Avançar para a área de conteúdo

Consultoria de negócios > 

Global CEO Study 2006

 
Expandindo o Horizonte de Inovação - A inovação do modelo de negócios está tornando-se o novo diferenciador estratégico.

Agenda dos lideres

Nos próximos dois anos, dois terços dos CEOs afirmam que precisarão realizar alterações fundamentais em suas empresas.

As razões, dizem eles, são muitas: concorrência cada vez mais intensa, aumento das expectativas do cliente e mudanças inesperadas de mercado. Para muitos deles, podemos ainda incluir nesta lista: problemas com a força de trabalho, avanços tecnológicos, preocupações regulatórias e a globalização.
Ênfase de inovação pelos CEOs - Produtos/servicos/mercados

Contudo, menos da metade dos CEOs pensam que suas organizações lidaram com tais mudanças com muito sucesso no passado.

Estas e outras constatações estão presentes no "Expandindo o Horizonte de Inovação", o relatório do IBM Global CEO Study de 2006 sobre a agenda dos CEOs para os próximos anos. Os resultados são baseados em entrevistas conduzidas recentemente pela IBM e a EIU (Economist Intelligence Unit), unidade de inteligência em negócios do britânico The Economist, com 765 executivos-chefes em todo o mundo, incluindo países da América Latina. (Este foi o segundo estudo global de CEOs conduzido por estes parceiros; em 2004, o primeiro Global CEO Study trouxe informações sobre entrevistas com 456 CEOs.).

Entre as constatações do estudo de 2006 estão:
  • A inovação do modelo de negócios está tornando-se o novo diferenciador estratégico. "O modelo de negócios que escolhermos irá determinar o sucesso ou o fracasso da nossa estratégia", afirmou um participante do estudo. Em comparação às constatações da pesquisa de 2004, a inovação no modelo de negócios da empresa chamou quase tanta atenção quanto a inovação nos processos e funções essenciais de uma empresa.
  • A inovação no modelo de negócios é capaz de pagar seu próprio investimento. Na análise financeira do estudo, empresas que aumentaram suas margens operacionais mais rapidamente que os concorrentes deram duas vezes mais ênfase na inovação do modelo do negócio do que aquelas que não obtiveram um bom desempenho.
  • A inovação não precisa de badge para estar presente. Os CEOs dizem que os funcionários da empresa são a fonte mais significativa de idéias inovadoras. Mas logo atrás dos funcionários, estão os parceiros de negócios e clientes—indicando que duas das três principais fontes para as melhores idéias estão fora do ambiente corporativo.
  • A colaboração é capaz de pagar seu próprio investimento. A análise financeira explica porque os CEOs estão mais ansiosos em estabelecer parcerias e associar-se a outras organizações. Empresas com maior crescimento de receita relataram a utilização de fontes externas significativamente mais do que as empresas com menor crescimento. Conforme afirmou um CEO: "Se você pensa que possui todas as respostas dentro da empresa, você está errado".

Um resumo do relatório desta e muitas outras constatações no Global CEO Study 2006 está disponível para download, entre em contato para maiores informações.

Obtenha aqui uma versão resumida do estudo (249KB - em inglês)
Obter o Adobe® Reader®


Consulte a IBM
woman

Fale com a IBM e tenha as respostas que deseja.

Envie um e-mail

Ou por telefone:
0800-707-1426


Download

Obtenha aqui uma versão resumida do estudo (249KB - em inglês)

Obter o Adobe® Reader®

Maiores informacoes sobre o estudo completo, entre em contato.


Conteúdo selecionado
CEO Study 2004

Artigos e notícias
Artigos e notícias

Publicações de artigos de consultores e especialistas


Expertise
Expertise

Conheça a consultoria em estratégia e gestão de mudanças