Avançar para a área de conteúdo

Due to the current limitations of Flash technology, this version of the feature may not be accessible for everyone. Choose this link to access the HTML version of this same content.
Controlando o RFID. É muito mais do que códigos de barra e está mudando a maneira como o mundo funciona.

Visão Geral

Em uma pista de esqui na neve na Noruega, um esquiador desliza até o teleférico e vai direto em direção à catraca de acesso, sem diminuir a velocidade para mostrar um ingresso. Em um subúrbio da Dinamarca, a pressão sangüínea de uma mulher é monitorada enquanto ela trabalha em seu jardim. E durante um treinamento de segurança em uma refinaria de petróleo no Canadá, mais de 200 trabalhadores são rapidamente evacuados e instantaneamente contados.

O que todos esses cenários têm em comum? O RFID—radio frequency identification. Em todo o mundo e em todos os segmentos de mercado, os usos deste campo de tecnologia em constante evolução se expandem em um ritmo exponencial. Nós últimos dez anos, a inovação tinha seu foco na captura de informações precisas, garantindo que as etiquetas pudessem ser lidas em caixas ou paletas. Agora o foco está sendo alterado para a integração do RFID e outros dados de sensores—não apenas no ambiente corporativo, mas em toda a cadeia de valor de negócios.


Há três diferentes tipos de sensores no mercado.

RFID PASSIVO –“O que é isto?”

Uma etiqueta passiva não contém uma bateria; a energia é fornecida pelo leitor. Quando as ondas de rádio do leitor são encontradas por uma etiqueta passiva, a antena em espiral dentro da etiqueta forma um campo magnético. A etiqueta retira a energia do leitor, transmitindo energia aos seus circuitos. A etiqueta então envia as informações codificadas na memória da etiqueta.

RFID ATIVO – “Onde ele fica?”

Uma etiqueta RFID ativa é equipada com uma bateria que pode ser utilizada como uma fonte de energia parcial ou completa para o circuito e a antena da etiqueta. Algumas etiquetas ativas contêm baterias substituíveis para anos de uso; outras são unidades seladas.

SENSORES DE CONDIÇÃO – “Como é isso?”

Etiquetas com sensores de condição não apenas têm uma bateria, mas também incluem circuitos que lêem e transmitem diagnósticos de volta para o seu sistema de sensores. As etiquetas monitoram as condições ambientais, comunicam-se com outros itens e colaboram para coletar dados que nenhum sensor único seria capaz de detectar. As informações então são alimentadas nos sistemas backend utilizando o software de rede.


Taxas de Adoção

Quando o RFID pela primeira vez tornou-se uma palavra da moda, a principal pergunta dos primeiros usuários era “Eu consigo ouvir o sinal sonoro?” ou a etiqueta vai funcionar sempre? E então começou um período de testes e implementações piloto. Assim que a tecnologia provou ser confiável, os usuários perceberam que tinham uma nova amplitude de dados à disposição, mas não havia como colocá-los para funcionar além do recurso inicial. Agora, o foco da inovação mudou para transformar esses dados em percepções de negócios que podem conduzir a mais inovações no processo e na estratégia.

A adoção espalhou-se pelos segmentos de mercado, com inovação real nos setores aeroespacial e de defesa, automotivo, de produtos de consumo, de varejo, farmacêuticos, de transporte, de turismo e hospitalidade e de serviços públicos. E os investimentos em vários segmentos de mercado em tecnologias estendidas da Internet—tal como RFID e redes de sensores–impulsionam o que será um mercado global de $11,6 bilhões até 2012.[Global Extended Internet Forecast 2006-2012, Forrester Research, Inc., setembro de 2006] Conduzindo esta constante taxa de adoção está o igualmente constante declínio nos custos de tecnologia, com os preços das etiquetas diminuindo 40 por cento nos últimos anos.


 
 
Conclusão

O valor real da tecnologia RFID é proveniente da percepção que continua a ser obtida da identificação, localização e subseqüente controle de um determinado item—e da aplicação de tal percepção nos negócios.

Entretanto, o mercado de trabalho ainda ouve ‘RFID’ e pensa em ‘varejo.’ E este é um engano que custa caro. O RFID não é específico de um segmento de mercado—ele é específico do valor de negócios. O RFID é mais do que um indicador de localização. Ele é uma tecnologia iluminadora, oferecendo nova visibilidade nas áreas de suas operações, tanto nas instalações, nos processos ou nos parceiros de comercialização, para identificar problemas, bem como novas oportunidades que possam ajudá-lo a fortalecer seus negócios. O RFID é uma ferramenta de ativação que não é apenas uma fonte de informações poderosas, mas uma fonte de inovação verdadeira de negócios.

 
 
Rastreando Drogas

Drogas falsificadas representam um problema que custa caro e é potencialmente mortal. Uma maneira de combater o problema é rastrear e acompanhar drogas legalizadas utilizando etiquetas RFID, mantendo um registro da cadeia de custódia em todo o percurso, desde a fabricação até às prateleiras da farmácia. As implementações de acompanhamento e rastreio agora estão sendo exigidas pelo governo e por autoridades administrativas no mundo inteiro, já que a segurança dos produtos e dos pacientes é uma preocupação global.

  • Quando totalmente implementada, uma solução RFID para até mesmo uma única marca pode fornecer benefícios estimados em $11 milhões por $1 bilhão de drogas por ano, de acordo com a Healthcare Distribution Management Association.
  • As etiquetas RFID podem auxiliar o cumprimento da lei. Se um ladrão é apanhado com um frasco que foi etiquetado, a autenticidade da droga, sua origem e possivelmente a origem da qual o ladrão a adquiriu, podem ser identificados.
  • As etiquetas RFID também podem auxiliar potencialmente no caso de um recall de produtos. Ao invés de retirar cada frasco de um produto das prateleiras, as etiquetas possibilitarão que varejistas ou farmácias identifiquem quais frascos são do lote afetado e retirar apenas os suspeitos.
  • Finalmente, o RFID pode ajudar a indústria farmacêutica a gerenciar sua cadeia de suprimentos de maneira mais eficiente, com sua habilidade de fornecer atualizações em tempo real nos sistemas de inventário.
 
 
Fornecendo Itens Frescos

A AMR Research declarou que para a maioria dos merceeiros, itens frescos são responsáveis por 50 por cento dos lucros, mas respondem por 60 por cento da depreciação–itens perdidos por desperdício ou roubo. O acompanhamento da temperatura dos produtos perecíveis à medida que eles se movimentam pela câmera fria pode aprimorar a qualidade e a duração da vida útil de produtos frescos, tais como frutas e vegetais. Da fazenda para o centro de processamento para a caçamba do caminhão até a doca de entrega, uma solução RFID pode ajudar merceeiros a identificar locais na cadeia de suprimentos onde a produção pode ficar muito quente ou muito fria e ajustar estas condições apropriadamente.

  • O RFID pode economizar potencialmente centenas de milhões de dólares anualmente para uma grande cadeia de lojas e cortar pela metade os 60 por cento de perda.
  • O merceeiro pode conhecer a quantidade precisa e a qualidade dos produtos, digamos tomates, em sua cadeia de suprimentos em um determinado período, e portanto responder imediatamente às necessidades individuais da loja.
  • Com o RFID, os merceeiros podem comprar inventários através de uma estrutura de custo variável–relacionada com o rendimento real dos tomates após o processamento.
  • O volume pode aumentar e os períodos de empacotamento diminuir–possibilitando que os merceeiros reimplementem a equipe de maneira mais eficiente.
 
 
Aprimorando a Segurança

Em um ambiente volátil, tal como uma refinaria de petróleo ou gás, um desastre pode acontecer a qualquer momento. Seja natural ou artificial, a primeira prioridade sempre é a segurança dos funcionários. Um sistema RFID pode oferecer identificação instantânea e contagem precisa da quantidade de funcionários evacuados. E com a possibilidade de ataques terroristas, o acompanhamento de pessoas em e ao redor de áreas sensíveis da instalação é crítica para proteger pessoas e ativos da mesma forma.

  • Receptores-transmissores RFID podem ajudá-lo a orientar equipes de resgate de funcionários feridos ou presos.
  • Os sistemas de controle podem autorizar ou cancelar a autorização de pessoas ou veículos de diferentes áreas da fábrica, com alertas em tempo real para violação de regras.
  • Os sistemas de acompanhamento oferecem reprodução instantânea quadro a quadro de eventos passados para pós-análise.
  • Além de localizar pessoas, o RFID possibilita identificação instantânea de equipamentos de alto valor e materiais de produção estratégica.
 
 
Tratando Pacientes

Por muitos anos, os sistemas RFID têm acompanhado onde os pacientes estão em um ambiente hospitalar. Mas novos sistemas podem ajudar a relatar como eles estão também. As etiquetas RFID podem ser integradas a equipamentos médicos de monitoramento para transmitir remotamente dados sobre a saúde do paciente e alertas de emergência. E enfermeiras carregando telefones wireless voice-over-IP (VoIP) podem acessar instantaneamente informações do equipamento de monitoramento, incluindo pressão sangüínea, nível de oxigênio e até mesmo imagens de eletrocardiograma.

  • Os sistemas RFID podem reduzir dramaticamente erros de medicação, que representam entre $25 a $50 milhões dos custos anuais associados.
  • Os sistemas remotos podem reduzir o número de consultas de pacientes para registrar informações de diagnóstico, liberando fornecedores e aprimorando o fluxo de pacientes.
  • Os sistemas de acompanhamento também aprimoram a utilização de recursos e reduzem futuros gastos em equipamentos com etiquetas, tais como bombas intravenosas, através do recurso de acompanhamento wireless em tempo real.
 
 
Aperfeiçoando o Trabalho

A utilização de soluções RFID dentro de uma fábrica pode transformar a maneira como os fabricantes realizam seus negócios. Fabricantes de automóveis, de componentes eletrônicos e empresas do setor aeroespacial e de defesa estão entre os líderes na implementação. A tecnologia pode minimizar o retrabalho, reduzir interrupções e tornar possível substituir materiais na linha de produção just-in-time. As etiquetas e leitores RFID podem até mesmo automatizar os processos da linha de montagem—ajudando a reduzir a mão-de-obra, os custos e os erros no chão de fábrica.

  • Com o uso das etiquetas e leitores RFID, os fabricantes podem detectar automaticamente a localização de ferramentas e ativos, aprimorando a eficiência e reduzindo perdas.
  • Fabricantes que utilizam RFID para controle de inventário podem se beneficiar de uma redução na mão-de-obra na recuperação de lotes de produção, o que os códigos de barra não podem fazer.
  • A eficiência no chão de fábrica pode ser aprimorada ao obter materiais no local certo, no momento certo. Isto pode reduzir enganos e custos de mão-de-obra, aprimorar o suporte a informações de roteamento, aperfeiçoar a flexibilidade da linha de montagem para pedidos de clientes e eliminar a varredura manual de códigos de barra—impulsionando a produtividade e os lucros potenciais.
 
 
Escolarizando-se

As rotas dos ônibus escolares devem ser previsíveis, mas elas sempre precisam de otimização ao mesmo tempo em que fazem da segurança a prioridade máxima. Uma implementação RFID pode ajudar um conselho escolar a avaliar se um ônibus está seguindo sua rota predefinida e determinar métricas em torno da adesão de planejamento. Além disso, eles podem acessar funções de telemetria que determinam quantas vezes os braços de segurança na parte frontal dos ônibus são levantados ou abaixados.

  • Uma solução RFID pode fornecer melhor segurança tanto para alunos como para motoristas, maior otimização e eficiência de rotas, comunicação aprimorada com pais no caso de uma quebra de um ônibus.
  • A melhor otimização das rotas pode reduzir custos no consumo de combustível, manutenção e seguro.
  • Uma solução de gerenciamento de frotas também pode ser integrada com um sistema de cartões de estudantes com RFID. O sistema poderia registrar quando e onde os estudantes embarcaram e desembarcaram de um ônibus escolar, prevenindo assim que os estudantes peguem o ônibus errado, desçam acidentalmente na parada errada ou, o mais importante, sejam deixados para trás em um ônibus vazio.
 
 
Faça o download deste release em PDF (Em inglês) (220KB)
Ver versão Flash
Visão geral
Serviços RFID
Recursos
RFID Sourcebook from IBM Press (Em inglês)
RFID Info Center (Em inglês)
Soluções
Solução IBM RFID para gerenciamento de cadeia de suprimentos e operações internas de loja
Comunicações convergentes
Estudo de casos
Ringnes otimiza sua logística (Em inglês)
McLane reduz custos (Em inglês)
Continue dentro das inovações que realmente interessam
Mais idéias da IBM
Faça o download deste release em PDF (Em inglês) (220KB)
Obter o Adobe® Reader®
Versão FLASH