter informações adicionais.

Uma versão de avaliação do WebSphere Application Server para sistemas Linux está disponível como um download ou no Linux Software Evaluation Kit (SEK), um conjunto com quatro DVDs contendo produtos de avaliação do IBM WebSphere, IBM Information Management®, Lotus®, Rational® e Tivoli® que possibilita que você instale e configure o middleware IBM e inicie a criação e a implementação de aplicativos. O software nestes DVDs é totalmente funcional e pode ser utilizado por 60 dias para propósitos de avaliação. O suporte ao produto para este período de avaliação está disponível.

Este tutorial está focado na instalação do WebSphere Application Server a partir de um arquivo transferido por download. Se você estiver instalando o WebSphere Application Server a partir dos DVDs do Linux SEK, o arquivo archive contendo os arquivos instaláveis para o WebSphere Application Server está localizado no DVD nº 3 do conjunto. As instruções para extrair os conteúdos do arquivo archive em seu DVD são as mesmas que aquelas para a extração de arquivos instaláveis a partir de um arquivo transferido por download.

Configurando distribuições Linux não-suportadas

A seção Plataformas suportadas deste tutorial inclui uma lista de plataformas UNIX e Linux nas quais o WebSphere Application Server é oficialmente suportado. Como produtos comerciais, os sistemas UNIX fornecem recursos padrão que podem ser garantidos como sendo presentes para uso por produtos comerciais, tais como WebSphere Application Server. Infelizmente, as distribuições Linux podem ser muito diferentes uma das outras, portanto, o WebSphere Application Server é oficialmente suportado apenas em determinadas distribuições. Entretanto, você também pode executar o WebSphere Application Server em outras distribuições Linux fazendo algumas pequenas modificações em tais sistemas.

Nota: Se você estiver instalando o WebSphere Application Server no UNIX ou em uma plataforma Linux suportada, pode ignorar esta seção e ir direto para a Extraindo arquivos e iniciando a instalação deste tutorial.

Por exemplo, nem todas as distribuições Linux incluem uma versão do JRE que é adequada para utilização pelo instalador do WebSphere Application Server e determinadas funções do WebSphere Application Server. Em distribuições Linux não-suportadas, tais como o Ubuntu, você deve fazer download e instalar o IBM Java SDK para utilização durante o processo de instalação. Consulte Recursos para obter um link a partir do qual é possível fazer download da versão apropriada do IBM Java SDK para o seu sistema. Após fazer download deste arquivo, é possível extrair seus conteúdos e instalá-los utilizando as seguintes etapas:

  1. Extraia os conteúdos do arquivo archive utilizando um comando como o seguinte:

    tar zxvf filename.tar.gz

    Substitua filename pelo nome do arquivo archive do IBM Java SDK que foi transferido por download, que será algo semelhante a ibm-java-sdk-6.0-2.0-linux-x86_64.tar.gz. O diretório que é criado pelo comando tar será algo semelhante a ibm-java-x86_64-60.

  2. Utilize o comando sudo para mover o diretório que foi extraído do arquivo archive para um diretório do sistema, tal como /opt utilizando um comando como o seguinte:

    mv DIRECTORY /opt

    Substitua DIRECTORY pelo nome do diretório que foi criando quando você extraiu os conteúdos do arquivo archive do IBM Java SDK transferido por download.

  3. Modifique a série de diretórios que o seu sistema procura binários executando um comando como o seguinte:

    export PATH DIRECTORY:$PATH

    É necessário incluir este comando em seu arquivo de inicialização de shell (~/.bashrc) para garantir que você utilizar utilize esta versão do JRE no futuro.

Em sistemas Ubuntu, você também deve modificar o shell padrão que é mapeado para o shell UNIX/Linux genérico, /bin/sh. Os sistemas Ubuntu utilizam um shell reduzido denominado /bin/dash como /bin/sh, mas este shell não fornece todos os recursos necessários para os scripts de instalação e inicialização do WebSphere Application Server. Para utilizar o Bash shell padrão como /bin/sh, execute os seguintes comandos em seu sistema Ubuntu antes de iniciar o processo de instalação do WebSphere Application Server:

sudo mv /bin/sh /bin/sh.ORIG
sudo ln -s /bin/bash /bin/sh

Estas etapas são suficientes para possibilitar que você inicie o processo de instalação do WebSphere Application Server em um sistema Ubuntu. Outras distribuições Linux podem requerer alterações semelhantes.

Extraindo arquivos e iniciando a instalação

Após fazer download ou obter de qualquer outra forma o arquivo archive contendo o WebSphere Application Server ou montando o DVD nº 3 do Linux SEK ao utilizar um sistema Linux, crie um diretório no qual extrair os arquivos a partir dos quais pode realmente instalar o WebSphere Application Server. Consulte Tarefas básicas para Desenvolvedores Linux se não tiver certeza sobre como montar seu DVD ou determinar onde ele é montado.

O diretório /opt/WASTrial é o local sugerido para extrair os arquivos a partir dos quais você instalará o WebSphere Application Server. Para criar este diretório, faça o seguinte:

  1. Dependendo do sistema operacional UNIX ou distribuição Linux que está instalado no sistema onde você está instalando o WebSphere Application Server, utilize os comandos su ou sudo -s para tornar-se um usuário privilegiado em seu sistema. Insira a senha root ou sua senha (respectivamente) quando solicitado.
  2. Crie o diretório /opt/WASTrial utilizando o comando mkdir /opt/WASTrial .
  3. Altere o diretório para o diretório /opt/WASTrial.
  4. Utilize o comando tar para extrair os conteúdo do arquivo transferido por download ou o arquivo archive do WebSphere Application Server do DVD montado.

    Se o arquivo foi transferido por download, utilize um comando semelhante ao seguinte:

    tar zxvf /path/to/file/was.cd.7000.trial.base.linux.ia32.tar.gz

    Substitua /path/to/file pelo caminho completo do diretório do local para o qual transferiu o arquivo por download.

    Se você estiver instalando o WebSphere Application Server a partir de um DVD, utilize um comando semelhante ao seguinte:

    tar zxvf /mountpoint/was7uxt/filename.tar.gz

    Substitua /mountpoint pelo nome do diretório no qual o DVD nº 3 do SEK está montado e substitua filename pelo nome do arquivo archive do WebSphere Application Server neste diretório. Também pode ser necessário substituir was7uxt pelo nome do diretório contendo o arquivo archive do Linux se um nome de diretório diferente foi utilizado nos releases mais recentes do DVD do SEK.

  5. Utilize o comando ./launchpad.sh para iniciar o navegador da Web Firefox, que exibe a página mostrada na Figura 1.
    Figura 1. Página de Boas-vindas do Firefox
    Firefox Welcome page

Nota: Se você estiver utilizando o Linux para avaliação, nenhuma versão Linux de 64 bits parece estar disponível para download. Consulte Plataformas suportadas para obter informações sobre como utilizar a compilação Linux de 32 bits em um sistema Linux de 64 bits.

Iniciando o instalador

Clique em Ativar o assistente de instalação para o WebSphere Application Server Trial para iniciar o processo real de instalação. O instalador gráfico para o WebSphere Application Server é iniciado e exibe sua tela de boas-vindas, conforme mostrado na Figura 2.

Figura 2. Tela de boas-vindas do instalador do WebSphere Application Server
WebSphere Application Server installer's welcome screen

A tela de boas-vindas mostra que o instalador gráfico está funcionando corretamente e fornece links para sites on-line que fornecem informações e suporte para o WebSphere e produtos relacionados.

Clique em Avançar para continuar com o processo de instalação.

Aceitando os termos de licença e verificando seu sistema

A próxima página do instalador gráfico exibe a licença sob a qual o WebSphere Application Server é liberado, conforme mostrado na Figura 3.

Figura 3. Aceitando o contrato de licença de software IBM
Accepting license terms

Esta licença contém informações sobre licença da IBM para a versão de avaliação do WebSphere Application Server e o comunicado que exclui o software livre que é distribuído com o IBM WebSphere Application Server e identifica os componentes de software licenciados separadamente.

Selecione Eu aceito os termos no contrato de licença para aceitar os termos de licença. Clique em Avançar para continuar com o processo de instalação. Se você não aceitar os termos da licença, será exibida uma janela solicitando que você confirme tal fato. Se você confirmar que não aceita os termos de licença, o instalador será fechado.

A próxima página do instalador indica se o seu sistema satisfaz os pré-requisitos para a instalação. Se o seu sistema não satisfizer os requisitos, o instalador poderá exibir informações sobre quaisquer correções ausentes que devem ser instaladas. Neste caso, você pode clicar em Cancelar para sair do instalador e instalar os pré-requisitos ausentes ou simplesmente continuar com a instalação.

Clique em Avançar para continuar com o processo de instalação.

Selecionando recursos especiais para a instalação

A Figura 4 mostra a tela do instalador que permite que você instale software opcional enquanto instala o WebSphere Application Server.

Figura 4. Selecionando software opcional para instalação
Selecting optional software for installation

O software opcional que pode ser instalado consiste no seguinte:

  • Aplicativos de amostra: Código de origem e aplicativos integrados para experimentação inicial. Os aplicativos de amostra também funcionam como um excelente mecanismo para verificar se o WebSphere Application Server está corretamente instalado e funcionando apropriadamente em seu sistema.
  • Suporte a idiomas que não o inglês para o console administrativo: Catálogos de idiomas que fornecem suporte ao idioma nacional para o console administrativo do WebSphere Application Server. Estes catálogos de idiomas não fornecem suporte ao idioma nacional para o WebSphere Application Server em si, que está disponível em um item separado nesta tela.
  • Suporte a idiomas que não o inglês para o WebSphere Application Server: Catálogos de idiomas que fornecem suporte ao idioma nacional para o WebSphere Application Server em si. Estes catálogos de idiomas não fornecem suporte ao idioma nacional para o console administrativo do WebSphere Application Server, que está disponível em um item separado nesta tela.

A menos que você já tenha uma experiência substancial com o WebSphere Application Server, deve instalar os aplicativos de amostra para fornecer uma maneira de aprender mais sobre integração e implementação de aplicativos no ambiente do WebSphere Application Server.

O pacote de idioma padrão instalado com o WebSphere é o inglês falado nos Estados Unidos. Se você deve ou não instalar pacotes de idioma opcionais depende de sua localização geográfica e requisitos de suporte a idiomas. Os idiomas adicionais que são suportados pelos pacotes de suporte a idiomas do console administrativo e do WebSphere Application Server são: chinês, tcheco, francês, alemão, húngaro, italiano, japonês, coreano, polonês, português, russo e espanhol.

Após selecionar quaisquer recursos adicionais que deseja instalar, clique em Avançar para continuar com o processo de instalação.

Identificando o diretório de instalação de destino

A seguir, o instalador gráfico exibe o local padrão no qual o WebSphere Application Server será instalado, que é /opt/IBM/WebSphere/AppServer em sistemas UNIX e Linux. A Figura 5 mostra esta tela.

Figura 5. Especificando o local da instalação
Specifying the installation directory

Nota: É recomendável que não se altere este local porque instalar o WebSphere Application Server em locais não-padrão pode tornar a administração local do sistema mais complexa. Locais de instalação não-padrão também podem causar problemas com aplicativos WebSphere que podem esperar o local de instalação padrão.

Clique em Avançar para continuar com o processo de instalação.

Especificando o ambiente do WebSphere Application Server

A tela mostrada na Figura 6 possibilita que você identifique o tipo de ambiente do WebSphere Application Server deseja criar durante o processo de instalação.

Figura 6. Especificando o ambiente do servidor de destino
Specifying the target server environment

O ambiente refere-se ao ambiente administrativo e de rede no qual você está instalando e integrando o WebSphere Application Server. O ambiente que você selecionar determina o tipo de perfil de execução que será criado automaticamente durante o processo de instalação (ou se um será criado de qualquer jeito). Suas opções são as seguintes:

  • Gerenciamento: Selecione esta opção se você estiver instalando esta cópia do WebSphere Application Server para gerenciar outros ambientes de servidor de aplicativos na máquina local ou em outros sistemas em sua rede. Selecionar esta opção cria um perfil apropriado e irá instalar e configurar um servidor de agente administrativo, serviços para o gerenciamento de vários ambientes de servidor de aplicativos e um agente administrativo para gerenciar outros servidores de aplicativos que estão na mesma máquina.
  • Servidor de aplicativos: A seleção padrão, esta opção cria um perfil apropriado para a instalação de um servidor de aplicativos independente que executará seus aplicativos corporativos e que pode ser gerenciado apenas a partir de seu próprio console administrativo.
  • Nenhum: Selecione esta opção se você não desejar criar um perfil de execução durante a instalação. Selecione esta opção apenas se irá criar explicitamente um ou mais perfis após o WebSphere Application Server ser instalado com êxito em seu sistema.

Clique em Avançar para continuar com o processo de instalação.

Nota: Se você selecionar Nenhum como seu ambiente de execução de servidor, um diálogo de aviso será exibido para informá-lo de que pelo menos um perfil funcional deve estar disponível para executar o WebSphere Application Server. Clique em Sim para continuar com o processo de instalação sem criar um perfil durante o processo de instalação e continue com Página de resumo e instalação real. Se desejar criar um perfil durante o processo de instalação, clique em Não para retornar ao diálogo mostrado na Figura 6 para modificar a configuração do seu ambiente de execução de servidor.

Criando um usuário administrativo

A próxima tela do instalador, mostrada na Figura 7, possibilita que você crie uma conta segura em seu sistema para administração do sistema através do console administrativo do WebSphere Application Server.

Figura 7. Definindo um usuário administrativo
Defining an administrative user

Crie um usuário administrativo se você estiver instalando um WebSphere Application Server independente ou gerenciado—em outras palavras, quando estiver instalando o WebSphere Application Server em um ambiente que cria um perfil para você durante o processo de instalação, conforme descrito anteriormente em Especificando o ambiente do WebSphere Application Server .

Insira um nome de usuário e uma senha para uso na administração do seu WebSphere Application Server e insira a senha novamente para confirmar que a digitou corretamente na primeira vez.

Se você selecionou os aplicativos de amostra para instalação na seção Selecionando recursos opcionais para instalação, também será solicitado a configurar uma senha para o usuário associado a tais aplicativos. Insira a senha duas vezes para garantir que a tenha digitado corretamente ou que tenha cometido o mesmo erro de ortografia duas vezes.

Após fornecer informações sobre o usuário administrativo (e, opcionalmente, uma senha para os aplicativos de amostra se os selecionou para instalação), clique em Avançar para continuar com o processo de instalação.

Página de resumo e instalação real

Conforme mostrado na Figura 8, uma tela de resumo exibe as opções de configuração que você aceitou ou especificou e fornece uma caixa de opção que possibilita verificar se você possui os privilégios necessários para executar a instalação.

Figura 8. Informações sobre a instalação proposta
Information about the proposed installation

Na maioria dos casos, já que você está realizando esta instalação como o usuário root, realmente não há necessidade de verificar se você possui os privilégios necessários. Desmarque a caixa de opção e clique em Avançar para iniciar o processo de instalação. É exibida uma janela mostrando o status do processo de instalação. O processo de instalação primeiro cria um desinstalador para o WebSphere Application Server para simplificar a remoção do software, se necessário. Ele então instala o WebSphere Application Server, exibindo informações de status conforme a instalação continua.

Status de instalação e próximas etapas

Quando a instalação for concluída, a janela mostrada na Figura 9 exibe o sucesso ou a falha da instalação. Se ocorrerem erros, esta janela mostra o local de um arquivo de log que pode ser examinado para identificar os problemas e determinar se eles foram significativos.

Figura 9. Informações de resumo sobre sua instalação
Summary information about your installation

Esta tela fornece uma caixa de opção que, como é selecionada por padrão, inicia o console do First Steps do WebSphere Application Server quando você sai do instalador. O console do First Steps possibilita que você realize alguma configuração inicial do WebSphere Application Server.

Neste ponto, você tem duas opções:

  • Deixe a caixa de opção Ativar o console do First Steps selecionada e clique em Concluir para sair do instalador e inicie o console do First Steps.
  • Desmarque a caixa de opção Ativar o console do First Steps e clique em Concluir para sair do instalador sem iniciar o console do First Steps ou o WebSphere Application Server.

Parabéns: Você instalou o WebSphere Application Server. Se você iniciou o console do First Steps, continue com a próxima seção para obter informações sobre a utilização deste console. Caso contrário, é possível querer realizar uma das ações a seguir:

  • Iniciar o WebSphere Application Server manualmente.
  • Integrar o WebSphere Application Server com seu servidor da Web do sistema.
  • Integrar o WebSphere Application Server nos processos de inicialização e encerramento do seu sistema.
  • Acessar o console administrativo do WebSphere para iniciar a configuração do seu WebSphere Application Server.

Utilizando o console do First Steps

O processo de instalação do WebSphere Application Server pode iniciar automaticamente o console do First Steps para ajudá-lo a familiarizar-se com o WebSphere Application Server e executar algumas tarefas de configuração inicial. A Figura 10 mostra a tela inicial do console do First Steps.

Figura 10. Console do First Steps
First steps console

Conforme mostrado na A Figura 10, o console do First Steps fornece links para várias tarefas convenientes que você pode querer executar imediatamente após a instalação, incluindo:

  • Verificação da instalação: Verifica sua instalação do WebSphere Application Server para verificar se ele está corretamente instalado e inicia o servidor de aplicativos como parte desta verificação.
  • Iniciar o Servidor: Inicia o WebSphere Application Server, exibindo a saída do processo de inicialização em uma janela separada para propósitos de conveniência e diagnóstico. Quando o servidor de aplicativos está em execução, este link é alterado para um link Parar o servidor, que fornece uma maneira conveniente de parar o servidor e exibe a saída do processo de encerramento do servidor em uma janela separada. Parar o servidor requer a senha administrativa que você configura durante o processo de instalação e fornece uma verificação conveniente de que o mecanismo de autenticação interno do servidor de aplicativos está trabalhando corretamente.
  • Console Administrativo: Inicia o Console Administrativo do WebSphere em um janela do navegador, possibilitando que você execute tarefas de configuração que estão fora do escopo do processo de instalação. Iniciar o console administrativo também requer a senha administrativa que você configura durante o processo de instalação.
  • Ferramenta de gerenciamento de perfis: Possibilita que você crie perfis de execução adicionais, sendo que cada um deles pode ser utilizado com aplicativos da Web corporativos específicos, configurações de porta e assim por diante. Se você não especificou um ambiente de servidor de destino durante o processo de instalação e não estiver migrando informações de configuração do servidor a partir de uma instalação do WebSphere Application Server existente, utilize esta opção para criar pelo menos um perfil do WebSphere Application Server. Não é possível iniciar o WebSphere Application Server sem pelo menos um perfil—cada perfil fornece as informações de configuração necessárias para iniciar o servidor de aplicativos em um contexto específico.
  • Galeria de Amostras: Fornece acesso aos aplicativos de amostra que você instalou durante o processo de instalação.
  • Centro de informações do WebSphere Application Server: Abre o Web site do WebSphere Application Server Library em um navegador para fornecer informações detalhadas sobre o WebSphere Application Server em uma variedade de cenários de aplicativos corporativos.
  • Assistente de migração: Inicia um assistente que simplifica a migração das informações e dos aplicativos de configuração de versões anteriores do WebSphere Application Server.

As próximas seções fornece realces de utilização das opções selecionadas a partir do console do First Steps.

Verificação de instalação

Ainda que mensagens de erros possam ter sido exibidas informando que ocorreu algum problema durante o processo de instalação do WebSphere Application Server, sempre é confortante poder verificar novamente se a instalação do seu servidor de aplicativos foi concluído e se todos os arquivos de configuração necessário foram criados corretamente durante tal processo.

Para verificar se o WebSphere Application Server foi instalado corretamente em seu sistema e iniciá-lo como parte do processo de teste, clique no link Verificação da instalação no console do First Steps. Uma janela como a mostrada na Figura 11 é exibida.

Figura 11. Saída do processo de verificação
Output of the verification process

Como você pode ver nesta figura, o processo de verificação primeiro inicia o servidor de aplicativos com seu perfil padrão e, então, conecta-se ao servidor de aplicativos para verificar o mecanismo de Servlet, páginas JavaServer e configuração de enterprise bean. Ele então examina a autenticação dos armazenamentos principais que são utilizados para fornecer conexões seguras entre componentes do WebSphere.

Quando o processo de verificação é concluído, você pode clicar no botão fechar no canto superior direito da janela de saída para fechá-la e retornar ao console do First Steps. Observe que o link Iniciar o servidor foi substituído por um link Parar o servidor porque o WebSphere Application Server foi iniciado como parte do processo de verificação.

Iniciando o servidor

Se você escolher não verificar sua instalação do WebSphere Application Server conforme descrito na seção anterior, pode iniciar o WebSphere Application Server manualmente clicando no link Iniciar o servidor no console do First Steps. Clicar neste link exibe uma janela de saída muito semelhante àquela mostrada na Figura 11, exceto que ela mostra apenas o texto inicial sobre a inicialização do servidor e não analisa a configuração do seu servidor.

Nota: Se o console do First Steps não mostrar um link Iniciar o servidor , mas exibir apenas um link Parar o servidor , seu WebSphere Application Server já está em execução.

Após uma linha semelhante a ADMU3000I: Server NAME open for e-business... ser exibida na janela de saída, você pode clicar no botão fechar no canto superior direito da janela de saída para fechá-la e retornar ao console do First Steps.

Console Administrativo

O Console Administrativo do WebSphere Application Server é o mecanismo principal para configuração do servidor de aplicativos, integração do servidor de aplicativos com os aplicativos externos tais como sistemas de banco de dados e instalação de aplicativos WebSphere. Se você não tiver experiência com o WebSphere Application Server e desejar explorar o console administrativo ou desejar instalar novos aplicativos WebSphere imediatamente após a instalação do WebSphere, pode querer iniciar o Console Administrativo a partir do console do First Steps.

Clique em Console Administrativo para iniciar o Console Administrativo do WebSphere a partir do console do First Steps. A tela de login para o Console Administrativo é aberta em uma janela do navegador, conforme mostrado na Figura 12.

Figura 12. Tela de login do console administrativo
Administrative console login screen

O Console Administrativo requer uma conexão Secure Sockets Layer (SSL) HTTP, geralmente referida como uma conexão Hypertext Transfer Protocol over Secure Sockets Layer (HTTPS). A página mostrada na Figura 12 é exibida apenas se um certificado SSL de terceiros válido estiver instalado em seu sistema. Se o sistema no qual instalou o WebSphere Application Server não tiver um certificado válido emitido por um terceiro, você visualizará um diálogo de aviso semelhante ao mostrado na Figura 13.

Figura 13. Alerta de certificado não confiável
Certificate not trusted alert

Se você visualizar esta mensagem, consulte a próxima seção deste tutorial para obter informações sobre a configuração de uma exceção de segurança para o certificado existente do seu sistema.

Se você visualizar a tela de login do Console Administrativo conforme mostrado na Figura 12, insira o nome de usuário e a senha administrativos que definiu durante o processo de instalação e clique em Login ou pressione Retornar. O Console Administrativo do WebSphere Application Server é exibido, conforme mostrado na Figura 14. É possível explorar ou utilizar o Console Administrativo clicando no link Logout no cabeçalho quando tiver concluído.

Figura 14. Console Administrativo
Administrative console

Configurando uma exceção de segurança do certificado

Conforme discutido na seção anterior, o Console Administrativo do WebSphere Application Server requer uma conexão SSL HTTP, geralmente referida como uma conexão HTTPS. De acordo com as políticas de segurança padrão utilizadas pela maioria dos sistemas, isto significa que o certificado de segurança da chave pública apresentado pelo seu sistema deve ser um certificado válido emitido por uma autoridade de certificação de terceiros confiável, tais como thawte, VeriSign, GeoTrust e muitos outros. Consulte Recursos para obter informações adicionais sobre estas autoridades de certificado de terceiros.

Em um ambiente de produção, você certamente desejará utilizar o WebSphere Application Server apenas em um sistema com um certificado de segurança corporativo ou de terceiros válido para que os usuários dos seus aplicativos da Web possam verificar a identidade do sistema com o qual estão se conectando. Entretanto, você pode estar instalando e configurando o WebSphere Application Server em um novo sistema para o qual ainda não tenha obtido um certificado. Neste caso, é possível definir temporariamente ou permanentemente o seu certificado existente como um certificado confiável que é uma exceção para a política de segurança padrão do WebSphere.

Para definir uma exceção de política, clique em OK no diálogo mostrado na Figura 13 para exibir a tela mostrada na Figura 15.

Figura 15. Uma falha de conexão segura no Firefox
A secure connection failure in Firefox

Clique no link Ou você pode definir uma exceção para iniciar o processo de identificação do certificado do seu sistema como um certificado de chave pública digital válido. Uma tela idêntica à tela atual é exibida, com a exceção de dois botões adicionais que são exibidos na parte inferior da tela. Clique em Incluir exceção para continuar o processo de definição do certificado atual como uma exceção para a política de certificado padrão. O diálogo mostrado na Figura 16 é exibido.

Nota: Clicar no botão Tire-me daqui! sai do processo de definição de exceção e o retorna para o seu navegador sem estabelecer uma conexão com o Console Administrativo do WebSphere, que não é útil para os propósitos deste tutorial.

Figura 16. Diálogo inicial para definição de uma exceção de segurança
Initial dialog for defining a security exception

Clique em Obter Certificado para recuperar o certificado atual do seu sistema, que exibe informações sobre o certificado atual e ativa o botão Confirmar Exceção de Segurança na parte inferior esquerda do diálogo mostrado na Figura 16, conforme mostrado na Figura 17.

Figura 17. Diálogo atualizado para definição de uma exceção de segurança
Updated dialog for defining a security exception

A caixa de opção Armazenar esta exceção permanentemente acima do botão Confirmar Exceção de Segurança possibilita que você especifique se o seu sistema armazena permanentemente o certificado atual como uma exceção para a política de segurança ou se ele será aceito apenas para a sessão atual. Ao configurar sistemas para uso em produção, desmarque esta caixa de opção para que você sempre percorra o processo de exceção de segurança para evitar esquecer-se de instalar um certificado válido no sistema que está executando o WebSphere Application Server. Se estiver trabalhando em um sistema de teste que nunca será utilizado em produção, você pode deixar a caixa de opção Armazenar esta exceção permanentemente selecionada.

Clique no botão Confirmar Exceção de Segurança para definir o certificado atual como uma exceção para a política de segurança. A tela de login do Console Administrativo do WebSphere Application Server é exibida, conforme mostrado na Figura 12. Você pode então inserir o nome de usuário e a senha administrativos que definiu durante o processo de instalação e clique em Login ou pressione Retornar para acessar o Console Administrativo do WebSphere Application Server, conforme mostrado na Figura 14. É possível explorar ou utilizar o Console Administrativo clicando no link Logout no cabeçalho quando tiver concluído.

Galeria de Amostras

Clicar no link Galeria de Amostras no console do First Steps exibe a página mostrada na Figura 18, que possibilita que você experimente os aplicativos de amostra que instalou opcionalmente durante o processo de instalação do WebSphere Application Server.

Figura 18. Galeria de aplicativos de amostra
Sample applications gallery

Você pode executar ou modificar estes exemplos para experimentar a criação de aplicativos WebSphere e como eles serão exibidos e executados em um ambiente baseado no WebSphere. O mais interessante dos aplicativos de amostra é o Java Pet Store on-line, que possibilita que você percorra um exemplo de procura e compra de produtos on-line.

Quando tiver terminado de experimentar os aplicativos de amostra, você pode simplesmente fechar a janela do navegador para retornar para o console do First Steps.

Encerrando o WebSphere Application Server

Depois de experimentar as diversas opções fornecidas no console do First Steps, você pode querer finalizar o servidor de aplicativos para que possa experimentar iniciar manualmente o servidor de aplicativos ou iniciar e parar a integração do WebSphere Application Server em seus processos de inicialização e encerramento do seu sistema, conforme explicado na próxima seção deste tutorial. Para parar o WebSphere Application Server a partir do console do First Steps, clique no link Parar o servidor no console do First Steps. Clicar neste link exibe um diálogo de autenticação semelhante ao mostrado na Figura 19.

Figura 19. Autenticando para parar o servidor de aplicativos
Authenticating to stop the application server

Insira o nome de usuário e a senha administrativos que definiu durante o processo de instalaçãoe clique em OK para iniciar o processo de encerramento do servidor de aplicativos. Um diálogo semelhante ao mostrado na Figura 20 é exibido, mostrando a saída do processo de encerramento.

Figura 20. Saída da parada do servidor de aplicativos
Output from stopping the application server

Após uma linha semelhante a ADMU4000I: Server NAME stop completed ser exibida na janela de saída, você pode clicar no botão fechar no canto superior direito da janela de saída para fechá-la e retornar ao console do First Steps.


Iniciando e parando o WebSphere Application Server

Instalar o WebSphere Application Server não inicia o processo do WebSphere Application Server em seu sistema. Conforme discutido na seção anterior, o console do First Steps que é exibido por padrão no final do processo de instalação fornece um mecanismo conveniente para iniciar o WebSphere Application Server pela primeira vez. Entretanto, isso é de valor limitado após você concluir o processo de instalação e sair deste console.

Esta seção explica como iniciar e parar o WebSphere Application Server manualmente e como iniciar e parar a integração do servidor de aplicativos nos processos de inicialização e encerramento para o seu sistema. Se você estiver utilizando o WebSphere Application Server para trabalho real ou experimentação de longo prazo, desejará que ele inicie automaticamente quando você iniciar o sistema e que ele encerre completamente quando encerrar seu sistema.

Conforme explicado nas seções a seguir, o WebSphere Application Server fornece scripts shell UNIX/Linux convenientes que simplificam o processo de iniciar e parar o servidor de aplicativos a partir da linha de comando ou a partir de outros scripts, tais como aqueles que são executados durante os processos de inicialização e encerramento do seu sistema.

Iniciar o WebSphere Application Server

O WebSphere Application Server fornece o script shell startServer.sh para simplificar o processo de inicialização do servidor de aplicativos. Este script assume um argumento, que é o nome do servidor de aplicativos que você deseja iniciar. Em sistemas onde você instalou o WebSphere Application Server recentemente, o nome do servidor padrão é server1.

Para iniciar o servidor de aplicativos, utilize os comandos su ou sudo -s (dependendo do sistema UNIX ou da distribuição Linux que você está utilizando) para tornar-se um usuário privilegiado no sistema onde instalou o servidor de aplicativos. Insira a senha root ou sua senha (respectivamente) quando solicitado.

A seguir, insira o seguinte comando para iniciar o WebSphere Application Server:

/opt/IBM/WebSphere/AppServer/bin/startServer.sh server1

Assim que o servidor de aplicativos iniciar, você visualizará uma saída semelhante àquela exibida na janela de saída mostrada na Figura 11. O prompt de comandos é exibido novamente quando o processo de inicialização do servidor for concluído e o servidor de aplicativos estiver pronto para uso.

Integração de inicialização e encerramento do sistema

Depois de instalar um servidor da Web em seu sistema, tipicamente você deseja que ele inicie automaticamente sempre que reiniciar seu sistema. Ao instalar o WebSphere Application Server em plataformas como Microsoft Windows, o processo permite que você defina o servidor e o servidor de administração como serviços Windows que iniciam automaticamente quando seu sistema inicia. Infelizmente, os instaladores UNIX e Linux não fornecem nenhuma integração equivalente nos processos de inicialização para tais sistemas. Portanto, você deve integrar manualmente o WebSphere Application Server no processo de inicialização em sistemas UNIX e Linux.

Todos os sistemas UNIX e Linux definem as tarefas que devem ser executadas durante os processos de inicialização e encerramento através de uma série de scripts shell (comumente denominados scripts init) que são executados com o início do sistema. Na maioria dos sistemas UNIX e Linux, estes scripts são organizados da maneira especificada pelo mecanismo de inicialização do sistema SysVInit (ou seja, System V Init, que se refere a uma versão antiga do UNIX) (consulte Recursos para obter informações adicionais). Neste mecanismo, os scripts de inicialização principais para o sistema residem todos no diretório /etc/init.d (que pode ser um link simbólico para o diretório /etc/rc.d/init.d em alguns sistemas). Os scripts específicos que são executados como as inicializações do sistema em um nível numérico específico da operação (conhecido como nível de execução) são links simbólicos dos diretórios com nomes do formato /etc/rcnível de execução.d para os scripts no diretório /etc/init.d. Os sistemas Ubuntu Linux utilizam um mecanismo de inicialização diferente que é configurado para ser compatível com o processo SysVInit e é explicado em uma seção subseqüente.

Criar um script SysVInit

Para criar um script SysVInit para WebSphere Application Server, você pode fazer um dos seguintes:

  • Fazer download do script SysVInit de amostra que é fornecido com este tutorial.
  • Copie um script init existente e modifique-o para executar os processos associados com sua instalação do WebSphere Application Server.

O restante desta seção explica como fazer download e utilizar o script SysVInit de amostra fornecido com este tutorial, que tem uma aparência semelhante à Listagem 1.

Listagem 1. Script SysVInit de amostra
#!/bin/bash
#
# Script de inicialização simples para o IBM WebSphere Application Server
#
# chkconfig: - 85 15
# descrição: O IBM WebSphere Application Server é uma poderosa \
# plataforma de middleware para conexão de aplicativos e \
# servidores baseados na Web.

# Caminho para os scripts de inicialização e encerramento do WebSphere
startscript=/opt/IBM/WebSphere/AppServer/bin/startServer.sh
shutscript=/opt/IBM/WebSphere/AppServer/bin/stopServer.sh
prog="the WebSphere Application Server"
RETVAL=0

# modifique a linha a seguir conforme necessário para refletir qualquer
# diretório de instalação Java customizado
PATH=/opt/IBM/ibm-java-x86_64_60/bin:$PATH

# Função para iniciar o servidor
start() {
  echo -n $"Starting $prog: "
  $startscript server1
  RETVAL=$?
  echo
  return $RETVAL
}

# Função para parar o servidor
stop() {
  echo -n $"Stopping $prog: "
  $shutscript server1 -username ADMINUSER -password PASSWORD
  RETVAL=$?
  echo
  return $RETVAL
}

# Visualizar como fomos chamados.
case "$1" in
  start)
    start
    ;;
  stop)
    stop
    ;;
  restart)
    stop
    start
    ;;
*)
  echo $"Usage: $0 {start|stop|restart}"
  exit 1
esac

exit $RETVAL

Para fazer download e instalar o script SysVInit de amostra, execute as seguintes etapas:

  1. Faça download do script de amostra.
  2. Salve este arquivo em seu sistema e copie-o em /etc/init.d como o usuário root (ou utilizando o comando sudo ), dando a ele um nome como websphere_sysvinit.sh.
  3. Edite este arquivo utilizando seu editor de texto favorito, alterando ADMINUSER e PASSWORD para o nome de usuário e a senha administrativos que definiu durante o processo de instalação e salve tais alterações.
  4. Como o usuário root ou utilizando sudo, torne o arquivo executável utilizando este comando:
    chmod 755 /etc/init.d/websphere_sysvinit.sh
  5. Crie links simbólicos para este arquivo a partir do diretório associado com o nível de execução padrão do seu sistema (normalmente o diretório /etc/rc5.d para um sistema gráfico ou o diretório /etc/rc3.d para um sistema que utiliza um console de texto) utilizando comandos como os seguintes:
    ln -s /etc/init.d/websphere_sysvinit.sh /etc/rc5.d/S85ibm-was
    ln -s /etc/init.d/websphere_sysvinit.sh /etc/rc5.d/K15ibm-was

A próxima vez que você encerrar seu sistema, o link simbólico K15ibm-was criado automaticamente para o WebSphere Application Server como parte do processo de encerramento. A próxima vez que o sistema for iniciado, o link simbólico S85ibm-was iniciará automaticamente o WebSphere Application Server como parte do processo de inicialização.

Criar um script Ubuntu Upstart

A distribuição Ubuntu Linux utiliza um mecanismo de inicialização alternativo ao mecanismo SysVInit. O mecanismo de inicialização do Ubuntu é conhecido como Upstart (consulte Recursos) e é um mecanismo de inicialização orientado a eventos relativamente novo que foi criado para o Ubuntu mas está sendo adotado por outras distribuições como Fedora e, eventualmente, Red Hat e Centos. O Upstart está se tornando muito popular devido ao seu suporte para simultaneidade e pronto atendimento a eventos do sistema.

No momento, o Upstart é implementado para ser compatível com o modelo SysVInit tradicional. Consulte Downloads para obter um script Upstart simples que pode ser colocado no diretório /etc/init.d no seu sistema e utilizado para o WebSphere Application Server. Este script tem a aparência semelhante à Listagem 2.

Listagem 2. Script Upstart de amostra
#!/bin/bash -e
### BEGIN INIT INFO
# Fornece:           ibm-websphere
# Início-Necessário: $local_fs $remote_fs $network $syslog
# Parada-Necessária: $local_fs $remote_fs $network $syslog
# Início-Padrão:     2 3 4 5
# Parada-Padrão:     0 1 6
# Descrição-Breve:   Iniciar/parar o IBM WebSphere Application Server
### END INIT INFO
#
# IBM WAS	Este script init.d inicia o IBM WebSphere
#           Application Server.

# modifique a linha a seguir conforme necessário para refletir
# qualquer diretório de instalação Java customizado
ENV="env -i LANG=C PATH=/opt/IBM/ibm-java-x86_64_60/bin:/usr/bin:/bin"

set -e
if [ ! -d /opt/IBM/WebSphere/AppServer/bin ] ; then
	echo "No IBM WebSphere Application Server installed"
	exit 0
fi

. /lib/lsb/init-functions

test -f /etc/default/rcS && . /etc/default/rcS

startscript=/opt/IBM/WebSphere/AppServer/bin/startServer.sh
shutscript=/opt/IBM/WebSphere/AppServer/bin/stopServer.sh

case $1 in
	start)
		log_daemon_msg "Starting application server" "IBM WAS"
		if $startscript ; then
			log_end_msg 0
		else
			log_end_msg 1
		fi
	;;
	stop)
		log_daemon_msg "Stopping application server" "IBM WAS"
		if $stopscript -user was-admin -password PASSWORD; then
			log_end_msg 0
		else
			log_end_msg 1
		fi
	restart)
		log_daemon_msg "Restarting Web server" "IBM HTTP"
		if ($stopscript -user was-admin -password PASSWORD && $startscript)
          then
            log_end_msg 0
		  else
            log_end_msg 1
          fi
	;;
	*)
		log_success_msg "Usage: /etc/init.d/websphere {start|stop|restart}"
		exit 1
	;;
esac

Após fazer download deste arquivo, execute as seguintes tarefas:

  1. Salve este arquivo em seu sistema e copie-o em /etc/init.d como o usuário root (ou utilizando o comando sudo ), dando a ele um nome como websphere_upstart.sh.
  2. Como o usuário root ou utilizando comando sudo , torne o arquivo executável utilizando este comando:
    chmod 755 /etc/init.d/websphere_upstart.sh
  3. Crie links simbólicos para este arquivo a partir do diretório associado com o nível de execução padrão do seu sistema (normalmente o diretório /etc/rc2.d) utilizando comandos como os seguintes:
    ln -s /etc/init.d/websphere_upstart.sh /etc/rc2.d/S91ibm-was
    ln -s /etc/init.d/websphere_upstart.sh /etc/rc2.d/K15ibm-was

A próxima vez que você encerrar seu sistema, o link simbólico K15ibm-was criado automaticamente para o WebSphere Application Server como parte do processo de encerramento. A próxima vez que o sistema for iniciado, o link simbólico S91ibm-was iniciará automaticamente o WebSphere Application Server como parte do processo de inicialização.


Próximas Etapas

Parabéns por instalar o WebSphere Application Server e integrá-lo em seus processos de inicialização e encerramento do seu sistema. Agora, você está pronto para incluir seus próprios aplicativos, customizar a configuração do servidor e assim por diante. A criação e a integração de aplicativos WebSphere está fora do escopo deste tutorial. Entretanto, aqui estão algumas informações gerais que você julgará úteis ao trabalhar com o WebSphere Application Server:

  • Para abrir o Console Administrativo do WebSphere Application Server em um navegador a partir do sistema no qual ele está instalado, visite a seguinte URL:

    https://localhost:9043/ibm/console

    A tela mostrada na Figura 12 é exibida. Insira o nome de usuário e a senha administrativos que definiu durante o processo de instalação e clique em Login ou pressione Retornar para exibir o Console Administrativo do WebSphere Application Server, conforme mostrado na Figura 14.

  • Para executar novamente o console do First Steps, utilize o seguinte comando:

    cd  /opt/IBM/WebSphere/AppServer/profiles/AppSrv01/firststeps
    ./firststeps.sh

Resumo

Um servidor de aplicativos é o núcleo da maioria das instalações da Web corporativas de três camadas. O IBM WebSphere Application Server é um dos mais populares servidores de aplicativos em uso atualmente, suportado pela IBM e por um imenso ecossistema de aplicativos e fornecedores terceiros. A habilidade de fazer download e experimentar uma versão de avaliação do WebSphere Application Server o tornam fácil para você instalar, testar e familiarizar-se com o WebSphere Application Server em seu ambiente. O WebSphere Application Server fornece uma base robusta, poderosa, bem-testada e bem-suportada para os seus aplicativos e serviços da Web.


Downloads

DescriçãoNomeTamanho
Sample SysVInit WebSphere startup filewebsphere_sysvinit.sh2KB
Sample Upstart WebSphere startup filewebsphere_upstart.sh2KB

Recursos

Aprender

Obter produtos e tecnologias

Discutir

Comentários

developerWorks: Conecte-se

Los campos obligatorios están marcados con un asterisco (*).


Precisa de um ID IBM?
Esqueceu seu ID IBM?


Esqueceu sua senha?
Alterar sua senha

Ao clicar em Enviar, você concorda com os termos e condições do developerWorks.

 


A primeira vez que você entrar no developerWorks, um perfil é criado para você. Informações no seu perfil (seu nome, país / região, e nome da empresa) é apresentado ao público e vai acompanhar qualquer conteúdo que você postar, a menos que você opte por esconder o nome da empresa. Você pode atualizar sua conta IBM a qualquer momento.

Todas as informações enviadas são seguras.

Elija su nombre para mostrar



Ao se conectar ao developerWorks pela primeira vez, é criado um perfil para você e é necessário selecionar um nome de exibição. O nome de exibição acompanhará o conteúdo que você postar no developerWorks.

Escolha um nome de exibição de 3 - 31 caracteres. Seu nome de exibição deve ser exclusivo na comunidade do developerWorks e não deve ser o seu endereço de email por motivo de privacidade.

Los campos obligatorios están marcados con un asterisco (*).

(Escolha um nome de exibição de 3 - 31 caracteres.)

Ao clicar em Enviar, você concorda com os termos e condições do developerWorks.

 


Todas as informações enviadas são seguras.


static.content.url=http://www.ibm.com/developerworks/js/artrating/
SITE_ID=80
Zone=Linux, Software livre
ArticleID=386628
ArticleTitle=Instalar e Configurar o WebSphere Application Server nos Sistemas UNIX e Linux
publish-date=12222008